História Believe in your Dreams - Capítulo 66


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Belieber, Justin Bieber
Visualizações 15
Palavras 2.377
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 66 - Part.66


Tô entendendo é porra nenhuma ! Arrg vou tentar dormir. 

Na manhã seguinte acordei e tomei um banho, coloquei um short jeans e uma blusa regata azul clara, peguei meu celular e guardei no bolso. Entrei no closet de sapatos e coloquei um all star, quando voltei pro quarto vi aquele ser parado na minha frente, o que ele está fazendo aqui ? Como ele entrou aqui ? Ai meu Deus ! Meu coração quase saía pela boca. Socorro, ele me olhava com olhar de mafioso. 



VC : O que ta fazendo aqui ?
XXX : Sentiu minha falta gata ? -se aproximou de mim-
VC : -dei 2 passos pra trás- Seu desgraçado sai daqui !
XXX : Tenho uma coisinha pra fazer.
VC : Jacob sai daqui ! 
Jake : Me chama de Jake amor, você sempre me chamou assim.
VC : Quer levar outra surra ?
Jake : -riu- Você não tem ideia do que te aguarda. 


Ele tirou um lenço do bolso e colocou no meu nariz, eu tentava lutar contra ele, mas Jacob era mais forte. Minha visão foi ficando embaçada , de repente não vi mais nada.

(...)

Acordei em um lugar totalmente diferente, escuro e frio. Jacob me trouxe pra cá ? Meu Deus onde eu tô ? Ai caralho fodeu fodeu ! Preciso sair daqui mas não sei nem onde eu tô, aqui não tem janelas nem nada. Fui até a porta e tava trancada, aarrg. Fiquei andando de um lado pro outro até a porta se abrir, me sentei na cama que tinha ali e Jacob veio até mim.


Jake : Ta quietinha, não quer dançar pra mim um pouco ?
VC : Claro que não seu nojento, me tira daqui !
Jake : Olha como fala de mim meu amor. -tocou meu rosto-
VC : Jacob para com isso ! O que você quer ? Pelo amor de Deus deixa eu sair daqui !
Jake : O que eu quero ? Você, você é o que eu quero. -ele veio se deitando por cima de mim na cama-
VC : Jake para ! -ele beijava meu pescoço- Por favor para.
Jake : Xiiu, fica quieta ! 
VC : JACOB PARA COM ISSO PORRA ! JUSTIN VAI ME ACHAR E VAI TE ARREBENTAR ! 
Jake : -riu debochado- ACHA MESMO QUE O IDIOTA DO SEU NAMORADO VAI ME BATER ? VOCÊ NÃO SABE DO QUE EU SOU CAPAZ ! 


Lembrei que eu tava com o celular no bolso, vou mentir pro Jacob alguma coisa pra ele sair por um tempo , sei lá ..


VC : Jake. -fingi que estava tonta e me apoiei nele-
Jake : O que ?
VC : Eu tô fraca, tô com fome .. Preciso comer alguma coisa.
Jake : Acha mesmo que eu vou acreditar nesse papinho ? Por favor né.
VC : -fechei meus olhos- Jake eu preciso comer alguma coisa, por favor.
Jake : -bufou- Ta, fica aqui e sem gracinhas !


Ele saiu e eu peguei meu celular pra ligar pro Justin, logo ele atendeu.


