História Between Revenges - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Barbara Palvin, Chaz Somers, Christian Beadles, Justin Bieber, Ryan Butler
Personagens Austin Mahone, Barbara Palvin, Chaz Somers, Christian Beadles, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais, Ryan Butler
Tags Bebê, Criminal, Família, Justin Bieber, Romance, Sexo, Trafico, Vingança, Violencia
Exibições 1.715
Palavras 1.049
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Galero olha eu aqui novamente!
É O SEGUINTE PESSOAL, AMANHÃ EU VOU COMEÇAR AS PROVAS E EU REALMENTE NÃO SEI DIZER SE VOU OU NÃO POSTAR TODOS OS DIAS!
NA VERDADE TÔ BEM TRANQUILA
MAS DE TODO JEITO VOU TENTAR SEGUIR MEU CRONOGRAMA DE POSTAR TODOS OS DIAS
GENTE, EU PERCEBI QUE TEM MUUUUUITA GENTE QUE NÃO TA COMENTANDO, NÃO ME ENTENDAM MAL MAS EU FAÇO DE TUDO PARA POSTAR E É LEGAL VER NEM QUE SEJA UM CONTINUA
EU ESTOU AMANDO OS COMENTÁRIOS QUE EU ESTOU TENDO E TAMBÉM NÃO QUERO OBRIGAR NINGUÉM A COMENTAR MAS SE NÃO FOR INCÔMODO DA UMA COMENTADA AE MONAS
E OBRIGAAAAAAAAAAAAAAAAADOOOOOOOOOOO PELOS 185 FAVORITOS
EU TO TÃO FELIZ GALERO
EU AMO VCS
EU QUERIA DAR ESSE AVISO PARA VCS E NÃO QUERIA SÓ POSTAR "AVISO" ENTÃO APROVEITEM O CAPÍTULO
SORRY OS ERRINHOS

Capítulo 28 - Let me love you


NOTAS INICIAIS

NOTAS INICIAIS

NOTAS INICIAIS


Justin Bieber POV

O León era bem fraco, no primeiro soco ele cambaleou para trás e eu continuei socando até o nariz dele começar a sair sangue.

Os seguranças do restaurante começaram a me arrastar para fora do lugar e saindo eu vi a Clarke se abaixando para falar com o León, ele disse alguma coisa é logo em seguida ela veio até mim.

- Que bonito, a gente não pode ter um momento em paz não é Justin? Muito obrigado por estragar a nossa tarde - Ela disse um pouco alterada.

Ryan e Emily saíram em seguida.

     - O que foi que eu perdi?

    - Nada Emily, só o Justin bancando o idiota - Clarke disse e entrou no carro batendo a porta.

Fiz o mesmo e ela virou a cara.

- Me desculpa, eu só…

Ela não me deixou terminar.


- Não fala nada, apenas me leva para casa antes que eu tenha um ataque de raiva e resolva te matar aqui mesmo - Assim que ela terminou de falar liguei o carro e chamei a Emily para entrar.

Já em casa a Clarke foi para o quarto e se trancou lá, fiquei com um pouco de raiva, era para tanto? O León não era tão importante assim, tá que ele ajudou a gente esses tempos mas daí eu tinha que ficar suportando ele babando em cima do que é meu?

E eu ainda sou o errado?

- Mancada em - Emily disse se sentando do meu lado.

- Você não viu o que ele fez, eu tinha que fazer alguma coisa - Respondi sério.

- Agora você também tem que fazer alguma coisa, deixe-a feliz. Faça uma supresa ou alguma coisa do tipo.

- Mulheres! - Suspirei

- É sério Justin, faça alguma coisa que você sabe que ela vai gostar - Ela insistiu

- Tipo?

- Eu não sei, você que é o marido aqui. Só não vá dar flores pelo amor de Deus.


O que a Clarke iria gostar?

Salada? Não.

Bolo? Já está enjoada.

Jóia? Ela não tem trinta anos.

Para Julie?

Para Julie e para ela.

Mãe e filha.

Conjunto para mãe e filha. Isso!


Fui em uma loja chamada "mamãe e bebê" e fiquei praticamente vinte minutos para explicar para a moça o que eu queria. 

