História Between Love and Hate - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Girls' Generation
Personagens Jessica, Sooyoung, Sunny, Taeyeon, Tiffany, Yuri
Tags Hogwarts, Jessica, Snsd, Yulsic, Yuri
Exibições 32
Palavras 1.321
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Colegial, Escolar, FemmeSlash, Hentai, Luta, Magia, Orange, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yuri
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


ola povo ahshahjs
desculpa pelo atraso pra postar esse capitulo, tava com mta coisa na cabeça e tbm preguiça de pegar esse pc que é um cu pra ligar, mas finalmente o terceiro capítulo ta aqui ajsljaskal
nos vemos nas notas finais, aproveitem a historia <3

Capítulo 3 - Capítulo III


Jessica já não sabia mais o que fazer. Yuri a ignorava há quase uma semana, nem ao menos a olhava, e isso irritava a loira profundamente.

Não queria admitir, mas preferia a mesma a esnobando e debochando do que a ignorando. Como se não se importasse consigo.

O pior de tudo era vê-la andar sempre ao lado daquela garota grifinória a qual não sabia o nome, sempre se agarrando com ela por ai.

- Se está tão incomodada, diz logo a verdade pra ela e para de graça – respondeu Sunny, a tirando de seus devaneios.

- Não estou incomodada com nada – resmungou com a cara fechada.

- Acredito – rodou os olhos.

- Já estamos atrasadas para a aula de poções – falou desviando o assunto.

- Sabe que não pode ignorar isso para sempre – a mais baixa falava, mas Jessica não se deu o trabalho de responder e apenas saiu da sala comunal.

...

 Chegando à aula de poções, havia notado Yuri com a tal garota, ficando ainda mais brava do que já estava.

Se recusava a se humilhar e dizer a verdade para a morena, mas odiava mais do que tudo na vida a ver sempre agarrada com aquela outra garota.

+++

Yuri, por outro lado, estava se sentindo incomodada, não pelo beijo que havia acontecido, mas sim porque a loira sonseriana estava a observando, sentia isso. Mas por quê? Será que a incomodava alguma coisa? Não se deu o trabalho de pensar muito, apenas quis voltar a suas aulas, talvez descobrisse algo mais tarde.

Durante as aulas tinha ainda mais certeza. Jessica estava a observando. Procurando algo para debochar de si depois? Talvez. Yuri se sentia tentada a descobrir, odiava a sensação de estar sendo vigiada.

Então por que não confronta-la?

- Yuri-ah! Está viajando de novo? – a grifinoria falava – É por causa da Sooyeon, não é? – após essa frase, Yuri não disse mais nada, apenas se viu em silencio enquanto a menina a encarava – Entendo.

- Não vai. Sinto muito – a abraçou; não queria magoar a garota. Sentia algo por ela, mas não superava o que sentia pela loira – Espero que realmente não esteja chateada, não estamos juntas por muito tempo mas te considero como uma ótima pessoa.

- Tudo bem – riu – Você gosta dela, deveria “persegui-la” – falou arrancando uma risada da mais velha.

- Talvez – concordou sabendo que era exatamente o eu iria fazer.

+++

Seguiu para perto do lago negro sozinha, sabendo muito bem que a loira a estava seguindo.

Sentou em uma pedra qualquer perto da beira e ficou a observar o lago por um tempo, vendo que Jessica não fazia nada com a intenção de se aproximar.

- Pretende ficar me seguindo até quando? – decidiu perguntar depois de um tempo em silêncio.

- Para uma lufana, é bem esperta – saiu de onde havia se escondido – E pra sua informação, eu não estava te seguindo. Te achei por acaso Kwon – falava se aproximando da maior, a mesma apenas revirou os olhos e voltou a encarar o lago.

- O que quer aqui? – perguntou friamente.

- O mesmo que você pelo que parece – chegava cada vez mais perto da morena.

- Você não sabe o que eu quero – resmungou a morena com escárnio, levando a loira a rir da mesma maneira.

- Então o que você quer? – perguntou a loira da mesma maneira que Yuri a respondeu no dia do beijo.

- Como se você se importasse – resmungou novamente – Sabe o que eu quero de verdade? Que suma da minha vida, que pare de me seguir, que pare de tentar falar comigo, que me beije de novo, que sofra como eu sofro por você. Eu quero que você morra Jung Sooyeon!! – gritou com lagrimas nos olhos, assustando a menor.

