História Believe in your Dreams - Capítulo 69


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Belieber, Justin Bieber
Visualizações 8
Palavras 2.704
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 69 - Part.69


Ficamos conversando, tirando fotos e ouvido musicas até dormirmos. 
Na manhã seguinte acordei e antes de abrir os olhos passei a mão na cama e não senti Justin, quando abri os olhos vi Lucas parado na frente da minha cama me olhando de braços cruzados, que susto ! O que ele ta fazendo aqui ?


VC : Ta fazendo o que aqui ?
Lucas : Bom dia pra você também.
VC : Não vem com essa de bom dia, por onde você andou ?
Lucas : Longe ..
VC : Eu sei ! Onde você tava esse tempo todo ? 
Lucas : -olhou pra baixo mas depois voltou a me olhar- Japão. 
VC : Japão ? Você tava no Japão ? O que você tem na cabeça pra não me avisar nada ? Eu fiquei muito preocupada com você seu idiota, eu tava sem notícias suas e morrendo de aflição. 
Lucas : Me desculpa falou ? Eu queria ficar longe de todo mundo, não queria que soubessem onde eu estava.
VC : Não importa mais sabe por quê ? Porque eu já me importei demais com você. Eu passava noites em claro com medo de ter acontecido alguma coisa contigo. Eu liguei milhares de vezes e você não atendia, também não respondia minhas mensagens. 
Lucas : Eu já pedi desculpas. 
VC : Isso não muda nada.
Lucas : Não muda nada né ? Mas foi só o seu namoradinho fazer alguma coisa fofa pra você, que você volta com ele, sem lembrar do que ele te fez.
VC : -me levantei e fiquei bem na frente dele- EU SEI O QUE ELE ME FEZ, E SEI QUE ELE SE ARREPENDEU ! FICAMOS QUASE 3 ANOS SEM ESTARMOS JUNTOS, EU O AMO MAIS DO QUE TUDO E VOCÊ SABE DISSO, SABE QUE EU SEMPRE QUIS ELE COMIGO E SABE QUE NÃO FOI SÓ PORQUE ELE FEZ ALGO FOFO QUE EU VOLTEI COM ELE.
Lucas : QUANDO VOCÊ VOLTOU COM ELE EU AINDA TAVA POR AQUI, VOCÊ NÃO ME FALOU NADA, EU TINHA TODO O DIREITO DE SABER POR VOCÊ E NÃO POR OUTRAS PESSOAS !
VC : NÃO VENHA QUERER ME DAR LIÇÃO DE MORAL PORQUE VOCÊ NÃO TA COM ESSA BOLA TODA. VOCÊ FEZ PIOR, SUMIU POR MAIS DE 1 ANO ! 
Lucas : VOCÊ NÃO SABE MEUS MOTIVOS PRA TER IDO EMBORA, NÃO SE SINTA NO DIREITO DE ME JULGAR !
VC : NÃO TÔ TE JULGANDO CARALHO, NÃO TÔ. OLHA, EU NÃO QUERO MAIS VER VOCÊ, SOME DAQUI AGORA !
Lucas : NÃO ! VOCÊ TEM QUE ME ENTENDER. 
VC : EU NÃO TENHO QUE ENTENDER PORRA NENHUMA SAI DAQUI ! JUSTIIIIIIIIN.


Justin apareceu no quarto e veio pro meu lado.


Justin : Algum problema ?
Lucas : Não, não tem nenhum problema !
VC : Lucas vai embora.
Lucas : (Seu nome), temos que conversar.
VC : Você sumiu por muito tempo, agora é tarde demais ! Não faz mais falta.
Lucas : Você sabe que se importa.
VC : Eu não me importo ! SAI, SAI, SAI DAQUI ! VAI EMBORA EU NÃO QUERO MAIS TE VER, SOME.
Lucas : NÃO, ME ESCUTA ! EU NÃO TAVA MUITO BEM, EU QUERIA PENSAR.
VC : ISSO NÃO JUSTIFICA NADA, SAI DAQUIIII.
Justin : Cara eu deixei você entrar pra ver ela, mas não pra estressar ela, vai embora.
Lucas : Não se mete Bieber ! Isso é entre eu e ela.
Justin : Isso mesmo, é com ela é comigo também. Agora vai embora, não ta vendo que ela não te quer aqui ? 
Lucas : (Seu nome) ...
VC : Sai Lucas !


Ele não disse nada e apenas saiu. Abracei o Justin e comecei a chorar, ele me abraçou forte e beijou minha cabeça.