----Ligação On----


Justin : Oi princesa.
VC : Justin socorro, o Jacob entrou na minha casa e me sequestrou, eu não faço ideia de onde eu tô. Você tem que me tirar daqui amor, eu tô com muito medo !
Justin : Ai meu Deus ! Tem algum ponto de referência ?
VC : Eu não sei, aqui não tem janela e ele trancou a porta. Amor você precisa me tirar daqui o mais rápido possível ! 
Justin : Eu vou ! Vou pedir pro Chaz rastrear o seu celular, ele manja dessas coisas ! Ele fez alguma coisa com você ?
VC : Não, ele me trouxe pra cá desacordada. Justin eu tô com medo. -chorando- Me tira daqui por favor.
Justin : Eu vou amor, eu vou te tirar dai, Mas fica calma ok ? Não tenta fugir nem nada, ele pode fazer alguma coisa com você. -ele tava nervoso-
VC : Ta bom. 
Justin : eu vou matar esse filho da puta ! -ele bateu em alguma coisa-
VC : Justin calma.. Ele ta vindo, eu tenho que desligar por favor me tira logo daqui.
Justin : Ta bom, toma cuidado.
VC : Ok.
Justin : Te amo e vai ficar tudo bem.
VC : Também te amo.


----Ligação Off----


Desliguei o celular e guardei no bolso, limpei minhas lágrimas.


Jake : Aqui. -me entregou uns biscoitos-
VC : Isso não sustenta. 
Jake : É a única coisa que tem aqui. Agora come e para de reclamar !
VC : -bufei- 


Até que era bom, espero que o Chaz consiga rastrear meu celular !


----JUSTIN ON----


Eu tinha acabado de sair do banho quando a (seu nome) me ligou dizendo que o desgraçado do Jacob tinha entrado na casa dela. Tava bom demais pra ser verdade, ele tinha sumido por anos. Liguei pro Chaz e contei tudo pra ele. Liguei pra Jas e contei também. Todo o pessoal (Jas, Ryan, Cait e Chaz) já tava sabendo e vieram aqui pra minha casa.


Ryan : É estranho, ele ficou todo esse tempo longe.
Justin : Talvez ele estava até aqui, a gente só não via ele.
Ryan : Também ..
Cait : Acho que deveríamos ligar pra polícia.
Chaz : É melhor não.
Cait : Por quê ?
Justin : Tenho medo do que ele pode fazer com ela quando ver a polícia. 
Jas : É verdade. Ai meu Deus, eu quero minha gostosa aqui logo.
Ryan : Não podemos arriscar chamar a polícia, mas quando acharmos ela vamos precisar de reforços, vai que o cara ta com alguns mafiosos lá ..
Chaz : Pode crer, mas chega de ladainha. Eu consegui rastrear o celular dela e eles não estão muito longe, o idiota ta em Nova Iorque, mas num lugar deserto.
Jas : Nova Iorque ? Achei que ele estaria mais longe.
Justin : Eu também.
Ryan : Ele deveria estar querendo se misturar com as pessoas.
Cait : Pode ser, se ele não tiver com comida lá uma hora ele vai ter que sair pra comprar.
Chaz : É ! Quem vai comigo e com o Justin ?
Ryan : Eu vou, claro.
Jas : Eu vou também.
Cait : Vamos todos !
Chaz : Você não vai Cailtin, é perigoso.
Ryan : É, Jas você fica também.
Cait : Ah gente, é nossa amiga, queremos ir também.
Jas : Eu vou !
Justin : Vocês não vão ! É perigoso demais, vamos manter vocês informadas ok ? Agora precisamos ir, antes tenho que pegar umas coisas.


Subi e fui até o meu quarto, levantei o piso. Sim, era um piso falso. Lá dentro tinham 5 armas, peguei uma pra mim e pros moleques. Desci e entreguei pra eles, as meninas me olhavam espantadas, não imaginavam que eu tinha armas. Tenho o documento pra usar armas, então caso a polícia veja as armas não vai ter problemas, os moleques tem também. Nos despedimos das meninas e cada um foi pro seu carro, Chaz ia na frente. Dirigíamos rápido. Demorou um pouco mas já estávamos em Nova Iorque, rodamos aquela porra inteira até achar onde Jacob estava com a (seu nome). Chegamos e deixamos o carro um pouco longe, pra se ele ver não desconfiar de nada. Era uma casa abandonada sem janela, a gente tinha que entrar lá de algum jeito, mas como caralho ? Minha arma tava na minha cintura, Ryan e Chaz vieram pra perto de mim.


