História Best Team of Soulmates - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Exibições 25
Palavras 2.104
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Famí­lia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Decidi postar o próximo capítulo hoje mesmo.
Eu tenho vários que já estão prontos, mas logo eles vão acabar, então eu preciso voltar a organizar as ações.
Nas notas finais, eu tenho uma notícia para vocês <3
Não se esqueçam de passar por lá quando terminarem aqui!
Sem mais delongas, vamos a leitura.
~ Alerta de início de treta nesse capítulo! ~

Capítulo 7 - Capítulo VII Como Fizemos Ontem


Fanfic / Fanfiction Best Team of Soulmates - Capítulo 7 - Capítulo VII Como Fizemos Ontem

{Capítulo VII – Como Fizemos Ontem}

 

|Yoongi POV|

 

        Ergo o olhar quando percebo que Jin saía enfurecido do quarto. Namjoon apenas leva um pequeno susto assim que a porta se fecha. Logo em seguida, ele solta um suspiro e abaixa a cabeça. O mais novo olha diretamente para mim e permanece com a mesma expressão. Eu arqueio uma sobrancelha enquanto o vejo caminhar até a sua cama e se jogar ali, com as mãos atrás da cabeça, fitando do teto.

        - Você é péssimo lidando com isso. - comento.

        - Ótimo! Eu sei muito bem disso! Agora você poderia calar a boca e não ficar jogando na minha cara? - esbravejou.

        Fico em silêncio por um minuto, largo o meu celular e me viro para Namjoon. - O que eu quis dizer é que você precisa aprender a conversar. Você só larga as cartas na mesa e fica em silêncio. Faz alguma coisa, Joon. - expliquei.

        O mesmo soltou outro suspiro e passou a mão no rosto. - Então se acostume, eu sou assim mesmo. - disse por último.

        - Certo, espertalhão. Não venha pedir ajuda quando não tiver a mínima idéia do que dizer para o Jin. - termino.

        Que teimoso! Já não bastava eu estar tentando dar um conselho, algo que eu não faço todos os dias, e ele ainda rejeita? Sinceramente, não tenho paciência.

 

|Jin POV|

 

        Talvez eu tivesse extrapolado ao bater a porta do quarto, mas eu realmente estava furioso, ele sempre é assim, eu não sei lidar com isso, eu queria uma resposta, não o silêncio dele.

        Quando cheguei ao quarto, Tae estava deitado. Ele olhou para mim. Eu provavelmente estava com uma cara muito feia. O mais novo ergueu as sobrancelhas esperando que eu dissesse algo, mas eu não o fiz.

 

|Taehyung POV|

 

        Quando Jin chega no quarto, eu pensei que tinha feito algo de errado. Ele parecia realmente bravo, como se pudesse me bater a qualquer momento. Esperei por uma bronca ou algo do tipo, mas o mais velho não disse nada.

        Esperei até que ele se acomodasse e me virei na cama, um pouco escondido com a cabeça afundada no travesseiro, mas ainda era possível ver metade do meu rosto. - Quer me contar o que aconteceu, hyung? - indago. 

 

|Jin POV|

 

        Eu queria? Não, eu não queria! Mas também não poderia guardar só para mim. - Por que vocês são tão teimosos? - indaguei com raiva e vi o menor se encolher mais do que já fazia. - Não é de você que eu me refiro, TaeTae. - falei baixando o tom de voz, eu não queria assustar mais o menino. - É do Namjoon, sério, eu juro que tento o entender, mas eu me aborreço com esse jeito dele. Por que ele não pode fazer como todas as pessoas e responder? Fica calado, só ouvindo. É frustrante. - desabafei com o menor.

        - Talvez ele estivesse chateado para dizer algo. – falou, quase em um sussurro. - Vocês brigaram? - tentou se certificar.

        - Esse é o caso! Nós não brigamos, porque ele simplesmente não respondeu. Quando é que ele responde para falar a verdade? Não, ele prefere deixar o idiota aqui, falando sozinho, igual um palhaço. - esbravejei.

- Então eu não sei o que dizer, hyung. – ele tinha um olhar um tanto triste, realmente parecia uma criança. Levantou-se e veio até a minha cama, sentou ao meu lado e me abraçou. - Vai ficar tudo bem.

É claro que o pobre do Tae não sabia o que me dizer, ele é bem mais novo, provavelmente nem entendia minha frustração. - Obrigado, TaeTae. - retribuí levemente seu abraço. - Agora me desculpe por atrapalhar seu sono. Vá dormir, amanhã precisaremos acordar cedo.

Ele assentiu e saiu de minha cama, voltando a sua e se embrulhando nas cobertas. - Boa noite, hyung. – sussurrou.

