História Between shots - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Barbara Palvin, Chaz Somers, Christian Beadles, Justin Bieber, Ryan Butler
Personagens Austin Mahone, Barbara Palvin, Chaz Somers, Christian Beadles, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais, Ryan Butler
Tags Bebê, Criminal, Família, Justin Bieber, Romance, Sexo, Trafico, Vingança, Violencia
Exibições 371
Palavras 1.355
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


GALEROOOOO EU QUERO AGRADECER MUUUUUITO POR OS COMENTÁRIOS DO CAPÍTULO PASSADO A TIA TA MUITO FELIZ COM VCS
198 FAVORITOS? JESUSMARIAJOSÉ KE ISSO PESSOAL? EU AMO VCS VEIO
ME BEIJEM TODAS
APROVEITEM O CAPÍTULO
SORRY OS ERRINHOS

Capítulo 30 - Pattie


Emily Mallette POV

 - O que você está fazendo aqui? - Ryan disse a empurrando para fora, Chaz foi atrás dele e eu fiz o mesmo. 

- Pega leve seu idiota, não tá vendo que eu estou grávida? - A garota esbravejou apontando para a barriga. 

- O que você quer? - Foi a fez de Chaz se manifestar. 

- Falar com o Justin, o que mais?

 - Sério Amanda? Depois de te entregado ele para o doido do Connor você ainda tem coragem de aparecer aqui? - Diz Ryan a pegando pelo braço e indo para a BMW parada. 

- O que você está fazendo seu idiota? - Ela perguntou relutante quando Ryan tentou a fazer entar no mesmo.

 - Nós vamos dar um passeio - Dito isso ele colocou ela com ignorância no carro.

 - Não contem nada para o Justin e para a Clarke até eu voltar - Disse e por fim saiu dirigindo o mais rápido possível 

- Então aquela era a Amanda? - Perguntei para Chaz que estava com a cara branca. 

- Em carne, osso e bebê - Falou sem dar um passo.

 - O que será que ela queria com o Jus… - Antes que eu terminasse Chaz me olha com aquela cara de "Você não entendeu ainda?" - Oh não, você acha que o bebê pode ser do Justin?

 - Mesmo se não for, ela vai dizer que é. 

Ryan Butler POV

 - Quantos meses? - Perguntei sem ao menos a olhar.

 - Quase quatro, não se preocupe, não é seu - Disse tranquila e com certo tom de orgulho. 

- Você não vai fazer isso Amanda, eu não vou deixar. 

- Para quem você quer que eu peça ajuda? Graças ao Justin e a Clarke eu perdi a única família que me restava, agora eu só quero comunicar ao Justin que ele vai ser pai - Ela falou quase saltando de alegria. 

- Ele vai mesmo, vai ser pai de uma menina cuja a mãe se chama Clarke e não Amanda. 

- Ryan você não pode tirar de um bebê a chance de conhecer o pai, uma criança não tem culpa dos meus erros, agora me deixe descer deste carro.

 Encostei o carro em frente ao café e a deixei lá. O que fazer agora?

 Contar para o Justin que a louca da Amy diz estar grávida dele? 

 Voltei para casa a ponto de explodir e vi o Justin e a Clarke sentados no sofá comprando mais alguma coisa pela internet e como de costume riam que nem bobos o que significava que só poderia ser algo para Julie. 

Passei reto por eles e fui procurar o Chaz, para o meu azar só encontrei a Emily em casa. 

 - O Chaz saiu dizendo que ia checar de onde a Amanda está vindo e com ou para quem está trabalhando - Ela disse sem dar muita importância para mim. 

- O Justin e a Clarke desconfiaram de alguma coisa? 

- Não, como vai contar a eles? 

- Eu não sei, nem sei se o filho pode ser dele mesmo. 

- Pode ser seu? - Ela perguntou.

 - Na verdade não, só não entendo o por que dela fazer isso. Se não for filho dele isso vai vir átona mais cedo ou mais tarde. 

- E se ela não se importa? Não é muita suspeito a minha mãe poder estar aqui na cidade, o que eu tenho certeza que está, e do nada a Amanda aparecer? 

- Como ela não se importaria de morrer? Porque acredite em mim, se o Jeremy por as mãos nela, ela estará morta

. - A não ser que, ela esteja sendo protegida - Ela disse dando os ombros.

 - Você acha que a Amanda tá com a sua mãe? - Perguntei.

 - E por que não estaria? 

 Sai de perto dela e fui me deitar, muita informação para processar.


