História Believe in your Dreams - Capítulo 53


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Belieber, Justin Bieber
Visualizações 10
Palavras 1.772
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 53 - Part.53


Nosso bebê, porque isso foi acontecer meu Deus ? Por quê ? O médico saiu da sala mas logo voltou.


Médico : Precisamos terminar de fazer alguns exames, amanhã de manhã ela já vai ter alta.
Justin : Tudo bem.
Médico : Ok. -saiu-
VC : É tudo culpa minha.
Justin : Não, não é sua culpa amor.
VC : Claro que é ! Eu tava distraída, se eu não tivesse não teria perdido.
Justin : Para de se culpar ! A culpa não é sua ok ? Deus sabe o que faz princesa, se ele quis assim não podemos julgar.
VC : -chorou-
Justin : Ôh minha pequena. 


A abracei forte e ficamos assim um tempo, eu só escutava o choro dela baixinho no meu ombro, eu tentava não chorar, mas é impossível. Meu filho porra ! Me soltei dela devagar.


Justin : O pessoal ta ai.
VC : Quem ?
Justin : Jas, SA, Chris, Chaz, Ryan e Lucas.
VC : Ata ..
Justin : Vou chamar eles ok ?
VC : Uhum.
Justin : Depois eu volto, te amo. -beijei a testa dela-
VC : Também te amo.


Sai e todos se revezaram pra entrar, Caitlin e Chaz eram os últimos e já estavam saindo.


Chaz : Aí irmão, eu sinto muito, valeu ? E tenho que ir agora, mas qualquer coisa me liga bro.
Justin : Valeu cara, tranquilho. -abraço-
Cait : Eu vou com ele Justin, mas qualquer coisa, já sabe .. A gente ta aqui pra tudo.
Justin : Obrigado Caitlin. -abraço e beijo na bochecha-
Cait : -sorriu sem mostrar os dentes-


Eles saíram.


Jas : Ela tem alta quando ?
Justin : Amanhã de manhã, eles precisam fazer mais alguns exames.
SA : Ela ta em choque, não para de chorar.
Chris : Verdade.
Ryan : Aí bro. -tocou meu ombro- Vai ficar tudo bem.
Justin : Duvido muito. 
Jas : Uma hora fica ..
Justin : É ..
Chris : Humm.
Lucas : Alguém quer alguma coisa ? Vou comprar uns lanches.
Chris : Vou com você.
Lucas : Beleza.

Falamos pra eles o que iríamos querer e eles saíram.

Justin : Vou ficar lá com ela mais um pouco, se quiserem podem ir embora, valeu pela força galera. Valeu por tudo.
Jas : Eu não saio daqui até ela ter alta.
SA : Nem eu.
Ryan : Não precisa Drew, a gente fica aqui.
Justin : Beleza galera, valeu.


Fui pro quarto dela e ela tava olhando pro nada, bem quietinha. Me sentei na ponta da cama.


Justin : Que foi ?
VC : Nada .. -limpou uma lágrima que caiu-
Justin : Chaz e Caitlin tiveram que ir embora.
VC : E os outros ?
Justin : Vão ficar, Lucas e Christian foram comprar algumas coisas pra gente comer.
VC : Humm.
Justin : Eu tô aqui com você. Nunca vou te deixar.
VC : Obrigada. -me beijou-
Justin : -sorri sem mostrar os dentes- Ta com fome ?
VC : Não.
Justin : Hmm, ok.

Liguei a tv do quarto e tinha a notícia em quase todos os canais.

"Hoje pela manhã o cantor Justin Bieber foi visto entrando em um hospital com sua namorada, a cantora (seunome) nos braços, ela sangrava muito. Todos estamos muito preocupados, nas redes sociais os fãs estão estéricos e assustados querendo saber de mais notícias. Assim que tivermos novas notícias comunicaremos a vocês."


Fiquei conversando com ela e depois de um tempo o médico entrou no quarto.


Médico : O senhor vai ter que se retirar agora. Os exames vão começar.
Justin : Ok. Tchau amor. -selinho-
VC : Tchau Jus.


Fui pra sala de espera, todos ainda estavam lá. 


Lucas : Aqui seu lanche Bieber.
Justin : Valeu cara.
Lucas : -assentiu com a cabeça-


Comi meu lanche e meu celular começou a tocar, minha mãe.


