História Beijada pelas Sombras - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~rechenayara

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 12
Palavras 2.523
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Ficção, Luta, Magia
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


desculpem qualquer coisa eu estou escrevendo pela 3° vez que pois acabava a luz e eu perdia tudo obrigada por entender. Os personagens estão nas notas finais, obrigada e antes de tudo desculpa os erros, não tive tempo de reler pela 5° vez.

Capítulo 1 - O início de tudo


Fanfic / Fanfiction Beijada pelas Sombras - Capítulo 1 - O início de tudo

[Domingo de manhã] 

P.O.V Julia  

   Acordei já tinha um tempo e estava impaciente na sala, resolvi subir e acordar a Clarrisse, entrei no quarto dela e fui até ela 

– Acorda que eu estou com fome maninha – disse sentando na cama dela, mas ela só resmungou então sacudi ela um pouco. 

– Você sabe fazer comida Julia, me deixa dormir é domingo – responde ela com o seu bom humor matinal. 

– Eu estou com vontade de pastel Clarisse – resmungo um pouco, mas ela nem abriu o olho ainda. 

– Mas são 6:00 horas da manhã Juh, você quer comer pastel agora, sério? - pergunta indigninada. 

– Já são quase 11:00 horas, levanta logo daí - digo já perdendo a paciência. 

– Tá eu já estou indo, relaxa – Ela não toma jeito mesmo kkk. 

–  Vou te esperar lá em baixo, não demora – dito isso levanto da cama e saiu do quarto descendo as escadas e indo pra cozinha tomar água, ouço o barulho breve do chuveiro e deduzo que ela resolveu tomar banho, espero ela sentada no sofá, uns 5 minutos depois ela desce as escadas correndo apressada, saímos de casa e vamos pra feira que fica umas duas quadras de casa, quando estamos voltando vimos que o caminho normal pra casa estava interditado para a limpeza. 

– Puxa que pena vamos ter que ir pela outra rua - ouço a Clarisse dizer e já não estou gostando do sorriso dela, até que minha fixa caiu, oh merda aquela rua de novo. 

– AH não - Resmungo pra ela. 

– AH sim resmungona, vamos logo estou cansada da feira já - diz Clarisse e começa a andar, afff meu Deus ela me cansa as vezes.  

Continuamos a andar, rindo e conversando sobre coisas aleatórias, tudo estava indo bem até que assim que viramos a esquina eu trombo com alguém. 

– Você não olha por onde anda não garota ? - ah carma da minha vida, quem disse isso ? Sim o cara que minha irmã ficava babando, acho que é Ryan. 

– Você que tromba em mim, quase me derruba e ainda vem falar que eu não olho por onde ando? - digo já ficando brava com aquele garoto. 

– ui tá bravinha, se liga garota, olha como fala comigo em – Diz ele com um sobrancelha arqueada. 

– AH pronto agora eu vi, eu falo do jeito que eu bem entender garoto, você não manda em mim – respondo realmente irritada. 

– Já chega Julia, vamos embora – Diz Clarisse me puxando pela braço. 

Fomos pra casa em um silêncio que me arrepiou, sol e lua brigados, uma cratera de distância, meu Deus como isso é ridículo, chegando em casa ficamos deitadas no sofá assistindo filme, a tenção passou bem rápido, ficamos mais que 04:00 horas assistindo filme com ela, o tédio estava tão grande que chegava a ser legal ver as moscas voando kkk, de repente nosso celular apita e sabemos que é o nosso grupo. 

[mensagens ON] 

~ vamos em uma festa? - Sophia  

~ depende da onde for – Julia 

~ para de frescura e vamos logo - Malu 

~ é na boate nova que abriu – Lucas 

~ qual o tema? - Clarisse 

~ neon – Lucas 

~ TO INDO ME ARRUMAR – Julia 

~ calma emocionada - Malu 

~ é só daqui umas 03:00 horas – Sophia 

~AH vai se fuder então - Julia 

~ tão carinhosa minha irmã - Clarisse 

~ calma menina que isso, olha o core kkkk – Lucas 

~ faz parte dela essa grosseria já - Clarisse 

[ mensagens off] 

 

      Voltamos a ver o filme até dar a hora de irmos para a festa, no caso se arrumar pra festa né kkk, subimos cada uma pro seu quarto tomamos banho, escolhi pra vestir uma calça preta de couro estilo legging e um cropped branco porque quando a luz UV bate no branco ele fica neon, com um salto alto branco e preto, sai do quarto já pronto e com uma maquiagem bem básica, odeio passar maquiagem, ao descer as escadas dei de cara com Clarisse que estava linda com um shorts jeans com um cropped branco com abacaxis laranja florescente e um salto preto, o menina que ama roupa com abacaxi em. 

       Saímos no meu carro rumo a casa dos trigêmeos que nem é tão longe de casa assim, chegamos lá a linda da Soph não estava pronta, adoro quando ela faz isso, assim que a madame ficou pronta fomos pra boate que nem era tão longe assim da faculdade, quando chegamos notamos que estava uma fila enorme, que maravilha. 