Ryan : Como a gente entra nessa porra ?
Chaz : Fodeu cara.
Justin : Tem que ter um jeito. Arrombando a porta ele ouve e pode tentar algo.
Ryan : Ai caralho ..


Fiquei olhando em volta e vi um buraco no telhado, é por lá que vamos entrar !


Justin : Já sei ! O telhado.
Ryan : Como a gente vai ir parar lá em cima e entrar sem sermos percebidos ?
Justin : Chaz você fica aqui vigiando, eu e Ryan vamos entrar.
Chaz : Como cara ?
Justin : Não é tão alto, da pra subir pelas paredes. E pra ajudar, se vocês não perceberam tem um buraco no telhado. -apontei-
Chaz : Beleza, vão logo.
Ryan : Falou.
Justin : Bora.


Eu e Ryan fomos andando rápido sem fazer barulho ..


----VOCÊ ON----


Já tinham se passado umas 3 horas e Justin não chegava, ai meu Deus me ajuda ! Jacob entrou no quarto onde eu estava, ele veio até mim.


Jake : Onde quer morar ?
VC : Na minha casa seu verme !
Jake : Você é malcriada, vou acabar com isso rapidinho. 
VC : Teu cu. Fica longe de mim.


Ele veio pra cima de mim e rasgou minha blusa inteira, fiquei só de sutiã, ai caralho ! Jacob tentou me beijar mas eu o empurrei e cuspi em sua cara, ele limpou o cuspe e me olhou com ódio.


Jake : Filha da puta ! -levantou a mão pra me bater-
VC : VAI, VAI ME BATE ! MAS BATE QUE NEM HOMEM, JÁ QUE VAI TER A ATITUDE DE UM COVARDE, BATE QUE NEM HOMEM !
Jake : Não, vou fazer pior ! -ele saiu-


Se eu já estava com medo antes imagina agora, o que esse maluco vai fazer ? Justin seu puto chega logo ! Depois de uns minutos Jacob entrou no quarto com um cabo enorme de ferro, enorme e grosso, o que ele vai fazer com isso ? 


Jake : Isso vai doer muito mais do que uma surra ! -sorriu com malícia-
VC : O que você .. -ele me empurrou na cama- 
Jake : Da até pena só de olhar pra você, vai doer tanto. 
VC : O que vai fazer ?
Jake : Vou te arrombar todinha.


Meu coração quase saiu pela boca, comecei a chorar e a gritar por socorro.


Jake : -riu- Acha que alguém vai te ouvir gritar ? 
VC : SOCORROOOOOO ALGUÉM ME AJUDA. -eu chorava desesperadamente-
Jake : Shhhiu. -me silenciou com o dedo- Vamos fazer amor então.
VC : Eu só faço amor com o meu namorado, se manca seu inseto.
Jake : Você merece uns tapas.


Jacob me deu 2 tapas na cara, fazendo meu rosto virar pro lado e logo poder sentir se formar os vergões com a marca de seus dedos. Desgraçado ! Fui pra cima dele o arranhando todo, seu rosto, seus braços .. 


Jacob : SUA FILHA DA PUTA ! AGORA SÓ PIOROU SUA SITUAÇÃO !

Ele tava com raiva, eu via isso em seu olhar. Jacob me empurrou na cama novamente e ficou quase em cima de mim, arrancou meu short fora e eu estava apenas de calcinha e sutiã. Posicionou a barra de ferro na frente de minha intimidade e eu entrei em desespero, ele não pode fazer isso, não pode ! 


Jake : Quero ver você me implorando pra não te estuprar sua vadia do caralho. 


Eu gritava pedindo pra ele não fazer aquilo, eu gritava por socorro, quase morrendo de tanto chorar e gritar ! 


VC : NÃO, POR FAVOR NÃO FAZ ISSO ! VOCÊ NÃO É ASSIM, EU SEI QUE NÃO É ! PARA COM ISSO PARA. 
Jake : É CLARO QUE EU SOU ASSIM, EU SOU O SEU PIOR PESADELO !


