História Believe in your Dreams - Capítulo 61


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Belieber, Justin Bieber
Visualizações 17
Palavras 2.565
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 61 - Part.61


Justin : Olha nos meus olhos e diz que não me ama mais. -fiquei apoiado no meu cotovelo a olhando, com meu tronco levantado-


----VOCÊ ON----


Ele sabe que eu o amo, não consigo mentir olhando em seus olhos, não sei por que, apenas não consigo. 


VC : Pra que isso ?
Justin : Diz olhando nos meus olhos.
VC : Não preciso. Eu sei que não te amo.
Justin : Me esqueceu rápido hein.
VC : Fazer o que né. -sorri sínica- A vida continua.
Justin : Se não me ama, por que ficou olhando no fundo dos meus olhos lá na balada ? Você me ama sim, só quer que eu pense o contrário.
VC : Eu sei o que eu sinto.
Justin : Princesa você me ama ? -encarou meus olhos- Seus olhos te entregam.
VC : Eu não te amo Justin. -disse olhando pro teto-
Justin : Me ama sim. -me deu um beijo na bochecha-
VC : Justin ?
Justin : Eu.
VC : Por que me traiu ? -me sentei na cama o olhando-
Justin : Porque eu sou um idiota que deveria ter te valorizado enquanto me pertencia, eu simplesmente cai na tentação, eu deveria ter sido homem o suficiente pra não fazer aquilo, mas eu fui fraco. 
VC : Doeu muito sabia ? Quando eu vi aquela cena meu mundo desabou, eu nunca pensei que você faria isso. Dói até hoje. -minha voz falhou e lágrimas rolaram pelo meu rosto-
Justin : Não chora princesa, não chora. Odeio te ver chorar. -me abraçou-


Minha cabeça tava no peitoral dele, ele se deitou na cama e me puxou pra deitar com ele, limpei as lágrimas e me apoiei no peitoral dele.


Justin : Me perdoa ?
VC : Não.
Justin : Eu não sou o mesmo sem você.
VC : Não perdoo uma traição. A dor não passou Justin, meu coração ta todo quebrado. Eu tenho medo de amar.
Justin : Me desculpa por te fazer sofrer, tudo que eu sempre quis foi te fazer feliz, mas cometi o erro que eu disse que não cometeria. 
VC : Você brincou comigo. Me enganou, me iludiu. Talvez nunca tenha me amado.
Justin : Eu sempre te amei ok ? Não duvide disso nunca por favor, fui sincero em tudo o que sinto. Eu não namoraria com você se não te amasse, eu não estaria tentando voltar com você se não te amasse. Não duvide do meu amor por você, só te peço isso.
VC : -respirei fundo- Não era pra mim estar aqui. Me leva pra casa.
Justin : Dorme, depois você vai.
VC : Me leva pra casa Justin ! Ou então eu vou sozinha.
Justin : Ainda não é bom você dirigir.
VC : Não da nada, vou ir.
Justin : Deixa que eu te levo então.
VC : Não precisa mais. Olha eu nem tô bêbada, não vou bater com o carro.
Justin : Mas .. -o interrompi-
VC : Eu vou e você não vai me levar. 


Coloquei minha roupa e peguei meu sapato. Desci e fui pra garagem, meu carro tava lá. Peguei a chave dele que tava junto com as chaves dos outros carros. Entrei e Justin se apoiou na janela que eu tinha abaixado o vidro.


Justin : Deixa eu te levar. 
VC : Não ! 

Sai e fui dirigindo pra casa, é melhor eu evitar ficar perto dele, é melhor pra nós dois. Já deu o que tinha que dar, cheguei em casa e fui direto pro quarto, me joguei na cama e apaguei. Acordei 15:00 horas, fui almoçar depois voltei pro quarto e me deitei na cama olhando pro teto. Me virei pro lado e tinha pequenos quadros com fotos minhas junto com o Justin, sorri. Eu o amo tanto, não vou negar isso, mas o que ele fez é imperdoável. E mais uma vez comecei a chorar baixinho, lembrando das palhaçadas dele, lembrando de como a gente foi feliz quando eu soube que tava grávida, sempre que eu via a SA ou qualquer outra mulher grávida eu me sentia mal, porque lembrava do meu bebê. Tô sofrendo tanto, as vezes penso em me mudar de país ou pelo menos de cidade, me distanciar dele pra tentar esquece-lo. Meu celular tocou, atendi, era a Jas.


