História Believe - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Tags Believe, Bieber, Drama, Justin, Romance
Visualizações 83
Palavras 5.022
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem a demora meninas, acabei ficando de recu final na escola e meu papis não gostou muito, estou tendo que ralar, mas daqui duas semanas eu to livre da escola, e podem ter certeza que vou aparecer com bastante frequência por aqui, não abandonem a fic por favor...

Capítulo 2 - Time with friends.


E sempre a aquela discussão de qual filme assistir, Chris e Justin queriam filme de ação Cait e eu queríamos Romance, no meio dessa discussão toda Emma acabou dormindo, e no fim Chris disse:
- Iremos assistir terror e já era

Eu e Cait olhamos uma para outra espantadas, afinal, eramos muito medrosas.
- Logo terror Chris? - disse Cait- e eu completei dizendo
- Poxa, vocês sabem que não somos boas em assistir esse tipo de filme
- Para de besteira, é só um filme - disse Chris todo seguro de si

Olhei para o lado e percebi que Justin estava rindo da situação toda, e nada do que disséssemos iria mudar a escolha dos dois, então Cait e eu resolvemos ceder. Chris para amenizar a situação disse que iria colocar um filme que não fosse tão assustador "para nós".
- Já sei, vamos assistir um suspense, que não é tão assustador mas também não é romance que nem as dondocas querem
- Ah ! Então vamos assistir "O Mistério das duas irmãs"!? É um filme bom e nem da tanto medo - disse Justin olhando para mim e Cait confirmando com a cabeça um sinal positivo
- Ta bom então, vamos né - retrucou Cait

Até que eu fiquei confortável vendo o filme, Justin tinha razão, ele não era tão assustador, isso era um sinal de que eu conseguiria dormir a noite. Dividíamos dois colchões que estavam no meio da sala Os meninos estavam deitados em nossas pernas e vez ou outra pediam cafuné.
- Putz, esse filme ta me dando sono ! - Chris retrucou do nada.
- SHIIIIIIIIIIIIIIIU! - Cait e eu respondemos em um coro que parecia que havia sido ensaiado.

No meio de filme percebi que Chris, de tantos cafunés recebidos, havia dormido e Cait estava quase se entregando ao sono.De vez em quando Justin olhava pra mim e sorria, como se quisesse dizer alguma coisa, mas somente sorria; quando dei por mim estávamos somente nós dois acordados, ajeitei o corpo do Chris, deitando ele em cima de um colchão inteiro e Cait havia levantado para deitar no sofá, Emma estava no sofá menor, e sobrou apenas um colchão para mim e Justin, confesso que fiquei um pouco incomodada com isso, mas nem liguei.
- Vou beber água, você quer ? - perguntei para ele.
- Eu ia levantar agora e te perguntar o mesmo - disse Justin sorrindo
- Deixa que eu busco então.- me levantei e fui em direção a cozinha
- Hm, eu vou com você! - disse ele me seguindo

Na cozinha, peguei um copo para mim e esqueci o dele e me virei para pegar, ao mesmo tempo ele colocou a mão no puxador do armário para apanhar um copo para si; em frações de segundos nossas mãos se encostaram, senti minhas bochechas corarem e ele sorrindo sem graça olhou fixamente em meus olhos que tentavam se esconder atrás da minha timidez. 
- Sua mão está gelada - ele segurou com firmeza minhas duas mãos e as esfregou tentando esquenta-las.
- Hum! É-é o vento que ta vindo da janela Justin - soltei minhas mãos rapidamente e fui até a janela para fechar, eu estava com o corpo tremulo por dentro como se eu houvesse engolido um punhado de borboletas.
- Tem certeza que não está com frio? Se quiser eu busco um cobertor para você linda.

Eu nunca tinha ouvido o Justin falar naquele tom de voz, o jeito como ele mediu as palavras para se dirigir a mim foi algo tão aconchegante que eu senti como se estivesse ouvindo uma música.Eu estava me perdendo naquilo.
- Ei, Ju está ai ainda? - ele perguntou estalando os dedos para chamar a minha atenção
- Desculpe - sorri - não estou com frio obrigada, vamos voltar e terminar de ver o filme? 
- Sim, vamos.

