História Besides All [VHOPE] - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook, Namjin, Vhope
Exibições 81
Palavras 280
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


e aí tudo bom

Capítulo 18 - 17h30.


{pov Taehyung}

Poderia ficar o dia todo daquele jeito, sentindo seu toque em mim. Eu só queria dormir. Ali mesmo, em seu colo. Me ajeitei em seu lado esperando por seus sermões, mas ele me surpreende cada dia mais.

JH- Parece irritado. Pode me mandar ir...

T- À merda? – O interrompi. 

JH- Isso mesmo. – Rimos. 

T- Tá, essa é a hora que você me xinga. 

JH- Ok. O que eu te disse sobre a sua alimentação? 

T- Que eu devo comer no mínino três vezes por dia.

JH- E você tá fazendo isso? – Neguei e o silêncio se instalou. 

T- Você não deve mais se preocupar comigo... 

JH- Eu sei, mas eu me preocupo. Faz quantos dias que você não dorme? 

T- Hose... 

JH- Taehyung, faz quantos dias que você não dorme? 

T- Três. 

JH- Você chega que horas em casa? 

T- Cinco horas.

JH- Então você vai chegar, vai comer e vai dormir. 

T- Não vou dormir cinco horas da tarde, Hoseok... 

JH- E como eu vou saber se você comeu? 

T- Aí você confia em mim.

JH- Mas eu não confio em você. – O encarei e ele riu – Eu vou na sua casa cinco e meia, se você não tiver comido, vou te bater. 

Tá brincando com a minha cara, só pode.

T- Eu não sou mais uma criança. 

JH- Mas age como uma. Não se pode confiar em crianças. 

T- Vai se foder. 

JH- Eu também te amo. Me espere às cinco e meia. 

T- Tá. 

Concordei, ele iria ficar no meu pé do mesmo jeito. O observei sair do carro sem pressa. Gravando seus movimentos dentro de mim, me despedi. Sai de lá e fui em caminho do inferno que chamo de trabalho.  


Notas Finais


somos quase 60! obrigada 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...