----Ligação On----


Jas : Vem aqui pra casa, os moleques, a Cait e a SA vão vim também, eu não chamei a SA não, foram eles.
VC : Oi pra você também sua puta.
Jas : KK oi, mas então você vem ?
VC : Agora ?
Jas : Ahaam.
VC : Sei não, não quero ficar perto dos dois.
Jas : Ah poxa vem, vai ser legal.
VC : Jas, não.
Jas : Por mim.
VC : Não quero Jas.
Jas : Por favooooooor, por favor (seu apelido).
VC : Jas .. -me interrompeu-
Jas : Tô te esperando, beijo. -desligou-


----Ligação Off----


Que filha da puta kk vou ir só porque ela pediu. Tomei um banho rápido e coloquei esse biquíni :



Coloquei um short e uma blusa, peguei meu óculos de sol e bronzeador. Entrei no carro,, dei a partida e logo cheguei na casa dela, o carro do Justin já tava lá. Entrei e ele e Ryan estavam na piscina.


Ryan : E aí peste.
VC : Oi ogro. 
Ryan : Rs.
VC : Cadê a Jasmine ?
Jas : -apareceu de biquíni- Tô aqui minha fã.


SA entrou com o carro dela e logo Chaz, Caitlin e Chris chegaram. Todos eles entraram na piscina, menos eu e o Christian. 


VC : Passa bronzeador nas minhas costas ?
Chris : Claro.


O sol ainda tava forte, então da pra pegar mais marquinha. Ele passou nas minhas costas e depois foi pra bunda e pras pernas, voltou pra bunda e ficou enrolando,deu uma apertadinha, eu ri fraco.


Justin : Que porra Christian !
Chris : Ta louco cara ?
Justin : Louco pra te dar um cassete, só se for.
Chris : Cai pra mão então caralho.


Justin ia saindo da piscina mas a SA segurou ele.


SA : Não vale a pena Jus, ela não vale a pena.
Justin : -ficou me olhando um pouco- Vale sim. Sai de perto dela Christian.
VC : Chris pode continuar. 
Justin : Então você ta gostando dele passando a mão na sua bunda né ?
VC : É por causa do bronzeador seu idiota. E se eu estiver ? Você não tem nada a haver com isso.
Justin : Tenho sim porque você é minha e não quero que ele faça o que tava fazendo.
VC : O quê ? Sua ? -ri debochada- Eu não sou sua Bieber.
Justin : É sim, e você sabe disso, sabe que me pertence.
VC : Eu não pertenço a ninguém, NINGUÉM ! 
Cait : Sem brigas gente, vamos curtir.
Chaz : Caitlin tem razão. Parem com isso.


Christian entrou na água e ficaram fazendo briga de galo, Caitlin contra Jas, Jasmine ganhou. Fiquei tomando sol e depois entrei na piscina.


Ryan : Mais briga de galo meu povo. Vamos.
Jas : Quem contra quem ?
Ryan : Humm, SA contra (seu nome).
Chaz : Fudeu.
VC : Não tô afim.
SA : Ta é com medo de perder pra mim, igual perdeu o namoradinho.
VC : Você ta com ele por acaso ? Ele me ama sua vadia, ele quer a mim, não a você.
Chaz : Ah gente qualé, vamos parar com essas brigas infantis, vai vocês duas na briga de galo e depois vai as outras de novo.

SA : Vem Jus. 


Justin mergulhou na água e ela subiu em cima dele. 


VC : Vem comigo Christian ?
Chris : Claro linda.


Sorri e ele afundou na água pra mim subir em cima dele, subi e ele apertou minhas coxas. 


