História Between two worlds》Imagine taehyung - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~Manupassos-army

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Taehyung, Você
Visualizações 7
Palavras 798
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ficção, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeong😁😁😁

Capítulo 1 - Um


Fanfic / Fanfiction Between two worlds》Imagine taehyung - Capítulo 1 - Um

Lá estava eu novamente tocando o piano na escola. E como sempre, quando toco ou canto alguma música, entro em meu mundo. O meu pequeno mundo. Ali eu posso ser eu mesma, não preciso fingir ser algo ou alguém que não sou ou melhor... Não preciso ser a Kim, a menina sem defeitos.

 

Não sou forçada a colocar um sorriso falso e ser forçada a vestir a máscara.

 

"Mas Kim, por quê você faz isso?"

 

Bom... Eu não sei bem... Fui diagnosticada com depressão e eu me via obrigada a vestir essa máscara para que as pessoas não se preocupassem comigo, não gosto de dar trabalho para as pessoas. Por isso não contei nada para meus pais.

 

Sempre amei minha família, não tenho do que reclamar, meus pais me dão atenção e carinho. Nós somos uma família unida e por conta disto, minha omma é minha melhor amiga.

 

E agora você deve estar se perguntando: "Mas por que você tem depressão?"

Minha resposta é simples, eu sinto um vazio dentro de mim e isso piorou quando meu irmãozinho morreu.

 

Bom...

A partir de agora eu vou explicar minha pequena e triste história.

 

      ----*-*----

 

   02.04.16   

 

Lá estava eu tocando no meu magnífico piano, tocava e cantava um clássico que agora não me recordo o nome. Me entreguei para a música e ela me aceitou de braços abertos. Eu estava lá naquela sala de música na escola em um período vago, "mostrando" meu talento.

 

Às vezes eu me jogo  de  corpo e alma para a letra,   não vejo quando alguém entra na sala,  eu  apenas  fecho  os  olhos  e me entrego para meu piano. Quando acabei de tocar, olhei para o teto que tem um tom branco e aquilo me deixa mais tranquila.

 

Ayume: Meu deus Kim -falou ela me assustando-me-Se entregou novamente para a música?

 

Eu: Talvez -Sorri- Quando você chegou Ayume unnie?

 

Ayume: Faz exatamente -Fala ela pegando o celular- Dois minutos.

 

Eu: Porque a senhorita não me chamou? -falo num tom brincalhão-

 

Ayume: Você estava tão entregue a música que eu não quis atrapalhar. -Fala ela sorrindo- Fiz um vídeo, olha.

 

Ayume era minha amiga de longa data, nos conhecemos no ensino fundamental e desde então não nos soltamos mais. Apesar de termos nos conhecido no fundamental, a Ayume um ano mais velha que eu, então sou obrigada a chamá-la de "unnie".

Ela pega o celular e me mostra o vídeo, realmente eu estava entregue. Dá para ver claramente como eu expresso meu amor à música, também o ângulo que a Ayume me gravou ficou ótimo.

 

Meus cabelos marrom clarinho estava contra a luz, que o deixava mais realçado, minha pele branca estava refletindo a luz e minha voz estava afinada... Simplesmente, aquela do vídeo não parecia ser eu.

 

Eu: Omo, por que me gravou Ayume Unnie? -Falei manhosa e fiz bico-

 

Ayume: Eu não resisti... -Fala ela me abraçando- Você estava linda Dongsaeng.

 

Eu: yah, não minta -Falo corando-

 

Ayume: Não estou mentindo. Sabe quem estava te olhando? -Ela diz e eu nego com a cabeça- Kim Taehyung, o cara mais popular da escola.

 

Eu: Que nada, ele deve ter se enganando ou algo do tipo -Falo negando-

 

Ayume: Ele se enganou pela 4 vez essa semana então. - Diz ela irônica - Ele está afim de você, apenas aceite isso.

 

Dou de ombros e volto a tocar piano. Me pergunto o por que de o famoso Kim Taehyung estava a me observar novamente. Okay, apesar dele ser o cara mais badalado da escola, EU não me intimido.

Taehyung, era um dos caras mais conhecido de Seul junto de seus 6 amigos, todos K-idols... Bom, mesmo eles debutando cedo, fizeram um sucesso muito grande.

Eu os admiro de longe, mas sei que não chegarei tão longe como eles... Aí a questão, por que Taehyung estava me observando... Porque? A menina que todos puderam conhecer, mas era tímida e tinha apenas uma amiga... Porque eu?

 

Isso é algo que apenas ele poderá me responder... Isso se minha timidez deixar eu falar com ele.

 

 

 

[…]

 

 

 

 

 

Chego em casa e não vejo meu appa, minha omma ou meu irmãozinho.

 

Omma deve ter ido buscar o meu pequeno irmãozinho e o appa deve estar dando aula de música.

 

Vou para meu quarto, tiro meu uniforme e deixo a banheira encher de água morna. Esquento isso eu coloco para tocar minha playlist de músicas calmas, desligo o chuveiro e entro na banheira.

 

Fico ali aproveitando o som melancólico que saia de meu celular, pego o sabão líquido e coloco o mesmo na esponja. Esfrego em todo meu corpo e logo em seguida retiro todo o sabão. Fico longos minutos aproveitando a água morna e minhas músicas favoritas.

Saio da banheira e visto uma roupa simples, me deito na cama e adormeço.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...