História Beta? - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Bottom!namjoon, Jikook, Namjin, Taeyoonseok, Top!seokjin
Exibições 256
Palavras 2.005
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Fluffy, Lemon, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shonen-Ai, Slash, Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


AMEI OS SHOWS DO BTS,NEM TAVA LÁ MAS FOI MUITO EMOCIONANTE!!!

Parey.

Hello people's!

Sinto dizer que nesse cap vocês vão querer bater no SeokJin. Espero que não em mim!

Eu vou diminuir a altura do Nam,por causa de uma coisa que eu vou inserir na estória. Cês vão enterder na parte de uma conversa na hora do jantar...ou não. Não queria,mas não mando minha cabeça ficar dando idéias doidas.

Enton,Nam vai ter 1,66 (POR ENQUANTO U.U) e o Jin uns 1,90 (HOMENAGEM AO BEST MOZÃO,TINHAMU DISGRAMA!!!)

Esse vestido aí é o que o Nam vai usar no jantar!

Acho que por enquanto é isso.

O cap não foi revisado,perdoem os erros. E avisem se tiver um muito absurdo!

Boa leitura seus lindos da tia <3

Capítulo 3 - O Jantar.


Fanfic / Fanfiction Beta? - Capítulo 3 - O Jantar.


Depois de toda a confusão no intervalo,não vimos mais o Alfa e Beta que mexeram com a gente. Jungkook também não apareceu mais.

Eu nem liguei,pois queria era distância deles!


♡☆♡☆♡


A semana correu sem mais nenhum incidente. Só as costumeiras piadas de sempre. Um dos motivos é eu ser mais alto que o "normal" (Sim,eles implicam até nisso!),e o Jimin ser "gordo".


Falta de louça pra lavar!


Tenho certeza que esses Ômegas todos tem inveja do Chim! (De mim é que não é.)

Ninguém mais é tão fofo quanto ele,não tem aquela carinha de bebê,aquelas mãozinhas fofas. Da até dó de um dia um Alfa ter tudo aquilo e levar pra longe de mim. Chora.


Esqueci algo? Sim!


Alguém já viu aquelas coxas e bunda?!


Queria ser Alfa!


Melhor eu parar com esses pensamentos impuros com aquela criança inocente.

Nem tão inocente...

Inocente o suficiente.

Todo mundo já entendeu!


Era sábado,e como eu não poderia sair com Jimin,eu ficava em casa vendo minhas séries favoritas enquanto comia porcarias.

Eu ficava só com meu pijama do Ryan. Se meus pais me vissem daquela forma...sei não!

Todos diziam que Ômegas tinham que ser fofinhos e usar roupas fofinhas. Eu só usava meu pijama fofinho,de resto usava roupas normais.

Ora,nem fofo eu sou,pra que forçar?

Eu estava jogado todo torto na cama,comendo chocolate e,como sou eu,da pra imaginar que eu tinha chocolate até no cabelo,se duvidar,quando alguém entrou no meu quarto sem bater.

Mas que audácia!

-Ainda não entendo como fui ter um filho desses! - Ouvi os resmungos de minha mãe. Kim Sun Hee.

Tá vendo como eu sou tratado?

-Omma? - Pensei que teria o sábado livre. Como sempre! - Você não estava trabalhando?

Sentei de forma normal na cama e peguei alguns lenços para limpar o rosto e as mãos.

-Eu estava! - Ela parecia muito contrariada,mas também parecia meio animada.

Isso não era nada bom.

-Os Kim's nos ligaram e agora temos um jantar importante para ir. - Continuou toda animada.


Eu não disse!


-Mas Omma,eu não quero ir... - Fiz birra mesmo. Até me joguei na cama,pra parecer mais dramático!

-E quem disse que você têm querer?! - Ela gritou,mas isso nem me afetava. - Kim NamJoon,ou você levanta dessa cama agora...ou vou ter que atrapalhar a reunião do seu pai para ele vir te arrastar!

-Tá bom,não precisa apelar! - Nunca duvide da sua mãe. Ela já fez isso uma vez.

-Vá tomar banho. Temos que ir fazer compras. - Tá aí o motivo da alegria dela. - Vamos comprar roupas lindas!

