História Better Think Twice - Hiatus - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais
Visualizações 183
Palavras 1.573
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fantasia, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu tenho que parar de demorar tanto...
Entendam que minha vida está uma bagunça e que não é de propósito...
Estou entrando em hiatus em quase todas as minhas histórias, mas decidi que nessa não entrarei, então é provável que agora eu consiga atualizar ela direitinho, então me perdoem ♥♥

Capítulo betado por: TheOnlyOne/IAmTheDarkness ♥

Capítulo 3 - Minha sobremesa é melhor


Depois do incidente na minha universidade e a confusão em que me encontrei por conta das palavras proferidas por Jungkook, meus dias ficaram ainda mais anormais, se é que aquilo de fato era possível, ainda mais depois de tudo. Seus toques antes eram respeitosos, mas agora ele simplesmente surgia e beijava meu pescoço de uma forma provocante, mordiscava minha orelha, agarrava com força minha cintura, me apalpava de todas as formas possíveis e não tinha pudor algum.

Ele não parava para pensar que estávamos em público, ele não tinha problema com isso, afinal não era visto. E o louco acabava sendo eu!

Nós tivemos mais três momentos íntimos desde então e apenas uma semana se passou. Uma semana! Talvez eu esteja resistindo cada vez menos aos seus encantos, mas a questão é que ele simplesmente consegue me ganhar com o seu jeitinho. Não dá para dizer não. É mesmo impossível.

A primeira vez depois da faculdade eu estava no banho. Eu tinha começado a fazer isso vestido por medo dele, entretanto ele já havia me visto nu e me tocado, então não fazia diferença, talvez nunca tenha feito mesmo. Me arrependi no instante em que ele surgiu bem atrás de mim, beijando minha nuca, tocando meu corpo inteiro, me fazendo delirar com apenas suas mãos percorrendo por minha pele, me causando arrepios, me causando sensações tão prazerosas quanto as que nunca havia sentido antes em minha vida. Ninguém nunca fez algo assim comigo.

A segunda vez eu estava em um táxi e ele simplesmente fez um oral em mim. Sim, dentro de um táxi! Eu quis morrer, mas ao mesmo tempo estava tão gostoso que eu apenas segurava com força seus cabelos e mordia meu lábio inferior para conter meus gemidos.

Já a terceira foi novamente em minha casa, estávamos olhando um filme. Eu havia brigado com meu melhor amigo e queria companhia para fazer algo. Eu estava mesmo triste, chorei nos braços de Jungkook e o mesmo me consolou. Assistimos um filme de comédia, mas a cada cinco segundos eu lembrava da briga e começava a reclamar. Ele simplesmente me atirou com força contra o sofá e ficou sobre mim, atacando meu pescoço com sua boca enquanto voltava com os toques que me faziam delirar.

E meu pescoço ainda está com marcas roxas por sinal. Essas são as provas de que ele existe, porque eu não conseguiria fazer algo assim sozinho. Não no pescoço pelo menos.

- Você ainda não me disse o motivo da briga com o seu melhor amigo. – Jungkook lembrou-me enquanto eu comia meu jantar. Ofereci a ele, mas ele negou.

- Você só me distrai com sexo, por qual motivo eu te contaria meus problemas? – Questionei chateado, afinal era frustrante ter alguém tão próximo que ao mesmo tempo parecia distante.

Gostava da companhia dele, principalmente na hora de dormir, onde eu me aconchegava tão bem no meio de seus braços, mas aquele espírito só me via como um objeto. Era bom quando ele me tocava? Era ótimo! Delirante! Mas era apenas isso, não era?

Para mim não. Pelo menos eu não queria que fosse. Dane-se que apenas eu posso vê-lo, pelo menos em casa eu tenho companhia, tenho alguém com quem compartilhar conversas, coisas aleatórias sobre o meu dia. E doeria em mim ver que ele não está preocupado com nada que não envolva tocar meu corpo.

- Porque é o único jeito de verdadeiramente te distrair. – Rebateu ele. – Tentei isso com um filme, não deu certo. – Revirei os olhos e levantei, largando a louça suja dentro da pia e terminando de tomar meu suco. – E nós não fizemos sexo. Não ainda.

- Nem faremos. – Murmurei, totalmente incerto de estar falando a sério ou não. Não tinha certeza mesmo, para ele me fazer mudar de ideia basta um daqueles beijos de tirar o fôlego. – E o motivo da briga é algo que não quero falar.

- Me conta, Jimin. Você quer sim falar. – Pediu ele enquanto eu ia até a geladeira e pegava minha sobremesa.

- Quer? – Perguntei mostrando a sobremesa e ele negou com a cabeça.

Sentei em cima do balcão e ele ficou entre minhas pernas. Que posição comprometedora! Jungkook botou as duas mãos em minha cintura e ficou me acariciando ali, de uma forma sutil e acolhedora, não era como normalmente que eu sentia que era para me provocar, dessa vez parecia apenas um carinho mesmo.

- Ele reclamou que eu não vou mais visitar ele, disse que parece que eu não o considero mais meu melhor amigo. Eu disse que estava ocupado com a faculdade, mas ele falou que sabia que não era isso e disse que seria melhor que nós ficássemos sem nos falar por um tempo. Eu pedi para ele não fazer isso, e mesmo assim ele fez. – Senti meus olhos se enchendo de lágrimas, mas engoli o choro. – Mas eu não quero pensar nisso.

