História Behind the smile - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Anko Mitarashi, Asuma Sarutobi, Chiyo, Chouji Akimichi, Deidara, , Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Haku, Hanabi Hyuuga, Hashirama Senju, Hidan, Hinata Hyuuga, Hiruzen Sarutobi, Hizashi Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ibiki Morino, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kabuto, Kaguya Ootsutsuki, Karin, Kiba Inuzuka, Killer Bee, Ko Hyuga, Konan, Konohamaru, Kurama (Kyuubi), Kushina Uzumaki, Madara Uchiha, Maito Gai, Mebuki Haruno, Mei, Menma Uzumaki, Minato "Yondaime" Namikaze, Mito Uzumaki, Mitsuki, Moegi, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Obito Uchiha (Tobi), Orochimaru, Pain, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shion, Shizune, Shukaku, Tayuya, Temari, TenTen Mitsashi, Toneri Otsutsuki, Yahiko, Yamato
Tags Naruhina, Naruto
Visualizações 59
Palavras 1.528
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Linguagem Imprópria, Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Se você chegou até aqui, agradeço imensamente.
Espero que goste do capítulo.

Capítulo 2 - Primeira Vez


Fanfic / Fanfiction Behind the smile - Capítulo 2 - Primeira Vez

Capítulo 2 – Primeira vez

Nunca é tarde para recomeçar. Não importa se você tem 8 anos ou 80, sempre é possível refazer a sua vida da forma que você gostaria que tivesse sido durante todo o seu curso, mas que, por algum motivo, não foi o que aconteceu. É isso que estou fazendo agora, recomeçando a minha vida.

Acordei às 6h da manhã para me arrumar para o trabalho. Tomei um banho bem rápido para me acordar e fui até uma padaria duas ruas depois daqui que eu vi ontem enquanto entregava meus currículos. Comprei dois pãezinhos e um copo de chocolate quente e comi por ali mesmo. Observando em volta notei que ali era um ponto de encontro, havia famílias, grupos de amigos, casais de namorados. Acho interessante observar o comportamento das pessoas, ver os sorrisos e as caretas bem ali, espontâneo, real. Me faz lembrar de quando eu, minha mãe e Kakashi íamos almoçar em restaurantes diferentes, todo final de semana conhecíamos um lugar novo. Aquela época, por mais problemática que tenha sido em certos momentos, foi a melhor até o momento, mas eu sei que, o que está para vir vai ser ainda melhor. Porque aqui eu não vou ter ninguém me botando para baixo, me humilhando e eu também não vou estar dependendo de mãe, de padrasto, de ninguém, só de mim mesma.

Volto para meu quartinho e me arrumo para o meu primeiro dia de trabalho. Minha nova vida será repleta de primeiras vezes. Está é a primeira vez que trabalho em um lugar fixo, a primeira vez que vou a uma festa com gente nova e no meio da semana, primeira vez que moro sozinha. Falando em casa, quando sair do trabalho vou procurar na internet por casas para alugar nas redondezas ou, se estiver muito caro, um pouco mais longe não vai me fazer mal.

Chego na lanchonete e minha nova colega de trabalho está abrindo a loja, me aproximo e a cumprimento.

 - Oi! Bom dia. – Digo sorrindo e tentando parecer a mais simpática possível. Minha mãe sempre me disse que eu sou muito difícil de lidar e que as pessoas se afastariam de mim pelo meu jeito. Por conta disso, eu sempre tive um complexo com a minha personalidade e sempre tentei mudar meu próprio jeito de ser.

 - Oi, Hinata né? Prazer, eu sou a Temari. – Ela diz sorrindo e logo entramos na loja. – Vou te ensinar o básico que precisa saber e o resto você mesma aprende com o tempo, ok?

 - Certo.

O dia começa agitado, não sabia que a lanchonete servia café da manhã. Na verdade, acabei descobrindo que aqui eles fazem de tudo, é uma variedade incrível. Lá pelas 10h o ritmo começa a diminuir um pouco e Temari diz que ao meio dia a coisa volta a ficar muito agitada de novo.

Conversamos um pouco no meio tempo e descubro que ela mora com o irmão num apartamento a uns 20 minutos daqui. Digo a ela que estou num quartinho alugado e que preciso encontrar um lugar fixo e ela disse que tem um apartamento no prédio dela que está vazio e que vai checar com o proprietário para ver se ele quer alugar ou não e eu fiquei imensamente agradecida. Mas como não é certeza se ele vai alugar para mim ou não, decido que mesmo assim vou pesquisar quando acabar meu expediente.

Quando meu horário chega ao fim, volto ao meu quartinho e começo minha pesquisa por apartamentos, casas e até mesmo kitnets. Qualquer uma que esteja barato e não seja tão distante do centro. Mas é difícil, todas são muito caras e começo a perder as esperanças e a procurar em lugares mais longe do que eu gostaria. Anoto o telefone de alguns proprietários e decido encerrar por hoje. Tomo um banho e começo a me arrumar para a festa. Escolho um vestido preto tubinho muito elegante. Não sei que tipo de festa é e nem como devo me vestir então, procurei algo que me deixasse confortável e este vestido é lindo e faz com que eu me sinta linda também. Ele realça as curvas do meu corpo e me faz parecer mais alta, gosto muito dele.

