História Bellevue - INTERATIVA. - Capítulo 29


Escrita por: ~, ~DoceVersos e ~harleyskwad

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bipolaridade, Colégio Interno, Esquizofrenia, Horror, Hospicio, Interativa, Mistério, Sobrenatural
Exibições 28
Palavras 271
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Não é exatamente um capítulo, é apenas uma cena já que estou com bloqueio de criatividade e não posso deixar vocês sem nada. Espero que gostem ^^

Capítulo 29 - A morte mais esperada de todas


— Irmão... — A garota sussurrava entre as lágrimas — estou morrendo. Salve o resto do pessoal... Eu e meu filho estamos... — Suspirou, deixando cair o telefone e então, se entregando ao sono eterno.

***

Hudson esbarrava pelos corredores, olhando desajeitadamente pelos cantos. Chegou até o telefone e se encolheu, discando o número. Bufou, como ele demorava a atender.

— Pronto.

— David, Samantha descobriu. Venha logo para cá. Não hesite em...

O barulho do vidro quebrando foi muito alto. Hudson deixou o telefone cair do gancho, encolhendo-se. Foram ouvidos tiroteios para todos os lados, era horrível. Havia homens de máscaras horrendas atirando para todo lado. Hudson não conseguia se mexer, estava paralisada. Os homens pararam de atirar e seguiram em fila, abrindo espaço. Do mesmo surgiu um homem e ao lado dele uma mulher, então Hudson reconheceu os mesmos: eram Joey e Amylee.

— Você... — Joey ria, de maneira totalmente paranoica — Você matou minha irmã, sua vagabunda. — Joey apontou a arma para a cabeça de Hudson, que ainda se encontrava paralisada. — ELA IA TER UM FILHO! — Gritou, chutando a perna dela. Suspirou, limpando as poucas lágrimas que ali corriam — O que foi feito... Já está feito. Vamos acabar logo com isso.

Ouviu-se um tiro, e Hudson já estava morta. Joey e Amylee olharam para trás, todos estavam olhando admirados.

— Que foi? — Amylee revirou os olhos — Ela era suja.

Maya riu escandalosamente.

— Querem sair daqui? — Joey questionou, pegando uma metralhadora extra que seus capangas tinham e jogando nas mãos de Maya. — Então acho melhor se apressarem. — Maya deu um sorriso malicioso, Joey parecia bem mais atraente agora.

Amylee distribuiu o resto das armas, a noite seria longa.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...