História Better Life - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias AOA, Bangtan Boys (BTS), EXO, Seventeen
Personagens Chanmi, Choa, D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lee Jihun "Woozi", Rap Monster, Sehun, Suga, Tao, V
Tags Aoa, Bangtan Boys, Bangtan Soneyeondan, Bts, Chanmi, Choa, Exo, Hoseok, J-hope, Jikook, Jimin, Jin, Jungkook, Lee Jihun, Namjin, Namjoon, Rap Monster, Sehun, Seokjin, Seventeen, Suga, Tae, Taehyung, Tao, Vhope, Woozi, Xiumin, Yoongi, Yoozi
Exibições 146
Palavras 1.360
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Pessoas lindas do meu core
Amo vocês, seus lindos!
Não me matem por favor!
Desculpa mesmo pela demora, MESMO!
Estou numa correria que nem tempo para respirar eu tenho
Trouxe aqui um capítulo pequeno que consegui escrever nas escapadas que eu dava
Me perdoem pelos erros de português
Espero que gostem
Boa leitura

Capítulo 24 - Holy shit!


Fanfic / Fanfiction Better Life - Capítulo 24 - Holy shit!

- Woozi – Jin olhou para Namjoon parecendo esperar permissão para falar - Yoongi...

- FALA! – eu estava ameaçando chorar, Jin se assustou com minha ação repentina – Desculpa.

- Sem problemas... Ele está na UTI recebendo sangue e soro na veia. Vamos lá de tarde vê-lo. Você quer ir?

- ... – não sabia o que responder, eu quero muito saber como ele tá mas não quero que ele ache que eu me preocupe com ele. Respirei fundo e respondi – Sim.

- Depois do almoço nos encontre no estacionamento e nós vamos.

- Já contou pro Tae e pro Kook? – perguntei

- Não, estávamos pensando em contar na hora do almoço. Inclusive iria te pedir para chamar o Tae, faz muito tempo que não o vejo.

- Ok.

Kook e Hoseok já tinham parado de conversar e nos olhavam esperando uma ação da nossa parte. Deixei os meninos irem e fui à procura de Tae.

        *CHOA POVS*

Acordei com a maior disposição do mundo. Tomei um banho e saí sem a Chanmi já que ela não se encontrava mais no quarto. Ao chegar no refeitório vi Taehyung sentado tomando café. Ele estava o que nós chamamos de acabado. Comia sem vontade enquanto seu pulso esquerdo fechado apoiava sua cabeça. Sorri ao perceber que Hoseok acabara de entrar junto aos garotos. Ele me viu e veio em minha direção desfazendo o sorriso que antes estava em seu rosto.

- Bom dia amor – falei o abraçando

- Bom dia Choa – falou ríspido

Franzi a sobrancelha e ao tentar lhe dar um selinho ele virou a cabeça, fazendo com que eu deixasse somente um beijo em sua bochecha. O soltei e fui com ele pegar comida. Os meninos tinham sentado junto com Taehyung, Woozi, que acabou de chegar, se sentou com eles. De tempo em tempo eles nos olhavam. Fomos em direção a única mesa restante naquele refeitório, ao lado dos garotos.

- Não – disse Hoseok – Nós não vamos sentar perto do Tae e dos meninos.

Ri anasalado e o olhei com raiva seguindo logo após em direção a mesa vazia. Hoseok sentou na minha frente me deixando com raiva. Mudei de cadeira e sentei ao seu lado. Ele bufou e eu olhei para Tae que tinha acabado de deixar uma lágrima descer, sorri com aquilo mas meu sorriso cessou quando vi que Hoseok tinha chorado também.

- Você está chorando por ele? – perguntei incrédula

- É claro que estou, eu não sei se você percebeu mas eu, te, odeio – falou pausadamente e meu coração apertou, uma lágrima escorreu pelo meu rosto mas limpei imediatamente e voltei a comer

Ao terminar de tomar café, dei um selinho em Hoseok, que não correspondeu, e fui para meu quarto me encontrar com Chanmi. Bati na porta e ela abriu logo me entregando um papel com um número escrito.

- Vou para a aula, não demore – disse antes de sair

Sorri e entrei no quarto para me arrumar. Quando fiquei pronta peguei o papel e saí do quarto trancando-o. Fui ao quarto do Namjoon e do Jin, por sorte ninguém me viu. A porta estava trancada, nada que um grampo de cabelo não resolva.

Abri a porta e entrei logo a fechando. Fui ao primeiro criado mudo e não tinha nenhum celular lá, mas no segundo tinha. Era definitivamente o celular do Namjoon. O desbloqueei, pois era sem senha, e fui em sua agenda de contatos. Adicionei o número do Sehun e mandei uma mensagem.

- “Sehun, o Jin está estudando no semi-internato de Seoul – Namjoon”
Pronto. Deixei o celular lá e sai do quarto indo em direção à aula.