Ao chegar na sala, Chris estava quase fora do colchão e derramava rios de baba por cima de sua roupa, Justin olhou para mim e caiu na risada balançando a cabeça de um lado para o outro como se estivesse envergonhado.
- É, o jeito vai ser dividirmos o mesmo colchão mocinha!
- Ah, sem problemas, não somos estranhos, certo? - eu disse sorrindo para ele.

- Pena que a Cait ta dormindo, quem vai fazer cafuné em mim agora ? - ele disse com as mãos na cintura e de cabeça baixa.
- Eu não faço a miníma ideia de quem vai fazer isso por você!

Deitamos no colchão, cada um numa ponta, o filme estava quase acabando, mas eu já não prestava atenção em nada, a cena das mãos do Justin nas minhas não saia da minha cabeça, garoto estranho, onde já se viu segurar a minha mão e ainda oferecer ajuda, oxe. Sem querer ele bateu o pé em mim, já que ele estava deitado na parte de baixo do colchão e eu em cima.
- Desculpa ! - ele sorriu sem graça
- Tudo bem ! 

O filme acabou e eu ainda estava sem sono, cutuquei o Justin para saber se eu estava acordada sozinha ou não, ele virou e sorriu.
- O que foi?
- Nada, só queria saber se estava acordado.
- Está com sono?
- Não, e você está?
- Nem um pouco!
- Poxa, mas já é 1:OOh
- Eu costumo dormir tarde.

Me levantei, abri a porta de vidro que tinha do lado esquerdo da sala e sentei em um sofazinho vintage que havia na entrada lateral da casa, olhei para cima e, poxa a lua estava tão linda, cruzei as pernas e fiquei olhando para o alto.
- Está linda não é mesmo? - Justin apareceu do nada
- Está sim, eu amo quando ela fica assim! 

Justin estava ali, da mesma maneira como havia ficado da primeira vez que ficamos sozinhos em um cômodo da casa, parado olhando como se procurasse algo que o inspirasse.Vez ou outra eu olhava para o lado, e ele continuava ali.
- O que foi ? - perguntei para ver se ele respondia
- Nada, porque ?
- Nada também, é que você ficou em silêncio do nada
- Estava pensando só isso, mas obrigado por se preocupar.Vou dormir ta, o sono ta batendo.
- Ta ok, eu já já estou indo também

Depois que ele foi fiquei ali uns cinco minutos apenas e fui dormir também, na verdade não estava conseguindo pegar no sono rápido, rolava de um lado para o outro.Acordei no outro dia com um cheirinho de café fresquinho, me levantei, escovei os dentes e fui para a cozinha, todos já estavam acordados até o Justin que havia ido dormir tarde já estava de pé.
- Bom dia dorminhoca ! - disse Chris debochando de mim
- Bom dia gente, dormi muito ? Que horas são ? 
- É 10hOOm Ju - respondeu Cait - Venha tomar café! 

Me sentei na mesa e eles começaram a comentar sobre a noite anterior.
- Que horas vocês foram dormir, eu me lembro que quando cai no sono ficou você e o Justin acordados - me perguntou Cait.
- Ah, logo depois de vocês, apenas terminamos de ver o filme - respondeu Justin com o rosto todo vermelho.

Ele havia ficado sem graça com a pergunta da Cait, eu não sei o porque, era uma pergunta que qualquer pessoa faria sem pensar e nada além de querer saber o que aconteceu.
- O que irão fazer hoje ? - perguntei
- Ah, estava pensando em deixar a Emma com a minha tia e irmos ao parque, o que acham?
- Por mim tudo bem - disse Justin
- Ah ! eu topo, o dia está lindo - Cait disse toda contente
- Que pena, eu não posso ir, prometi a minha mãe que estaria em casa depois do almoço porque vamos a casa da minha avó!
- Poxa, então vamos fazer assim, a noite vamos todos jantar fora, que tal? - Chris era cheio de ideias, nada abalava os planos dele.
- BELEZA - disseram todos

Subi para trocar de roupa e Cait veio comigo.
- Diz ai garota, o que aconteceu quando ficou só você e o Justin acordados, em em em ?- perguntou Cait me fazendo cócegas
- Para poxa, não aconteceu nada, só porque resolvemos terminar de ver o filme não quer dizer que tenha acontecido alguma coisa.
- A vai saber, ele é lindo, tem um sorriso encantador, qualquer garota se entregaria nos braços dele.
- Mas não eu ! 

