História Bem vindo a Universidade - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Gabriel, Liam, Romance
Visualizações 7
Palavras 1.523
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ficção, Mistério, Romance e Novela, Slash, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá meus amores, espero que gostem do episódio. Uma festa pode ser o palco de segredos mortais

Xoxo

Capítulo 2 - Pecados íntimos


Fanfic / Fanfiction Bem vindo a Universidade - Capítulo 2 - Pecados íntimos

GABRIEL

Estou sPandenton indo djuntasa para chegar a febeijanda do Liam, coloquei uma das roupas que mais gosto . Afinal, estarão todas as fraternidades, os babacas do time de futebol,  as líderes de torcidas que pensam ser as donas do mundo, pessoas bonitas que com certeza vão reparar na roupa dos outros. Mas só alguém me interessava: Liam Hook. Não entendo como fui gostar dele tão rapidamente.  ELE é um gostoso que não tirou os olhos de mim hoje.Eu não demonstrei tanto interesse mas por dentro estou em chamas. Ardendo por aquele cara lindo, forte e de olhos azuis. Parece que saiu de um conto literário, um Príncipe Belo e sorridente.  Quero saber porque ele me olhou tanto na aula de metereologia. E porque logo eu. O que eu tenho de especial? Logo vou descobrir.

Chego a festa e sou recebido por uma menina loira, de olhos castanhos, baixinha e magra.

- oi bem vindo a festa da fraternidade Ômega Beta Tay.Sou Sarah .

-Gabriel, sou convidado do Liam. Ele disse que estaria aqui 

-OMG Liam,  Vai por mim ele é a pior pessoa que você pode conhecer. É um babaca egoísta que se gaba porque sabe que é gostoso 

- Gostoso você tem razão.  De onde conhece o Liam , Sarah?

- Não vai querer saber. Acho um pouco cedo pra te assustar com histórias pervertidas.aliás eu sou pervertida.

-Eu também.  Acho que vamos nos entender- respondi em um tom amigável 

-Entra Gabriel,  fica a vontade . O Liam está aí dentro

- Valeu Sarah. 

Entro na casa e tento achar algo para beber.Não sou muito de socializar. Sou muito desconfiado e acredito que boas amizades são poucas. Vejo Liam sentado no sofá conversando com uma menina. Ela era morena clara, bonita , de olhos verdes. Era Alice. Conheci ela na minha antiga escola .Não acredito que essa bruxa está aqui na festa do Liam. Maldita . Vou até o Liam só para provocar ódio nessa vaca que pensa que não posso com ela. Ela que não pode comigo. Um colar de beijos pro recalque dela.Chego e cumprimento Liam

- Liam? 

-E ai Gabriel. Que bom que você veio cara.Essa é a galera da fraternidade Marķ,Brian e Alice. 

- Liam posso falar com você um minuto? Foi um prazer pessoal. OLHO para Alice com desprezo. Eu e Liam vamos para a frente da casa.

-Gabriel algum problema? 

- nenhum, só não vou com a cara da Alice e queria falar com você a sós 

- Saquei.Eu também não gosto muito dela. Ela é amiga do Brian.

- Eu não vou poder ficar muito. Tenho mil coisas para estudar.

-Fica. Quero te conhecer melhor. Percebi que você me olhou de volta na aula hoje. 

-Liam , eu achei você bonito mas vamos com calma.Nos conhecemos a menos de 1 dia.

-Eu sei que você me quer. Seu corpo diz que sim e sua boca diz que não. 

-Não entendo porque olhou tanto para mim em Pandlenton. Porque olhou pra mim Liam?

- Porque você é excepcionalmente gostoso. Eu quero você pra mim. Me dá uma chance Gabriel.  

- você é louco. Tudo bem. Mas não aqui 

Liam me puxa com força para perto do seu corpo e me beija. Um beijo demorado e gostoso. Sinto os seus músculos,  sua respiração quente, sua língua dentro da minha boca. Me sinto invadido por aquele homem lindo que conheci a menos de 1 dia, toda vez que Liam me olha sinto algo fora do normal. É um desejo revestido de carinho. Como pode um sentimento ser tão forte em tão pouco tempo.  Liam me chama para ir ao quarto. Sem pensar duas vezes eu vou. Nos despimos, vejo seus músculos,  suas pernas grossas como de jogador de futebol, seu pau enorme.Ele me joga na cama, tirando todas as minhas roupas .Me domina .Me entrego completamente .Sinto um tesão inexplicável. As minhas pernas tremem. Começo a beijar todo o seu corpo. A acariciar lentamente o seu pênis, coloco tudo na boca. Liam fecha os olhos com muito tesão 

-isso não para . Assim, assim 

Um tempo depois ele prende os meus braços,  Sou dominado por aqueles músculos. Ele me vira. Me penetra. Devagar e depois com força.  Começo a gemer . Esse vai e vem dura muito tempo. Liam amarra as minhas mãos com uma corda. Me vira de novo. Dessa vez de frente para ele, me penetra mais e mais fundo. Estremeceu. Estremeci também revirando os olhos em completo tesão. 

