História Best Friends Forever - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, One Direction, Shawn Mendes
Personagens Camila Cabello, Niall Horan, Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Amizade, Camila, Niall, Selena, Shawn
Exibições 5
Palavras 1.276
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi pessoal!
O que vocês estão achando? Gostaria de saber de vocês, amores...

Mais um capítulo fresquinho...

PS.: Aqui nesse capítulo, na parte do pub, pra ser mais específica, eu coloquei uma coisinha meio que pessoal (meio que indireta, mas ignorem como tal).
Coloquem pra tocar Shout out to my ex quando der o aviso. Hehe...

Espero que gostem, apesar de tudo! Desculpem qualquer erro.. ^-^

Boa leitura!!

Capítulo 13 - Doze


Ficamos quase que a manhã toda caminhando na areia, deixando nossos pés serem molhados pelas ondas que rebentavam. Conversamos sobre vários assuntos, que excluíam minha doença e qualquer ação ou atitude decorrente dela.

Assim que entramos no quarto vimos tia Sin, Camila e Shawn arrumados, sentados esperando.

- Que foi? - perguntei.

Camila levantou e veio até a mim.

- Vamos sair. Só estávamos esperando vocês chegarem. Vai se arrumar. - ela me empurrou até o banheiro, onde vi um shorts e uma blusa penduradas no cabide. Tomei banho e me vesti, saindo em seguida.

Alugamos um carro e fomos rumo ao outro lado da ilha. Fomos a um restaurante de frutos do mar maravilhoso, mas eu não consegui comer direito porque não estava me sentindo bem. Depois disso, tiramos algumas (na verdade muitas) fotos em alguns pontos turísticos dos quais estávamos próximos. Voltamos para o hotel gritando junto com a música que tocava no carro, fazendo algumas pessoas olharem para nós, espantadas, arracando gargalhadas de nossa parte.

No meio do caminho vimos um pub, no qual decidimos que iríamos visitar mais tarde. Voltamos para o hotel apenas para tomar banho e trocar as roupas. Em uma hora, já estávamos na estrada de novo.

Niall estacionou na frente do pub e todos saímos do carro. A entrada já estava iluminada pelas luzes de neon. Deviam ser umas oito da noite e o lugar estava cheio. Quando entramos, me senti um pouco sufocada pela grande quantidade de pessoas. Todos dançavam animados, e aplaudiam vez por outra alguém que se arriscava na cantoria.

As pessoas, simpáticas, sorriam para nós e nos cumprimentavam enquanto nos dirigíamos à uma das mesas.
Nos sentamos perto do bar e fiquei olhando ao redor. As luzes piscavam de forma alternada em cores primárias, a música estava alta, apesar de que conseguíamos conversar sem ter de gritar muito.

Um homem veio até nós, perguntando o que gostaríamos de beber. Pedimos alguns drinques e refrigerante.

- Como você tá? - Camila perguntou.

- Muito bem - sorri e ela retribuiu de forma encantadora.

O sorriso dela se desfez ao olhar algo atrás de mim. Me virei, na esperança de ver o que deixara minha prima chateada e encontrei Josh com a mesma garota com quem apareceu na formatura.

- Cami... - olhei para ela, sem reação.

- Não! - ela me interrompeu - Ta tudo bem. Eles se merecem. - desdenhou.

Fez uma cara pensativa. Eu nunca gostei muito de quando ela faz essa cara porque 99% das vezes isso significa algo que ela iria fazer algo que, provavelmente, uma pessoa completamente normal não faria.

- O que pretende fazer? - perguntei.

- E então, agora é a última apresentação, pessoal. Já podem se preparar para a votação - ouvimos o "apresentador" da competição dizer no microfone.

Camila me olhou sugestivamente, dando um sorriso sapeca. Se levantou e me puxou, deixando os meninos e tia Sinuhe sem explicação de para onde iríamos.

[...]

- Não acredito que vai fazer isso por causa daquele idiota. Ele não merece, Cami. E eu não vou com você. Que vexame! - eu ri.

- Para! É só me acompanhar no refrão.

Estávamos atrás do mini palco do pub, onde os competidores do karaokê estavam concentrados esperando a última apresentação acabar para que fosses dados os votos e o resultado.

O ruivinho cheio de sardas terminou a cantoria e Camila correu para o palco, me puxando (de novo -_- ) pelo pulso. Ela tomou o microfone das mãos do garoto no instante em que escutei o apresentador nos chamando.