----Ligação On----


Justin : Oi mãe.
Pattie : Justin o que aconteceu ? Eu vi a notícia no jornal, a (seunome) ta bem  ? -minha mãe tava nervosa e parecia estar chorando-
Justin : Ela .. Ela perdeu o bebê. -chorei-
Pattie : Ah meu Deus ! Filho como foi isso ?
Justin : Caiu da escada, na mesma hora eu trouxe ela pro hospital, mas foi tarde demais mãe. Meu filho mãe, meu filho. -eu tentava controlar o choro-
Pattie : Ai Justin, eu sinto muito meu amor. Em que hospital vocês estão ?
Justin : Eu não sei o nome, é aquele que quando a Jazzy passou mal meu pai trouxe ela. 
Pattie : Ah sim. Sei qual é, já estou indo aí. 
Justin : Ok, tchau.
Pattie : Tchau querido.


----Ligação Off----


Justin : Que horas são ? 
Jas : 17:00 horas.
SA : Passou rápido.
Justin : Ahaam.
Chris : Mas tirando o que aconteceu, ela ta bem né ?
Justin : Ta sim. 
Chris : Humm.


Depois de uns 15 minutos minha mãe chegou, me levantei pra abraçá-la e depois nos sentamos.


Pattie : Oi oi gente.
TODOS : Oi.
Pattie : E então, como ela ta ?
Justin : Ta bem .. Amanhã mesmo já tem alta.
Pattie : Menos mal, quando vou poder vê-la ?
Justin : Eu não sei, estão fazendo uns exames. 
Pattie : Humm, ok.



Ficamos esperando e esperando, todos em silêncio. Quando era 20:00 horas o mesmo médico que me disse quando ela teria alta, apareceu na sala de espera.


Médico : (Seu nome) já passou por todos os exames e está bem. 
Pattie : E eu posso ir vê-la ?
Médico : Pode sim, me acompanhe por favor.
Pattie : Certo.


Minha mãe saiu seguindo ele.



----VOCÊ ON----


Tava lembrando da hora em que cai da escada, as dores que eu sentia, o medo de perder o meu filho.. E aconteceu né. Pattie entrou na sala e meu deu um beijo na testa.


Pattie : Oi minha querida.
VC : Oi. -disse um pouco baixo-
Pattie : Como está ?
VC : Péssima. 
Pattie : Sinto muito, posso imaginar a dor que está sentindo.
VC : Era um pedacinho de mim, meu bebê. -chorei-
Pattie : Ai meu Deus ! Venha cá. -me puxou pros braços dela e eu me aconcheguei ali- Vai passar, a dor vai passar. Vai ficar tudo bem.
VC : Não vai não, meu filho não ta mais aqui dentro de mim. As coisas não vão melhorar.
Pattie : Vão sim, é só questão de tempo. Sei que vai continuar sofrendo pois é o seu bebê, mas você vai passar a conviver com isso.
VC : Vai ser difícil.
Pattie : Vai sim, mas você é forte e vai superar.
VC : Obrigada.
Pattie : Estou aqui pra tudo. -beijou minha testa-



Pattie ficou um bom tempo comigo e depois saiu. Eu gosto da Pattie, gosto muito ! Justin entrou no quarto com uns lanches.


Justin : O médico disse que você pode comer, então ..
VC : Tudo bem, obrigada. -peguei o lanche-
Justin : Ta ..
VC : Você vai ficar aqui comigo ?
Justin : Claro, nunca vou te deixar sozinha, lembra ?
VC : -sorri sem mostrar os dentes- Sim rs.
Justin : -sorriu-
VC : O seu sorriso me da forças.
Justin : Rs, você é minha força.
VC : -sorri-
Justin : Eu te amo.
VC : Eu te amo. -beijo-



Enquanto eu comia o lanche Justin foi falar com o pessoal.


----JUSTIN ON----



Voltei pra sala de espera e a SA já tava dormindo no colo do Christian, também, já é quase 00:00 .


Justin : Aí cara, leva tua mina pra casa.
Chris : Tudo bem pra você ?
Justin : Sim, sim. Tranquilho irmão. Vai lá.
Chris : Beleza cara, qualquer coisa liga bro.
Justin : Beleza mano. Valeu por tudo.
Chris : Irmãos são pra isso. -sorriu sem mostrar os dentes-
Justin : Sempre cara. -abraço-
Chris : Valeu, falou.
Justin : Falou.
Ryan : Tchau mané.
Chris : -revirou os olhos- Tchau seu verme.
Ryan : -ri-
Lucas : Falou Christian.
Chris : Falou, falou.



