História Best Team of Soulmates - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 23
Palavras 2.052
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Famí­lia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Prontas para mais tiros com Jihope? Espero que sim :)
Prepararam os coletes dessa vez?
Se não, é melhor se apressar.
Boa leitura <3

Capítulo 6 - Capítulo VI A Melhor Companhia


Fanfic / Fanfiction Best Team of Soulmates - Capítulo 6 - Capítulo VI A Melhor Companhia

 

{Capítulo VI – A Melhor Companhia}

 

|Jimin POV|

 

        Depois de caminharmos em silêncio por mais um tempo curto, chegamos ao local escolhido por Hope para comprarmos um lanche. - Dessa vez eu pago. - falei, passando na frente do mais velho pela porta e indo em direção ao balcão para pedir a comida.

        - Vocês vão comer aqui ou levar? - perguntou a moça. Eu olhei para Hoseok e esperei que ele respondesse. Para mim não tinha muita importância, desde que pudéssemos permanecer juntos... Espera, por que eu pensei isso?

        - Vamos levar. – ele respondeu.

        Olhei novamente para a garota, que anotou nosso pedido e gritou tudo o que havia escrito para as cozinheiras mais ao fundo. Aguardamos por alguns minutos e logo recebemos os lanches.

Saindo do estabelecimento, Hoseok ainda parecia um pouco abalado com o que dissera a algum tempo atrás. Ele estava em silêncio, o que me deixava apreensivo. Hope não era de ficar calado, nem eu, por sinal, mas a sua expressão me deixava um pouco nervoso, talvez ele estivesse irritado comigo, eu não sei.

- Está tudo bem, Hope hyung? Você está tão quieto... - me direcionei a ele.

 

|J-Hope POV|

 

        Eu estava completamente perdido nos meus pensamentos. Ou o lanche chegou rápido demais ou eu deixei o coitado do Jimin entediado com meu silêncio. Mas mesmo assim, eu não sabia o que falar. Já estávamos saindo e talvez ele ainda não tivesse nem reparado que eu não estava fazendo o caminho de casa.

        Quando Park me perguntou se eu estava bem, finalmente percebi que meu silêncio o estava incomodando. - Ah, me desculpe, eu estou bem sim Jiminnie. - sorri. -Estava pensando em algumas coisas apenas, aliás, já estamos chegando.

        Ele me olhou estranho, depois para os lados, como se dissesse que aquela não era à rua do nosso dormitório. - Não estamos indo para o dormitório.

        Jimin pareceu ainda mais confuso, mas ao mesmo tempo, ainda mais animado. - Ali. - apontei para uma pracinha, era fim de tarde, não tinham muitas crianças, eram mais adolescentes e também não eram muitos.

       

|Jimin POV|

 

        Abri um sorriso quando vi o lugar que Hoseok escolhera para passarmos um tempo. Era super agradável, eu me sentia tão bem, principalmente por estar junto do mais velho, aquilo combinava totalmente com o momento.

        Caminhamos até a praça e nos sentamos na grama mesmo. Eu tirei os lanches da sacola e coloquei no meio. Depois de terminarmos de comer, eu juntei tudo e joguei em uma lata de lixo próxima.

        Assim que voltei, Hobi estava sentado em um banco, fui na sua direção e me sentei ao seu lado. - O que está achando? - perguntei. Ele me olhou confuso, sem entender o motivo da pergunta. - De passar um tempo só comigo. - esclareci. Ele sorriu, indicando que entendera. Aproximei-me do mais velho e encostei minha cabeça em seu ombro.

        -Eu não queria estar em nenhum outro lugar agora Jiminnie, espero que isso lhe responda. – falou.

        Ergui a minha cabeça e sorri abertamente quando ouvi a resposta do mais velho.

        - E você? - indagou em seguida. Umedeci os lábios e olhei para baixo, sorrindo mais ainda.

        - Eu não poderia pedir uma companhia melhor. - voltei a fitar Hoseok, que agora sorria tanto quanto eu.

        Arrastei-me novamente para perto do mesmo e deixei meu rosto muito próximo do seu. Eu não tinha idéia do motivo de estar fazendo aquilo. Sentia que a qualquer momento algo poderia acontecer entre nós. Dito e feito, sem nem perceber, eu colei os meus lábios com o do mais velho, rapidamente me afastando e corando intensamente.

       

|J-Hope POV|

 

        Meu coração se aqueceu de uma quando Jimin respondeu minha pergunta dizendo que eu era a melhor companhia no momento, meu sorriso era quase um daqueles do coringa, de tão grande que era.