As horas se passaram.Transamos por umas duas horas. Depois ficamos deitados um ao lado do outro completamente nus e falando de nossas vidas. Liam me contou que os seus pais morreram quando ele era criança. Foi um acidente de carro e somente ele sobreviveu.Abracei Liam beijando -o

-Estou aqui para o que precisar. Conta comigo

-obrigado Gabriel. É importante pra mim ouvir isso.

Todos haviam ido embora. Perdemos a noção do tempo. Acho que é assim que nos sentimos quando estamos com alguém que gostamos muito. Liam sorri pra mim. Esse sorriso me conquistou. Os nossos olhos igualmente azuis se encontram e continuamos a nos beijar sem nós preocupar com os problemas,  com as horas , com todo o resto. Liam me pede para dormir na casa dele. Digo que sim sem hesitar. É um sentimento muito forte que sinto.  Um carinho e uma atração muito forte. Juntos somos completos. Logo transamos de novo. Duas longas vezes na mesma noite.Liam me dominando na cama. Eu poderia me acostumar com isso pensei.

Na manhã seguinte, acordo sobressaltado.  Já são 9 horas e vamos perder as primeiras aulas. Acordo Liam. Vou até o chuveiro tomar um banho rapidamente. Liam entra no chuveiro junto comigo. Me encurralou na parede, me pegando por trás,  beijando o meu pescoço e as minhas costas.Liam tem um fogo inexplicável. É completamente viril. Me suspendeu colocando o seu pênis dentro de mim e me penetrou várias vezes debaixo da água quente. Ao terminar beijou-me os lábios e com um sorriso safado perguntou

-Gostou?

Eu sorri tímido porém safado 

-Gostei e muito

Saímos de casa e fomos a Universidade de Pandlenton. Liam entrou no prédio.  Eu fiquei no campus

Me encontro com Sarah Ward

-oi onde vocês estavam a noite toda?

-É uma longa história

-Ah meu Deus, vocês ficaram

-Não que seja da sua conta mas sim, nós ficamos

- Olha Gabriel tem uma coisa que você precisa saber sobre o Liam e acho que não vai gostar.

O olhar de Sarah parecia preocupado e com um ar de tensão 

- anda Sarah, desembucha . O que o Liam fez de tão grave que faça eu não gostar dele. Você está falando isso desde ontem

- O Liam está respondendo processo por causa do acidente de Michelli Ward , minha irmã 

- Ai meu Deus Sarah eu sinto muito. Ela está bem? Quanto tempo faz isso?

-Tem dois meses. Ela está internada em estado grave. Minha mãe quer desligar os aparelhos. Eu não concordo com isso. Sei que ela vai sobreviver e o Liam vai pagar pelo que fez a minha irmã 

-Sarah como você pode ter tanta certeza que o Liam é culpado pelo que aconteceu com a sua irmã?  Ele pode ser inocente. 

- Não , não pode. Ele estava dirigindo naquela noite. Não pode mudar os fatos. Ele quase a matou

- Sarah eu vou tirar essa história a limpo com o Liam.Sinto muito pela sua irmã. Preciso ir

Dou um beijo no rosto de Sarah Ward e saio daquela conversa transtornado.  Logo o Liam que parecia ser perfeito em tudo poderia ser o responsável por quase matar Michelli Ward.  Estou confuso e bastante decepcionado. 

LIAM

Assim que acabam as aulas espero Gabriel do lado de fora do campus da Universidade de Pandlenton . Gabriel vem ao meu encontro com um semblante um pouco triste . Dou um beijo e pergunto:

- o que houve? Aconteceu alguma coisa?

-aconteceram milhares de coisas. Ontem eu conheci um menino lindo que pensei não ter nada para esconder de mim. E Sarah Ward diz que você está respondendo processo por quase matar  a irmã dela. Porque não me contou?  Conversamos por horas ontem a noite

- você conversou com Sarah Ward e prefere acreditar mais nela do que em mim? Eu não estava dirigindo aquela noite Gabriel. Era Alice que estava no volante. Ela convenceu a todos dizendo que era eu

- E você convidou essas pessoas para uma festa? Liam porque você chamou essa garota insuportável pra sua festa? Sem contar que é mau caráter se ela estiver mentindo sobre tudo

- Se..se... então não acredita em mim? Eu jamais faria isso. Eu perdi meus pais em um acidente de carro. Você tem idéia do quanto isso me afeta?

- Eu quero acreditar em você. Mas quem está respondendo processo é você e não a Alice.

- Se você não acredita em mim então não podemos ficar juntos. Achei que tínhamos uma conexão profunda, física e emocionalmente.  Eu estava errado. O meu amor não confia em mim. Prefere me acusar a crer que sou inocente. Quer saber? Vou embora

Saio do campus deixando Gabriel sozinho. Ele olhando para mim com lágrimas nos olhos. Com dúvidas sobre a minha inocência. Eu sei quem eu sou. Não preciso de compaixão e muito menos que duvidem de mim. Até lá não quero ver Gabriel tão cedo.




















Notas Finais


Xoxo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...