História Bem vindos ao nosso mundo. - Capítulo 3


Escrita por: ~

Exibições 55
Palavras 2.188
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Tive que reescrever o capítulo. -.-

Puta que pariu. Tinha ficado um capítulo perfeito. Mas vou tentar reescrever de novo... Obrigada spirit fanfics que bug ou bem na hora de eu postar...


Espero que gostem boa leitura.

Capítulo 3 - Escola


Fanfic / Fanfiction Bem vindos ao nosso mundo. - Capítulo 3 - Escola

- Porque ela sempre demora... Vamos nos atrasar. Tempo é tudo. - Reclamou a roxeada impaciente pela demora da ruiva.


- Ne, né Hina... - Chamou Naomi tentando animar a imã que já tava irritada, devido a demora da ruiva pra irem a escola. - Ela já deve tá descendo... Tomara.


- Yukina... - Chamou Mayumi, num tom um pouco mais alto, querendo chamar atenção da irmã. - Rápido...


- Tô indoooo! - Gritou a menor, saindo do quarto, correndo até a escada e deslizando sentada pelo corrimão.


Obviamente, não poderia dar muito certo o plano da ruiva. Logo escorregando e caindo cedo demais, dando de cara no chão.


Pode se ouvir as risadas escandalosas da morena, que debochava pelo desastre da irmã.


Ouve -se um suspiro por parte de Hinami, que saiu impaciente já se dirigindo ao carro do lado de fora da mansão.


- Yukina! Você tá bem?? - Perguntou preocupada a loira.


Logo ela foi se levantando cuidadosamente e meio desnorteada, pela queda ter batido sua cabeça.


Ouviu se uma risada estranha, uma risada de porco da morena. Uma risada de porco, é quando a pessoa vai tomar ar para respirar e acaba fazendo um barulho muito estranho.


- hahahahahaha parece que o jogo virou hahaha ! - Riu a ruiva da irmã mais velha.


A morena logo resmungou e saiu reclamando e implicando com a ruiva a seu lado.


Mayumi ia mais a frente. Já em direção ao carro, que geralmente, era ela quem dirigía.


Isso mesmo. Elas tinham um carro. Uma BMW X1 prata. Um modelo novo e caro. Muito bom e potente no motor, além de ser um carro lindo e espaçoso.



Chegaram todas lá, Mayumi foi no motorista, ao seu lado estava Hinami, que já prevê que as outras duas iriam brigar - de novo - pelo lugar da frente, e a ruiva e a morena sentaram nos bancos de trás.


O modelo do carro era discreto, elas não gostavam de chamar atenção, pois além de elas chamarem atencao, não queriam que o carro também fizesse isso.


A viagem delas era alguma conversa geralmente entre Naomi e Yukina, mas elas também interagiam com atenção irmãs, que geralmente eram muito quietas.


Mayumi gostava de se concentrar no trânsito, dando pouca atenção ao que as outras falavam, mesmo sendo uma boa motorista, precisava de atenção.


As quatro possuíam carros diferentes, mas iam com apenas um, pois os outros não eram necessários.



Não demorou muito para que chegassem a escola, por mais que tenham mudado de turno, procuraram se informar de tudo no outro horário.

Mas uma coisa aliviava elas, o fato de que não teriam tantos '' fãnzinhos ", admiradores, seguidores, e pessoas que adoram puxar o saco delas e elogia - las. Na verdade, isso não as incomodava tanto, não ligavam de serem elogiadas ou admiradas, mas as vezes passava dos limites.




Enquanto isso no colégio, tinham alunos jogando papo fora, fazendo brincadeiras, ficando de bobeira, ou até mesmo esperando o sinal do começo das aulas bater.


Mas todos pararam sua atenção quando uma certa limousine chegou.




A limousine dos Sakamakis...



A limousine parou, e de lá saíram aos poucos, os seis vampiros e a humana.

Não demorou para que montanhas de garotas se formarem ao redor da limousine dos tão amados Sakamakis, aí então, pode se ouvir gritos histéricos e várias garotas perto dos seis irmãos.

Yui, que foi a última a descer, finalmente saiu da limousine.



Outro carro chegou à escola. Era um carro muito lindo e moderno, alto e esportivo, aqueles no qual só folhinha de papai teriam. Silencio foi formado no local, tirando a atencso das fas do sakamakis que pousaram seus olhos no carro novo.


Logo pode se ouvir alnguns murmúrios, gritos e alvoroço vindo de garotos e garotas. Logo algumas pessoas já se encontravam em torno do carro.



Até os Sakamakis pararam e olharam curiosos para o carro.