Chris : Gostosa.
VC : Você que é. -estiquei meus braços e arranhei o tanquinho dele de leve-
Jas : Podem começar.
Ryan : Isso vai ser divertido. -sorriu-


Começamos, ela pegou em meus braços tentando me mandar pra água, cravou as unhas no meu braço tirando sangue do mesmo. Filha da puta, ela riu debochada e eu cravei minhas unhas do ombro dela e arranhei até achegar na mão, saia sangue, levantei a sobrancelha e ela me olhou com raiva. Continuamos a briga de galo e eu ganhei, ela caiu na água e depois se levantou.


SA : Posso ter perdido a briga de galo, mas tenho esse gato aqui. -deu um selinho no Justin-


Todos ficaram quietos apenas olhando pra ela e pra mim. SA se sentou na beira da piscina e eu mergulhei, nadei até ela e a puxei pelos pés fazendo suas costas se arranharem toda na "parede" da piscina. Sei nadar muito bem, essa piscina era bem funda, mas tinha uma parte mais rasa, levei a SA pro fundo da piscina a colocando no chão e colocando meu joelho em cima da barriga dela, ela se debatia tentando se livrar de mim, comecei a ficar com falta de ar e voltei pra cima, ela voltou logo em seguida e puxou meu cabelo. Mas essa não é a minha briga, não mesmo, minha briga é de soco, minha briga é de porrada porra ! Me virei de frente pra SA dando um soco nela que sua cabeça foi até pra trás, Christian tentava me segurar mas eu dei um chute no pau dele e ele saiu da piscina gemendo de dor e se deitou em um cadeira que tinha ali. Ela me deu um tapa na cara e não soltava meu cabelo, dei um soco  no peito dela porque sei que dói e dei outro na boca do estômago, a boca dela tava cortada e eu não tinha nenhum machucado.


VC : Vou deixar minha marquinha em você, pra nunca mais se esquecer disso !


Como minha unha tava grande, cortei o queixo dela com força, mas foi com força mesmo, acho que vai ter que dar ponto, sangrava muito ! É isso que eu quero, quero que ela nunca se esqueça de mim. 


Justin : PAREM COM ISSO PORRA. -me pegou no colo me tirando da piscina-
VC : NÃO ENCOSTA EM MIM CARALHO.
SA : FILHA DA PUTA DO CARALHO VOCÊ VAI PAGAR POR ISSO.
VC : UI TÔ MORRENDO DE MEDO.
SA : É MELHOR TER MESMO.
VC : NÃO VOU NEM DORMIR A NOITE DE TANTO MEDO DE VOCÊ ¬¬ .
Jas : Caralho amiga mó surra. -fez um toque comigo-
VC : -ri- 
Cait : Não brinquem com isso, olha o estado dela.
Justin : Você ta bem ? -se sentou do lado da SA em uma cadeira-
SA : Não Jus. -foi dar um selinho nele mas ele virou o rosto, toma trouxa-
VC : Ela merece muito mais do que isso. 


Andei até o Chris que tava deitado na cadeira com a mão em cima do pau, tadinho kk.


VC : Desculpa ;X
Chris : Tudo bem.
VC : É sério, desculpa Chris, não gosto que fiquem me segurando.
Chris : Ta tudo bem princesa. -acariciou meu rosto-
VC : -sorri-


Peguei minhas coisas e dei tchau pra todos, menos Justin e SA. Quando eu ia entrar no meu carro Caitlin veio correndo.


Cait : Chamamos ela porque mesmo com tudo o que aconteceu, ela sempre foi nossa amiga.
VC : Não me deve explicações Caitlin. Mas vocês sabem o quanto eu odeio ela, sabem que ela me provoca e eu sou muito estourada, não aguento desaforos e parto pra cima ! Só vim porque Jas me pediu, se não fosse por ela eu não estaria aqui. Mas vocês não se importam, não se importam em como eu vou ficar estando no mesmo ambiente que essa inseta, não se importam com o que eu vou sentir vendo ela dando em cima dele. Vocês não se importam !


