História Believe me I believe in you - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens Jackson, J-hope, Personagens Originais, Rap Monster, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Colegial, Drama, Got7, Jackson, J-hope, Rap Monster
Exibições 81
Palavras 1.126
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 20 - A verdade!


*Hoseok

Monalisa não queria falar comigo, as palavras que ela disse no outro dia me magoaram bastante, bem que poderia nunca mais dirigir uma palavra a ela, como o desejo que ela me fez, mas algo estava errado, Monalisa estava muito apreensiva, com olhar de medo, sentia que por dentro ela clamava por socorro, sentia que não estava feliz, não irei abandonar ela nesse estado, ficarei, mesmo ela não querendo.
Então assim que deu o intervalo fui logo puxando ela pelo braço.

- Monalisa precisamos conversar agora!

- Hoseok eu já disse que não podemos ser mais amigos....

- Me dê uma justificativa a plausível para eu aceitar essa sua escolha!

- Hoseok... - faz uma cara de angústia.

- Vamos para um local mais isolado! - puxo ela novamente pelo o braço, mas dessa vez para um corredor isolado de tudo.

- Hoseok... Por favor, pare... Não podemos...

- Monalisa pare de impor apenas as suas decisões, já parou pra pensar que eu realmente me importo com você, que eu gosto muito de você...

- Hoseok não quero que você se machuque por minha causa, não quero lhe trazer problemas, não quero lhe trazer problemas, não mesmo! - falou descendo lágrimas de seus olhos.

- Me machucar por você seria um privilégio! - falo lhe dando um sorriso de canto.

- Hoseok... - a própria pula em meus braços me abraçando.

- Por favor me conte tudo!

- Não quero que você se envolva nisso Hoseok é perigoso!

- Já disse que é pra você me contar, não estou aqui para me preocupar com riscos que posso sofrer está bem?

- Tudo bem.... Bom, meus pais morreram quando eu tinha dois anos, em um acidente de carro, e meus únicos parentes é meu irmão Samuel e minha tia Leila, mas como era casada com um velho rico, ela não queria envolver nós em seu "golpe" no babaca do velho, e acabou nos jogando em um maldito orfanato de merda, acabamos sendo adotado por uma senhora que prestava serviços de ajuda ao orfanato, Senhorita Cherry, a mulher mais educada e elegante que vi em toda minha vida!!! Seu pai era português e sua mãe francesa, me ensinou várias coisas de etiqueta e a falar francês! Ela era uma verdadeira dama. Mas como o azar só bate em minha porta, senhorita Cherry morreu apenas em seus 30 anos, mas sua morte foi a mais bela, morreu dançando valsa em um salão de dança, eu e meu irmão tivemos que nos virar no que dava, ainda bem que a senhorita Cherry tinha deixado um apartamento para nós que éramos os seus "filhos", precisávamos apenas trabalhar para pagar as contas e tentarmos não morrer de fome. Mas Samuel acabou se envolvendo com pessoas nada de boa reputação.... E tipo, eu não sei de que errado meu irmão fez de tão pesado que eles estão até atrás de mim... Eu tive que fujir... Tive que trocar de nome... Mas eles me encontraram, agora eles estão me vigiando, e você realmente corre perigo!! - completava tudo com lágrimas nos olhos.

- Calma, calma... - falava lhe abraçando afim de acalmar a própria.

Só que rapidamente a própria mim empurra me olhar de medo, estava mais que pálida de um modo que parecia assustada.

- Hoseok já disse que não quero mais nada com você!

Logo entendo o que estava acontecendo, eles deviam estar alí a observando.

- Você não gosta de mim Monalisa? - *você não pode vir comigo?* - sussurrei

- Não, não gosto! - *claro que não, por favor vai logo.* - respondeu baixinho.

- Então nunca mais olharei em sua cara! -

me viro e vou em direção a outro corredor.

Monalisa, ou sei lá seu nome verdadeiro, eu nunca vou te abandonar, não importa o que houver!

*Veena

Tento acordar um pouco atordoada, sinto meus olhos muito pesados, mas escuto alguém falar.
*Droga vocês são burros, ela não é a Elisa!
*Como iríamos saber? Você apenas falou que ela estaria naquele apartamento.
*Droga, droga, droga!!!! (Barulho de alguém quebrando algo) essa é a amiga de quarto dela!!
Depois disso, consigo abrir meus olhos e ver o lugar mais deplorável de todos, um lugar sujo fedido com bichos, então começo a passar mal, lágrimas começa a cair no meu rosto, até que escuto alguém passos atrás de mim vindo em minha direção. Sinto alguém pegando em meus cabelos, que só aumenta meu pânico. Então finalmente a pessoa da as caras, era um homem magro, alto, de olhos verdes, loiro, e pele clara.

- Olá florzinha! - passava a sua mão em meu rosto.

- O que você quer de mim? - pergunto deixando minhas lágrimas caírem.

- Até pouco tempo, nada, mas agora a situação é diferente! Então eu acho que você vai ficar um tempinho comigo, certo?

- Por favor deixa eu ir embora..... Por favor, eu te imploro!!! - já falo com o rosto todo vermelho de tanto chorar.

- Que coisa chata querida.... Olha acho melhor você parar de chorar, se não você vai ter um verdadeiro motivo pra isso!!! - fala apertando minhas bochechas com uma força horrível!

Logo depois, dois caras trazem um garoto, que está em um estado deplorável que nem aquele lugar, magro, ferido e sujo. Então vejo o cara de antes batendo no outro que estava só a decadência.
Com medo de tudo que possa acontecer comigo, resolvo ficar calada em meu quanto por mais que as lágrimas continuem escorrendo.

*Namjoon

Já se passou quatro dias desde que vi Veena pela a última vez, aquela que me disse que me veria no dia seguido, não consigo me concentrar em mais nada, Monalisa, ou melhor, Elisa me contou tudo de verdade, percebi que ela estava se culpando e se torturando por dentro a única coisa que pude fazer foi dizer que ela não era culpada, que ela não tinha culpa nenhuma sobre aquele ocorrido.

- Monalisa por quê não vai até a polícia? - perguntou Taehyung.

- Se eu fizer isso corre o risco de machucarem a Veena. - falou com a cabeça baixa.

- Então o que pretende fazer? - perguntei  já sabendo da resposta

- Não é óbvio? Vou me entregar, assim eles podem liberar a Veena!

- Mas você sabe que eles são perigosos, então como tem certeza de que eles vão concordar em tipo uma troca? - perguntou Hoseok.

- Nisso ele tem razão! - concordei

- Então o que faremos? - perguntou Taehyung um pouco aflito.

- Eu já sei!!!!

- Como Namjoon? - me pergunta Hoseok.

- Ele é uma pessoa muito do filho de uma mãe, mas esse merda vai ser nossa salvação!

- Quem Namjoon? - os três pergunta em coletivo.

- Jackson!


Notas Finais


Opaaaa, o que vocês acharam? Eu fique com pena da Lisa, serio, acho que o próximo capítulo vai ser mais pra Veena, então eu acho que as coisas só tendem a piorar! Bjin pra vocês💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...