História Best Friends - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Tags Hailey Baldwin
Exibições 54
Palavras 1.059
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Crossover, Escolar, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 12 - Capítulo onze.


Competição anual

Hailey Baldwin POV

Chris e Chaz chegaram com pipocas e refrigerante, sentaram na nossa frente e começaram a conversar.

- Quero só ver como o Bieber é jogando. - Chaz comentou e Chris riu.

O juiz apitou e o jogo começou, a bola estava com o time adversário, eu não entendia nada de basquete mas tentei assistir mesmo assim. Algum cara do time adversário jogou a bola para o parceiro, mas Justin entrou na frente e pegou a bola, me fazendo sorrir e a arquibancada da direita - a que eu estou - levantar gritando em comemoração, tive que levantar também, Justin saiu quicando a bola e quando um cara foi tentar pegar, ele driblou com facilidade fazendo todo mundo gritar de novo. Justin jogou a bola para outra pessoa e foi pra perto da cesta, e eu sentia que ele iria marcar.

A bola foi pra mão de Harry e ele deveria tocar para o Justin que estava perto da cesta, estava todo mundo em silêncio, Harry era muito orgulhoso e acabou não tocando, ele tentou fazer a cesta sozinho, mas vieram dois do outro time pra cima e arrancaram a bola dele, marcando ponto.

Droga, estamos perdendo.

Algumas pessoas começaram a xingar Harry e ele deu o dedo do meio pra nós, o jogo começou novamente, Harry pegou a bola, Justin estava livre mas Harry tinha complicações com Justin e levava esses problemas  para a quadra, então ele não tocou, fazendo com que o time adversário marcasse outro ponto. Todo mundo da quadra esquerda comemorou e Chaz tentou descer da arquibancada pra bater nele, mas Chris o segurou.

- NÃO ME SEGURA CHRIS, ESSE CARA NÃO PERCEBE QUE ESTÁ FAZENDO O TIME PERDER PORRA? - Chaz gritou enfurecido.

- Calma porra, aquieta seu cu aqui. - Chris deu um tapa em sua cabeça fazendo os dois começarem uma pequena discussão na qual eu tive que interromper para poder assistir o jogo em paz.

Uma pequena aglomeração se formou na quadra e o treinador foi lá checar, era Justin e Harry discutindo por causa do que Harry fez.

O jogo continuou com nosso time perdendo de dois a zero.

Antes do fim do primeiro tempo, Harry marcou uma cesta, e o placar marcou dois a um.

Estávamos tenso pois um dos jogadores do time do Justin estava perto da cesta, e se Harry jogasse a bola pra ele, ele marcaria com facilidade e daí ficaríamos empatados.

- Por favor Harry, jogue pra ele. - murmurei baixinho, e parecendo ouvir minhas súplicas, Harry olhou para o jogador e ele estendeu a mão pronto pra pegar a bola, Harry jogou e em um piscar de olhos o cara tinha marcado outra cesta. Começamos a gritar e Ryan me abraçou, estávamos empatados: dois a dois. O fim do primeiro tempo foi marcado, e no próximo tempo, quem fizer cesta primeiro, vence.

Justin Bieber POV

Harry era um filha da mãe, ele ainda acha que tá certo, não interessa se ele vai com minha cara ou não, ele tem que passar a porra da bola pelo bem do time.

O segundo tempo começou e o treinador decidiu que eu deveria iniciar com a bola, Taylor, o capitão do time adversário estava em minha frente e ele mexia os lábios dizendo "Já perdeu, mariquinha".

Respondi um " Isso é o que nós vamos ver"

Cara, eu precisava muito ganhar esse jogo.
As palavras de Hailey não saíam de minha cabeça, e vez ou outra eu olhava pra ela mas tudo que ela fazia era desviar o olhar.

Quando ela começou a dizer aquelas coisas, que tudo veio à tona. Hailey é apaixonada por mim, e eu nunca notei isso. Ela estava sempre ali quando precisei, Hailey é incrível, e eu sou um idiota por deixar o sentimento passar despercebido, até Ryan já havia reparado que ela me olhava de outra forma, mas eu estava tão obcecado na Britney que não prestei atenção no que Hailey tentava me dizer através de seus olhares.

Atenção.

A nossa última briga, era isso que ela se referia, que eu não prestava atenção em nada em minha volta, e se eu fui cego o bastante para não perceber que Hailey me amava, ela estava certa, eu não prestava atenção.

Aonde eu estava com a cabeça este tempo todo?

Em Britney.

A garota que me esnoba, não me dá atenção e está namorando com um cara só porque ele é popular. E eu, agi como um idiota por brigar com Hailey e entrar neste time só pra chamar atenção da Britney.

Eu sou um otário.

Hailey estava certa, ela sempre está certa. E merda, como eu não reparei antes? As vezes que ela se irritava ao me ouvir falando da Britney, era ciúmes. A amargura que ela tinha na voz ao citar a frase "você gosta da Britney".

Aquele dia em que ela saiu da mesa chorando ao descobrir que eu iria entrar pro time pela Britney.

A Hailey realmente me ama.

Apertei a bola com força e quando o som agudo do apito ecoou pela quadra silenciosa, eu meti o foda se para todos, eu iria jogar sozinho.

Eu corri o mais rápido que pude, me desviei de todos numa rapidez incrível.

A cesta estava perto, o treinador gritava pra eu tocar a bola, Taylor estava a minha frente, a cesta atrás dele.

A voz de Jeremy ecoou em minha cabeça.

" É sempre bom que você distraia seu adversário. "

Distrair.

Eu preciso distrair ele.

Ao lado de Taylor, poucos centímetros dele, estava Bryan, fingi que ia jogar a bola pra ele, e Taylor como um bom defensor, se atirou na frente de Bryan afim de pegar a bola.

Mas como eu não joguei, ele foi pro chão.

Muitas pessoas gritavam, mas quando viram que eram somente eu e a cesta, fizeram um silêncio absurdo, era a hora. Eu precisava marcar para ganharmos o jogo.

Vamos Justin, é uma cesta, um ponto, a vitória.

Eu vou conseguir.

Então eu joguei. E fechei os olhos, como fiz na vez que eu "surpreendi o treinador".

Ouvi gritos, e mais gritos. Só não sabia se era do pessoal do colégio comemorando por eu ter acertado ou se era o pessoal do outro colégio comemorando por eu ter errado.

Abri os olhos e olhei no placar.

Três a dois.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...