História Besides the life - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Charlotte, Dakota, Iris, Kentin, Kim, Letícia, Lysandre, Melody, Nathaniel, Peggy, Personagens Originais, Rosalya, Viktor Chavalier, Violette
Tags Comedia, Drama, Ficção, Mundo Alternativo, Romance
Visualizações 19
Palavras 747
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá leitores e leitoras. Hoje tive tempo extra então decidi postar mais um. Não está muito grande mas acho que vão gostar. Boa leitura :)

Capítulo 3 - Fun


Flash back

Eu estava curtindo o som e fui para a pista dançar, sozinha mas o que importava era a diversão. Mas alguém conhecido chegou em mim. Sorri maliciosa.

Kate: Olá Dake... –Ele me olhou e sorriu de lado-

 

P.O.V Katerina

Dake: Oi Kate... ta sozinha? –ele chegou perto de mim dançando-

Kate: sim, mas não tem problema eu gosto.

Dake: Se não for incomodar, posso dançar com você? –ele sorriu malicioso mas eu nem liguei porque o que eu queria mesmoe era curtir-

Kate: Claro! –eu retribui um sorriso tímido-

Começou a Tocar Animais - Maroon 5, Dake chegou perto de mim e colocou uma de suas mãos em minha cintura me puxando para mais perto, ele sorriu maliciosamente e eu corei, mas logo depois eu acostumei, acho que a bebida estava fazendo efeito. Coloquei meu braços em volta do seu pescoço e começamos a dançar sesualmente um com o outro, de acordo com a música. Ele era forte e tinha pegada boa. Virei de costas, ele continuou com as mãos em minha cintura e eu eu coloquei a minha sobre as dele, continuamos dançando no mesmo ritmos, bem juntos. Dançamos várias músicas. Desde eletrônica ao funk.

Até que começou uma musica lenta, para todos descansar dançando mais lentamente. E o tempo todo ele ficava com as mãos na minha cintura, deve ter gostado dessa parte do meu corpo. Eu enlacei seu pescoço com meu braços.

Kate: Você dança bem –eu sorri de lado-

Dake: Não melhor que você –retribuiu o sorriso de lado e eu corei-

Kate: Você tem quantos anos? –olhei curiosa

Dake: 21 e você? –não fiquei tão surpresa, ele aparentava ter mais ou menos essa idade-

Kate: 17 –olhei pro Lado com receio de ele me achar nova demais-

Dake: É novinha mas eu gosto disso–eu corei-

Kate: Acho que isso é bom -ele confirmou com a cabeça-

Dake: Posso te fazer uma pergunta? –ele me olhou curioso-

Kate: Claro, se eu souber responder.

Dake: A gente mal se conhece, mas... seria muito louco se eu te beijasse agora?! –ele me olhou malicioso-

Kate: Seria –eu sorri sem graça-

Dake: Que bom, porque eu gosto de loucuras! –depois que ele disse isso, me beijou logo em seguida, foi um Beijo safado, ele arrodeou minha cintura com seus braços e com uma das mãos apertou minha bunda, mas eu não me importei porque essa noite eu ia curtir então só me deixei levar. Coloquei uma mão em seu peitoral, que, inclusive, era bem definido, a outra em volta do seu pescoço. Ele foi aprofundando mais e mais o beijo, até que começamos a sentir a falta do bendito oxigênio e paramos.

Nos encaramos um pouco e sorrimos. Depois disso fomos para o bar, conversamos por mais um tempo. Olhei no relógio e já passava das duas horas da manhã, precisava ir pra casa.

Kate: Tenho que ir agora, já ta bem tarde –eu olhei pro lado-

Dake: Também preciso ir, quer uma carona?!

Kate: Não, obrigada, eu pego um taxi –sorri agradecida-

Dake: Que isso, deixa de modéstia! Vamos, eu te levo –ele sorriu de lado e aceitei a carona-

Kate: Ta Bom –falei o endereço pra ele e ele me levou até lá-

...................

Dake: Chegamos!

Kate: Obrigada e... até a próxima –eu disse abrindo a porta do carro quando ele segurou meu pulso-

Dake: Pera aí, só mais uma coisa –ele me puxou e me deu um beijo, eu deixei, já tinha o beijado uma vez, porque não outra vez? Esse foi um beijo quente e rápido, só pra despedida.- obrigada pela noite. Um prazer conhecer você. -Eu sorri-

Kate: Um prazer conhecer você também Dake.. -saí do carro e fui andando em direção à entrada do prédio-

Dake: Quando vou poder te ver de novo? -ele gritou e eu me virei dando risada-

Kate: Eu não sei, mas espero que em breve -acenei um tchau e ele saiu com aquele sorriso malicioso.

Essa noite foi boa, aproveitei o máximo e tirando o que aconteceu essa tarde, foi um ótimo primeiro dia nessa cidade.

P.O.V Castiel

Eu estava na praça sentado em um banco escutando música no meu celular, quando vejo o carro do Dake parando em frente ao prédio onde aquela guria com quem estive hoje a tarde morava.

Quando vi ela, exatamente ela saindo de dentro daquele carro, fiquei nervoso. Ela mal chegou na cidade e já está se pegando com um cara que mal conhece?! Fiquei indignado com aquela cena.

Castiel: Mas pera aí Castiel, você mal conhece aquela garota, o que ta acontecendo com você? 

Deixei aquilo de lado... até porque eu não tinha motivos pra me importar com ela. Ela que se foda!

Continua...


Notas Finais


Beijos de luz.
E não esqueçam de comentar. Saber as críticas e elogios me incentivam bastante. 💞


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...