        Jimin voltou a se aproximar e eu pensei que ele fosse fazer o mesmo que minutos atrás e encostar sua cabeça no meu ombro, mas não foi isso que o menor fez.

        Por breves segundos eu senti algo macio contra meus lábios, algo gelado, algo que me fez querer mais daquele contato, eram os lábios do menor.

        Mas Jimin se afastou logo em seguida, o rosto totalmente corado, eu apenas sorri para ele e estiquei meu braço puxando-o para mim novamente, só que colocando sua cabeça em meu ombro, como antes, e ficamos os dois olhando para os brinquedos abandonados.

        Eu queria beijar Jimin, queria ter mais contato com ele, mas vendo como o mais novo reagiu, provavelmente ele não estava preparado nem para o que ele mesmo fez. Na verdade nem eu sei se eu estou preparado, então achei que só nossa aproximação bastaria naquele momento, momento que eu considerava o mais perfeito.

       

|Jimin POV|

 

        Eu sentia o meu coração batendo tão rápido que parecia que sairia voando do meu peito. Não tinha certeza se abraçava Hoseok ou se o beijava mais uma vez. O problema era que eu estava muito nervoso ainda para qualquer proximidade. Porém, eu queria permanecer ali com ele, naquele momento, com todos aqueles sentimentos, eu precisava organizá-los, não sabia nem o que pensar direito, ainda pior saber o que sentir.

        Continuei olhando para os brinquedos e logo voltei a atenção para o mais velho. - Você quer voltar para o dormitório? - indaguei, por mais que eu não quisesse que tudo aquilo acabasse, eu precisava saber o que ele preferia.

 

|J-Hope POV|

 

        O sentimento dentro de mim era indescritível, ter Jimin apenas com a cabeça no meu ombro e meu braço ainda rodear os seus era muito pouco para mim, mas aquilo me bastaria se o deixasse confortável.

        Meus pensamentos começavam a se esclarecer e o que eu não admitiria para mim logo no inicio desse dia e poderia admitir agora, eu estou apaixonado por Park Jimin. Não sei se perdidamente, talvez essa paixão esteja começando agora, mas não havia dúvidas, eu estava apaixonado por meu dongsaeng.

        Em dado momento Jimin me perguntou seu eu queria voltar para o dormitório, eu não queria, na verdade era a última coisa que eu queria naquele momento, mas o céu já estava quase totalmente escuro e talvez os outros já estivessem preocupados. - Não, eu não quero. - o respondi, peguei meu celular e havia cinco chamadas do Jin, três do Tae, uma do Kook, seis do Namjoon e nenhuma do Gi. - Mas acho que nossos amigos estão preocupados conosco. – falei o mostrando a tela do meu aparelho.

       

|Jimin POV|

 

        Não pude conter a risada quando Hoseok me mostra na tela de seu celular as milhões de chamadas dos outros garotos. - Acho melhor nós voltarmos então. - afirmo. Hoseok assente e começamos a caminhar de volta para casa.

(...)

 

        Eu queria muito conversar com o mais velho, por mais que ainda sentisse um pouco de vergonha, não era lá grande coisa.

        Ele havia reagido de uma forma positiva, isso me deixava confortável, não me soava mais tão estranho termos nos beijado.

        Da mesma forma, eu ainda não sabia explicar o que sentira naquele momento, só podia confirmar que o amor que eu sentia por ele estava saindo de um limite chamado amizade.

        Obviamente nos encheriam de perguntas quando chegássemos em casa, as quais eu não tinha a menor vontade de responder. O que eu poderia dizer? Que eu e Hoseok lanchamos, caminhamos até um parque e nos beijamos? Estava fora de cogitação. Talvez o mais velho quisesse explicar isso a eles, mas eu não o faria. Mesmo assim poderíamos cortar a parte do beijo na hora de contar. Isso nós veríamos depois.

 

(...)

 

        Chegando no dormitório, Hoseok abriu a porta e entramos como se nada tivesse acontecido. Eles não estavam ali, provavelmente em seus quartos, ou na cozinha. Só sei que eu fiquei com um pouco de medo de acabar chegando sozinho lá e não saber o que dizer.

       

|J-Hope POV|

 

        Mesmo sem conversa o caminho para casa foi confortável para mim, me sentia bem de algo ter acontecido, me sentia bem de Jimin ter reagido bem a tudo e não ter surtado.