Assim que a porta do carro se abriu, foi avistada Mayumi, uma loira, que tinha cabelos encaracolados presos num rabo de cavalo, usava seu uniforme muito formal, com um corpo muito bonito, seios medios e bunda media, Aparentava ser a mais velha dentre todas.

Carregava seu material ao lado do corpo, e com salto alto. Eram as únicas garotas com uniforme meio diferenciado, em vez de uma saia rodada larguísima, a loira usava uma saia de secretaria apertada, na metade das coxas. Usava óculos vermelhos escuros com grau.
Possuia um sorriso simpático no rosto.




Uma outra irmã saiu do banco do carona, era a mais baixinha comparada com as outras três, tinha cabelos roxos em duas maria-chiquinhas, uma expressão seria, óculos carregados na mão junto com alguns livros. O uniforme era a saia das demais garotas da escola, e em cima uma gravata em lacinho, muito bem feita.
Usava meia três quartos, e sapatilhas escuras.




A terceira a sair do carro foi uma morena muito linda, com seus cabelos negros compridos soltos, que no final eram meio encaracolados. Usava a saia igual a da irmã mais velha, só que mais apertada, devido às coxas grossas e bunda grande da morena.

Também possuia grandes peitos, um corpo perfeito, Oque causou tamanha inveja nas demais garotas da escola.

A parte de cima do uniforme era a blusa normal, so que solta no comprimento, e a gravata presa ao lado do pescoço, num nó meio desleixado. Tinha uma maia calça preta, que ficou acizentados, devido a cor da pele da morena, e uma botinha preta no final.

Usava óculos escuros, logo os tirando e guardando no carro, sempre tinha uma expressão brincalhona, com um sorriso de lado, conversando com a irmã ao seu lado.



A última das irmãs, a que andava ao lado da morena, uma ruiva, com cabelos vermelhos escuros bem curtinhos. Mascava chiclete e conversava com a irmã morena, tendo uma expressão brincalhona, até mais do que a irmã.

A gravata não estava feita, ficando meio frouxa devido ao pequeno decote, que não mostrava muito de seus seios grandes. Tinha coxas pequenas, e bunda pequena/média.

Carregava o material ao lado do corpo, na altura da saia igual a de suas irmãs mais velhas, mas mais levantada que o normal, usava salto alto.



O que assustou as quatro, foram o tumulto e fãs que estavam a sua volta, seriam famosas até no outro turno?


Eram garotas que chamavam atenção pela beleza, corpo, e o sobrenome.... Sakamaki.



Logo seguiram para dentro da escola, deixando muitas pessoas boquiabertas, e comentando sobre o acontecido.


Deixando inclusive, seis Sakamakis espantados e curiosos. Alguns inconformados.




- OE... Quem são essas novatas? - Perguntou em tom de birra Ayato, que tinha um olhar inconformados.


- Novas Bitch-chans... - Falou Laito num tom manhoso. - Será que estudarão com a gente?


- Tch. Calem a boca. - Resmungou Subaru num tom e stressado. - Quem se importa?



Logo os Sakamakis foram andando para dentro da escola.





(...)




- Yukina e Naomi... 2 ano A, essa é a sala de vocês. - Falou a irmã mais velha parando em frente a uma sala e apontando para ela, informando as irmãs. - Hinami, sua sala e o 1 ano A, a esquerda. - apontou para uma sala a esquerda delas.



- Otimo. - Respondeu a menor, já indo em direção a sala.


- Boa aula nee-chaan! - Falou Yuki num tom de alegria acenando para a irmã que agradeceu as duas irmãs , embora Naomi só tenha acenado. Logo entrou na sala.


- Minha sala e o 3 ano A, dois corredores a direita. - apontou para uns corredores, a mais velha. - Boa aula, já vou indo.


- Arigato. Boa aula. - Falaram as duas em uníssono, logo entrando em sala.


- Ainda bem que deixaram você ficar na mesma sala que eu, capricha nos estudos. - Falou bagunça do o cabelo da ruiva.


- Hai , Hai... - Respondeu a ruiva rindo.


Foram as primeiras a chegar em sala, logo escolhendo e sentando nos lugares. Não demorou até o sinal bater, e logo chegando mais alunos e notando as irmãs ali, ficavam comentando coisas entre si. As irmãs trocavam olhares cúmplices e revirava os olhos.


Para muitos o fato de elas não gostarem muito de se em populares, podia ser ingratidão, mas para elas, queriam ser tratadas como alunas normais, pois as vezes essa obcessão passava dos limites.


Logo também entraram trigêmeos, Ayato Laito e Kanato, que por coincidência, tinham seus lugares próximos aos das duas irmãs.



As aulas passaram rápido, tendo agora aula de geografia, que já estava acabando. Rolavam conversinhas, e as vezes brincadeiras entre as duas irmãs. Pois a ruiva também se divertia piscando para alguns garotos na sala.