-Eu tenho muitas roupas no closet. - Eu já tinha muitas roupas,pra quê mais?

-Aquelas roupas de vagabundo?! - Bufou irritada. O que esse povo tem contra minhas roupas? - Nem pensar! Vamos comprar um lindo vestido pra você.


Eu ouvi bem?


-Mas eu sou homem!

-Você é um Ômega! - Aquele olhar cortante. -Tem que se vestir como um!

-Não sou um Ômega só porque um teste disse!

-EU estou mandando você se vestir...AGORA!!


Só fui porque ela pegou o celular.


Minutos depois eu estava de banho tomado e vestido normalmente. Só esperava minha mãe tirar o carro da garagem.

-Temos que dar um jeito no seu guarda-roupas. - Foi a primeira coisa que ouvi quando entrei no carro.

Não vou discutir com ela,não adianta!

-Quero você de pé amanhã as oito em ponto,temos que dar um jeito naquela bagunça!

Aff! Já bastava ela me arrastar pro salão quase todo dia,me obrigar a usar cremes para a pele e corpo!


Logo chegamos ao Shopping mais luxuoso da cidade.

Eu nem sou uma patricinha!

Eu gosto de fazer compras,mas quando compro o que gosto.

Rodamos em várias lojas!

Ela comprou jóias,roupas,maquilagens,sapatos,cremes,etc...

Coitados dos seguranças que nos acompanhavam em outro carro.


Quando terminamos já era mais de 4 horas da tarde!

Nós saímos de casa não eram nem 10 horas direito.

Eu estava cheio de fome. Só depois que eu reclamei muito fizemos uma pausa para comer.

Fomos a praça de alimentação e comemos sushi. Eu adoro sushi!


♡☆♡☆♡


Já eram 18:00 quando minha mãe me obrigou a tomar um banho. O jantar seria as 20h.

Quando saí do banheiro,já havia se passado 40 minutos!

Mas também,foi O banho!

E tive que pôr o vestido...

Meu pai já estava em casa,não ia reclamar,ele ouve tudo!

Foram mais uns 30 minutos até estar todo maquiado,cheiroso e completamente vestido.

É...eu estava bonito com aquele rímel básico e pó.


Taa!


Eu admito que estava bonitinho daquele jeito tão...garota?


Mas eu ainda não gosto!


Imaginem a reação do meu pai quando eu desci as escadas daquele jeito?

Se disseram que ele abriu um sorriso e disse que eu estava lindo...


Se enganaram!


Ele me encarou e disse:

-Agora parece um Ômega de verdade.

E saiu para pegar uma bebida.

Pode um negócio desses?

Ele poderia ao menos ter me elogiado. Mas eu sabia que isso era o máximo que eu conseguiria dele.


♡☆♡☆♡


Já estávamos num restaurante Francês muito chique,esperando os Kim's que logo chegariam.

Estou prevendo um Emo me zoando,porque acho Jungkook capaz disso,na segunda,e um Jimin dizendo o quanto eu ficava fofo com o uniforme feminino.

Sim! Minha mãe jogou meu uniforme masculino fora. Só quero ver a próxima humilhação na escola.

Aish!

Não demorou nem dez minutos e logo uma família muito elegante entrava no restaurante. Percebi que eram eles quando três auras esmagadoras se fizeram presentes.

Imaginem uma família linda,elegante e com Alfas de linhagem pura num restaurante chique.

Imaginaram?

Pois é. Chamam bastante atenção!

Nem precisariam ter o nome tão importante.

Além de chamarem atenção,deixam os sem vergonhas tudo ligados a qualquer chance que dessem.

Eu olhei por um tempo enquanto eles vinham em nossa direção,mas logo lembrei que deveria respeito.

Tinha que abaixar a merda da cabeça!

Nem pude prestar atenção no meu futuro carcereiro direito.

Carcereiro sim,porque eu já sabia que eles eram piores que meus pais,e olha que já era difícil aturá-los.

-Sun Hee,querida!

-Olá,Min-Hyun! - As duas sorriam e se abraçavam. Enquanto os outros se cumprimentavam entre si.

Eu?