Assim que acabo de me arrumar, Ino me liga avisando que chegará em 5 minutos.

Ela chega e dentro do carro, junto de Ino, tem uma menina de cabelo super rosa pastel com uma mecha azul na frente, é lindo.

 - Oi Hina, você ta linda! Amei seu vestido! – Ela diz sorrindo e aponta para a menina de cabelo rosa – Esta é a Sakura, minha amiga. Sakura, essa é Hinata, ela acabou de chegar na cidade.

Eu entro no carro e cumprimento as duas.

 - Muito prazer Sakura, e vocês estão lindas também. Eu amei seu cabelo.

 - Sério? Obrigada!

 - Bom, vamos para festa? Já estamos atrasadas. – Ino diz e começa a dirigir em direção ao local da festa.

 - Pensei que só começasse ás 20h. – digo confusa

 - Que nada! Começou ás 19h, mas a atração principal sempre chega por último. – Ela responde e não tem como não rir. Ino é uma graça.

Chegamos ao local da festa e uau, que incrível! A casa é gigantesca, com um belo jardim e havia vários carros parados em frente, na calçada, do outro lado da rua, em todo lugar. A casa era de um estilo bem moderno, com paredes inteiras de vidro no segundo andar. Era possível ver também as luzes coloridas brilhando dentro da casa pelas paredes de vidro. A música também era bem alta e dava para ouvir á metros de distância. Nós entramos e uau de novo, há uma área de recepção, como uma pequena sala com um sofá branco, um abajur de chão, uma mesinha com tampo de vidro e uma planta em cima. Muito elegante. Mais para frente, é onde a festa está rolando de verdade, é um salão enorme com um teto estranhamente mais alto que o normal. Descobri que a parede de vidro dá para a sala, por isso pude ver aquelas luzes pelo lado de fora. O lugar está totalmente decorado, há lâmpadas de LED que mudam de cor e piscam o tempo todo espalhadas por todo lugar. Há também três globos de espelhos girando e refletindo tudo. O lugar é um verdadeiro show psicodélico. Havia também um bar na lateral direita e tinha muita, mas muita gente mesmo!

Logo que entramos, duas meninas vieram cumprimentar Ino e Sakura, uma delas é Temari e a outra eu não conheço, e elas me apresentam.

 - Temari e Karin, essa é a Hina, ela acabou de chegar na cidade então sejam legais! – Ino diz.

 - Ah você por aqui, se soubesse que gostava de festas eu mesma teria te chamado, mas você me pareceu tão queitinha. – Temari diz

 - Pera, vocês já se conheciam?

 - Ela é a nova atendente lá da lanchonete junto comigo. Aquela louca da Matsui pediu demissão e a Hina apareceu no dia seguinte e ganhou a vaga.

Apresentações feitas, fomos todas para o bar buscar alguma coisa para beber. Só que eu nunca bebi bebidas alcoólicas, então não estou muito animada para experimentar mas pego algo mesmo assim. É um tipo de coquetel rosa que eu nunca vi na vida, mas é bonito e parece gostoso. Quando aquilo toca a minha garganta, tudo queima e começo a tossir desesperadamente. As meninas dão risada da minha cara e Ino me dá um copo de água.

 - Bom, vamos dançar? – Ino se levanta e todas as outras também.

 - Só tem um problema...eu não sei dançar. – Digo e todas me encaram, Temari se pronuncia.

 - Nunca é tarde para aprender. Não é tão difícil assim, é só balançar de um lado para o outro tentando parecer sexy. Vamos!

Ela me puxa para a pista de dança e o show de luzes me deixa um pouco zonza de início, mas logo me acostumo. Começamos a dançar e acho que estou fazendo isso muito errado mas continuo mesmo assim porque está divertido. Fecho meus olhos por alguns instantes, apenas sentindo a música e me balançando no ritmo e quando abro os olhos novamente, estou sozinha. Todas elas simplesmente desapareceram.

O que eu faço agora?

Vou zanzar procurando por elas e nada. Nem sinal de nenhuma delas. Retorno ao bar e decido experimentar outro drink. Peço um azul bem bonito que o barman disse ser o mais fraco depois da água. Começo a degustar aquilo e até que não é ruim, é bem docinho e não queima.

Fico mais e mais animada e decido dançar de novo. Levanto e vou até a pista. Danço pelo que parecem horas, mas tenho certeza que não se passou nem uma, dancei ao lado de algumas meninas, inventamos um passinho muito esquisito e damos risada enquanto dançamos. Em meio a minha agitação não percebo que há um menino atrás de mim, acaba tropeçando nele e quase caindo tragicamente no meio da pista. Sorte que os reflexos dele são bons e ele conseguiu me segurar antes da tragédia de vergonha alheia acontecer.

Não sei onde enfiar a minha cara.

Ele é lindo.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, deixe sua opinião nos comentários.
Quem será que é? Sejam criativos kkkk Não está tão óbvio.
Até sexta que vem.
Xoxo
Rayssa Hinata


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...