História Between love and hate - Capítulo 7


Escrita por: ~ e ~usuimisaky

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hidan, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Jiraiya, Kakuzu, Kiba Inuzuka, Matsuri, Moegi, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shino Aburame, Tsunade Senju
Tags Narusaku, Sasuhina, Sobrenatural, Vampiros
Visualizações 33
Palavras 1.366
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem do capitulo e... Boa leitura! ;-)

Capítulo 7 - Cap 07


 Naruto e eu estávamos nos aprontando para sair, quando de repente ele pega uma adaga de seu bolso e a aponta para mim.

- Naruto?! O que vai fazer?!

Vou me afastando de costas, e Naruto vem andando em minha direção, quando percebo estou encurralada na parede.

- Me desculpe Sakura-chan, mais esse é o único jeito...   

Fico com medo e fecho meus olhos.

- Não se preocupe com o que verá.

Abro meus olhos e fico chocada com a cena que vejo, Naruto está cortando sua própria mão!

- Para disfarçar seu cheiro passarei um pouco do meu sangue em sua pele, me desculpe por isso.

- Mais o que você está dizendo?!

- Meu sangue meio humano pode ser uma desculpa para seu doce cheiro, se perguntarem diremos que somos meio humanos, vamos ser um pouco descriminados mais não vão nos machucar.

Ele passa sua mão levemente em meu corpo, fico arrepiada.

- Você vai ficar bem? Seu corte parece profundo.

- Está preocupada comigo? (Ele sorri) Mais não se preocupe, regeneração é um dos benefícios de ser um meio vampiro. Veja só, já sarou.

Olho para suas mãos, e fico impressionada, não se passou nem um minuto e a sua mão já esta completamente curada.

- Então... Terei que ficar com o seu cheiro?

Ele abraça minhas costas.

- Meu cheiro é muito bom, pergunte para Hinata. -Ele fala me provocando.

- Argh nem me fale daquela sanguessuga, você passou a noite com ela não foi?

- Sim, ontem dei inicio ao meu plano, dei a primeira dose do veneno para ela.

- E foi bom ficar com ela?

Ele me abraça mais apertado.

- Sakura-chan está com ciúmes? Estou lhe estranhando hoje, primeiro ficou preocupada com meu ferimento e agora está com ciúme de mim... Sakura-chan finalmente se apaixonou por mim?!

Me-afasto rapidamente.

- Mas o quê?! Não é verdade, nunca me apaixonaria por um pervertido como você!

- Está me magoando Sakura-chan...

Ele se ajoelha e começa a chorar.

- Não caio nessa senhor dramático.

- Estraga prazeres. -Naruto fala fazendo bico.

- Então nos vamos ou não?

Ele se levanta rapidamente.

- Vamos.

- Como vamos sair do castelo?

- Venha, conheço uma passagem secreta.

Ele me leva para um quarto, arreda a cama e abre um alçapão, descemos por ele, e caminhamos por um túnel, que percebi ser bastante sujo, depois de andarmos muito subimos uma escada que levava a uma porta de madeira, após abrirmos, percebo que estou do lado de fora do castelo.
Acho que estamos em uma feirinha. 

- Como pode ver os vampiros tem uma vida quase humana.

Olho em volta, e vejo um vendedor de ervas sendo gentil com a sua cliente, também vejo uma senhora idosa carregando compras, aparentemente a senhora está cansada, percebo um rapaz se aproximando dela e se oferecendo para carregar suas compras.

- ok, mais isso não muda o fato deles se alimentarem de nos humanos.

- Vocês não se alimentam de boi ou porco? Pois é o mesmo para gente, temos que nos alimentar para sobrevivermos, mais pense que no meu reinado seriamos como vegetarianos para vocês, assim seria como no reinado pacifico do antigo rei...

- Você está começando a ficar chato...

Ele me encurrala na parede e beija meu pescoço.

- Prefere quando sou assim com você...?

- Mais o quê?! Me solta!

- shiii...! Há dois guardas da rainha passando agora!

- Ã?!

- Veja se eles já passaram!

- Já!

- ufa... Temos que tomar cuidado.

- Sim.

- Me dê sua mão.

- Isso me parece um pouco suspeito para um pervertido como você...

- Relaxa, é só disfarce, fingiremos ser um casal, vamos logo!

Ele segura em minha cintura firmemente, me fazendo sentir segura, estávamos andando quando alguém segurou meu vestido, olhei para baixo e era uma menina vampira, suja, despenteada e pelo seu rosto magro podia ver que passava fome, fiquei nervosa, Naruto olhou para mim e depois olhou para a menina, ele se abaixou a altura dela e disse:

- Qual seu nome menina?