Eu só respondi um "boa noite!" baixo quando se dirigiram à mim.

Todos sentaram em seus lugares. Eu fiquei entre Jungkook e SeokJin.

Não vou mentir. Conseguia sentir o cheiro forte de SeokJin. Era algo mais másculo,meio amadeirado,misturado com menta.

Era gostoso,admito.

Quase choraminguei quando fiquei entre os dois Lúpus mais novos. Mesmo ainda não tendo tido cio,a presença de um Lúpus era deveras desconfortável.

Todos fizemos os pedidos. E enquanto a comida não chegava,meu pai e o senhor Kim conversavam sobre negócios,Jungkook e SeokJin ficavam em silêncio,e as senhoras presentes conversavam animadamente entre si. (minha mãe odiava ser chamada de senhora,eu adorava irritá-la.)

Até o momento em que começaram a me constranger.

-Seu filho é lindo! - Min-Hyun dizia para que eu ouvisse também. - Vai formar um belo casal com o nosso primogênito.

-Obrigado. - Não sou tão mau-educado assim. Mesmo envergonhado eu agradeci o elogio. Não é todo dia que me dizem isso!

-E também muito educado! - Minha mãe sorria como se os elogios fossem para ela.

-Desde pequeno nós o ensinamos bem. - Se vangloriou. E eu quase,por bem pouco,rolei os olhos.

-Sabe querida... - A senhora Kim começou,estava falando bem baixo,mas claro que todos na mesa ouviriam por terem a audição aguçada. - Sabe que teremos que ter "aquela" conversa com ele,antes do casamento.

-Omma,esse não é o momento para isso. - Essa foi a primeira vez que eu ouvi a sua voz. Voz bonita e potente.


Melhor não ficar pensando no que sua voz me causou.


-Oh! Tem razão. - Ela pareceu ficar envergonhada com a fala do filho,concordando que aquela "conversa" não era para ser iniciada ali.


Afinal...de quê conversa elas falavam?

Boa coisa não era...

Ou era o que eu estav...OH MEU DEUS!!!

Eu corei muito quando entendi o significado de tal conversa.

Era aquilo mesmo?

-Como está seu amigo? - Fui tirado dos meus,vergonhosos,pensamentos por Jungkook.

Ele está falando comigo?

Ergui o olhar,minhas bochechas queimavam de vergonha,e ele estava me encarando de forma indecifrável.

-Ahn...ele está bem. - Sorri pequeno,me acalmando mais.

A imagem fofa de Jimin me ajudou a esquecer a conversa. Ao menos por enquanto.

Talvez ele não fosse tão ruim...

Só talvez.


A comida chegou logo após isso. Recebi um olhar amedrontador do meu pai.

Já até sabia o significado.

"Vê se não nos faz passar vergonha!"

Infelizmente eu sou meio/muito azarado,e quando estou nervoso ou em uma situação não tão agradável,sou perito em passar vergonha!


Mas dessa vez eu não deixaria isso acontecer.


Já era vergonhoso demais estar dentro de uma roupa feminina.


Narradora POV on


O jantar se passou normalmente. NamJoon já até comemorva por não ter feito nenhuma bobagem.


Mas tudo que é bom dura pouco.


Havia uma mesa bem atrás dos três mais novos. Na mesa tinha um Alfa que parecia querer ser chique de mais. Ele tentava impressionar uma Ômega muito bonita que jantava sozinha.

Nem tentava disfarçar na frente da própria mulher e filhos.

Um garçom trazia um vinho,quando um dos filhos do tal homem esbarrou no garçom "sem querer". O vinho caiu todo em cima do homem,que ficou uma fera e começou a gritar. Não ligando se haviam outros Ômegas e crianças pequenas ali.


Narradora POV off


A sobremesa havia chegado e eu estava entretido no meu sorvete,quando um rosnado alto e um Alfa gritando me assustou.


E eu achando que não iria fazer merda.


Quando me assustei com o rosnado e os gritos,minha colher,cheia de sorvete,voou na camisa branquinha de SeokJin,enquanto a taça caiu de lado e derramou sorvete na sua calça.

Porquê os homens dessa família gostam tanto de blusa branca?!

