História Believe? - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Rap Monster, Suga
Tags Bangtan, Bts, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Morte, Namjoon
Exibições 26
Palavras 590
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia)
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey amorzinhos, não me taquem pedras, ok? Essa é a primeira fic que eu posto e, confesso que eu estou nervosa sobre se vocês vão gostar ou não, então é só isso, divirtam-se \(^-^)/

Capítulo 1 - Believe?- unic


Eu achava fascinante a forma como os olhos de Park Jimin brilhavam tanto aquela noite dentro daquele bar tão cheio com pessoas tão vazias.
Achava incrível a forma como depreocupadamente mexia em seus cabelos esbranquicados jogando-os para trás, achava tão maravilhoso a forma como o garoto sorria não se importando com a incessante chuva caia do lado de fora daquele bar.
Com aquele estrondoso barulho seus olhos insistiam em se arregalar a cada trovoada fazendo-o parecer como uma criança assustada, a pouca iluminação do local fazia o lugar tomar uma cor única a cada raio que caia sobre o céu.
Jimin adorava chuva, ele dizia que era o clima perfeito para  espairecer e deixar seus problemas de lado.
As promessas que o mesmo sempre me fazia nesses dias eram inimaginaveis, mesmo parecendo duas peças sem encaixe naquele quebra cabeças sem fim Jimin sempre acreditava que éramos apenas rejeitados pela sociedade, já que eles não sabiam aceitar ao certo um relacionamento como aquele.
Cada momento com aquele garoto enigmático era único, não saboa ao certo o por que, apenas sabia que aquele garoto que acreditava em unicornios e adorava a cor negra sabia como fazer alguém esquecer seus problemas com tão pouco.
Jimin era extrovertido e adorava dar passeios por aí, eu, por outro lado prefiria ficar em casa assistindo um bom filme e degustando de um balde cheio de pipocas.
Éramos o casal perfeito até aquele fatidico dia, eu ne culpo até hoje por ter deixado Jimin sair junto com Namjoon e Yoongi.
Foi numa madrugada exatamente as 03:18 da madrugada SeokJin me ligava desesperado dizendo que o carro dos garotos havia batido em um caminhão e caído numa ribanceira acabando com a vida de todos dentro daquele local, não pude evitar que as lágrimas escorrecem sabendo que os olhos de Jimin nunca mais brilhariam daquela forma tão especial que sempre me cativava ou que eu não poderia mais afagar aqueles cabelos em dias chuvosos. As lágrimas começaram a cessar ao ver aquelas pequenas gotinhas pingando sobre a janela. Que irônico, Jimin se fora sem ver a chuva pela última vez...
           ~quebra de tempo~
Já haviam se passado semanas desde que a vida de Jimin fora arrancada de si de forma tão impiedosa, mesmo com um aperto enorme em meu peito estava lá eu empacotando as coisas de Jimin, Até que no meio de suas roupas eu encontro um pedaço de papel embrulhado e um pouco rasgado pelo o tempo, decido ler, afinal, não tinha nada a perder:
"Querido Jeon Jungkook queria pedir desculpas a você por não lhe entregar este manuscrito.
Há muito tempo eu tenho percebido o quao brilhante seu sorriso é, o quanto seus cabelo brilham conforme o sol bate sobre eles. Queria também pedir-te desculpas por nunca falar sobre meus sentimentos a você, sei que não serei compreendido e mesmo assim eu acredito que poderemos ficar juntos em breve, posso não ser a melhor das pessoas, porém, eu tento fazer meu melhor.
Sei que meu orgulho não me deixaria lhe entregar este papel... Mas, se por obra do destino você conseguir ler, quero que saiba que eu te amo e sempre irei te amar, apesar das diferenças eu vou continuar te amando------
O resto da carta estava rasgada e ilegivel.
Olhei para a janela onde já começava a gotejar e soltei uma última frase ao vento: "eu também te amo Park Jimin independente de onde esteja." logo começando a cantar uma de suas músicas favoritas enquanto a chuva que caia sobre o chão abafava minha voz.


Notas Finais


Meu deeeeus essa foi a primeira história que eu consegui terminar, foi legal até escrever (apesar de eu ter achado meio curtinha,mas ok.)
Eu vim aqui rapidinho pedir desculpas pelos erros ou pela falta de sentido, pra falar a verdade, eu to com sono e a idéia me brotou agora então eu resolvi postar :v
Espero que tenham gostado
Tia daisy ama vocês <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...