Entrei no carro e dei partida. Porra eles não se tocam ? Caralho como eles querem que eu fique junto com ela ? Eu realmente só vim porque a Jas me chamou e eu não queria que ela ficasse chateada. Fui dirigindo rápido até em casa, cheguei e tomei um banho. Depois fiz uma twitticam, o site sobrecarregou e eu tive que ir por outro, mas deu tudo certo rs. Desci pra comer um sanduíche, comi e a campainha tocou, Clarice parou de lavar a louça e ia atender.


VC : Pode deixar que eu atendo, obrigada.
Clarice : Ok. -sorriu-


Abri a porta, era o Justin, que porra !


VC : Vai embora ! -tentei fechar a porta mas ele foi mais rápido e colocou o pé-

Justin : Você deu uma surra nela, bate igual homem, nada fraca.
VC : Veio aqui pra falar isso ?
Justin : Não, vim pra dizer que te amo e te entregar isso. 


Ele mostrou o buque de flores que escondia atrás dele. Me entregou, eu peguei e cheirei, cheirosas. Tinha um bilhete nele, peguei e comecei a ler :


"Sei que são suas preferidas e quando vi lembrei de você. Só tenho a agradecer por ter te conhecido, eu te amo muito e obrigado por existir. Espero que tenha gostado das flores.

                                                                                            Com amor, Justin."

O olhei, ele tava olhando pra baixo e levantou a cabeça pra me olhar.


Justin : Eu te amo.
VC : Tarde demais.


Entreguei o buque de volta pra ele e fechei a porta. Fui escorregando pela mesma e chorando, até chegar no chão. Eu chorava rios.



----JUSTIN ON----


Escutei o choro dela atrás da porta, odeio saber que ela ta chorando e odeio mais ainda saber que eu sou o motivo do choro dela. Atravessei a rua e fui pra casa do Ryan, eu tava indo pra casa dele quando passei em frente a uma floricultura e comprei o buque pra ela, mas já que ela não quer .. Joguei o buque na lixeira da casa do Ryan, entrei e ele tava jogando vídeo-game. 


Ryan : Que cara é essa irmão ?
Justin : (Seu nome) ..
Ryan : Tu ama ela né cara ?
Justin : Mais do que você imagina.
Ryan : Você a magoou muito, ela ta sofrendo.
Justin : E eu me sinto um lixo por isso. Comprei um buque pra ela e tal .. Mas ela não aceitou, fechou a porta na minha cara.
Ryan : Sinto muito bro. Mas você procurou por isso, hoje a SA ficava dando em cima de você na frente dela e você não fazia nada, cuzão do caralho.
Justin : -fiquei quieto, ele tem razão-
Ryan : Da tempo ao tempo cara, o coração dela ainda ta machucado. Ela confiava em vocês, mas vocês traíram a confiança dela, traíram ela irmão. Ela ta magoada demais.
Justin : Eu sou a pior pessoa do mundo, ela nunca vai me perdoar. -me sentei no sofá passando as mãos no cabelo de forma rápida controlando o choro-
Ryan : É como eu disse, da tempo ao tempo.


Fiquei mais um tempo na casa do Ryan e depois fui embora. Cheguei em casa e me deitei na cama, fiquei lembrando de tudo que passamos juntos ...



----VOCÊ ON----


Tô decidida do que vou fazer, tenho 1 mês de férias, então vou passar 1 mês longe daqui, arrumei uma mala com algumas coisas e falei pra Clarice que iria passar um tempinho fora, peguei minha chave do carro e dirigi até a casa Jas, toquei a campainha e ela atendeu.


Jas : Oii.
VC : Ooi, tô passando aqui pra te falar que vou ficar 1 mês fora.
Jas : Vai pra onde sua louca ?
VC : Não sei .. Quero esfriar a cabeça, pensar .. Tô de férias mesmo.
Jas : Ta bom, mas não deixe de me ligar.
VC : Tudo bem rs, se alguém perguntar de mim diz que não sabe pra onde eu fui, só diz que eu fui viajar.
Jas : Eu não sei mesmo rs.
VC : É rs, então é isso .. Vou indo.
Jas : Ok, se cuida sua maluca. -me abraçou-
VC : -ri- Você também. 


Nos despedimos e eu entrei no carro, fiquei pensando pra onde ir ... Já sei ! 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...