  - Então é assim? Ótimo, suma da minha vida e nunca volte também – agora a loira falava, lagrimas rolavam de ambas, Yuri havia se surpreendido ainda mais com a fala da garota.

- Você acha que eu não quero?! Acha que se eu conseguisse ficar longe de você, eu já não teria feita?! – se descontrolou, levantando-se de onde estava, pronta para começar a correr, sendo seguida pela menor.

- Não estou te impedindo! Vá embora se quiser – berrou.

- Você é uma idiota egoísta que só pensa em si mesma! – gritou Yuri.

- Sou mesmo e daí? Você gosta de mim mesmo assim – jogou Jessica, fazendo Kwon se assustar e se calar. Ambas sabiam. Ambas sabiam que se gostavam.

- E daí? Não é como se você se importasse – falava cruzando os braços.

- Não me importo? – com isso Jessica apenas puxou a morena para um beijo, a deixando paralisada.

Yuri não sabia como reagir, falava que não se importava com a loira, mas sabia que mentia para si. Também não esperava essa reação da menor.

- Você que é uma idiota egoísta que guardou todo o sentimento pra si e me julgou sem nem ao menos me conhecer direito – resmungou ao afastar os lábios, logo a beijando de novo, com mais veracidade – Yuri-ah – falou baixou ao afastar-se – Sinto muito – disse antes de sair correndo de lá, deixando a lufana confusa.

Não sabia o que estava acontecendo, o que estava sentindo, ou o que Jessica sentia, mas sabia o que queria e naquele momento, só queria sacudir a loira até tomar juízo e a beijar até não aguentar mais.

E como num impulso,seguiu atrás dela.

Correu, mas não a encontrava. A menor havia sido mais rápida dessa vez.

- Merda! – agora chorava socando a parede. Por que é tão difícil ficar com aquela garota? Yuri havia se perdido em seus pensamentos nessa hora.

Estava no quinto andar e não conseguia achá-la. Onde poderia estar? Não há muitos lugares para se esconder nesse andar, só a sala de astronomia, o banheiro dos monitores e... A sala precisa! É claro!

Correu até a sala precisa, ficou por um tempo a procura dela, até que finalmente havia achado-a. Entrou, não havia achado a loira, já estava sem esperanças, até que, ouviu um choro vindo de trás de um velho armário que havia ali.

Seguiu sorrateira ate perto da mesma, se agachando e encostando-se ao armário também, mas não ao seu lado.

Jessica sabia Yuri estava ali, mas tinham tanta coisa pra falar uma à outra, que o silêncio reinava. Não sabiam como começar, nem ao menos o que dizer.

- Sica – Yuri finalmente havia quebrado o silêncio – desculpa.

- Vai embora sangue-ruim – falara soluçando.

- Precisamos conversar – respondeu Kwon ignorando o comentário da loira – Você sabe que se ficarmos nos ignorando não vai resultar em nada.

- Vai... embora  Yuri. Me esquece, se afasta de mim e nunca mais volte – gritava chorando, levantou-se pronta para ir embora e deixar Yuri sozinha novamente, mas sentiu algo puxando seu pulso.

- Para com isso, para de fugir! Eu só quero te entender, não vou te julgar por nada que diga – retrucou a mais nova segurando o pulso da mesma.

- Mas eu não quero que me entenda! Eu não quero ficar perto de você, não quero sentir essas coisas por você, não quero nem ao menos gostar de você! Eu te odeio Kwon Yuri! – gritou se desmanchando em lagrimas, se encolhendo num canto qualquer enquanto Yuri ainda tentava digerir tudo que ouviu.

- Sica... eu... – não sabia o que fazer ou falar. Sabia que o que a menor falava era mentira, mas não sabia contesta-la, não valia a pena visto que ambas estavam alteradas.

- Yuri... faz parar – suplicou a encarando com os olhos marejados – Faz parar. Eu não aguento mais te ver me ignorar, me senti tão triste com isso. Queria chorar sempre que te via com aquela grifinoriana... só ...faz parar - pediu e ali Kwon percebeu. Não era mentira.

- Eu sei como resolver isso – disse Yuri, mordendo o lábio e se aproximando em frente a loira, tomando seus lábios num beijo rápido.

Se ficassem juntas ninguém iria sofrer, certo?


Notas Finais


fala galero
espero que tenham gostado desse capitulo hehe
ja avisando aqui que o proximo capitulo deve sair dps das provas no colegio
bye bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...