 

|Jungkook POV|

 

Acordei com o Jin me chacoalhando, era sempre assim, todos os dias ele fazia a mesma coisa. - Bom dia, hyung. - disse, enquanto bocejava. Ele apenas sorriu pequeno e saiu do quarto. Algo não estava certo.

Olhei para a cama do meu hyung e Jimin estava com sua cara amassada, de quem acabara de acordar também. Eu sorri de lado. Jimin com sono é a melhor hora para arrancar coisas dele. Levantei-me e pulei em sua cama, ele me olhou assustado. - Hyuuung! – cantarolei.

- O que você quer? Não tenho dinheiro. – murmurou.

- Se não gastasse tudo em produtos de cabelo, teria. -falei rindo. Ele fez uma careta. - Mas enfim, não é de dinheiro que eu estou falando. Quero saber o que aconteceu ontem com você e o Hope hyung. - ele me olhou sem entender. - Vocês não podem só ter ido comer! Que outra coisa vocês fizeram? Foram em uma casa de jogos de fliperama e não me chamaram? - Jimin pensou um pouco e depois caiu na gargalhada.

- Nós não fomos jogar fliperama sem você, Kook. – afirmou. - Já te disse! Nós fomos comer e depois fomos a um parque. Nada mais do que isso. – insistiu.

Aish, eu tinha certeza que aqueles dois tinham aprontado alguma coisa. Se foram num fliperama, eu vou descobrir e a coisa não vai ficar bonita!

Levantei-me de sua cama fazendo um bico enorme. Queria que ele se sentisse culpado por ter ido jogar e não ter me chamado. - Vou tomar banho primeiro. - falei dando um risinho. Jimin olhou para mim com os olhos arregalados e eu corri para o banheiro, não sairia tão cedo!

 

|Jimin POV|
 

Kook estava realmente pensando que nós havíamos o boicotado ele e ido jogar sozinhos. Eu não sabia se ria ou se ficava frustrado. Uma hora o mais novo teria que saber sobre eu e Hope, mas isso não poderia acontecer antes de nós mesmos termos certeza.

Jungkook entrara a muito tempo no banheiro, e ainda não havia saído. Fui até a porta e bati na mesma. - Jungkook! Saia daí logo! Você está demorando mais do que o normal. - falei. Era comum que ele demorasse, mas não daquela forma.                        

 

|Jin POV|
 

Eu acordei todo mundo como de costume, ou quase todo mundo, não estava afim de falar com Namjoon, então pedi para que o Hope o acordasse por mim. A última pessoa que fui chamar foi o Kook, logo em seguida eu segui para a cozinha fazer alguma coisa para todos comermos. Estava muito distraído, não vi quando Yoongi chegou ali, o mesmo ficou me olhando, calado, até que eu resolvi perguntar. - O que foi?

- Nada. - deu de ombros e continuou me encarando com uma expressão enigmática. - Eu só estou olhando. Você quer saber o que eu estou pensando. – completou.

- Sabe Yoongi? Eu só queria uma vez nessa casa que todo mundo falasse o que está pensando, eu não aguento mais ter que ser o único a falar, claro, tirando o Hope, mas eu poderia apostar meu salário que ultimamente ele também está escondendo algo e isso não importa na verdade, o que eu quero dizer é: eu estou frustrado com tudo isso, então, uma vez na vida, você poderia apenas dizer o que está pensando? - falei tudo rapidamente e depois respirei fundo tentando me acalmar do pequeno surto.

O mais novo arregalou um pouco os olhos, mas não se moveu. - Meu amigo, eu juro que fiquei com medo de te ver bravo desse jeito, e olha que eu não sou de ficar assim. - brincou. - Ah, e eu estava pensando no que aconteceu ontem entre você e o Nam. Mas acredito que eu já tenho a resposta.

Respirei fundo depois de ouvir Yoongi, apenas virei de costas pra ele o voltei a fazer o café da manhã. Ele era o cara que não gostava de conversar, a partir de hoje eu também falaria pouco até que essa raiva passasse.  

Tae e Hope desceram juntos e depois Jungkook, um tempo depois Namjoon estava lá e eu só soube disso por que ouvi sua voz, não fiz questão de olhar. Demorou um pouco para Jimin aparecer reclamando que demorou por causa do Kook, eu até riria, mas não acabaria com minha promessa de minutos atrás.  

Servi o café da manhã e comi em silêncio enquanto todos conversavam.

 

|Namjoon POV|

 

        Eu sabia que Jin estava com raiva de mim, mas eu não sabia o que dizer. Poderia pedir desculpas, falar o quanto eu me senti mal, porém, eu acreditava que isso não fosse resolver tudo de uma hora para a outra. Nossa briga se iniciou com algo bobo, mas foi se alastrando e acabou com um significado totalmente diferente.