- Ele é um idiota. – Constatou, me arrancando uma risada fraca.

- Tem certeza que não quer comer? É uma delícia essa sobremesa. – Ofereci novamente e ele negou, sorrindo maliciosamente.

- A minha sobremesa é melhor. – Disse já avançando sobre mim, juntando nossos lábios. Eu larguei a taça ao meu lado e, como o bom idiota que eu sou, me entreguei ao momento. – Espera, não quero te distrair com sexo. Eu só senti muita vontade de te beijar.

- Mas não foi você quem disse que nós não fizemos sexo ainda? – Provoquei, conseguindo mais um sorriso malicioso vindo dele. – Eu só não me sinto preparado ainda, podemos ir aos poucos?

- Mas estamos indo aos poucos!

- Dessa vez vai ser diferente. – Garanti. – Eu nunca toquei você, Jungkook, isso é até mesmo injusto. Dessa vez eu vou tocar. Agora... chega de conversar, prefiro ocupar minha boca com outra coisa.

Nossas bocas se grudaram rapidamente mais uma vez, não demorou para eu emaranhar seus cabelos com minhas mãos e puxar seus fios com uma força contida que iria apenas agradar. Não sabia se ele sentia dor ou não, mas ainda assim preferia não arriscar.

Puxei com força a camisa que ele usava, soltando os botões com o empenho que botei em minha tarefa. Puxei-o pela nuca para mais perto e desci meus beijos por seu pescoço, descendo por seu peito e chegando no abdômen definido. Aqueles gominhos que eu encontrava ali eram de fazer qualquer pessoa perder o fôlego e naquele instante eu me puxava na tarefa de encher de beijos, leves mordidas e ainda mais beijos.

Jungkook puxou minha camiseta para cima e a retirou fora, o empurrei para trás e o deixei escorado no balcão que estava no lado contrário do nosso. Me ajoelhei em sua frente e puxei sua calça para baixo, vendo sua boxer com aquele volume bem aparente, que me fez morder o lábio inferior maliciosamente.

Olhando fixamente em seus olhos, prendi o tecido de sua boxer com os dentes e a puxei, logo auxiliando o trabalho com minhas mãos. Jungkook não tirava seus olhos dos meus, mantendo mesmo quando eu segurei seu membro com as mãos e comecei uma masturbação lenta, indo e vindo bem devagar, me deliciando por ouvir seus suspiros que pareciam tão impuros e ao mesmo tempo tão maravilhosos de se ouvir.

Coloquei minha língua para fora e cheguei próximo dele, passando o músculo molhado por sua glande, circulando a mesma. Jungkook segurou meus cabelos com força, e eu logo abocanhei de vez seu membro, enfiando tudo que conseguia por entre meus lábios. Receber prazer dele é definitivamente maravilhoso, mas ser o responsável por dar prazer consegue quase superar a situação. Ouvir seus gemidos acabou de se tornar uma das minhas coisas favoritas, porque eu sei que eu estou provocando isso nele. Não tem coisa melhor!

- Ahn, J-Jimin. – Gemeu de forma rouca, fazendo meu membro pulsar sob os dois tecidos que o apertavam nesse instante. – M-mais rápido.

E eu fiz o que ele pediu, auxiliando com as mãos o meu ‘trabalho’. Forçava gemidos para causar uma vibração em seu membro, que o fazia gemer ainda mais e daquela forma rouca que estava me deixando extasiado. Como lidar com um Jeon Jungkook, que é extremamente gostoso, gemendo desse jeito por causa minha? É impossível!

Quando ele chegou ao seu ápice e gemeu ainda mais alto eu senti que poderia gozar junto apenas por ter visto aquela cena tão erótica. Jungkook me puxou pelos cabelos e juntou nossas bocas enquanto já puxava minhas peças de roupa para baixo e me colocava sentado em cima da mesa.

Eu definitivamente estou ficando perdido por conta de Jungkook.

~#~

- Jimin, por que você tem tanto receio de se entregar para mim? – Jungkook perguntou repentinamente. Já estávamos deitados para dormir. – É porque eu sou um espírito? Mesmo sendo um eu sou só seu.

- Não é só por causa disso. – Soltei um riso fraco. – Mas é que eu não sou acostumado a me entregar para qualquer um. Estamos indo aos poucos, Jungkook. Deixa de ser apressado.

- Tudo bem, só fiquei curioso. – Passou a alisar meus cabelos. – Pode dormir se quiser. Vou tomar conta do seu sono.

Estranhei sua frase, mas não falei nada a respeito. Me acomodei melhor em seus braços, sentindo os mesmos me abraçarem da forma que eu tanto gostava. Depositei um beijo em sua bochecha e escorei a cabeça em seu peito, sentindo carícias sendo espalhadas por minhas costas. A sensação de fato era maravilhosa.

- Durma bem, Minnie.


Notas Finais


Estou perdoada pela demora? Heueheuhe
Lembrando que sugestões são sempre bem-vindas ♥♥

Grupo do whats: https://chat.whatsapp.com/7yhGlmj3qUy9ai4DNHVvs9
Meu cronograma de postagem e avisos: https://spiritfanfics.com/jornais/cronograma-de-postagens-e-hiatus-9544252

Beijão ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...