Porque ela me faria uma pergunta dessas? Sei lá, eu mal conheço o Justin, porque ela pensaria que poderia acontecer alguma coisa entre a gente sendo que isso é algo que não aconteceria? Sei lá, eu mal conheço o Justin, porque ela pensaria que poderia acontecer alguma coisa entre a gente sendo que isso é algo que não aconteceria? Descemos até a sala e ficamos conversando. 
- Hey, lembrei de uma coisa, porque vocês não vão comigo na casa da minha vó ? 
- Vamos incomodar. 
- Para de bobeira Chris, minha vó gosta de casa cheia, aproveitamos e dormimos por lá mesmo. 
- Por mim, tudo bem. - disse Justin 
- Eai Cait e Chris, vamos ? 
- Ok, vamos. 
- É, vai ser legal. 
- Ok, eu e Justin vamos pra nossas casas e depois eu passo pra pegar vocês. 
- Fechado. 

Fomos embora, como a minha casa era mais perto que a dele, ele me deixou em casa e se despediu. 
- Tchau Ju, que horas você quer que eu passe aqui ? 
- não sei umas 13 horas. pode ser ? 
- Perfeito - me deu um beijo na bochecha e voltou a caminhar até sua casa.
- MÃÃÃÃÃAAAE CHEGUEI. 
- TO NO MEU QUARTO ARRUMANDO AS COISAS. 
- OK. 

Subi até meu quarto e comecei a arrumar uma malinha. Quando terminei era umas 11 horas, tomei meu banho e me arrumei. Eu e minha mãe fomos almoçar.
- Filha, preciso que você vá com o seu carro me seguindo que eu vou fica essa semana na casa da vovó. 
- OK, sem problemas, eu chamei o pessoal pra ir com a gente. 
- Pessoal ? Cait e Chris ? 
- E o Justin também. 
- Ok. 

Terminamos de almoçar e colocamos as coisas no carro. 
- Vamos ? 
- Calma mãe, daqui 5 minutos o Justin aparece ai. 
- Ok. 

Sentamos no sofá pra ver TV e exatamente as 13 horas - exatamete - Justin tocou a campainha.
- Oi Biebs!
- Oi Ju! 
- Mãae vamos ?
- Vamos - ela levantou do sofá, desligou a tv. 
- Mãe, Justin! Justin, mãe U.U agora vamos. 
- Prazer senhora ... 
- Senhora não, apenas Sandy
- Ok! kk prazer Sandy
- Prazer Justin. 

Coloquei as coisas do Justin no meu carro e fomos até a casa de Caitlin. 
- Espera aqui no carro que eu vou chamar esses lerdos. 
- OK! 

Desci do carro e fiquei tocando a campainha um milhão de vezes. 
- OOOH MENINA CHATA! PARA, JÁ TO AQUI U.U - disse Chris ao abrir a porta. 
- parei >.< 

Eles terminaram de colocar as coisas no carro e seguimos caminho. 
- Liga o som ai poxa ! 
- Caramba Chris, você é cheio de causar né? Não grita porra louca.
- Ta bom doentinha, agora liga o som u.u

Eu não sei porque, mas o gosto musical do Chris era o mesmo que o meu, o mesmo que o da Cait e o mesmo que o do Justin, tipo, eramos quatro retardados ouvindo som alto e cantando totalmente desafinado.
- Poxa Julie, para de humilhar ! - disse Cait 
- Humilhar porque Cait? Eu não estou fazendo nada!
- Está sim, já percebeu o quanto sua voz é linda ?
- Não espera, minha voz ? Onde ? KKKK 
- É verdade, ela é limpa, é suave. - disse Justin sorrindo
- AAAAAH para, essa menina parece uma taquara rachada, Deus me livre u.u 
- EEEEEEEEEEEEEEEEER ! - disseram todos em coro

Tinha que ser o Chris pra falar uma coisa dessas, sei lá a nossa amizade já estava tão forte que tanto eu não ligava para as brincadeiras como ele nem percebia que as fazia.Ele já até chamava a MINHA avó de vó, já se sentia da família já, também tantos anos de convivência, tantos momentos vividos juntos, alegrias, sorrisos, tristezas, tudo no geral, o Chris sempre esteve presente.
- Chegamos pessoal, quem vai me ajudar tirar as coisas do carro ? - eu disse toda contente percebendo que nenhum dos três havia gostado da ideia, RS 
- Ah Julie, se vira ai velho, larga de ser preguiçosa, nem é tanta coisa assim
- Poxa Chris vamos ajudar né? - Cait deu um tapinha em sua cabeça e pegou algumas coisas

