História Behind The Camera - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Suga, Yoongi
Exibições 75
Palavras 1.611
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem qualquer erro. 🤗

Capítulo 6 - Jimin


Fanfic / Fanfiction Behind The Camera - Capítulo 6 - Jimin

  – Oi (S/N), me chamo Jimin. — Ele deu um sorriso lindo que não deu para evitar ser retribuído.

  – Prazer em te conhecer Jimin. — Disse ainda sorrindo.

  – O prazer é todo meu. — Ele disse e logo foi acertado por travesseiro que julgava ser de Jyang, ele abafou uma risada e fingiu não ligar. — Você não é daqui certo?

   Passou pela minha cabeça que essa é a pergunta que mais iram fazer para mim toda vez que eu conhecer novas pessoas.

  – Não sou, sempre quis estudar no exterior então... Estou aqui. — Disse para me poupar outra pergunta.

  – Vamos comer, ainda estou com fome, Jimin não me deixou tocar em nenhuma comida. — Ela cruzou os braços olhando para ele.

  – E essa maçã que você trouxe? — Ele se levantou da minha cama e foi em direção a Jyang pegando sua maçã.

  – Eu quero voltar de onde você me fez sair sem comer nada.

  – Se você queria ficar lá, porque simplesmente não me avisou antes de eu entrar no seu quarto pela janela? Eu podia encontrar vocês lá. — Eu olhei para minha direita e pude ver a janela que ficava ao lado da minha cama, por onde ele entrou. — Burra!

  – Eu esqueci de você, desculpa. Agora podemos voltar pra lá?

   Jimin assentiu e eu também, então fomos para a entrada da universidade novamente. Eu sabia o porque da Jyang querer voltar lá, o tal "garçom extremamente lindo" não tinha aparecido no pouco tempo que passamos lá, mas será que o amigo dela sabe que não é fome o que ela sente agora?

   Eles conversavam entre si e eu estava realmente muda sem dar uma palavra, até que finalmente me obrigam a falar.

  – Você mal fala (S/N), não quer treinar seu coreano? — Jimin voltou sua visão a mim.

  – Não precisa, te entendo sem problemas. — Jyang me impediu de responder.

  – Só estou tentando incentiva-la a falar, não é como se não a entendesse direito. — Ele disse olhando para Jyang e em seguida pra mim. — Não se ofenda (S/N) — Parecia estar incomodado por achar que teria "me ofendido".

  – Não se preocupe Jimin, sei que não foi o que quis dizer. — Ele sorriu pra mim.

   Voltei a olhar pra frente e pude ver que já tínhamos chegado ao local de antes. Jyang parecia observar alguém de longe com um sorriso no rosto e Jimin balançava a cabeça negativamente enquanto fazia uma cara engraçada, não pude evitar um riso soprado. Não sei o porque, mas algo me dizia que o tal garçom mencionado antes estava lá. Queria poder dizer que não estava curiosa para vê-lo, mas esse não é o caso.

   A mesa que tínhamos ficado antes ainda estava vazia então fomos pra lá novamente, só que dessa vez Jimin sentou ao lado de Jyang e eu fiquei na frente dos dois de costas pra porta. Tentei puxar assunto com o Jimin para não ficar tão calada.

  – Conhece a Jyang a muito tempo Jimin?

  – Sim, sou vizinho dela desde que eu era pequeno. — Ele fez uma cara entediada como se isso fosse ruim, o que resultou um riso meu.

  – Você ainda é pequeno Jimin. — Ela disse dando um sorriso divertido.

  – Como é? — Ele fez uma expressão incrédula e logo depois olhava para todos os lados com preça. — Droga, não tem nem um copo de água pra jogar em você!

  – Não ousaria. — Ela disse sem dar muita importância a ameaça de Jimin logo olhando para frente.

  – Voltando a nossa conversa, mesmo sendo chato morar perto dela eu conseguia me divertir arrancando a cabeça de suas bonecas. — Ele disse esperando por uma resposta de Jyang, o que não aconteceu.

    Jyang estava ocupada demais com o seu olhar tão fixo em um alguém para responder aos comentários que eu e o Jimin acabamos olhando para o mesmo lugar, não estava acreditando no que os meus olhos podiam ver.

– O que vão querer? — O garoto perguntou para duas meninas que não poupavam os sorrisos e suspiros.

  – Qual é o seu nome? — Uma das garotas perguntou dando um sorriso largo.

  – Meu nome não está no cardápio. — O garoto respondeu frio e seco.

  – Ah vamos, não seja... — O garoto não permitiu que ela terminasse a frase, apenas a interrompeu.

– Se não vão pedir nada podem ir embora. — O garoto saiu sem esperar por qualquer resposta.

   Yoongi. Ele trabalha aqui, então era isso o que ele tinha pra resolver por aqui? Eu realmente imaginei que depois daquela noite não o veria novamente que foi tudo um simples acaso, mas pelo visto hoje não será o último dia a vê-lo.
  