- Ei! O que pensam que estão fazendo? - ele se aproximou de nós e todos no pub ficaram em silêncio, vendo a confusão.

Pude ver o olhar confuso e espantado de Josh ao ver a ex namorada "conversando" com o apresentador enquanto tentava puxar o microfone de suas mãos.

- Me deixa cantar! - ela gritou, conseguindo pegar o objeto - Eu quero outro! Cadê?

Eu segurava minha imensa vontade de rir quando um rapaz pôs um microfone em minhas mãos. O outro bufou e saiu do palco, deixando-me sozinha no espaço com Camila.

- Oi gente. Meu nome é Camila. - deu uma risadinha. Vi Shawn e Niall bem de frente para o palco, rindo de nós - Essa é minha prima, Selena. Deem um oi pra ela. - todos riram, mas alguns cumprimentos foram escutados - Eu sei que já acabou a competição e tal, apesar de que eu nem tô aqui pra competir. - ela deu outra risada - Eu só quero cantar uma música pro meu ex namorado. É aquele ali, do lado daquela vaca loira ali. - todos voltaram seus olhares para o casal para o qual Camila apontava - Ah, qual é? Sou mais eu, né - ela gargalhou - Enfim, vamos lá. Essa vai pra você, amor - pronunciou a ultima palavra com nojo.

(Põe a musica)

"Essa vai para o meu ex", ela começou a cantar. "Ouvi dizer que ele está apaixonado por outra garota. Sim, isso me machucou, eu admito. Esqueça esse garoto, já superei.

Espero que ela tenha um sexo melhor. Espero que ela não precise fingir como eu fingia, amor. Levou quatro longos anos para eu terminar."

Ela desceu do palco, andando entre a multidão, indo até onde Josh estava com os olhos arregalados, encanrando-a.

"Esqueça esse garoto, já superei. Acho que deveria te agradecer pelos 'eu te odeio' e pelas tatuagens. Ah, querido, fique sabendo, eu estou de boa. Nem sei se realmente te amava. Vai em frente, querido, eu vou viver minha vida. Minha vida..."

Ela cantou olhando bem para ele. Eu apenas estava chocada no palco, rindo de tudo. Ela se virou de frente pra mim. Eu comecei a acompanhá-la no refrão enquanto pulava e dançava, sem me importar com as consequências desse esforço para a minha saúde. Ela correu, pulando, até o palco novamente.

"Um salve para o meu ex! Você é realmente muito homem, não é? Você quebrou meu coração e isso me tornou quem eu sou. Essa vai para o meu ex! Ei, olhe pra mim agora: eu estou aqui no topo e você nunca, nunca vai me derrubar!"

Estávamos agitando o pessoal que assistia e todos cantavam junto com a gente.

"Eu deletei todas as suas fotos", comecei a cantar sozinha, e Camila me olhou surpresa, mas apenas me aproximei dela, puxando-a para dançar com a plateia.

"E aí, bloqueei seu número no meu telefone. Sim, você pegou tudo o que conseguiu, mas não vai mais pegar meu amor, pois agora estou vivendo a vida ao máximo"

Ela passou a me acompanhar.

"Mesmo que você tenha partido meu coração ao meio, amor
Mas eu superei rápido,estou nova em folha, amor"

"Garoto, leia os meus lábios: eu te superei. Superei", ela cantou sozinha.

"Acho que deveria te agradecer pelos 'eu te odeio' e as tatuagens. Ah, querido, fique sabendo, eu estou de boa. Nem sei se realmente te amava. Vai em frente, querido, eu vou viver minha vida"

Cantamos o refrão todo juntas, com a plateia nos acompanhando. Na última estrofe já estávamos no meio do pessoal, pulando junto com todas mundo. Encerramos a apresentação quando eu cantei a última frase da música, recebendo diversos aplausos, gritos e assovios de todos que estavam ali.

Nós duas demos as mãos e agradecemos, fazendo reverências ao público. Ríamos uma para a outra porque, querendo ou não, estávamos sentindo a mesma coisa. Camila mostrou o dedo para Josh, que se levantou rápido e puxou a oxigenada com ele. Lembrei instintivamente de Mikael. Realmente, ele não merecia nem um terço do que eu tinha chorado por ele.


Notas Finais


E então?

Kisses ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...