História Beijo ou Mordida??? - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Beatrix, Carla Tsukinami, Christa, Cordelia, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Richter, Ruki Mukami, Shin Tsukinami, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz", Yuma Mukami
Tags Diabolik Lovers, Eargasm, Mordidas, Romance
Exibições 115
Palavras 860
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Fluffy, Hentai, Luta, Magia, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Super Power, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Cantem comigo! O-O CAP CHEGOU! O-O CAP CHEGOU! Eeeeeeeeeeeeeee! Gente do céu, eu recebi algumas perguntas do tipo "quando chegará o próximo cap???" e fiquei very very very happy!!!! Acredito eu que esteja legal para fazer uma cachoeira em casa! Mentira, acho que está ótimo (não sei vocês)! Bom, eu fiquei bastante excitada cof cof cof *disfarça*! Espero que todas gostem! Boa leitura.

Satisfaçam-me... (Shushuzinho é o novo apelido do Shu!)

Capítulo 10 - Satisfaça-me (última parte)


Fanfic / Fanfiction Beijo ou Mordida??? - Capítulo 10 - Satisfaça-me (última parte)

Mya on:

Voltei para casa assustada, o que Shu fará comigo naquela sala isolada? Fui correndo tomar um banho para esfriar a cabeça, a ficha não havia caído! Maldita foi a hora em que procurei ver quem era naquele quarto...

Alguém bate atrás da porta, pus um vestido azul marinho e fui atender com o corpo ainda molhado.

Mya: -S-Shu...

Shu: -Não demore muito, a sala está ocupada. Me encontre no jardim...

Mya: -Okay. Virei o rosto.

O que aconteceria comigo?

(Quebra de tempo)

Fui para o jardim, Shu não estava em lugar algum! Fui mais fundo e achei uma pequena construção, vários morcegos saíram! Vi Shu me olhando cheio de alegria.

Mya: -Demorei muito? Perguntei preocupada.

Shu me deu um puxão inesperado, como anteriormente e me colocou em seu colo.

Shu: -Ainda não terminamos! Shu ri.

Mya: -Shu, aquilo machuca!

Shu rasgou meu vestido, me deixando apenas de calcinha e sutiã. Comecei à pensar como entraria na mansão de forma discreta! Shu me deu um beijo longo, nossas línguas estavam totalmente entrelaçadas, nossa saliva escorreu e paramos.

Shu: -Você é uma vagabunda, sabia? Shu sorri.

Eu seria uma naquela noite... Do jeito que as coisas estavam andando...

O loiro lambeu meu pescoço, o que me deixou completamente arrepiada! Sua saliva escorria lentamente pelo meu pescoço, não pude deixar de soltar um gemido. Shu ergueu meu braço, ele me olhava de forma sedutora (o que me deixou mais excitada ainda) e mordeu-o. Apertei os olhos enquanto tentava guardar os gemidos. Shu tirou os dentes molhados de sangue da minha pele.

Shu: -Va-ga-bun-da...

(Pensamento de Mya: vou tacar o pau nesse garoto!)

Mya: -Você é maldoso! Gritei.

Shu: -Você é vulgar! Shu respondeu sem hesitar.

Shu voltou às lambidas, só que o loiro dava vários chupões deixando marcas vermelhas um pouco roxas em meu pescoço (que ficariam roxas depois) e beijava-o. Suas mãos partiram para meu sutiã, Shu não teve paciência e quebrou o fecho do sutiã, para ser mais rápido, ele rasgou o meu lindinho! Shu deu uma olhada em meus seios, parecia estar analisando o “conteúdo”! Ele deu uma risadinha e me beijou bem quente! Ardente! Não suportaria resistir, acabei cedendo e mordi seu lábio inferior.

Shu: -Se você parar eu corto sua garganta. Shu falou de modo assustador.

Eu teria que continuar! Levantamos daquele local gelado, Shu me prensou na vidraça da construção e chupou um de meus seios, suspirei enquanto gemia e observei Shu, parecia uma criança! Uma criança bem perversa! Seus olhos safira me olhavam de modo provocante, sua mão apalpava meu seio direito e a outra apertava o esquerdo enquanto Shu chupava-o. Minha perna direita subiu, Shu segurou-a e colou nossos corpos, logo o loiro segurou a minha perna esquerda e me carregou. Logo rasgou minha calcinha.

Estava maravilhoso! Shu me pressionando contra a vidraça, nossos corpos colados, suas mãos em minhas pernas! Shu saiu de meus seios e me beijou, fizemos uma pausa para respirar! Ele me olhou cheio de vontade, Shu me beijou mais uma vez e fez a pergunta que todos querem a resposta:

Shu: -Você é virgem? Seu cheiro é diferente! Shu sorriu maliciosamente.

Corei ao saber que eles poderiam saber se a garota era virgem através do cheiro. Ele sentiu meu cheiro o tempo todo?!? Respondi:

Mya: -Não... Perdi de uma forma bastante violenta...

Virei o rosto. Shu me fez olhar para ele e me beijou novamente, seu corpo totalmente gelado estava ficando aquecido, senti Shu iniciar o ato, ele continuou me beijando para que eu não gritasse. O menino nem fez questão de ser delicado, iniciou com movimentos rápidos e minha cabeça foi para trás afastando nossos lábios, minha cabeça foi para trás e meus olhos davam voltas e mais voltas! A expressão de Shu era de total prazer e delírio naquele momento. Pude ver minha expressão totalmente prazerosa em outra vidraça, Shu me fez olhar para ele novamente e itensificou os movimentos, o que me fez gritar bastante alto.

Ele dava passos para trás e acabou sentando no mesmo lugar de antes. Shu mordeu meu pescoço levemente, meu sangue saiu que nem a água de um gêiser até sua boca! Suas mãos seguravam minha cintura enquanto eu quicava em cima do seu “brinquedinho”. Estávamos formando apenas um, e era naquele “um” que eu queria ficar! De forma repentina, Shu me puxou para baixo com suas duas mãos e senti um líquido quente jorrar dentro de mim.

Mya: -S-Shu...

Shu: -Agora você é de minha propriedade, ok Ippan-san? Shu me deu um beijo.

(Ippan = Vulgar)

Mya: -O-okay, Shu-san. Sorri.

Shu me deu seu casaco azul, vesti e saí correndo para fora do jardim! Minha calcinha!?! Deve ter ficado com ele! Subi as escadas correndo, o casaco deu um ótimo blusão! Entrei no meu quarto ofegante, senti o líquido sair de dentro de mim e escorrer entre minhas pernas.

Me joguei na cama completamente surpresa, não foi uma punição tão severa! Foi maravilhoso! Cheirei o casaco de Shu e senti aquele sentimento estranho de prazer! Sabe como é né?

(Pensamento de Mya: Então esse é o cheiro do Shu...)

Levemente adocicado, poderia ficar com aquilo o dia todo! Definitivamente!

 

 


Notas Finais


O que acharam??? Espero que todas tenham gostado! Deixem seus comentários no balãozinho! Até logo!

Beijooooooooooooooooooooos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...