História Betrayal - Imagine BTS - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Traição
Visualizações 75
Palavras 1.766
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hi per !

Preparadas então ? Partiu !

Capítulo 2 - Seria ela ?


Fanfic / Fanfiction Betrayal - Imagine BTS - Capítulo 2 - Seria ela ?

Uma semana havia se passado desde que fui trancafiada nesse maldito lugar. Fiquei mais próxima dos garotos descobrindo coisas peculiares de cada um. 

Não disse muita coisa sobre mim por receio. Minha intuição diz que não são confiáveis. Mas isso parece ser completamente idiotisse de se pensar , eles me ajudaram e ate mesmo contaram como as coisas funcionam por aqui.

Não havia descoberto nada ainda por mais que tenha tentado. Resolvi não me precipitar e acabar morta antes que desmascare aquele imbecil do Christian. Hoseok prometeu me ajudar embora Tae seja o que mais se prontifica as coisas por aqui.

Era estranho o encontrar em cada canto que vá. Mas não é o único que faz isso , Yoongi também , quando você menos espera encontra ele ate mesmo embaixo de sua cama.

Estou sentada embaixo de uma arvore com um pequeno rascunho sobre onde estão as salas de arquivos , e como vou entrar lá. Uma semana era o suficiente pra passar despercebida e sem qualquer confusão. Assim a marcação que foram obrigados a ter comigo seria menos rígida quando soubessem que não dou tanto trabalho assim.

Christian veio me ver , e ainda sim me torturava a cada minuto que estava comigo. Seu sangue fervia em ouvir meu simples "não" em relação a ficar espionando as pessoas aqui. Eu não quero fazer isso , eu não trabalho pra pessoas idiotas como ele.

Espiono sim , mato sim , mas não pra mafiosos. As vezes , mas não a esse. Apenas os céus sabem o que passei em suas mãos naqueles malditos dois meses. Torturas atrás de torturas. 

Ele é doente.

-Me solta idiota - Gritei com ele que apertava meu braço.

-Vadia , eu vou dar um trato em você - Diz em meu ouvido.

Cuspi em sua cara tirando sua mão de meu braco. O olhei assustada por meu ato. Por mais que quisesse me livrar , e minha vontade de o matar fosse alta , era perigoso arriscar em um lugar onde centenas de homens podem te matar sem ao menos você conseguir raciocinar como se defender.

-Eu vou acabar com você - Ele diz malicioso - Eu vou te surrar ate você aprender.

-Christian , por favor - Levantei as maos em frente a meu corpo.

-Você precisa de sexo. Eu vou castrar você cadela .

Hoje provavelmente faria uma de suas visitas das quais eu sempre saia machucada. Os garotos pareciam não gostar dele no mesmo instante que apareceu de surpresa me pegando pelo braço dias atrás.

Me perguntaram o que ele era de mim e pela primeira vez tive mesmo vontade de contar. Mas eu não posso por a vida deles em risco. Eu gosto desses fedelhos como nunca consegui gostar de ninguém em tanto tempo.

-O que tanto pensa ? - Yoonie senta ao meu lado.

-Christian vira de novo - Engoli em seco.

-Não precisa dizer se não quiser - Ele diz simplista.

-Eu queria o matar - Pensei alto.

-Ele te machuca , e você nem se quer revida ? - Pergunta agora me encarando

-Não posso. - Me levanto - Agora , preciso ir. 

Não posso falar de mais.

Comecei a andar e pus minhas mãos no bolso. O tempo estava meio frio o que eu sempre gostei. Entrei em meu quarto e deixei meus rabiscos em cima da cama.

Procurei roupas limpas e adentrei o banheiro pra um bom banho. O lado bom desse lugar era não ser tao rígido quanto pensei que fosse , e isso pode ser de boa utilidade.

Apos ter tomado um bom banho do qual senti falta já que não tinha tempo de tomar um banho completamente demorado e relaxante a tempos. Me enrolei em uma toalha e sai do banheiro tranquilamente.

-Você planeja bem suas coisas - Hoseok esta sentado em minha cama com meus desenhos em mãos.

Droga !

-Guarda isso - Disse ríspida e fui em sua direção.

Ele me causava coisas estranhas e sempre que estava perto de mim meu estômago insistia em embrulhar e me deixar nervosa.

-Você quer mesmo ferrar esse cara , não e ? - Diz largando os desenhos em cima da cama e me encarando.

-É - Disse simples - Preciso trocar de roupa , da licença.

O mesmo se levanta.  Mas ao invés de sair dali vem em minha direção ficando centímetros de distancia de meu corpo.

-Te encontramos pra comer daqui cinco minutos - Sussurra e sinto seu hálito em meu rosto.

Dito isso o garoto me da um breve selinho e sai como se isso fosse normal. Era a primeira vez que tinha esse comportamento estranho. Nunca se quer chegamos tão perto um do outro como chegamos agora.

De fato , gostei.

Cheguei rapidamente onde a comida era distribuída e sentei-me na mesma mesa que os garotos estavam. Estavam sérios e isso era estranho.

Bem estranho.

-O que ha ? - Perguntei comendo minhas frutas.

-Alguem é informante aqui - Namjoon diz sério - Só não sabemos quem , e nem por que.

Escutar isso fez meu corpo ferver. Eu sabia que isso era obra daquele morfetico Christian. O problema era saber quem era.

-Informante de quem ? - Jiminnie pergunta simplista.

-Choi , o cara que comanda essa porcaria de lugar - JungKook diz ríspido.

-O cara da poltrona - Sussurrei a mim mesma.

-O que ? - Pergunta yoonie 

-Na..Nada - Gaguejei.