   Jimin gargalhava alto com as falas de Yoongi, as garotas que levaram o fora levantaram e estavam prestes a sair até ouvir o garoto gargalhar. Jimin parou imediatamente enquanto colocava o cardápio da nossa mesa em frente ao seu rosto na tentativa falha de esconder o mesmo. As meninas vieram até nossa mesa com raiva e pararam com os braços cruzados bem ao meu lado ficando de frente ao Jimin, que foi tirando o cardápio do rosto de forma lenta revelando uma expressão diferente com um sorriso atrevido.

   Me permiti olhar para as garotas que pareciam ter perdido a raiva e pararam para apreciar o rosto do Jimin, que sinceramente era muito bonito. Uma das garotas parecia querer falar, mas logo foi cortada.

  – Não, ele não vai dizer o nome dele. — Não sei de onde me saiu a coragem para falar assim.

  – Já podem ir fofas, — Jyang segurou o cardápio em frente ao rosto do Jimin novamente. — a saída é por alí.

  – Achei que já tivesse pedido para irem embora, se quiserem voltar um dia é melhor sair. — Yoongi se pos na conversa as fazendo sair sem que nenhuma garota protestasse.

  – Jyang já pode tirar isso daqui. — Jimin bateu no cardápio que quase bateu em mim. — Quase em? Desculpa.— Ele deu um sorriso atrapalhado.

  – Vão querer algo? — Yoongi estava atrás de mim e parecia não ter me visto ainda.

  – Você que vai pagar não é Jyang? — Ela assentiu para o Jimin ainda olhando o Yoongi. — Ótimo, então queremos sim.

   Jimin estava concentrado em escolher o que ele e Jyang iriam comer sabendo que ela não estava prestando atenção em nada. Não demorou muito e ele fez o pedido.

  – E você? — Yoongi falava comigo já que não tinha pedido nada ainda.

  – Um suco. — Não estava com muita fome.

   Ele demorou para falar e pude ver que ele estava dando a volta na mesa ficando ao lado de Jyang que parecia estar nervosa logo parando de o olhar. Ele olhou para mim que logo desvio o olhar para o cardápio que está na mão do Jimin.

  – Qual o sabor do suco? — Ele me olhava com mais atenção, acho que ele ainda não sabia se era eu mesma alí.

  – Laranja.

  – Já volto com a comida de vocês.

   O olhei de soslaio e pude perceber que o mesmo tinha um pequeno sorriso de canto no rosto. Ele lembrou de mim, provavelmente também lembrou que o suco que ele tinha bebido um pouco e deixado pra mim hoje de manhã tinho o mesmo sabor que acabei de pedir, ele logo se afastou para atender a outras pessoas.

   Ele não demorou muito e logo voltou com a comida, ele ficou atrás de mim que pude ver seu braço pondo meu copo de suco na mesa, até um segundo depois que pude ouvir sua voz.

  – Espero que não tenha desperdiçado a comida que deixei para você. — Disse baixo o suficiente para que só eu pudesse ouvir e então saiu.

   Jimin começou a comer seu sanduíche, Jyang parecia confusa e logo foi tirar sua dúvida comigo.

  – O que ele falou com você? — Ela realmente não tira o olho dele.

  – Ele... — Pensa! — Disse que meu suco estava sem açúcar. — Que bela desculpa (S/N).

  – Claro que não, seu suco é de laranja. Porque ele não falou pra mim também?

  – Porque é meio óbvio que refrigerante tem açúcar. — Jimin falou dando outra mordida em seu sanduíche.

  – Eu não pedi refrigerante Jimin! — Ela estava quase gritando. — E porque só pediu refrigerante pra mim? Você está bebendo suco.

  – Eu sou saudável. — Disse bebendo um pouco do suco que pediu em seguida. — Agora bebe e não reclama.

   Jyang acabou esquecendo do Yoongi por causa do pedido e ficou discutindo com o Jimin, mas ela logo cansou e acabou bebendo o refrigerante. Pelo visto será muito bom ter esses dois por perto.

   Fizemos o mesmo percurso de antes para voltar a universidade, mas o Jimin iria para o dormitório dele então se despediu da gente.

  – Nos vemos amanhã meninas, podem sonhar com o oppa aqui. — Ele deu um sorriso muito fofo e saiu depois que nos despedimos.

   Voltei para o dormitório com Jyang com quem conversei um pouco antes de ficar com sono e ir dormir, ainda estava muito cansada com a viagem então Jyang ficou usando o celular já que estava até cedo demais para alguém dormir. Amanhã o dia será longo ou simplesmente passará rápido se a aula for boa o suficiente para me manter distraída já que pretendo não voltar aquele lugar onde Yoongi trabalha tão cedo, depois que cheguei aqui ele tem ficado um tempo desnecessário em minha mente.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...