História Best Friend Lover - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias Rafael "CellBit" Lange
Personagens Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange
Tags Cellbit, Rafael Lange
Exibições 162
Palavras 1.019
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá galero

Voltei, primeiramente sorry por ficar tanto tempo longe mas é que eu estava com bloqueio criativo e queria acabar WhatsApp antes sz

No final vou explicar como vou postar a fic já que eu to sem Wi-Fi pq me mudei e tem poucos capítulos escrito!

Boa leitura ❤️

Capítulo 33 - Eu estou de volta - 3 temporada


Fanfic / Fanfiction Best Friend Lover - Capítulo 33 - Eu estou de volta - 3 temporada

 

Pov Mafe

"Só mais um segundo e você já pode olhar" Vitor disse.

Eu estava quase roendo as unhas de curiosidade, odiava que fizessem algo no meu cabelo sem que eu pudesse ver.

"Prontinho!" ele disse e girou minha cadeira.

Sorri ao ver minha imagem refletida no espelho. Meu cabelo em um castanho natural e as mechas roxas na ponta.

Eu espero que o Rafael goste, eu adorei e ele foi o maior motivo dessa minha mudança, claro, fiz também por mim, eu me sinto bem melhor sendo eu mesma.

Paguei e fui em direção ao carro da minha mãe, ela estava parada lá há horas e agora estava lendo um livro.

"Eu sei que isso é estranho mas eu prefiro você assim" ela disse e eu ri.

"Digamos que você não é uma mãe comum" eu disse.

Ela acelerou nos levando de volta para o nosso pequeno apartamento, entrei no quarto e tirei uma selfie, pensei em mandar para o Rafael.

Já fazia uma semana desde que voltei de Carazinho, eu e Rafael estávamos muito mais perto e retomando o namoro aos poucos. Não podíamos simplesmente voltar, ainda estávamos muito longe um do outro.

Apenas salvei a foto, eu preferia que ele me visse assim pessoalmente. Minha tela do notebook acendeu, era uma chamada de Skype. Era o Rafael, ainda bem que aquela de atendê-lo sozinho eu desliguei.

Peguei uma toca que estava jogada em cima da cama e coloquei na minha cabeça guardando todo o meu cabelo dentro dela.

Sentei na cadeira em frente à mesa do computador e atendi. A imagem dele se formou na tela e nós dois sorrimos.

"Oi" eu disse.

"Oi, por que você está assim?" ele perguntou rindo.

"Eu estou com frio" eu disse.

"No cabelo?" ele perguntou.

"Sim" eu disse e ele riu.

"Você está parecendo um pint..."

"Rafael" gritei o interrompendo e aí rimos.

"Você está bem?" ele perguntou.

"Estou e você?" perguntei.

"Também, adorei seu moletom" ele disse apontando para um canto.

Me virei e vi meu moletom pendurado, ele era branco com o desenho de um cupcake com carinha sorrindo.

"Ah, ele é meio bobo" eu disse.

"É bonito, melhor que aquele vestido que você usou no shopping, muito chamativo" ele disse e eu ri.

"Preto não é chamativo" eu disse.

"O salto alto era" ele disse.

"Um pouco" eu disse e rimos.

"Só um minuto Mafe, tem uma outra chamada, já te ligo" ele disse.

"Quem é?" perguntei curiosa.

"Heloise" ele disse.

Ok, confesso que senti um certo ciúme quando escutei o nome de uma garota, ele iria desligar para falar com ela, ela com certeza é importante.

"Quem é ela?" perguntei.

"Calma, ela é minha melhor amiga" ele disse.

O quê? Agora os ciúmes ficariam ainda maiores. Quase explodindo. Ele tinha outra melhor amiga?

"Melhor amiga?" perguntei deixando transparecer minha raiva.

"Melhor amiga virtual" ele disse e riu.

"Ok, bom papo" eu disse.

"Não saia daí, eu prometo voltar rápido" ele disse.

"Ok, eu estou totalmente desocupada" eu disse.

A imagem dele sumiu e eu abaixei a tela do computador. Tirei a touca e vi meu cabelo ficar totalmente bagunçado. Não me importei, apenas voltei para o espelho.

As aulas voltaram há pouco tempo mas já haviam milhares de tarefas e problemas.

Lucas era um deles, eu não gostava de vê-lo todos os dias, Rafael me contou o que ele fez e isso foi para mim, algo imperdoável. Se não fosse a Raquel, estaríamos sem se falar até hoje.

Aliás, a Raquel me surpreendeu mas não sei porque eu não consigo acreditar que ela fez isso a troco de nada. Ela não faria isso ainda mais para ajudar Rafael a vir atrás de mim. Inacreditável.

As vezes eu pensava que ela talvez estivesse armando alguma coisa mas as vezes eu também pensava que ela também tem um coração. (N/a: eu nunca vou comer um coração, dsclp).

Logo a chamada voltou, coloquei a touca e atendi. Ele sorriu e aí me encarou.

"O que está pensando?" perguntei.

"A faculdade, não estou muito feliz lá" ele disse.

"O que? Falta pouco tempo para você se formar" eu disse.

"Dois anos não é pouco tempo Mafe" ele disse.

Não é, realmente. Só seis meses longe dele já pareciam uma eternidade.

"Tem razão mas você aguenta" eu disse e sorri.

"Eu penso seriamente em...largar" ele disse fazendo uma longa pausa entre as palavras.

"Você está maluco?" perguntei não acreditando no que ouvi.

"Não estou, eu só não me dou bem lá sabe, não consigo me ver mentindo para um juiz em um tribunal Mafe, acho que editar vídeos é muito mais a minha cara" ele disse.

"Pensa bem, eu sei o quanto você se esforçou para estar aí, não jogue tudo no ventilador Rafa" eu disse e ele sorriu.

"Digamos que eu tenha o melhor motivo do mundo para fazer isso" ele disse.

"Que motivo?" perguntei arqueando uma sobrancelha.

"Você" ele disse e eu ri.

"Eu?" perguntei.

"Sim, você Mafe" ele disse.

"Eu juro que não estou entendo o que você quer dizer" eu disse.

"Você vai entender uma hora mas não agora ok?" ele perguntou.

"Ah não Rafael, agora conta" eu disse.

"Don't rush, no pressure" ele cantou e eu ri.

"Vai a merda Rafael" eu disse.

"Ok, tchau" ele disse e acenou.

"Não! Antes de ir a merda me diz o que eu tenho a ver com a sua decisão maluca de largar a faculdade" eu disse e ele riu.

"Desculpa, tenho que ir, até amanhã" ele disse e riu.

"Para de gracinha, odeio ficar curiosa, diz logo Rafael" eu disse.

"Tchau!" ele disse.

"Não ouse!" eu disse e ele riu.

"Até amanhã Mafe" ele disse.

"Você não vai fazer...você fez" eu disse assim que ele desligou cortando minha frase.

Ultimamente ele tem tido como objetivo me deixar confusa, primeiro no aeroporto. 'Nos veremos muito antes do que você imagina'. E agora essa de eu ser o motivo para ele largar a faculdade.

Ok, acho que é brincadeira, ele não faria algo tão radical (N/a: só se ele tomar Nescau).

Quer dizer, eu acho que ele não faria.


Notas Finais


Então pessoal pelo menos por um tempinho vai ter atualização uma ou duas vezes na semana, porque meu 3G é ruim e tb pq não tenho tanto capítulo pronto. Vou dar um jeito de logo voltar ao normal ❤️

Obg por lerem, favoritem se gostarem ❤️

Espero que gostem dessa nova e última temporada ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...