Justin : Shhii, ta tudo bem princesa. Não chora.
VC : Eu me importo Justin, eu disse que não me importo mas eu me importo.
Justin : Eu sei, eu te conheço. Mas chega de chorar ok ? Meu mundo desaba ao te ver assim.
VC : -sorri- Ai que lindo amor rs. -selinho-
Justin : -sorriu- Parque aquático hoje, o que acha ?
VC : Ótima ideia !
Justin : Então se arruma, são 10:30.
VC : Ok .. Hmm, Justin ?
Justin : Oi ?
VC : Por quê deixou ele entrar aqui ? Você não gosta dele ..
Justin : Porque eu sei o quanto você gosta dele e o quanto ficou preocupada. Disse pra ele ver bem o que ia fazer e que se eu ouvisse um grito ou algo do tipo eu iria subir, quando você me chamou eu já tava subindo.
VC : Awn que fofo rs.
Justin : -sorriu sem mostrar os dentes-
VC : Eu te amo meu loiro. -sorri e o beijei-


Entramos no banheiro e tomamos banho, nos arrumamos e fomos pro carro dele.


(...)


Depois de uns 30 minutos chegamos, Justin dirige muito rápido, adoro isso. Guardei minha bolsa num armário lá e fomos direto pra piscina de ondas, no começo não era fundo, mas depois ia ficando mais fundo e mais fundo, fomos pra quase no final, eu já não conseguia ficar com os pés no chão.


VC : Justiiiiin kkk.
Justin : O que sua maluca ?
VC : Meus pés não encostam no chão amor.
Justin : -riu- Vem cá princesa. -ficou me segurando-


Ficamos abraçadinhos e dando muitos beijos, as pessoas olhavam pra gente encantadas rs. Formamos um casal perfeito, eu sei u.u


VC : Baby baby baby.
Justin : Oh like baby.
VC : -sorri- 
Justin : Que sorriso lindo rs.
VC : Mais lindo ainda é o motivo dele.
Justin : -sorriu- Minha princesa.
VC : Meu príncipe.
Justin : Eu -selinho- te -selinho- amo -selinho- muito -selinho- muito -selinho- muito -selinho- e -selinho- muito -selinho-.
VC : Eu também te amo amooooor. -beijo-


O beijei segurando em sua nuca e sorriamos entre os beijos rs.


(...)


Nosso dia foi perfeito, voltamos pra casa no fim da tarde, tomamos banho e ficamos no meu quarto trocando carinhos e comendo brigadeiro de panela.


Justin : Deixa eu dar na sua boquinha rs.
VC : Uhum.
Justin : -me deu brigadeiro na boca- 
VC : Hmmmm.
Justin : Rs.
VC : Amor ?
Justin : Oi ?
VC : Canta pra mim -dei mais uma colherada no brigadeiro- Tocando violão ?
Justin : Claro. Onde tá seu violão ? 
VC : Ali. -apontei-


Ele se levantou e pegou o violão, se sentou na cama de frente pra mim. 


Justin : Qual musica ?
VC : Hmmm. -pensei um pouco- One less lonely girl. -sorri-
Justin : -sorriu- Ok.


Ele cantou, eu me emocionei rs.


Justin : Awwn rs. -me abraçou-
VC : Eu amo essa música. Meu sonho ainda é ser a one less lonely girl kk
Justin : Own rs.
VC : É rs. 
Justin : Canta uma pra mim agora ?
VC : Ok .. qual ?
Justin : Quero que cante uma das minhas .. Boyfriend pode ser ?

VC : Claro, mas vou cantar em "girlfriend" kkk ta ?
Justin : Ahaan kk.


Eu cantei boyfriend só que em feminino kk, quando eu terminei ele sorriu.


VC : Gostou ?
Justin : Claro ! -beijo-
VC : A sua boca é perfeita. -disse olhando pra boca dele-
Justin : Você quer beijá-la ? -mordeu os lábios-
VC : Quero !
Justin : Vai ter que fazer uma coisinha antes. -me olhou com malícia-
VC : O quê ? -mordi os lábios-
Justin : Um oral.
VC : -ri pelo nariz- Mas é claro que eu faço. 
Justin : -mordeu os lábios-


Como ele tava só de cueca seria mais fácil, o empurrei na cama e apertei seu membro ainda por cima da cueca, abaixei a mesma e dei vários beijinhos por todo seu pau e uma mordidinha na cabecinha. Justin fechou os olhos quando viu que eu começaria a chupá-lo, o chupei muito e no final quando ele gozou sorri satisfatório e me sentei em seu colo o encarando de braços cruzados. 


Justin : Quê ?
VC : Quero beijar tua boca !
Justin : -riu pelo nariz-


Ele colocou a mão na minha nuca e me beijou, fiquei brincando com seus cabelos e ele puxava os meus com um pouco de força, pois seus dedos estavam entrelaçados em meus cabelos. O beijo dele é o melhor. Justin chupou minha língua e a mordeu, puxei seu lábio com força e aprofundei o beijo de novo. Paramos com selinhos.