– olha o tamanho dessa fila a gente só vai entrar amanhã - resmungo já ficando brava. 

– calma amiga eu conheço o organizador da festa – diz Sophia me deixando mais animada. Ela vai até o cara que esta permitindo a entrada das pessoas nos levando junto com ela pra dentro da boate sem problemas algum. Assim que entramos começamos a passar pela pista de dança e do nada a Sophia para no meio, assim sem mais nem menos. 

– o que foi Soph? - Pergunta Clarisse preocupada. 

– ele está aqui – Diz pasma olhando pro camarote onde tinha um menino bem gato por sinal. 

– ele quem maluca? - pergunta Lucas, já de olho em um cara eu em menino rápido do caramba. 

– o Lian – responde ela em um suspiro. 

– ah agora faz sentido a reação dela – responde Malu. 

– quem é Lian, Sophia? - Pergunta Clarisse e assim que eu olho pra cima ele está beijando outra menina e olhando pra ela, filha de uma puta. 

– Ah ninguém - responde e sai andando é pelo menos ela não chorou, já é um avanço. Fomos seguindo a Sophia até o bar onde bebemos um pouco e como eu sou a mais forte pra bebida não mudou nada, eles já estavam vendo unicornios já kkk, normal pra eles, brincadeira eles não tão bêbados assim, só estão alegrinhos. Eu sinto que tem alguém me olhando olho em volta nada, olho pro camarote e vi que Ryan estava me olhando, afff bufo e saiu dali garoto chato meu Deus. 

– o que foi Juh? - pergunta Clarisse, oh deus será que eu não posso esconder uma coisinha só da minha irmã kkk. 

– ah é aquele ridículo do outro dia, ele está aqui – Falo com a voz mais brava do que a minha intenção. 

- ah não Julia você não vai estragar sua noite por causa de um garoto que nem é nada de importante pra você, até onde eu sei né, vai saber –diz ela tirando uma com minha cara, bato de leve no braço dela e começo a rir. 

- Claro que não, eu em -  respondo puxando ela que puxa a Soph que puxa a Malu pra pista de dança, o Lucas pra variar sumir, começamos a dançar não antes de pegar uma bebida no bar, logico, estávamos dançando e rindo muito por causa da bebida, até que alguém abraça Clarisse por trás, sorriu e ela fica aliviada porque eu sorri, nossa ligação novamente, eu mereço viu kkkk, eu assenti que tudo bem e ela se virou pra ele e senti pela nossa ligação que estava tudo bem então puxei Malu para o camarote onde por estarmos com a Sophia deixaram a gente entra, ficamos conversando e rindo, bebendo e rindo, dançando e rindo, é a gente riu muito por estarmos um tanto bêbadas kkkk,  mesmo bêbadas eu não tirei meus olhos da minha irmã que dança e se pegava com aquele cara, do nada chega um cara e senta comigo e a Malu no sofá que tinha ali. 

- oi meu nome é Dylan, vocês são amigas da loira que está com o Nolan? - Pergunta ele e fico meio desconfiada, mas como eu estou um pouco bêbada apenas respondi. 

- eu sou irmã e essa é minha amiga Malu, a irmã dela sumiu e o irmão idem kkkkk, porque te dei tanta informação? Kkkkkkkk - começamos a rir feito doidos, nós três estávamos nos divertindo bastante até que a Malu decide ir ao banheiro. 

- qual o nome de seu amigo? - Pergunto curiosa. 

- Nolan, ele é quase meu irmão, nós somos em 4 amigos, mas nos tratamos como irmãos - responde ele bem educado, eu gostei dele, pena que ele não para de olhar pro Lucas que agora está dançando lá embaixo, é ele é gay mesmo kkkk. 

- gostei kkkk - respondo rindo e ele ri comigo porém do nada para olhando pra frente e ri mais ainda, fico sem entender nada com nada, mas dou risada junto. 

- oxi seu doido, o que foi? - pergunto tentando ter alguma ideia do por que ele parou olhou pra um cara eu acho e riu muito. 

- meu amigo com ciúmes - responde ele e aponta porém preferi não olhar, vai que dá merda né. 

- que amigo? - pergunto só pra não parecer mal educada. 

- o Ryan – responde ele e eu fecho a cara, esse garoto de novo, pelo amor né, está virando perseguição já olho na direção dele e vejo que ele está vindo na nossa direção, não querendo falar com ele levanto e murmuro um desculpa pro Dylan e saiu de lá, eu me sinto um pouco fraca então vou até o bar e peço água, mas deve ser só canseira mesmo, voltei pro camarote ainda não tirando os olhos de Clarisse, fico encostada na grade apenas olhando pra ela quando sinto uma mão na minha cintura, automaticamente Clarisse me olha e sorri, vindo dela não é coisa boa, tento me virar, mas não consigo obviamente ele é mais forte que eu. 