- É... Moegui.

- Moegui? Que lindo nome, onde estão seus pais Moegui?

- Desculpe senhor, mais sou órfã... Eu senti um cheiro bom vindo de vocês... Vocês tem comida? Poderiam me dar um pouco? Estou sem comer a dias...

“Órfã? Ela é como eu... Fico com tanta pena... Já passei pela mesma situação..."

- Desculpe, mais o cheiro que está sentindo somos nós... Somos meio humanos.

- Serio?! Me desculpe!

- Espere!

Ele tira algo do bolso.

- Tome... Não é carne humana mais isso vai aliviar sua fome.

- Obrigada!

Ela pega e vai embora muito feliz.

- O que você deu a ela?

- A, meu almoço... -Ele fala sorrindo.

- Jura? Você foi muito legal...

- Você gostou é?...

- Essa menina faz-me lembrar de com eu era... Depois que meus pais...

- Bem... Estamos quase chegando onde quero te levar...

Andamos bastante... Até já passou a hora do almoço...

- Naruto, ainda falta muito? Estou morrendo de fome... Já saímos da cidade faz tempo... Aonde você quer chegar?...

- Veja! Daqui você pode ver!

“-Olho ao longe uma casinha simples cercada pelo campo, mais si olhar bem mais perto... É um bar?!”. 

- É um bar?! Você me fez vir tão longe para tomar uma bebida?! Espera ai... A Bebida com certeza é sangue! AAA... Naruto!

Começo a tentar bater nele, quando ele segura meus braços e diz:

- Na verdade é um antigo bar humano, mais sabe... Lá vivem pessoas importantes para mim...

“Seus olhos estão fixados aos meus, sinto que estou vendo seus olhos brilharem, como um mar calmo e sereno, claro um mar vermelho...”

- Naruto...

Ele me soltou e continuamos a andar até chegarmos ao bar, entramos mais não tinha ninguém.

- velhote!

- Velhote?

“Pá!”

Olho para o Naruto e ele está sorrindo passando a mão na cabeça, olho surpresa para um vampiro de aparência média de uns 50 anos, cabelo branco, alto, ele está olhando para o Naruto sorrindo.

- Faz tanto tempo, e você me recebe assim?!

O homem olha para mim.

- Quem é essa?! O... Ela é humana! Ela é muito bonita! Mocinha não estaria interessada em tomar uma bebida comigo?...

Fico sem fala... Mais Naruto vem e agarra minha cintura.

-Primeiro, ela não toma a mesma bebida que você. Segundo, essa você não pode ter!

- Por quê? É sua namorada?!

- Não, é minha futura esposa!

- O quê?! Não! 

- Então vocês são noivos?!

Saio rapidamente dos braços de Naruto.

- Não mesmo!

Ele agarra o braço de Naruto e o leva para um cantinho. Droga! Não posso ouvir o que estão falando!

- A... Então está apaixonado... Pensei que nunca se apaixonaria assim...

- Pois é... Mais ela não é tão fácil como as outras... Isso me excita!

- Então você se tornou um daqueles homens que gosta de sofrer na mão de uma mulher?

- Se somente for nas mãos dela...

- Pobrezinho... Então, me apresente a ela!

- Tudo bem... Mas lembre-se, ela é minha!

"Eles voltaram!"

- Velhote, essa é Sakura-chan.

- Sakura-chan esse é o velhote.

O vampiro bate na cabeça de Naruto de novo.

- Nos apresente direito! Desculpe senhorita meu afilhado é ótimo com mulheres mais é péssimo com a família. Meu nome é Jiraya, sou padrinho de Naruto, e é um prazer conhecer uma humana tão linda quanto você....

“O vampiro pega minha mão e beija delicadamente, Naruto e ele parecem ser farinha do mesmo saco. ”

- A, desculpe, meu nome é Sakura Haruno e o prazer é meu, senhor...

- Sakura? A caçadora de vampiros?!

- É... Sim.

- Já não gosto dessa mulher!

- Calma velhote. Eu a trouxe para mudar seu ponto de vista!

- Sabe que um maldito caçador matou seus pais né?! Minato e Kushina eram ótimas pessoas...

- Eu sei, mais um dos nossos também matou os pais dela. Ela vai me ajudar a matar a rainha e trazer novamente um reino de paz. Como os meus pais queriam...

De repente a porta se abre com tudo, e aparece uma mulher, quem será ela?

  

 


Notas Finais


obrigada por lerem, e desculpem os erros ortográficos... Até a próxima! ;-)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...