Justin : Meu nome é Arlindo, mas pode me chamar de lindo, porque quando eu beijei você, perdi o ar. 
VC : KKKKKKKKKKKKKKKK Justin e essas cantadas de pedreiro.
Justin : u.u
VC : Tão idiota.
Justin : Tão linda.
VC : Tão gostoso.
Justin : Tão perfeita.
VC : Você me faz perfeita.
Justin : Você me faz o homem mais feliz do mundo.
VC : Awwn para vou chorar. -tampei o rosto com as mãos-
Justin : Awwwn. -me abraçou e beijou minha cabeça- Eu te amo princesa.
VC : Te amo bizzle.
Justin : -sorriu-
VC : -selinho- 
Justin : Dorme na minha casa hoje ?
VC : Ta bom.
Justin : Vamos pra lá agora então.
VC : Ok, só vou trocar de roupa. Lá tem roupas minhas né ? Lembro que dormi lá semana passada.
Justin : Ok, tem sim.
VC : Ok.


Coloquei uma calça jeans preta e uma regata rosa clarinha, Justin colocou uma bermuda e um blusa. Descemos e entramos no carro dele, logo chegamos em sua casa. Ele deixou o carro no jardim mesmo e quando chegamos perto da porta adivinha quem estava lá ? A porra da SA. Ela tava toda suja.


Justin : O que ta fazendo aqui ?
SA : Juuuus, que bom que você chegou. -ela ia abraçar ele só que eu entrei na frente cruzando os braços-.
Justin : O que ta fazendo aqui porra ?
SA : Jus eu não tenho onde ficar, eu estava em um hotel mas me tiraram de lá porque eu não podia mais pagar. 
VC : Caralho caiu na vida mesmo hein cadela.
SA : Af.
VC : Deixa eu adivinhar, você quer que ele deixe você ficar aqui ? 
SA : É ! Só por uma noite Jus, por favor.
Justin : SA não sei não hein ..
SA : Jus por ... 
VC : JUSTIN PORRA, JUSTIN ! 
SA : Por favor, só essa noite por favor. 
Justin : -respirou fundo- Ok. 
VC : -o olhei incrédula-
Justin : Só hoje amor.
SA : Obrigada !


Justin colocou seu braço sobre o meu ombro e eu tirei, ele bufou e abriu a porta. Me sentei no sofá mexendo no celular. Caralho depois de tudo que ela fez pra gente ele ainda aceita ela aqui ? Foda-se se é por uma noite, duas ou três, ela ta aqui debaixo do mesmo teto que nós dois. 


SA : Obrigada. Fico te devendo essa. -abraçou ele-
Justin : -me olhou- É .. tranquilho, fica fria.
SA : Obrigada mesmo Jus. -deu um beijo no rosto dele e me olhou- 
Justin : Caralho tu só provoca.
SA : O quê Jus ?


Subi pro quarto dele e me deitei na cama voltando a mexer no celular, depois de uns segundos Justin entrou e ficou em pé do lado da cama me olhando.


VC : -o olhei- Que foi ?
Justin : Você ta chateada ?
VC : Não cara, o que você acha ?
Justin : Ah (seu nome) qualé ..
VC : Não acredito que teve coragem de deixar ela ficar aqui.
Justin : É só por uma noite !
VC : E daí ? Nem se fosse apenas 1 minuto.
Justin : Para com isso.
VC : Para com isso ? Como parar com isso ? Depois de tudo que ela fez pra gente, depois de tantas provocações você ainda tem coragem de aceitar ela aqui, caralho tu é foda Bieber !
Justin : Para com isso sim ! Vamos esquecer o que aconteceu porra, esquecer ! Ficou no passado, a gente ta junto de novo não estamos ? Esquece ela.
VC : Até porque não foi ela sozinha que cometeu uma traição né.
Justin : Vai jogar na cara agora é ? Quer lembrar de como sofremos ? Quer lembrar tudo ? ESQUECE ESSAS DROGAS PORRA !
VC : COMO EU VOU ESQUECER SE A DROGA TA ALI EM BAIXO ? VOCÊ DEIXOU ELA ENTRAR, VOCÊ NÃO PENSA EM COMO EU ME SINTO SOBRE ISSO NÃO É ? PRA VOCÊ NÃO IMPORTA, PORQUE FOI VOCÊ QUEM ME TRAIU, FOI VOCÊ QUEM ME FEZ CORNA E NÃO DÓI EM VOCÊ ELA ESTAR LÁ EM BAIXO. VOCÊ NÃO SE IMPORTA, VOCÊ TA POUCO SE FODENDO PRA MIM, PORQUE NÃO É COM VOCÊ, NÃO É VOCÊ QUE QUANDO VÊ ELA LEMBRA DA DOR QUE SENTIU A 4 ANOS ATRÁS.
Justin : ISSO, JOGA NA MINHA CARA TUDO QUE ACONTECEU, PODE JOGAR ! AGORA QUEM NÃO TA SE IMPORTANDO É VOCÊ, TEM NOÇÃO DO QUANTO DOEU OUVIR ISSO ? EU JÁ ESQUECI E VOCÊ DEVERIA ESQUECER TAMBÉM. PORRA VAI TOMAR NO CU ! -saiu do quarto batendo a porta-


