História Between hate and Passion-Imagine Park Jimin - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Park Jimin
Visualizações 73
Palavras 1.343
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura O.O

Capítulo 2 - Ciúmes??


Fanfic / Fanfiction Between hate and Passion-Imagine Park Jimin - Capítulo 2 - Ciúmes??

Virei curiosa para saber quem são os gatinhos de quem ela tava falando.

   Esse garoto me persegue ?!! Só que ele não estava sozinho com Jenne falou. Estava com um garoto, muito bonito, alto, de cabelos castanhos e realmente, ele é um gato, gostoso.

-S/A!? S/N?? Oiii? -A chata me tirou do transe, percebi que eles estão vindo em nossa direção. Então desviei o olhar para Jenneffer.

-Ah... Oque foi? -Disse olhando de relance para o gato.

-Se tá bem?

-To sim... Oque você tava falando? -Falei tentando me recompor.

-Nada, além, de que aquele amigo do seu irmão é mó gatin. -Disse novamente com aquele sorriso sapeca.

-É o maior gato. -Um sorriso de orelha a orelha surgiu em meus lábios.

-Quem é o maior gatinho, maninha? -Indagou se sentando ao meu lado.

-An... O... Menino que a Jenneffer, gosta. -Ela me olhou com um olhar super estranho. Poxa eu não ia falar que é o amigo dele. -Né Jenne?

-Éh, sim. -Disse com as bochechas um pouco avermelhadas.

-Então vocês não vão pedir algo? -Eles assentirão. To muito desconfortável com esse garoto, ele fica olhando e quando eu olho para ele desvia o olhar. -hun... Jimin você não vai nos apresentar seu amigo?

-Não. -Murmurou, seco. -Brinks, esse é o Tae Hyung, meu amigo de faculdade. -O castanho me deu um sorriso muito fofo, eu nunca tinha visto um sorriso assim, quadrado.

-An... Sou S/A e essa é a Jenne. -Disse dando um sorriso bem grande a ele e o mesmo retribuiu-me.

-Jimin fala muito de você.

-Sério? Mas são coisas boas ou ruins? -Hum, oque será que Jimin fala sobre mim?

-Ah... Ele fala das troladas e das tretas de vocês... Ele me disse que você é muito linda, mas pessoalmente é mais linda ainda. -Instantaneamente eu corei, devia estar mais vermelha que um tomate.

-Aah... S/A, tem uma coisa na sua bochecha... -Disse Jenneffer, chegando mais perto de mim e passando seus dedos em minha bochecha.

-Ah, é só sua pele, eu pensei que fosse um tomate. -Disse boba. Ela e Jimin riam sem parar.

-Hahaha... Foi tão engraçado... Você é tão inteligente, que percebeu que não era um tomate. -Logo depois mostrei língua para a mesma.

-Estraga prazeres.

-Eu?! Estraga prazeres?! Ai se já ta alucinando miga.
 
-Então miga, nós temos que ir para casa... Seu não minha omma vai me matar. -Disse olhando a hora no seu celular.

-Eu também acho que vocês já deviam estar em casa.

-Sei disso. Mas já que você está aqui porque não nos leva pra casa? Em?

-Por que eu num to com vontade. -Ditou como se fosse obvio. Mas é obvio.

-Vai eu to cansada sabe?! -Ele deu de ombros.
 
                    {Quebra De Tempo}
          
   Convence o Jimin a nos levar. Bom tenho uma boa notícia... Tum,tum,tum... Ai nem é pra tanto. Sabe o gatinho do Tae então ele vai passar a tarde aqui. O que tem isso? Sabe?! Ele é gato, eu to caidinha por ele, ele é uns dos melhores amigos do Jimin. Eu vou tentar ficar com ele, simples.

-Bom, eu vou subir pro meu quarto, se precisar de qualquer coisa me chame.

-An... Essa casa também é minha e eu sei me cuidar. -O loiro diz.

-Eu não tava falando com você! Tava falando com o Tae. Se for por você as visitas morrem de some, sede e outas coisas. -Quando terminei de falar o castanho começa a rir sem para.

-Eu não vi graça dongsaeng! -Murmurou, ríspido.

-Mas eu vi, hyung. -E continuou a gargalhar. A risada do garoto é tão contagiante que eu como meço a rir, que nem uma hiena, só que á minha risada não é tão feia quanto.

   Parei de rir que nem uma hiena, e subi. Tomei o um banho, coloquei um short jens uma regata e desse. Assim que desce, vi Lolla, que estava arrumando a mesa para o almoço.

   Logo ela mandou eu ir chamar os meninos para almoçar. Eu não queria ir até lá em cima, então eu gritei.