        Yoongi, como sempre, comia devagar e falava muito pouco, mas estava mais falante que Jin. - Ele está muito bravo comigo, não é? - sussurrei ao loiro.

O mesmo me fitou rindo um pouco. - Acho que você acabou por ser o culpado da raiva dele, mas não é o único que age dessa forma. - respondeu, sendo quase enigmático. Revirei os olhos e voltei a comer.

 

|J-Hope POV|

 

        Eu acordei muito bem, obrigado. Talvez até melhor do que no restante de toda minha vida. Não sonhei, pelo menos não me lembro de nada. Mas dormi pensando no selinho que Jimin me deu e acordei pensando como seria um beijo dele aprofundado. Tudo bem, isso não é coisa para se pensar logo no inicio do dia, mas o que eu poderia fazer? Considerando minha nova descoberta de que, sem dúvidas, estava apaixonado pelo mais novo?

        Não pareço, mas sou uma pessoa muito perceptiva. Logo quando Jin me acordou e pediu para eu despertar o Nam, eu sabia que havia algo de errado com o mais velho, mas apenas fiz o que ele havia pedido. Quando Namjoon acordou, pareceu meio decepcionado por ser eu o acordando, mas não falou nada. Eu apenas dei de ombros e fui me arrumar. Tínhamos que ir para a BigHit muito cedo hoje para podermos ver a questão das novas composições, trabalho que eu, Yoongi e Namjoon teríamos em dobro e esses dois últimos ainda mais que eu.

Quando desci as escadas esperei ver Jimin, mas ele não estava ali ainda. Tudo parecia normal, se tirar o fato de Jin nem sequer se virou para nos olhar ou conversar conosco. Terei que anotar isso mentalmente: conversar com o Seokjin mais tarde.

Quando o Jimin apareceu tivemos uma breve troca de olhares, onde eu sorri e o mais novo retribuiu. Foi coisa rápida, já que Tae me chamou e começou a brincar comigo e eu fui na sua onda, afinal. Tae e eu tínhamos uma aproximação muito forte.

- Hoseok hyung, prova isso aqui. - Tae falou, trazendo seus palitos até o meu rosto. Eu aceitei a comida, já que ele insistia que eu provasse o que estava em seu prato.

- Ainda não entendi por quê tenho que comer o seu, se tenho o meu. - ele deu de ombros e depois se dirigiu a Jimin. Eu segui seu olhar e me surpreendi em ver o mesmo com as bochechas vermelhas e o semblante raivoso.

Tae sabia de nós ou estava apenas brincando e percebeu algo? Jimin estava com raiva daquilo ou eu estou interpretando tudo errado?

 

|Jimin POV|

 

        Eu permanecia fitando Hoseok enquanto tomávamos café da manhã. O mais velho ainda não havia percebido isso.

        Depois de um tempo, Taehyung ofereceu comida ao Hope hyung, ele esticou os palitinhos na direção e fez exatamente como eu e Hope havíamos feito com os sorvetes no dia anterior. Por algum motivo, eu senti um pouco de raiva, talvez tristeza. Tudo semelhante a como fizemos ontem.

        Assim que Hoseok percebeu o meu olhar, eu estava com aqueles sentimentos praticamente escritos no meu rosto. Voltei a encarar a comida, eu havia perdido um pouco da fome, mas não queria deixar tão claro que estava chateado, então me forcei a continuar comendo.

 

|J-Hope POV|

 

        Depois que eu vi a expressão de Jimin o mesmo não tornou a levantar o rosto em minha direção. Eu queria perguntar se ele estava com raiva, mas se estivesse, qual seria o motivo? Eu fiz algo errado? Fiz alguma besteira?

        Depois do café da manhã, não tivemos tempo para nada. Apenas fomos encaminhados para a van da empresa, que nos levaria justamente para lá.

   No carro, tentei sentar ao lado do Jimin para perguntar o que lhe acontecera, mas o Tae não deixou. Ele me puxou e se sentou do meu lado. Jimin, pelo contrário, nem pareceu ter olhado na minha direção, como se eu não fosse importante, como se o que ocorreu ontem não tivesse feito diferença alguma.


Notas Finais


Estaria Park Jimin com ciúmes? Enfim, adoro.
Agora, mudando de assunto e voltando a falar sobre a tal "notícia".
Eu estou escrevendo uma fanfic Taekookmin.
Sim, o threesome mesmo.
Queria saber se vocês gostam da ideia e se apoiariam.
Já tenho quatro capítulos prontos.
Foi só isso mesmo, amores <3 Até o próximo cap.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...