O clima ficou tenso de uma hora pra outra e isso era estranho. Todos se olhavam com duvidas e cochichavam sem parar.

-Da pra parar com essa cochichassao ? - Disse em bom tom.

-Desculpe sweet - Taehyung diz sorrindo peculiar como sempre. - Você sabe de algo ?

Sei , claro que sei.

-Eu ? Eu , não - Disse nervosa.

Não sou acostumada a mentir pra quem realmente gosto.

-Yun Min ? - A de novo não.

-O que é ? - Disse já me levantando.

-Senhor Christian está ai - Diz o homem grosso de sempre.

Me levantei sem dizer uma palavra aos garotos nem mesmo os encarar nos olhos. Segui ate a maldita sala de sempre da qual cansei de sair massacrada.

-Ola princesa - O demônio se manifesta.

-O que você quer agora ? - Cruzei os braços.

-Eu quero o que você me deve. Informações. 

-Não devo nada a você - Mostrei o dedo do meio a ele e sentei-me a sua frente - Eu não vou espionar ninguém pra você. E sei que você tem alguem que já esta fazendo isso , não precisa de mim.

-O que ? - Ele grita - Como .. Como você sabe ?

-As noticias correm - Dei uma piscadela a ele em ato de provocação.

Eu queria enfiar minhas unhas em sua jugular.

--Yun Min off--

--JungKook on--

Era estranho o quão nervosa Yun min ficou ao falarmos sobre alguem que era informante de choi. Já havíamos conversado sobre isso , e chegamos a conclusão que ela não poderia nos trair assim depois de contarmos a ela muitas coisas a nosso respeito.

Mas agora parecia diferente. Ela tinha muitas visitas de Christian que todos sabem ser o braco direito de choi , e como sabemos ? Bom , Namjoon e um bom ouvinte do que acontece por ai. Ela sempre aparecia machucada , mas isso poderia ser apenas um jeito de despistar qualquer suspeita que alguém tivesse.

-O que vocês acham sobre isso ? - Questionou Taehyung serio. O que era milagre - Ela ficou estranha de mais.

-Estava nervosa. E não entendo a visita quase todos os dias de Christian - Yoongi diz serio.

-Ela não pode estar fazendo isso - Hoseok sorri sem animo em tom de reprovação.

Sabíamos que tinha uma queda por ela mesmo que ele seja um coração de pedra. Ele gosta dela e isso e novidade tanto pra ele quanto pra gente.

Me levantei dali dizendo aos garotos que voltaria ao meu quarto. Eu queria falar com Yun Min e tirar logo essa duvida maldita. Ou pelo menos dizer o que Hoseok sente , já que coragem de intimidar alguem nunca foi minha melhor virtude.

Andei pelos corredores , e escutei vozes bem familiares ali.

-Eu não sei , já disse que não sei - A voz de Yun min se faz presente dentro da sala.

-Logico que sabe , eu te coloquei aqui pra isso ! - Christian grita.

Mais que merda !

-Você e idiota ou o que ? Eu já disse que não sei sobre isso ! - 

Sai corredor a fora voltando de onde vim. Minha fúria estava começando a aparecer , e os meninos tem que saber do que ouvi.

Ela nos enganou.

-Más noticias - Sentei-me novamente com os garotos.

-Lá vem - Jin diz serio - O que ha agora ?

-Yun Min e a informante - Disse encarando todos que ali estavam presentes.

-Como sabe ? - Taehyung diz rindo de canto.

-Tem certeza ? - Jin indaga.

- Passei em frente a uma sala , e ele disse a ela que deveria saber por que colocou ela aqui pra isso - Disse de uma vez.

-Merda ! - Hoseok esbraveja batendo na mesa.

-O que vamos fazer ? - Yoongi indaga serio , mostrando sua decepção.

Isso explicava tudo que tentássemos fazer nessa ultima semana os malditos descobriam. Era incrível como sabiam de todos nossos passos e planos de fuga.

Ela vai nos pagar.

--JungKook off--

--Yun Min on --

Christian dizia coisas desconexas , coisas que não entendia absolutamente o que queria dizer.

-Você sabe se alguém vai tentar fugir ? - Perguntou o demônio depois de me pegar pelo pescoço.

-Não , nem fiz amizades aqui - Dei de ombros torcendo pra que não apertasse meu pescoço.

-Daqueles sete imbecis que você anda - Aperta levemente meu pescoço.

-Não.. Eles não vão fugir.. Eu não sei de nada ! - Disse rapidamente esperando que acredite.

Eu não vou os entregar.

-Não minta pra mim ! - Grita me assustando e apertando-me ainda mais 

-Eu não sei , já disse que não sei ! - Disse já desesperada.

-Logico que sabe , eu te coloquei aqui pra isso ! - Me chacoalha mais.

Então , eles eram os alvos ?

-Você é idiota ou o que ? Já disse que não sei nada sobre isso ! 

Seu aperto sessou e pude respirar normalmente.

-OK , a partir de agora espero que fique de olho neles , já que sabe que queremos passo a passo do que fazem.

-Nem morta - Cruzei meus braços.

-Vamos ver - Sorri de canto - Agora some daqui.

Sai dali mais rápido que podia , não era nem Boba de esperar por mais uma surra.

-Gente , desculpa a demora - Disse me sentando onde os garotos ainda estavam.

-Nos já estávamos de saída - JungKook diz e todos se levantam.

-Ótimo , vou com vocês - Sorri e estava pronta pra me levantar.

-Nao , iremos fazer coisas de garotos sweet - Taehyung diz serio.

Todos se levantam e Hoseok me encara por um longo tempo antes de sair com uma imensa cara de reprovação.

O que eu fiz ?


Notas Finais


Espero que gostem.

Omma agradece.

Bye ! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...