Arrg que droga, comecei a chorar ! Talvez eu tenha pegado um pouco pesado em dizer aquelas coisas, mas são apenas verdades, ele não se importou. Ela destruiu a nossa vida e estamos recomeçando de novo, quem garante que ela não pode destruir de novo hoje ? Eu não quero brigar com ele, mas porra cara , ele não podia ter deixado ela ficar aqui .. Dói em mim poxa. Fiquei mais um tempo deitada mexendo no celular, me deu sede, sequei as lágrimas e desci pra beber um pouco de água, Justin tava sentado no sofá com a tv desligada e de cabeça baixa, seu rosto parecia estar vermelho, ele deve ter chorado. Passei direto pra cozinha e abri a geladeira, bebi água e quando fui lavar o copo, não sei como, mas uma faca que tava na pia entrou na minha mão quase saindo pelo outro lado. Dei um grito de dor.


VC : AAAAAAAAAAAAIII. -me sentei no chão apertando a mão e já com os olhos marejados, tava doendo pra porra-

Justin apareceu na porta da cozinha e quando me viu no chão chorando com a mão toda cheia de sangue veio até a mim e se abaixou do meu lado. 


Justin : Caralho o que aconteceu com você ? Vem deixa eu te ajudar. 


Ele ia me ajudar a levantar, mas me levantei antes e fui até o congelador pegar gelo.


Justin : Deixa eu te ajudar porra !
VC : Eu não preciso da sua ajuda, sai daqui.
Justin : Tô na minha casa.
VC : Ok ! Então saio eu.
Justin : AH PARA COM ISSO PORRA, TA IRRITANDO JÁ ! DEIXA EU TE AJUDAR.
VC : PARA DE GRITAR CARALHO, NÃO SOU SURDA ! Já disse que não preciso da sua ajuda, me deixa em paz. Sei muito bem me cuidar sozinha.
Justin : Ta bom então, garota insuportável do caralho.
VC : Ta comigo porque quer.


Ele me fuzilou com os olhos e depois saiu, ah vai tomar no cu. Enrolei o gelo em um pano e fiquei segurando em cima da mão, como o pano tinha manchado joguei fora e fui até a dispensa perto do banheiro onde tinha uns remédios e coisas de primeiros socorros, fiz um curativo e voltei pro quarto. Só não vou embora porque tô sem meu carro e não quero pegar táxi, o motorista do Justin não ta aqui hoje então vou ter que ficar. A porta do quarto tava aberta e pude escutar as risadas deles vindo do andar de baixo. É isso mesmo ? Ele ta lá de papinho com ela ? Ele realmente não se toca, não enxerga que isso me machuca, ele não se importa. Comecei a chorar de novo, virei de barriga pra baixo colocando o travesseiro por cima da minha cabeça, senti alguém sentar na cama e ficar fazendo carinho nas minhas costas. Reconheci o cheiro do perfume, era o Justin.


Justin : Por que ta chorando ?
VC : -fiquei quieta-

Justin : Hein amor ?
VC : Não se faça de burro seu sínico ! Não finja que não sabe.
Justin : Ah quer saber ? Cansei, cansei mesmo ! Quando esse mal humor for embora e quiser ficar comigo sabe onde me procurar.
VC : Ah claro, lá com a SA aos risos. 
Justin : Para de ciume garota.
VC : NÃO É CIUME PORRA ! VOCÊ NÃO ENTENDE NÉ ? NÃO ENTENDE PORQUE NÃO FOI COM VOCÊ. VOCÊ É UM IDIOTA, NÃO VÊ QUE DÓI EM MIM QUANDO VOCÊ TA COM ELA, ELA DESTRUIU NOSSA VIDA A 4 ANOS ATRÁS E QUEM GARANTE QUE ELA NÃO APARECEU AQUI PRA FAZER ISSO DE NOVO ? VOCÊ É UM OTÁRIO MESMO JUSTIN, NÃO ENXERGA AS COISAS E PERDOA FÁCIL DEMAIS, SÓ QUE PERDOOU QUEM NÃO TEM QUE SER PERDOADA. 
Justin : Todos merecem ser perdoados.
VC : Ela não merece ser perdoada. 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...