 Clarke Hudson POV 


 Acordei mais cedo com a mesma ansiedade de sempre, parece que os dias estão passando mais devagar, isso era torturante. 

 - Por que você faz isso comigo? - Justin perguntou levantando a cabeça do travesseiro ainda meio sonolento. 

- Desculpe, não queria te acordar - Falei calma. 

- Então volte a dormir.

 - Não dá, já perdi o sono - Dei os ombros e me levantei da cama.

 - Acho que isso é até bom, eu quero te levar para dar uma volta hoje. 

- E a onde nós vamos? - Perguntei. 

- Primeiro vamos em um spa que tem as melhores massagens para grávidas e depois nós vamos jantar no melhor restaurante desta cidade. 

- Só nós dois? 

- Isso meu amor, só nós três - Disse sorrindo, em movimentos rápidos levantou da cama, beijou minha barriga e foi para o banheiro.


 […] 


 - Espera, é um homem que faz a massagem? - Justin fez a mesma pergunta pela segunda vez para a recepcionista.

 - Sim senhor, é o massagista que irá fazer a massagem - Ela respondeu, creio eu que estava fazendo um esforço muito grande para não gritar com ele. Justin veio até mim e então falou baixinho:

 - Eu queria que você entrasse sozinha e esquecesse um pouco dos problemas mas agora eu acho melhor entar com você.

 Fitei ele revirando os olhos.

 - Ele é um profissional seu idiota - Exclamei quase alterando a minha voz.

 - Mas continua sendo um homem e você vai está de calcinha e sutiã - Falou arqueando as sombrancelhas.

 - As vezes eu acho o seu ciúmes fofo. 

- Sério? 

- É óbvio que não Justin, eu desisto da massagem, quero ioga e já que você quer tanto ir comigo vai fazer também - Falei decidida.

 - No fundo eu estou mais aliviado.


 […] 


 Foram exatamente duas horas de ioga, e adivinhem quem ficou com ciúmes? Pensou no Justin? Errou. 

A professora de ioga era uma vagabunda de quinta, ficou a aula inteira "ensinando" ele as posições certas. 


 Já estava me arrumando para ir jantar com ele mas eu continuava de cara fechada, quase desistindo de ir. 

- Você está incrível - Emily entrou no quarto e me olhou espantada. 

- É, com uma bola gigante na frente - Ela riu mas logo depois parou e ficou me olhando. 

- É sério, está linda mesmo. 

 Eu tinha colocado um vestido vermelho na altura do joelho com um blazer moderno com alguns brilhos, nos pés eu coloquei um salto super seguro e baixo mas de todo jeito eu saiba que iria tira-los. 

Passei um batom vermelho vívido já que o único que combinava com o meu tom de pele e uma sombra preta acompanhada de um delineador bem passado. 

- Já podem… 

 Justin entrou no quarto falando e parou assim que me viu.

 - Você está tão linda - Falou e eu corei no mesmo instante.

 - Ok, já entendi. Agora vamos logo. 


 Já no restaurante parecia que todo mundo olhava para nós, ou melhor, todas as mulheres olhavam para o Justin. 

 - O que você vai querer? - Perguntou.

 - Você não tem o dom de escolher tudo por mim? Fique à vontade - Falei seca.

 - O que foi Clarke?

 - Nada. 

- Fala logo. 

- Que droga Justin, não é nada. 

- Então por que toda essa ignorância?

 - Não sei, vá perguntar para a professora de ioga - Falei cruzando os braços, vi ele sorrindo. 

- Agora você entende o que eu sinto - Sorriu mais ainda com expressão satisfeita. 

- E todas essas vagabundas olhando para você, isso me incomoda bastante - Resmunguei ainda com a cara fechada. 

- Não preciso de nenhuma delas, só de você. 

- Tá bom Justin, peça logo a comida enquanto eu vou no banheiro.


 No caminho para o banheiro fitei com ódio a maioria das mulheres que estavam de olho nele, que audácia dela. Se eu não estivesse grávida iam ver só. 


 Usei o banheiro e depois parei em frente ao espelho para lavar as mãos, olhei para baixo para abrir a torneira e vi pelo reflexo alguém se aproximar. 

Levantei o rosto calmamente e tive uma grande surpresa.

 Pattie.  


Notas Finais


Tchau galero
COMENTEM O QUE ACHARAM
A tia ama muito cada uma de vcs
O que acharam da capa nova? Prometo não trocar mais hahshs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...