História Best friends or... something else? - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Piece
Personagens Bellemere, Cavendish, Coby, Eustass Kid, Genzo, Jewelry Bonney, Koala, Monkey D. Garp, Monkey D. Luffy, Nami, Nefertari Vivi, Nico Olvia, Nico Robin, Nojiko, Portgas D. Ace, Roronoa Zoro, Sabo, Sanji, Trafalgar D. Water Law, Trafalgar Law
Tags Adolescentes, Comedia, Drama, Hancock X Luffy, Insinuação Zorobin, Internato, Luffy X Nami, Luna, Lunami, Melhores Amigos, Nami X Luffy, One Piece, Romance, Universo Alternativo, Vida Escolar
Exibições 253
Palavras 610
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Mistério, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Não consegui deixar do tamanho que gostaria... mas, mesmo assim, espero que gostem!
Quero dedicar este capítulo à uma leitora (mais também conhecida como minha amiga das tretas ahueaua ♡) que me acompanha e me incentiva a continuar sempre! Obrigada mana ♡
@coringa-sama
E também aos leitores que estão no meu kokoro:
@Xibika
@Hinatazoldyck
@Namizou
@gabiihh23
@Leevy
@Chopper-Cham
E também quero agradecer à todos! ♡ Se eu ainda continuo a escrever essa fanfic é por causa dos comentários positivos e carinhosos de TODOS VOCÊS ♡♡♡

Enfim, beijos, aproveitem o capítulo! Os aguardo lá em baixo! ~chu

Capítulo 28 - Paredes têm ouvidos, sim...


Nami ON

- Não... não pode ser... Diz que é mentira! -Ando de um lado para o outro, sem entender bem o que está acontecendo.

- Não... Deus, como eu queria que fosse mentira! -Nojiko chora e afunda seu rosto no meu travesseiro.

- Nojiko! A onde você estava com a cabeça!? -Grito desesperada pensando no caos que isso vai causar para toda a família.

- No Ace. Onde mais?

- Vais me zoar por quanto tempo?

- Não. É brincadeira, só estava te zoando mesmo. -Ela sorri e se levanta.

Ah, maldita!

- Que engraçado e--

- É claro que é verdade né, Nami! Eu não sei o que eu vou fazer... -Nojiko me abraça.

- Calma... Nós vamos dar um jeito. Você vai falar com a mamãe e com o papai, explicar pra eles o que aconteceu e--

- Não! Pelo amor de Deus. Eu não quero falar pra eles. -Ela implora e me olha triste.

- Eu não posso esconder isso deles...

- Não conta, por favor irmã... -Ela pede e... eu concordo com a cabeça.

- Está bem... Mas você sabe que vai ter que contar uma hora, não sabe?

- Sei. Mas espero que essa hora demore. -Ela diz e me abraça de novo.

- Meu Deus... Uma criança gerando outra criança... -Penso alto e ouço ela soluçar mais ainda.

Não que eu me considere adulta, mas... eu já tenho dezessete anos e até horas e horas atrás eu era virgem, e ela apenas com quinze anos já carrega um bebê dentro de si. Tão nova, com a vida inteira pela frente. Querendo seguir a profissão de modelo, tudo isso interrompido por um bebe.

- Vem, sente-se aqui. -Digo e faço ela sentar-se em minha cama.

- Eu não quero contar como foi...

- Eu não iria perguntar isso... -Sorri- Só quero saber como ele é, como você vai contar pra ele... O que vai fazer?

- Eu...eu não sei. -Cada vez que fala mais ela chora.

- Você tem que saber agora. Tem que por sua cabeça pra funcionar uma vez na vida. Você tem que falar com esse tal de Ace, e... Quantos anos ele tem?

- Dezessete. -Ela diz após um suspiro.- Acabou de fazer.

- Meu Deus... Ele é um garoto bom?

- Ele é o pegador da escola. -Responde cabisbaixa e eu fecho os olhos.

- Nojiko, Nojiko... Com todos os meninos aos seus pés, foi querer justo o mais errado!?

- A gente não escolhe por quem se apaixona, Nami...

- Eu sei que não... -Suspiro pensando em Luffy.

- Será que ele vai assumir nosso filho? -Pergunta.

- Não... Sei,  provavelmente  não.

- Nossa... -Nojiko começa a chorar.- Você é uma bela irmã.

- Só estou falando a realidade. Mas, daqui três dias nós vamos voltar para a escola, e você vai falar com ele.

- Você vai comigo?

- Não. Vai ter de falar com o pai do seu filho, sozinha. -Digo séria e ela suspira.

- Não conta pra ninguém.

- Quem sabe?

- Só você.

- Posso contar pro Lufffy?

- Ele vai me achar uma vadia... -Nojiko diz e se senta na cama.

- Não, eu vou explicar a situação.

- Então, ok. Mas... -Ela limpa as lagrimas- Luffy saiu daqui tão feliz que eu nem perguntei o que houve.

- Eu... Eu perdi minha virgindade hoje. -Respondo sorrindo e minha irmã sorri também.

- COMO É QUE É? -Ouço a voz de minha mãe, repleta de raiva.

Nos viramos para a porta e ela está lá, com uma cara nada boa e me olhando com um misto de repugnância e ódio, muito ódio.


Notas Finais


As tretas só estão começando...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...