Hãm ? Ele o quê ? Ele é o meu pior pesadelo ? Então aquele pesadelo era um sinal .. Ai meu Deus ! Continuei gritando e gritando, quando ele tirar minha calcinha e colocar aquele ferro dentro de mim, a porta foi arrombada. 


----JUSTIN ON----


Assim que eu e Ryan conseguimos entrar dentro da casa, comecei a ouvir gritos e choro alto, era a (seu nome) ! Tinham 3 portas em um corredor, abri 2 e não tinha ninguém, quando fui abrir a terceira, tava trancada, peguei impulso e arrombei ! Quando a porta caiu no chão, eu vi a (seu apelido) em uma cama só de calcinha e sutiã, toda vermelha por causa do choro e Jacob no meio das pernas dela com uma barra de ferro grande e grossa. 

VC : JUSTIIIIIIIIIIIIIN. -chorando-
Justin : SAI DE PERTO DELA SEU FILHO DA PUTA ! -apontei a arma na direção dele-
Jake : Atira, vai atira ! Mas ela vai se machucar no mesmo jeito. -ameaçou enfiar o ferro na vagina dela-
Ryan : Você não é nem louco de fazer isso.
Jake : Vamos tentar a sorte ? -sorriu debochado-
Justin : Já mandei ficar longe dela ! 


Fui pra cima dele o jogando no chão dando uma grande sequência de chutes em suas costelas. Pressionei meu pé em seu estômago depois coloquei o joelho no mesmo e dei vários socos em sua cara de marginal. 


Justin : VOCÊ VAI PAGAR, VAI PAGAR POR TUDO QUE FEZ A ELA !


Continuei o surrando, ele sangrava muito. Olhei pro Ryan e ele tava ligando pra polícia, quando eu ia ir até a (seu nome) o filho da puta do Jacob cortou meu braço com uma faca. 


Justin : Mais que porra ! 


Peguei ele pela gola da camisa e o joguei na parede, dei joelhadas no nariz dele que quebrou. Jacob me deu um soco na boca do estômago Ryan foi pra cima dele, deixei Ryan o surrando e corri até a (seu nome) que estava abraçada a suas pernas chorando. A abracei.


Justin : Xiiu, calma, calma. Não chora princesa, eu tô aqui, eu cheguei a tempo. ta tudo bem agora. 
VC : Amor eu tive tanto medo. -ela chorava muito-
Justin : Já passou, eu tô aqui. -ela me abraçou mais forte-
VC : Ele me bateu amor, me deu 2 fortes tapas no rosto. 
Justin : Dei uma surra nele que ele não vai mais se lembrar do nome.
VC : -riu fraquinho- Uhum.
Justin : Vem, vamos embora. Chaz está lá fora e a polícia já deve estar a caminho.
VC : Ta bom. 
Justin : -selinho- Coloca o short amor.
VC : Ta. -colocou- 
Justin : Ele rasgou sua blusa né ? Coloca o meu casaco. Aqui. 


Enrolei meu casaco nela e saímos. Arrg que droga, já tinham vários paparazzis na frente da casa, Ryan passou na nossa frente pedindo pros paparazzis se afastarem. (Seu nome) estava com a cabeça enterrada no meu peitoral e abraçada fortemente a minha cintura. Chaz veio nos ajudar a passar pelos paparazzis também porque eram muitos, uns 20 ou mais, queria saber como eles me acharam aqui. Abri a porta do meu carro e (seu nome) sentou no banco do carona, dei a volta e entrei no carro, ela colocou meu casaco porque antes estava apenas por cima de seus braços. Ela ainda estava com medo, não levantava a cabeça e continuava chorando baixo. Ta me partindo o coração ver ela assim, os policiais passaram pelo meu carro e entraram na casa, dei a partida. 








Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...