          *NAMJOON POVS*

Saímos da aula e fomos ao refeitório almoçar. Não conversamos muito até porque o clima não estava muito bom. Terminando de almoçar, falei para Jin que iria pegar meu celular no quarto e que os encontraria no estacionamento ao lado do carro do Yoongi.

Cheguei no quarto e a porta estava aberta, estranhei porém deixei de lado, talvez tivesse sido descuido da minha parte. Peguei meu celular, as chaves e segui para o estacionamento os encontrando encostados no carro.

- Te amo – dei um selinho em Jin que me olhou desconfiado – Que foi? Não posso mais amar e tocar meu namorado? – Jin se aproximou e deu outro beijo em mim só que mais demorado. Ele sempre me tirava do eixo com suas carícias, independente de quando, onde e como fosse.

- Também te amo, muito – sorriu e sorri de volta

- Desculpa atrapalhar vocês mas primeiro: Eu estou de vela se vocês não perceberam; e segundo: Meu namorado... – limpou a garganta – O Yoongi tá no hospital e precisamos saber se ele está bem.

Rimos da impaciência dele e entramos no carro. No meio do caminho recebi uma notificação no celular: uma mensagem.

- Amor? – falei

- Sim? – respondeu desviando sua atenção da rua e olhando para mim

- Vê a mensagem pra mim? Acho que é minha mãe – ele largou minha mão, pegou meu celular e o desbloqueou entrando nas mensagens. Jin fechou o pequeno sorriso que tinha em seu rosto para uma expressão séria e fechada. Ele bloqueou o celular e respirou fundo – O que foi? – perguntei assustado

- Para o... c-carro – falou com dificuldade

- Por quê?

- PARA A PORRA DO CARRO! – o olhei com espanto, Jin nunca xingou na minha frente, essa atitude repentina assustou até Woozi que me olhava como se quisesse saber o que estava acontecendo ali. Parei o carro no acostamento e Jin tirou o cinto de segurança, descendo do carro logo após e batendo a porta com muita força. Apoiou as mãos na janela, que continha o vidro aberto, e me olhou no fundo dos meus olhos – Não me segue e nunca mais fale comigo.

Eu não estava entendendo porra nenhuma. Desci do carro e fui atrás dele desobedecendo sua ordem. Corri um pouco até alcançá-lo e o virei pelo ombro. Ele continha uma expressão de raiva com desgosto e suas lágrimas corriam pelo seu rosto encharcando-o. Tentei limpar mas Jin deu um tapa em minha mão.

- Que porra está acontecendo? – perguntei

- Para de fingir que não sabe e admite a merda que você fez – falou calmo – FALA NAMJOON! ADMITE PORRA! SE VOCÊ QUERIA FUDER A MINHA VIDA, NÃO PRECISAVA FAZER COM QUE EU ME APAIXONASSE POR VOCÊ!

Eu senti uma dor imensa no coração como se ele tivesse enfiado uma faca no local. Escapou uma lágrima dos meus olhos. Eu não entendia de forma alguma o que ele estava falando.

- E-eu? Fazer mal p-pra vo-você? – falei soluçando com voz de quem estava prestes a chorar – O que e-eu fiz Jin? E-eu posso tentar consertar, p-por favor eu não quero te perder – nessa hora eu chorei de verdade. As lágrimas já saiam em uma quantidade tão absurda que molhava cada vez mais minhas mãos

- Tentar consertar? Hahaha! Você é mesmo um desgraçado mentiroso não é Namjoon? NOSSA QUE ÓDIO! Vai a merda! – se virou para ir embora mais antes disse – Se você quiser, pode até falar para o Sehun me encontrar no banheiro do jardim para ele terminar o trabalho dele comigo logo e me deixar em paz – disse calmamente e saiu andando.

Entrei no carro correndo e peguei o celular ainda tremendo por causa de toda aquela situação.

- Que merda aconteceu aqui Kim Namjoon? – perguntou Woozi
Nessa hora, vi a mensagem que supostamente eu teria mandado para o Sehun e a resposta dele “Obrigada pela informação de ouro, tô indo aí amanhã de manhã – Sehun”

Woozi pegou o celular de minha mão e me olhou com raiva e pena ao mesmo tempo. Eu sabia que a puta da Choa tinha armado mais uma, e dessa vez foi comigo. Ele pulou para o banco da frente e me abraçou.

- Que merda em Namjoon? – disse em forma de consolo


Notas Finais


É isso monamours!
Espero que tenhan gostado e me perdoem do fundo do coração pela demora
Não me abandonem por favor
Talvez eu demore um pouco mais para postar
Me desculpem
Críticas e sugestões são bem vindas
Até a próxima
Kissus^^

Link da minha outra fanfic caso queiram ler: https://socialspirit.com.br/fanfics/historia/fanfiction-bangtan-boys-bts-love-in-the-kitchen-6119162


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...