Depois de muito tempo ela entendeu, mas a pior parte foi escolher uma roupa que daria certo na Clarke depois que a gravidez acabar.

O mais fácil era levar um vestido, eu me lembro mais ou menos o tipo de vestido que ela usava antes da gravidez e era mais ou menos o que eu peguei.

Um vestido para Clarke e um igualzinho para a Julie, passei na joalheria e comprei um pingente com a letra J.

Podem pensar que é para Julie, mas na verdade é para Justin. 

Cheguei em casa ela não tinha saído do quarto ainda, já eram 18:39 e ela continuava lá. Peguei a chave reserva e abri o quarto. Lá estava ela, dormido feito um urso hibernando.

Coloquei as coisas que estavam enroladas no papel de presente em cima da cama e deitei do lado dela.

E aquele sentimento de medo veio novamente, eu não podia perder aquilo. Aprendi a depender daquela felicidade, a depender da minha família.

Beijei a testa tela e a mesma começou a despertar, ela me olhou com reprovação e virou o lado, dando de cara com as coisas que eu tinha comprado.

- Você não pode me comprar - Disse meio sonolenta.

- Abra

E assim ela fez, quando os olhos grandes dela bateram sobre os vestidos um certo brilho iluminou seu rosto. Era o sorriso mais lindo do mundo.

- Eu só estava com ciúmes - Falei.

- Você é um idiota mas eu te amo.

Não falamos mais nada, apenas nos deitamos novamente, ela sorria e alisava a barriga. Naquele momento eu não tive mais dúvidas de que queria ver aquele sorriso para o resto da minha vida.


Emily Mallette POV

- Não acredito que todo mundo já foi dormir - Falei me sentando na frente do piano.

- Tem vezes que eles fazem isso, mas acordam para comer - Chaz disse navegando pelos canais da TV.

- Que tal acordar eles com um pouco de música? - Perguntei animada.

- Sabe tocar?

- É óbvio, quer alguma música?

- Toca a que você quiser.

Decidi trocar uma música de um cantor que eu era fã.


I used to believe
We were burnin' on the edge of somethin' beautiful Somethin' beautiful
Sellin' a dream
Smoke and mirrors
Keep us waitin' on a miracle
On a miracle

Eu acreditava
Que estávamos pegando fogo à beira de algo lindo De algo lindo
Vendendo um sonho
A fumaça e os espelhos
Nos deixaram esperando por um milagre
Por um milagre

Say, go through the darkest of days
Heaven's a heartbreak away
Never let you go, never let me down
Oh, it's been a hell of a ride
Driving the edge of a knife
Never let you go, never let me down

Diga, passe pelos dias mais obscuros
O céu é uma decepção
Nunca vou te deixar, nunca vou te decepcionar
Oh tem sido uma viagem e tanto
Dirigindo na ponta da faca
Nunca vou te deixar, nunca vou te decepcionar


Don't you give up, nah-nah-nah
I won't give up, nah-nah-nah
Let me love you
Let me love you
Don't you give up, nah-nah-nah
I won't give up, nah-nah-nah
Let me love you
Let me love you
Oh baby, baby


Não desista, nah, nah, nah
Eu não vou desistir, nah, nah, nah
Deixa eu te amar
Deixa eu te amar
Não desista, nah, nah, nah
Eu não vou desistir, nah, nah, nah
Deixa eu te amar
Deixa eu te amar
Oh amor, amor


Não terminei de cantar a música inteira quando vi o Ryan parado perto da porta me olhando, meu rosto deve ter ficado feito um tomate porque eu vi ele soltar um riso de lado e ir falar com o Chaz.

Que droga Emily, não deixe um sorriso destruir você. Não de novo. 

Não posso estragar nada aqui, acho que finalmente vou ter uma família, nem eu e nem ninguém pode estragar isso.

A campainha tocou e o ele levantou para ver quem era, vi ele congelar na frente da porta, me levantei junto a Chaz para ver o que era e tinha uma loira na porta, loira e grávida.

E sabe quando você tem um pressentimento? Eu senti que aquele mulher só estava ali para destruir o começo do meu sonho. 



Notas Finais


Espero que vcs tem gostado galero e é isso.
Me beijem todas!
Adoro vcs!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...