História Between Two - Imagine BTS - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Amores, Bangtan Boys, Bts, Dois, Escolhas, Imagine, Namjoon, Rap Monster, Romance, Suga, Taehyung, Yoongi
Exibições 172
Palavras 781
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi, povo! Tudo bom com vocês? Tô aqui para postar outra fic pra vocês, dessa vez um Imagine do BTS, espero que gostem.

Capítulo 1 - Cake Rice


Meu despertador tocou, eu o desligue e levantei, com passos arrastados, da cama. Era meu primeiro dia de aula naquela escola nova. Se eu estava nervosa? Sim, mas é aquele ditado, né, vamos fazer o que?

Tomei banho, vesti o uniforme, peguei minha mochila, que estava pronta desde o dia anterior, e desci para a cozinha.

- Bom dia, (S/N). - disse meu irmão mai velho, Taehyung.

- Bom dia, Tae.

Tomei café e fui para a escola.

***

Quem era aquele garoto? Como se chamava? Pois é, primeiro dia de aula e eu já estava gamada num garoto.

Ele estava usando apenas preto, o que fazia com que sua pele branca como açúcar destacasse. Seu cabelo também era preto.

O sinal tocou e a professora entrou na sala.

- Bom dia, alunos. - ela falou.

A sala respondeu "bom dia" em uníssono.

Ela se apresentou e pediu para que fizéssemos o mesmo e foi aí que eu descobri o nome do garoto. Ele se chamava Min Yoongi.

***

As horas se passaram tão devagar. Meus olhos começavam a pesar e a se fechar lentamente, mas o sinal tocou, todos começaram a sair da sala, mas eu não sabia para onde ir. Eu segui umas garotas pelos corredores, porém acabei me  perdendo.

"Nossa, que legal, ein, (S/N), primeiro dia de aula e você já se perde. Já começou bem!", pensei, irônica.

Ouvi uma voz por trás de mim. Ela era grossa e estava bem ao pé do meu ouvido, me fazendo arrepiar.

- Está perdida?

Olhei para trás e vi aquele garoto enorme, acho que tinha 1,81 de altura. Era meio moreno e tinha o cabelo platinado.

- S-sim. - gaguejei.

Ele riu de mim. E disse:

- Você deve ser novata, nunca vi seu rosto por aqui e olha que eu conheço todas as garotas dessa escola, se é que você me entende. - ele fez aquela cara maliciosa e eu corei, pois, tinha que adimitir, ele era muito bonito. - É aula de educação física. Eu estou indo para a quadra, pode vir comigo se quiser.

Eu balancei a cabeça afirmativamente e começamos a andar.

- Qual é seu nome? - ele perguntou

- (S/N) e você?

- Kim Namjoon, mas pode me chamar só de Namjoon.

Depois disso ficamos em silêncio.

- Aqui é a quadra, ali os vestiários feminino e masculino. - ele apontou enquanto falava. - Só para você saber, sou da mesma sala que você, então se precisar de ajuda é só chamar.

- Ok. Obrigada, Namjoon.

- Estou ao seu dispor, (S/N). - ele me deu um beijo próximo aos meus lábios, piscou pra mim e saiu.

- Apenas não caia na dele.

Olhei para a direção que vinha a voz, era o Yoongi. Ele foi embora depois que falou aquilo.

***

Quando bateu o horário de ir embora, peguei minhas coisas e saí.

- EI, (S/N)!

Parei e olhei para trás. Era o Namjoon correndo até mim.

- Ei, vai rolar uma festa hoje na minha casa de início das aulas, se quiser ir está convidada. Aqui o endereço e o horário. - ele estendeu um pequeno pedaço de papel pra mim.

- Ok. - respondi.

- Use uma roupa sexy, (S/N). - Namjoon falou e piscou para mim. Então se foi.

Voltei a andar em direção a minha casa.

Ao chegar, chamei pelo meu irmão, ele não respondeu. Eu subi até seu quarto, porque tinha quase certeza que ele estava lá. A porta estava entreaberta e quando abri ele estava nu por cima de uma garota.

- Puta merda, Taehyung! - disse e fechei a porta no mesmo estante. Ele deu um pulo. - Quando estiver devidamente vestido venha falar comigo.

Desci as escadas.

Alguns minutos depois ele estava descendo com a garota, percebi que ela estava envergonhada, portanto saiu sem falar nada.

- Taehyung, existe motéis, sabia? - falei. Ele estava envergonhado. Eu ri da sua feição.

- Então, o que quer me falar? - ele questionou, mudando de assunto.

- Fui convidada para uma festa hoje.

- Você não vai.

- Vou sim!

- Quem te deu permissão?

- Ai, Taehyung, para de me tratar como uma criança, eu já tenho 17 anos!

- E daí? Nossa mãe morreu e o pai nem se importa, age como se nem fôssemos filhos dele, portando eu sou responsável por você agora, ou seja, eu mando e digo que você não vai pra merda de festa nenhuma.

Eu odiava quando ele falava dos nossos pais. Era um assunto delicado.

- TAEHYUNG, EU VOU PRA ESSA FESTA, VOCÊ QUERENDO OU NÃO!

Eu subi para o meu quarto deixando ele falando sozinho lá em baixo.


Notas Finais


E então, gostaram?
Beijos e até mais! <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...