Christian saiu.


Justin : Ai gente, eu não tô expulsando ninguém não. Mas se quiserem podem ir embora, ela ta bem. Amanhã cedo já vai pra casa.
Jas : Ela ta bem mesmo ?
Justin : Ta sim, só ta um pouco fraca.
Ryan : Quer ir Jas ?
Jas : Não. -bocejou-
Justin : Jas você ta pingando de sono. Fica tranquilha que ela ta bem.
Jas : Não vou sair daqui. -bocejou de novo-
Justin : -ri- Ryan ...
Ryan : Ai minha gata, vamos embora. Amanhã a gente vai lá ver ela.
Jas : Ta bom .. Justin, qualquer coisa .. Liga ok ?
Justin : Pode deixar.
Ryan : Tchau Justin, Lucas.
Jas : Tchau.
Lucas : Tchau.
Justin : Tchau irmão. Valeu mesmo gente, sério.
Ryan : Que nada.
Jas : -sorriu-


Eles saíram e ficou só eu e o Lucas.


Justin : Vai dormir aqui ?
Lucas : Vou.
Justin : Não precisa.
Lucas : Mas eu vou.
Justin : Eu tô aqui com ela.
Lucas : Só vou quando ela for.
Justin : Beleza.
Lucas : No quarto tem quantas poltronas mesmo ?
Justin : Três, eu acho.
Lucas : Humm, ok.
Justin : Por quê ?
Lucas : Porque vou dormir lá.
Justin : Humm.


Eu e Lucas voltamos pro quarto e a seunome já tava dormindo rs, ela tava cansadinha. Dei um selinho demorado nela e me sentei na poltrona, vai ser difícil dormir aqui. Eu não gosto muito do Lucas, mas tenho que aturar ele, por ela. Só pela minha princesa. Passaram-se horas e eu não conseguia dormir, mas continuei tentando e consegui. Na manhã seguinte acordei e tinha uma médica examinando a seunome, Lucas ainda dormia e a seunome tava sonolenta, me levantei e fiquei em pé do lado da cama dela.



Médica : Ela tomou um remédio na veia e vai ficar bem sonolenta, quando chegar em casa vai ter dormir a tarde toda.
Justin : Tudo bem, obrigado.
Médica : Meu trabalho. Ela já pode ir.
VC : Humm.
Justin : Ok, obrigado.
Médica : -sorriu e saiu-


Fui até o Lucas.


Justin : Ae Lucas acorda cara. ACORDA.
Lucas : Ai caralho, o que aconteceu ?
Justin : Ela teve alta, já vamos.
Lucas : Ata, ok.


Ajudei a seunome a levantar da cama e fomos pro carro, Lucas sentou no banco de traz com ela deitada em seu colo já dormindo. Bateu um ciumes e tal, mas não tem nada de mais .. Acho que ele tinha vindo de taxi ou no carro de alguém, sei lá. Não demorou muito e chegamos em casa, ele enquanto eu guardava o carro na garagem ele levou ela pro quarto e a colocou na cama. Entrei em casa e ele tava descendo as escadas.


Lucas : Coloquei ela na cama.
Justin : Valeu.
Lucas : Ta, já tô indo. Falou.
Justin : Falou.


Ele saiu e eu subi, ela tava dormindo. Pelo menos ela ta bem né, mas vai ser difícil conviver com essa dor, mas nós vamos superar. E claro, vamos ter outros filhos. Mas eu sei que esse sempre vai fazer falta. Ainda era cedo e eu tô com sono, me deitei ao lado dela a abraçando por trás e dormi.




----VOCÊ ON----


Me acordei 16:00 horas, caralho '-' Justin tava deitado do meu lado vendo tv, me sentei na cama e ele me olhou.


Justin : Oi ..


Passei a mão na barriga e lágrimas começaram a rolar pelo meu rosto, Justin deixou algumas lágrimas caírem também e me abraçou, abraçou tão forte que eu me senti como se nada pudesse me ferir naquele momento. Me senti protegida. 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...