O Rosnado que ele deu parou até o homem que ainda gritava. E eu me encolhi ainda mais.

-Oh meu deus! - Minha mãe estava assustada e meu pai...eu nem sabia,pois nem o olhei. Com medo. - Me desculpe!


Eu estava tão vermelho e trêmulo. Com um Alfa Lúpus não se brinca.


SeokJin levantou bufando de raiva e seguiu para o banheiro.


Assustador!


Eu fiquei tão envergonhado!

Mesmo com a mãe dele me dizendo que a culpa não fora minha,que até ela mesma assustou-se um pouco por conta do Alfa.


Eu estava ferrado.


Meu pai parecia nada convencido com esse fato,mesmo vendo outros Ômegas bem assustados também. Ele nem sabe o que "a voz" de um Alfa causa em pessoas que não são Alfas.

Ele não gostavado fato de eu ter nascido Ômega. Um fraco,como ele mesmo dizia.


Jungkook saiu da mesa dizendo ter uma muda de roupa no carro e que a levaria para o irmão.

Eu fiquei um pouco mais aliviado com isso,mas nada me tirava a culpa que sentia por ter o sujado todo.


♡☆♡☆♡


Depois do incidente,o homem foi convidado a se retirar do restaurante e nossa conta foi paga logo depois.

Jungkook e SeokJin ainda estavam no banheiro.

Os mais velhos foram na frente para o estacionamento,e eu fiquei esperando em frente o restaurante. Iria pedir desculpas direito.


Jungkook vinha na frente e me deu um aceno de cabeça,logo depois ele apareceu.


Caramba!


Nunca pensei que ficaria tão envergonhado. Então eu fiquei um tempo calado. Sem reação.


Segurei em seu braço levemente,quando ele fez menção de se afastar depois que eu demorei para falar.

-Err...me desculpe. - Levantei o olhar,ele era mais alto que eu. Aff. - Não queria ter te sujado todo. - Fiz uma breve reverência para mostrar meu arrependimento.

-Vou ser sincero. - Ele estava sério de mais... - Eu nem queria estar na droga desse jantar,meu dia foi cansativo o suficiente para chegar nesse maldito restaurante e tomar um banho de sorvete!

-M-mas... - Fui cortado bruscamente por mais palavras ácidas.

-Eu não quero saber se foi sem querer! - Eu já me encontrava de cabeça baixa,tentando segurar o choro. Qual o problema dos Alfas dessa família? - Se eu for casar com um Ômega tão assustado e desastrado,eu prefiro morrer sozinho!


Aquelas palavras doeram tanto.


Afinal eu tenho sentimentos!


Eu já tinha o azar de encontrar pessoas assim. Eu nem tive culpa.


-Desculpe estar sendo obrigado a casar com um Ômega inútil. - Tentei segurar as lágrimas,mas os soluços saiam sem permissão. - Eu também não queria casar com um idiota!


Só ouvi o seu rosnado quando dei as costas,não espererando mais nem um segundo para sair dali. Esbarrei em Jungkook no caminho e apenas pedi desculpas,para então correr para o carro dos meus pais.


♡☆♡☆♡


Ao chegar em casa,meu pai saiu xingando para o escritório. Ele estava com muita raiva,resmungando que eu só estragava as chances de casamento.


Pouco ligou para o meu estado.


-Omma... - Ela apenas resmungou um "Sim?". - Podemos deixar as compras de amanhã para outro dia?

Ela assentiu e me mandou ir dormir,enquanto seguia para o escritório do meu pai,dizendo que tinham algo para conversar.

Subi para o quarto e fui direto tomar banho. Vesti meu pijama do Ryan e tentei dormir.


Agora eu tinha certeza...


Kim SeokJin é um babaca!



As palavras podem fazer estragos irreversíveis.


Notas Finais


Duas coisas que esqueci de avisar:

1-Esse "Narradora POV on" raramente irá aparecer,só se for preciso em algum momento. Já perceberam que o Nam é quem narra.

2-Aqui o Nam vai estar com o cabelo roxo mais desbotado,porque ele fica lindo!!

Deixem seus comentários e sugestões!

Até o próximo meus mozões!! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...