Peguei a maioria das coisas que estavam no carro e empurrei a porta traseira com a perna.
- Deixa que eu te ajudo - Justin pegou tudo, tudo mesmo que estava nas minhas mãos e levou para dentro.
- VÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓÓ que saudades, quanto tempo que eu não te vejo vó linda! - Chris já entrou gritando
- Lembra do Chris vó - A encarei com cara de ''como esquecer essa peste?''
- Mas é claro que eu lembro querida, como eu poderia esquecer essa figura?
- AH, eu sei que a senhora me ama vó
- Vó, esses são Cait e Justin. - aproximei os dois dela 
- Sejam bem- vindos queridos, sintam-se a vontade viu, não se acanhem, aqui quem é tímido não entra pra família.
- Pessoal, vamos para o jardim dos fundos? - puxei a mão de Cait e os meninos vinheram atrás
- Nossa como aqui é lindo Ju, tão fresquinho - disse Cait abrindo os braços e respirando fundo
- Ah, eu amo ficar aqui, é aqui que me sinto em paz, hum já sei vou pedir pra minha mãe fazer uns sundays pra gente, ja volto.

Enquanto eu sai, os três ficaram conversando:
- eeeeh Justin, virá pra cá a conversa ta aqui e não na porta, vai quebrar o pescoço - Chris disse estralando os dedos no rosto do Justin
- Do que você ta falando Chris? 
- Você! Triturando a Julie com os olhos u.u
- Oxe, da onde tirou essa ideia? Ta doido ?
- Doido é, ãhhaam! 
- Para de implicar com ele Chris, a Ju é uma garota, qualquer rapaz olha quando ela passa, qual o problema? 
- Nenhum, mas...
- Mas nada seu chato, para de ciúmes u.u 
- Xiiiiu gente, encerra o assunto que a Julie ta voltando, ela vai pensar o que de mim se ficarem falando que eu to "afim dela"? 
- IXE, ninguém disse isso, mas já que tocou no assunto... - Cait deu um tapa na perna de Chris fazendo ele parar de falar 
- Estavam falando do que gente ? - eu perguntei achando que teria resposta
- Hãm, nada de mais, estávamos dizendo o quanto esse lugar é legal- disse Cait com um sorriso sarcástico.
- Ta tudo bem, pessoal eu sei que não esperavam isso, mas lembrei que aqui perto tem um mega restaurante que eu amoooo comer lá, minha mãe não ta muito afim de sair o que acham de irmos nós quatro?
- Ah por mim tudo bem - disse Cait 

Olhei fixamente para cara do Chris, já que era sempre ele que arrumava os esquemas de saída e tal.
- O que foi poxa, ta me olhando assim porque? O.o 
- Sei lá, só to esperando sua decisão ! - eu disse sorrindo 
- Oxe, bora ir nessa bagaça ae! - ele disse batendo a mão nas minhas costas
- Por mim tudo bem - disse Justin se ajeitando na cadeira

Minha mãe vinha chegando com as taças de sunday, ficamos um bom, bom, bom tempo mesmo sentados ali conversando, mais ou menos a tarde inteira, havíamos trocado de lugar várias vezes, tipo, sentamos no chão, trocamos de cadeira, deitamos nas duas redes que tinha na varanda e etc.Quando dei por mim, o dia já estava acabando, caramba, da onde tiramos tantos assuntos? Enfim, estava quase na hora de sairmos, me levantei e resolvi não dizer nada só pra ver se eles se tocavam do horário.
- Onde você vai sua besta? - Chris, com sua delicadeza perguntou.Continuei andando sem dizer nada...
- Ju já aproveita e leva as taças então né poxa - disse Cait levantando e vindo até mim.
- Gente, olha a hora, a gente não ia sair ? - disse Justin olhando para o relógio e coçando a cabeça

Olhei para trás, comecei a bater palmas e disse:
- Até que fim alguém se tocou né gente, estão querendo ficar aqui conversando até que horas? Bora tomar banho e se arrumar cambada! 