- Etto... Acho que esqueci de falar das duas novas alunas, Yukina Sakamaki Hashimoto, e ... Naomi Sakamaki Hashimoto. - Terminou olhando para a chamada, e para as garotas.- Apresentem - se por favor.



- Pra que? - Perguntou Naomi num tom alto e indiferente. - A senhora acabou de fazer isso. - Respondeu voltando sua atenção ao desenho que fazia no caderno.


- Hehe... Desculpem por ela, eu e Naomi somos irmãs, moramos juntas e acabamos de mudar de turno, esperamos nos dar bem com vocês... - Falou num tom simpático se sentando novamente.



- Por mim, agente tava se dando bem faz tempo... - Falou um garoto do outro lado da sala, num tom de riso.


- Meu punho também tá querendo se dar bem no meio da sua cara. - Respondeu Naomi num tom irritado, arrancando algumas risadas na sala.


A professora iria chamar a atenção dos alunos, quando o sinal bateu, fazendo todos correrem para fora da sala, as irmãs logo saíram andando juntas.



Na sala, ainda ficaram três irmãos perplexos e chocados.


- Sakama... Ki? - Perguntou Laito num tom espantoso olhando os irmãos.


- Que estranho né Teddy? - Falou Kanato olhando para o urso, logo saindo da sala sozinho.


- Será que são filhas de Karlheinz também? - Perguntou o ruivo para o de chapéu, que logo deu de ombros, e logo os dois saíram da sala em direção ao refeitório.





(...)





- Chegamosss... - Falou uma ruiva entrando no refeitório e sendo seguida pela morena.



Avistaram as outras duas irmãs sentadas numa mesa. Se aproximaram e sentaram junto a elas.



- Como foram as primeiras aulas? - Perguntou a ruiva num tom brincalhão para as irmãs.


- Nada em especial. - Respondeu a loira folheando um livro.



- Ah qual é Mayu. - Resmungou irritada Naomi. - Isso é um refeitório. Não vai ficar lendo num lugar onde é pra comer né? - Terminou encarando a irmã de braços cruzados.



- Só tô revendo uma coisa aqui, além do mais, posso comer e ler ao mesmo tempo. - Retrucou a mais velha num tom educado para a morena. Mordendo a pêra em suas mãos.


- Yukina. - Hinami chamou a irmã ruiva. - Respondendo sua pergunta, foram normais. Mas... Subaru tá na minha sala - Pegou uma maçã.


- Ne ne Hina... Para com essa cisma com eles... Já passou... - Falou a ruiva tentando acalmar a irmã, se refirindo a morte de seu pai, em que os Sakamakis foram responsáveis.



- Não. - Respondeu interrompendo a mais velha. - Oque foi feito foi feito. Não se pode mudar o passado. Falou a menor num tom irritado.



- Mas pode - se aprender algo com ele. - Complementou a loira, fechando o livro e olhando para a roxeada. - Deixa isso um pouco pra lá Hinami. Yukina só te fez uma pergunta. - Falou calmamente a loira, sorrindo para a menor, que decidiu comer a maçã.



Logo as duas irmãs do meio começaram um papo, falando de coisas aleatórias e brincando com as outras irmãs.





Enquanto isso em outra mesa, estavam seis vampiros, onde alguns encaravam as quatro na outra mesa.



- Não lembro delas... serão mesmo filhas daquele cara? - Perguntou Ayato encarando a mesa das irmãs.



- Bom, nunca tivemos contato com toda a família Ayato-kun... - Falou Laito pensativo, mas num tom manhoso. - Elas são bonitinhas... - Corou e falou num tom pervertido.


- S-serao mesmo irmãs de v-voces? - Perguntou Yui para Ayato.


- Não sabemos panqueca. - Desviou o olhar das quatro para a loira ao seu lado. - Mas não se meta nisso. - Respondeu friamente, fazendo al loira abaixar al cabeça meio triste.



- Será... que são elas... As mulheres que aquele cara falou? - Falou Shu num tom arrastado e preguiçoso abrindo um de seus olhos.



- Como assim Shu? - Perguntou Reiji num tom impaciente pelo jeito do irmão.


- "Ele" me ligou esses dias falando dessas quatro garotas, primas nossas, muito poderosas, que seria o de grande ajuda pra gente, no caso da Yui. - Bocejou - Ele deixou isso aqui pra entrarmos em contato com elas.


Entregou as folhas que continham informações e o contato das primas, para Reiji.


- Vou entrar em contato com a mais velha depois. - Afirmou Reiji pegando as folhas da mão do irmão.


- Tanto faz... - Respondeu desinteressado o loiro.






(...)





Continúa...



Próximo episódio... O tão esperado encontro...

Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...