        Eu fiquei pensando no que responderíamos para o pessoal, eu não sabia se Jimin tinha alguma idéia, se depender de mim falarei apenas a verdade, ocultando o beijo, claro, não queria ninguém desconfortável, pois não sei como os meninos iriam reagir a isso nem como Jimin iria, na verdade nem como eu reagiria depois que isso saísse de minha boca.

        Quando abrimos a porta, a sala estava vazia, não era tão tarde para estarem dormindo,podiam estar em seus quartos, mas antes de verificar eu achei melhor irmos á cozinha.

        Tiro certo, estavam todos lá. O primeiro a nos ver foi Kook que quando me viu pulou encima de mim e me agarrou pelo pescoço. - Hyung achei que alguma coisa tivesse acontecido. - ele falou meio desesperado me fazendo rir.

        - Calma Jungkook, não aconteceu nada. – o acalmei.

- Então, onde é que vocês estavam? - Jin perguntou dando um tapa na minha cabeça por ser o mais velho entre eu e Jimin.

-Aish hyung, nós só fomos comer. - falei passando a mão na cabeça. Taehyung murmurou algo sobre termos ido comer e não os ter chamado.

- Você e Kook não estavam lá, Gi estava dormindo e Namjoon estava provavelmente vendo algum pornô no celular que nem piscava e Você Jin hyung também estava muito concentrado no celular, eu estava com fome e Jimin estava de bobeira, então eu o chamei. - terminei minha história. Jimin sorria provavelmente com minha capacidade de virar totalmente o jogo.

 

|Jimin POV|

 

        Eu ria das palavras de Hoseok e sentia um alívio por não precisar ter que dar muitas explicações.

        Andei até a mesa e me sentei ao lado de Tae e Yoongi. TaeTae fez uma careta para mim, como se estivesse bravo, mas logo em seguida, quando eu ri, ele riu também. Gi não estava nem aí, só me perguntou se havia corrido tudo bem e eu assenti, então ele deu de ombros.

        Eu não sabia o que fazer a seguir, pelo que parece, Hoseok e eu ficaríamos um tempo sem conversar sobre aquele assunto, ou talvez não. Mas o que importa é que agora eu tinha uma breve confirmação de que ele sentia o mesmo que eu, e isso me fazia sentir melhor.

 

(...)

 

        Fiquei um tempo em silêncio, ouvindo as conversas e rindo, poucas vezes eu comentei dentro dos assuntos, mas estive o tempo todo ciente do que eles diziam.

 

|Jin POV|

 

        Depois que Hoseok respondeu o porquê de não ter nos chamado fique curioso se realmente Namjoon estava vendo pornô, eu já tinha dito para ele não fazer isso quando as "crianças" estivessem por perto, e com crianças eu me referia a Jimin, Tae e Jungkook. Agora me lembro que Namjoon não quis deixar Tae ver o que ele via no celular.

        Esperei todos terminarem para anunciar. - Os pratos são de Hoseok e Jimin por terem desaparecido. - Hope reclamou dizendo que os dois nem haviam comido nada, mas eu não liguei, era o castigo deles.

        Quando estávamos subindo as escadas eu segurei no ombro de Namjoon, ele virou para mim e eu fiz sinal que ele esperasse, quando todos já tinham subido eu falei.

        - Você estava vendo mesmo pornô? Quantas vezes eu já disse para não fazer isso perto dos mais novos?

        Joonie fez uma careta de deboche e riu. - Pornô? Eu? É claro que não, Jin... – falou. Após isso, continuou a subir as escadas, sem esperar minha resposta.

        - Senhor Kim Namjoon, não me vire as costas, se não era aquilo então o que era que você estava vendo? Eu não estou nem aí para o que você assiste, mas olhe bem para os mais novos, eu não quero eles vendo isso, Jungkook nem deve saber o que é isso. - insisti enquanto ele entrava em seu quarto onde apenas estava Yoongi, provavelmente Hoseok estava no banheiro.

        - Eu... só estava vendo... – tentou falar, mas eu o interrompi. - Tu-tudo bem. – sorriu. - Mais alguma coisa? - perguntou, por fim.

        Aish, não sei o que era pior, Namjoon negar ou simplesmente aceitar tudo sem dizer nenhuma palavra, era aborrecedor e frustrante.

        - Não, eu não tenho mais nada a dizer! - completei saindo do quarto e batendo a porta.

 


Notas Finais


Olha, eu sempre fui surubangtan shipper, definitivamente não consigo escolher só um OTP.
Mas nesse caso, Jihope me mata.
Não só por ter o Jimin, que é o meu utt, mas também, por ser lindo demais.
2bj, até o próximo cap <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...