Todos se levantaram, Chris foi para o quarto de hóspedes com o Justin e eu fui para o meu quarto com a Cait ( sim eu tenho um quarto na casa da minha vó, isso é uma exigência dela mesma). Pegamos nossas coisas na sala e fomos para os quartos.
- Poxa Ju para mim, iríamos numa lanchonete bem legal e depois tomar sorvete, não sabia que era um restaurante. - disse Cait com a mão na cintura
- Relaxa Cait, não é um RESTAURANTEEEEE eu gosto dele porque ele é exatamente nossa cara, bem moderninho, aconchegante.
- Ah ta, então vou tomar banho
- Ok, eu vou arrumando as roupas! 

Enquanto eu arrumava as coisas, bateram na porta, quando abri era o Justin, todo envergonhado ele disse:
- Ãm, é, tipo ...
- Que foi Justin - eu disse dando risada
- Onde ficam as toalhas ? rs 
- Ah sim, como o Chris não sabe? Tanto tempo vindo aqui e ainda tem dificuldades nisso? Então, dentro do banheiro, atrás da porta tem um armário, ta lá dentro na primeira pratilheira.
- A ta, obrigado ! 

Voltei para me arrumar, tempos depois Cait e eu estávamos quase prontas. Os meninos bateram na porta e, CARAMBA, estavam lindos.
- Nossa como vocês estão lindas - disse Justin nos medindo de cima a baixo
- Vocês estão muito lindos também, da até medo de sair na rua com vocês assim! 
- Porque? - perguntou Chris
- Sei lá, vai que alguém ataca a gente só pra sequestrar vocês, kkkk, enfim, vamos gente.Justin dirige ? Eu vou dizendo o caminho pra você.
- Ãm.. claro Ju
- Chris, vai banco da frente ? 
- Eu? no banco da frente com o Justin? Não não, pega mal pra minha reputação u.u 
- Que reputação seu vacilão? - perguntou Cait dando risada
- Ai gente, para de coisa, eu vou na frente ta ok? 
- Então ta né - disse Cait 

No caminho como era de lei, ligamos o rádio e pluguei meu iPhone no cabo. Ao chegar no restaurante eu havia reservado mesa para quatro pessoas. Justin quis sentar na janela e eu também, ficamos um de frente para o outro, Chris sentou do meu lado e Cait do lado do Justin. Começamos a decidir o que iríamos comer.
- Ain gente, nada muito gorduroso, sabem que não sou muito fã de academia e preciso manter a forma u.u
- Qual é Cait, tu vive comendo besteira por ai e ainda quer pagar de saudável? - Chris disse isso e caiu na gargalhada
- Poxa Chris, não fale assim com ela, você precisa aprender que não é assim que se trata uma garota - Justin olhou pra Cait e disse - Não importa o que você comer Cait, seu corpo é lindo, não precisa se preocupar com isso, você é jovem e sim, é bem saudável. - deu um beijo na bochecha dela e sorriu. 

Ai gente, como ele era fofo, ao contrário do Chris que era um tremendo cavalo, mas eu gostava desse jeitão do Chris, foi isso que mais me chamou atenção nele, ele não liga muito para o que dizem, mas quando quer ser romântico ele sabe a fórmula certa pra agradar uma garota.
- Então, eu sei que o cardápio ta cheio de pratos "chuiquetosos" e tudo mais, mas eu ainda prefiro o bom e delicioso espaguete ao molho branco, que tal gente ? *-* 
- Nossa, eu amo espaguete ao molho branco - disse Justin abrindo o cardápio para ver
- Ah não, eu vou de carne de carneiro - disse Chris arregalando os olhos
- Gente eu vou comer o que tem de mais light aqui ta? - Cait disse e deu uma pequena risada

Enquanto os pratos não chegavam começamos a conversar, muitos assunto muito nada a ver, eu sei que riamos muito, era o Chris comentando de como o cara da mesa da frente comia parecendo que havia ficado amarrado um ano inteiro sem comer nada, era a Cait dizendo como a mocinha da porta estava entediada por ter que ficar recepcionando o pessoal e eu e o Justin só dando risada. Finalmente nossos pratos chegaram, comemos e logo pedimos a sobremesa.
- Ao invés de pedir uma pra cada, porque não pedimos uma Big Taça de sorvete, daquelas bem grande mesmo e dividimos nós quatro? - disse Cait
- Nossa Cait, pra quem não queria engordar, você ta que ta em ! - Chris novamente contra atacou
- Boa ideia, vamos de Big taça ! Garçom ! - Justin levantou os dedos e estalou - Por gentileza nos traga uma Big Taça de creme com chocolate, granulado de castanhas e granulado colorido e cobertura de morango.