-Jimiiin!!! Taeeee!! Veiam almoçar! -Logo os dois desceram.

   Nós almoçamos bem rápido, na verdade só eu. Também os dois só conversavam ente si. Algumas vezes percebi, que TaeHyung me olhava. O olhar do garoto é tão penetrante, tinha horas que ele parecia estar lendo minha mente. Bom o almoço foi meio chato, como sempre, acho que até foi melhor que outras vezes. Ah, sei lá, sou indecisa mesmo.

-Oque vocês vão fazer? Porque to sem nada pra fazer. -Os dois se viraram para olharem para mim.

-Não lhe entenreça. -Falou ignorante.

-Nós vamos jogar. Quer jogar com agente? -Disse Tae, com um sorriso muito fofinho e eu Assenti.

-Ah não ela não, ela não sabe nem jogar, dongsaeg. -Disse de braços cruzados.

-Quem disse que eu não sei?! Você não me conhece mesmo, eu tenho um vídeo game que é bem melhor que o seu.

-Hum... Como você gosta de se achar em?!

-Gosto mesmo. Então vamos jogar?

-Vamos. -Os dois falaram juntos.

   Subimos, para o quarto do Jimin. Joguei cerca de uma hora com eles, depois fui para o meu quarto. Passei a o resto da tarde no Twitter e conversando com a Jenne.

*16:45*

   Saio do quarto, pra ir chorriscar na cozinha. Meus pais ainda não aviam chegado. Pego um pacote de salgadinho e subo. Enquanto passava na frente do quarto do Jimin, percebi que a porta não estava completamente fechada, então resolvi espiar.

-Oque você achou dela? -Falou o chim.

-Ela é legal, nem se compara a você. -Tae disse para seu hyung.

-Huhuhu... -Rio debochando. -Eu sou bem mais legal e bonito do que a S/A. - Eles tavão falando de mim e eu nem percebi.

-Não minta hyung, é feio. -O castanho deu uma gargalhada.

-Ta bom eu sou muito bonito, mais a S/A é um pouquinho assim... -O loiro fez um gesto de pouco com os dedos. -Mais bonita do que eu. -Nossa, num acredito que o Jimin admitiu que eu sou mais bonita do que ele.

-Só isso? Ela é muito mais bonita que você e é  uma gostosa. -Jimin ficou meio estranho, um pouco vermelho e suas aveias da testa pulsavam.

-Olha aqui, TaeHyung! Ela ainda é minha irmã. -Pera, para tudo. O chim ta com ciúmes de mim! Wow.

-Ta com ciúmes Jiminie-Ah? -Questionou, com uma voz provocativa.

   Por um deslize, eu tropecei, em mim mesma, com isso a porta abriu e eu cai dentro do quarto.

-S/A?? -Os dois questionaram, ao mesmo tempo. -Você tava ouvindo nossa conversa? -Perguntou o mais velho ente nós.

-Aah... Não eu tropecei, enquanto eu passava pelo corredor. Eai? Como tão? -Questionei tentando mudar de assunto.

-Sei... Bom, oque ainda ta fazendo aqui?!

-Eu já vou. -Falei dando passos para trás, só que de vez de sair, eu bati o bumbum na parede. Quando estava parada na porta, Tae me faz um linguagem de sinais. Dizendo que queria falar comigo, eu fiz um "OK" e sai.

   Oque foi aquilo, srt. S/N?? Deitada em minha cama, pensado oque TaeHyung queria falar comigo, alguém bati na porta do quarto.

-Pode entrar! -Falei me sentando na cama. Tae entrar.

-Ah... O Jimin não sabe que se ta aqui né? -Ele se sentou ao meu lado na cama.

-Ahm... Não. Eu disse que ia no banheiro. -Meu deu um sorriso quadrado.

-Eu sei que vou pagar um micão, mas seu sorriso é o sorriso mais bonito que já vi e engraçado, fofo. -Ai, ai, meu deus. Oque eu falei ?!! O mesmo me deu um dos seus sorrisos quadrado.

-Obrigado. Sabe?! O Jimin tava completamente errado, você é super legal e...  Muito linda! -Corei legal, vei.

-Ahm... Brigaduu... Oque você queria me falar? -Meu coração ta disparado.

-Ah... Só que... -Ele chegou mais para perto de mim. Minha respiração está super bugada, enquanto a dele está bem calma.

   Uma de suas mãos, estava em minha cintura e outra estava em meu rosto. Seus lábios estavam tão perto dos meus, que eu conseguia sentir seu aleto, de morango com chiclete.


Notas Finais


Desculpem os erros, não deu tempo de revisar.
Brigandooo por ler ⌒.⌒


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...