- Está fugindo princesa? - ouço essa foz voz grave que bate no meu pescoço juntamente com a sua respiração e fico arrepiada, assim que volto a mim mesma tiro a mão dele de mim e saiu de lá com meu coração a mil, por que ele me persegue? Passo por Clarisse que sente me desespero e vai atrás de mim no banheiro, ou tenta né por que Nolan não deixa ela ir e lasca um beijo nela, entro no banheiro ofegante e eu nem corri, eu vi Soph que por causa da bebida estava mal, sai do banheiro e fui até Clarisse. 

- vai atrás do Lucas e da Malu a Soph está mal e a gente vai pra casa – ela assente e vai com Nolan atrás deles, faço meu caminho de volta pro banheiro, mas sinto alguém puxar meu braço quando me viro me deparo com Ryan. 

- não sai sem me dar um beijo – diz ele e meu Deus que raiva desse garoto pelo amor de Deus eu já não estou boa. 

- ah garoto pelo amor de Deus, desde quando você manda em alguma coisa? Da licença - puxei meu braço e fui no banheiro não sei o que está acontecendo eu estou perdendo minhas forças, sento no banquinho ao lado de Soph que já está melhor, uma mulher linda, loira dos olhos escuros entra e me encontra quase desmaiando no colo de Soph que não tinha forças pra me segurar. 

- oi meu nome é Hyuna você quer que eu chame algém pra te ajudar? - pergunta ela doce e atenciosa, porem nao tenho forças pra responder, ela vai até a pia molha um papel e coloca na minha testa – aguenta aí que eu vou chamar ajuda – depois disso ela sai do banheiro e segundos depois Clarisse entra e eu pude perceber que ela não está tão bem, eu como sempre tento dar minhas forças pra ela, mas está dificil e eu não entendo o por que tento levantar e ir até ela, mas assim que chego ao seu lado perco todas as minhas forças so ouço a porta do banheiro abrindo  

eu ouço um barulho e uma dor fora do normal me atinge e caiu no chão porém não sinto meu corpo bater no chão, minha queda foi amortecida pelo Ryan que me segura. 

- isso já aconteceu alguma vez com ela? - pergunta Nolan enquanto Ryan fica me olhando, o olhar dele parece tão preocupado. 

- Não a gente sempre chega antes em casa – responde Clarisse meio que sem pensar. 

- eu vou levar ela pro hospital - Ryan diz do nada e me pega no colo, tudo ficou escuro quando senti mais uma dor muito forte, depois de um tempo eu acho, ouvi a voz da Clarisse bem longe e fraca, eu sentia a boca seca, dor de cabeça, merda de novo não eu peguei toda a energia ruim daquele lugar, senti algo no meu braço, senti uma mão no meu rosto e abri meus olhos de imediato era Ryan e nisso eu dei uma recuada, Clarisse entrou bem e acompanhada de Nolan , um aliviou me percorreu. 

- você está bem Clah – pergunto com um pouco de dificuldade. 

- acho que quem deveria perguntar isso era eu né sua doida? - responde ela sorrindo – sim lua eu estou bem, você está? - pergunta agora. 

- sim sol eu estou bem – responde esquecendo da presença deles – oi Nolan obrigada por cuidar da minha irmã, o Dylan também veio? - assim que eu pergunto isso Ryan fecha a cara e sai batendo a porta com força. 

- vish ciúmes kkk, ele veio sim Juh ele está na sala de espera com a Sophia, o Lucas, a Malu e a Hyuna que é irmã do Dylan. 

- fico sem entender mesmo – dou risada e sinto uma dor no meu peito, merda Clarisse, fiquei calma pois ela estava na minha frente, o medico que veio me examinar ela baixinho, gordinho, grisalho e muito engraçado ele foi um amor comigo e eu sorri em agradecimento, porém assim que ele saiu Clarisse começou a se sentir mal, e caiu no colo do Nolan, merda de ela não, começo a entrar em desespero. 

- droga eu perguntei se ela estava bem – diz Nolan desesperado. 

- eu sei eu sei, ahhhh – gritei de dor pois segurei na mão dela, ele me olhou assustado pela rapidez que eu cheguei ao lado dele – por favor nos leva pra casa – pedi em um sussurro ouvi a porta ser aberta e Ryan entrou como um vulto e me segurou – pedi chorando a ele – por favor me leva pra casa – depois disso não vi, senti ou ouvi mais nada tudo ficou escuro e eu só queria saber se minha irmã estava bem, por mais que eu esteja apagada a Lua me protege está de noite minha irmã perde as forças e isso eu não posso aguentar, choro e a ultima coisa que eu ouço é você é minha luz, Julia não me deixa por favor, eu já ouvi essa voz, mas não sei de quem é parece mais cansada e distante e a Lua me ajuda assim que eu por alguns segundos consigo abrir os olhos ouço o homem na Lua em sua vida passada" você teve um guardião menina, ele te reencontrou, mas não sabe, não deixe ele ir embora, simplesmente pelo fato de ele ser quem ele é hoje, as pessoas mudam sua essência não, cuidado ele será sua proteção" depois disso só senti um beijo na minha testa e tudo ficou um silêncio sem fim...


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...