Mal sabíamos nós que aquela Big Taça era uma raridade no restaurante, ou seja, todos que pediam tinham uma surpresa. Na hora que o garçom veio chegando com a taça, atrás dele veio três pessoas, chaculejando e tocando pandeiros, quando se aproximaram da gente jogaram confetes e gritaram "Biiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiig Ice Cream Guys", rimos de mais e cada um limpou o confete do cabelo do outro, começamos a comer e parecia que não acabava mais aquele sorvete gente, mas como eu amava eu não tava nem ligando.
- Ãm, Ju tem... um pouco de... sorvete aqui - disse Justin gaguejando e apontando para o meu rosto - espera, deixa eu que limpo pra você.

Ele chegou bem perto de mim pegou o guardanapo e passou bem devagar no canto da minha boca.
- Prontinho ! 
- Obrigada Justin - eu disse e sorri.

Aquele momento não poderia ser mais constrangedor, quer dizer, poderia se minha mãe e minha avó estivessem conosco no jantar, eu poderia simplesmente pegar o espelho na minha bolsa, procurar onde estava sujo e limpar eu mesma, mas eu não quis ser indelicada com ele, afinal, ele estava sendo tão gentil comigo desde o dia do filme na casa do Chris.
- Gente, o que iremos fazer depois? - perguntou Cait
- Poxa - eu respondi - eu não sei, depende da hora que sairmos daqui da pra ir no lago, ou sei lá, caminhar na praça, porque comer, não da mais UFA !
- É realmente, não da né Julie, chega né sua gorda - mais uma vez Chris com suas piadinhas "amigáveis".
- Então, bora dar uma caminhada na beira do lago mesmo e depois vamos para casa e conversamos até tarde - disse Cait ajeitando a bolsa que estava eu seu colo
- A claro né Cait, se você não dormir de novo né "Conversar até tarde!" quem disse que você consegue fazer isso? - disse Justin olhando fixamente pra ela com cara de esnobe
- Bobo, eu juro que converso até tarde hoje, eu acordei tarde ! kk - disse Cait dando um beijinho no rosto do Justin.
- Ãm, ok, vai ser isso então? Lago depois casa ? - perguntei
- Por mim tudo bem - disse Chris

Chamei o garçom e pedi a conta. Após pagarmos a conta, Justin e Chris foram buscar o carro no estacionamento que ficava logo atrás do restaurante, eu e Cait esperamos em frente ao mesmo. Logo eu e Cait fomos entrando no banco de trás e Chris se manisfestou:
- EPA EPA EPA ! As mocinhas acham mesmo que eu vou no banco da frente com um MACHO ? Podem tirando "cara ou coroa aê" e vendo quem ai na frente dessa vez.
- Até quando esse espirito machista Chris - perguntou Cait
- Não é machismo, é questão de princípios, se estamos em dois homens e duas mulheres, porque temos que andar mulher com mulher e homem com homem ? A num rola né meninas.
- Tudo bem, tudo bem, eu vou na frente desta vez Julie ! - disse Cait dando dois tapinhas no meu ombro.

A caminho, o pessoal estava tão quieto, será que é porque estavam de barriga cheia e o ventinho que entrava pela janela estava deixando todo mundo cansadinho? Enfim chegamos ao lago e havia muitas luzes, o lugar estava tão lindo, começamos a caminhar e conversar, eu de braços dados com o Chris e a Cait de braços dados com o Justin, estava começando a esfriar, se não me engano ia para umas 23hOOm. Chris e Justin viu alguns patos no lago (é patos ¬¬) e caminharam até lá sozinhos. 
- Aaaaah, queria tanto dar pão pra eles - disse Chris com a mão na cintura
- Acho que tenho alguns no carro - disse Justin
- Não, espera, pão no carro ? O.o - eu perguntei. Isso que o carro era meu.
- É, que eu sempre carrego pra se caso a comida do restaurante não me fizer bem. 

Super normal essa atitude do Justin né? Mas enfim, ele foi buscar os pães e os dois começaram a alimentar os patinhos.Enquanto isso eu e Cait ficamos conversando.
- Esses dois tem problemas né? - disse Cait sentando e cruzando as pernas
- A meu bem, só pode, porque querer alimentar patos a essa hora da noite não é nada normal!- respondi sentando do lado dela. - Ai ai - suspirei
- O que foi Ju ? - perguntei Cait me olhando
- Ah, nada !
- Como nada, ta suspirando ai porque ? - ela se ajeitou no banco
- É que as vezes fico me perguntando o que seria de mim sem o Chris sabe? Ele sempre esteve comigo, me ajudou tanto, já me deu tantas broncas, é como um grande irmão mesmo.
- Acredita que eu penso o mesmo do Justin? - ela disse
- Sério Cait?
- É menina, de todos meus amigos, ele é o único em quem confio, ele é meu braço esquerdo, direito, e as vezes até minha cabeça, RS - ela sorriu - pode parecer estranho, mas as vezes ele me ajuda a tomar a maioria das decisões mas sempre dizendo "Cait, a escolha é sua, veja o que é melhor pra você", mas nunca deixa de estar ao meu lado.
- É isso é verdade, esses dois valem ouro - nos levantamos e fomos até eles.

Ao chegarmos lá estavam rindo que nem duas crianças por causa dos patos, o chão estava meio molhado, parecia que havia chovido antes de chegarmos lá, me aproximei do lago para ver mais de perto e por um descuido meu escorreguei um dos pés, senti meu pé entrar na água, fazendo molhar todo o meu slipper, uma mão quente me pegou pela cintura me fazendo tirar rapidamente o pé da água.
- Garota, tenha mais cuidado ! - disse Justin me levantando
- Me desculpe Justin, eu escorreguei, não foi por que eu quis. - me levantei batendo a mão na roupa
- Você está bem?
- Estou sim, obrigada mais uma vez... - olhei para Chris e Cait e os dois estavam perplexos com o que acabara de ver - ãm, vamos ? Está ficando tarde ! 

Dentro do carro estava silêncio até que:
- É Julie sua lezada, não sabe tomar sorvete sem se sujar, não sabe parar perto de um lago sem cair, o que vai ser agora ? - perguntou Chris
- Poxa Chris, sabe que eu sou desastrada, se não fosse o Justin eu estaria toda molhada agora, ou até mesmo MORTA - olhei fixamente para ele
- Para com isso garota, morta, ai meu Deus, morta, você sabe nadar ou, sairia daquela fácil fácil - ele disse com a voz tremula.

Ao chegar em casa minha mãe estava na sala com a vó, olhou pra mim e perguntou
- Menina, resolveu mergulhar só o pé foi ? Da próxima vez leve o biquíni, ai poderá entrar na água!

Todos caíram na gargalhada
- Eu tropecei mãe, na beira do lago, o Justin me puxou a tempo
- Obrigada Justin - disse minha mãe
- Que isso Sandy, foi questão de segundos, quando vi já estava puxando ela.

Subimos e fomos trocar de roupa, segundo Cait e Justin, iríamos ficar conversando um bom tempo no jardim dos fundos, comendo doritos e chocolate.Estendemos uma toalha no chão da varanda, sentamos e ali ficamos, conversa vai e conversa vem, eram tantos assuntos, eu só sei que ríamos pra caramba, chega a barriga doía de tanto rir. O sono começou bater em todos nós, então decidimos ir cada um para seu quarto, demos boa noite uns para os outros e subimos. Eu estava no quarto, já havia colocado meu pijama e Cait estava no banheiro escovando os dentes, alguém bateu na porta.
- Ãm, oi? de novo? - disse Justin todo envergonhado

Rimos e eu disse 
- Ãm, Oi !
- É que, o Chris realmente não sabe nada da casa da sua avó e eu também não, então ...
- Quer saber onde estão as cobertas certo? - eu disse o interrompendo
- É isso mesmo!
- Então, estão em um armário do lado do closet.
- Obrigado - disse ele se virando
- Ãm, Justin ! - ele se virou rapidamente- obrigada por hoje viu?
- Que isso Ju, foi só uma ajuda - ele sorriu, suspirou e continuou andando em direção ao seu quarto.

 


Notas Finais


Eai, gostaram? Espero que sim, falo com vocês no próximo cap. Beijinhos meninas.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...