História Between you and me - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Vampire Diaries
Tags Delena, Diarios De Um Vampiro, Romance, Tvd
Exibições 105
Palavras 1.126
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Vou te fazer Delirar


Fanfic / Fanfiction Between you and me - Capítulo 2 - Vou te fazer Delirar

Caímos exaustos e ofegantes na cama. Me virei em sua direção e olhei dentro dos seus olhos azuis. Pela manhã eu iria me lembrar disso e me sentir culpada. Talvez me arrependeria do que fiz. Mas tenho que falar isso.

Elena: Eu sei que você nunca tinha reparado em mim antes de ontem, mas eu gosto de você já faz muito tempo. E sei que existem muitos obstáculos, mas se você quiser podemos tentar juntos... Porque eu estou perdidamente apaixonada por você Damon Salvatore.

Esperei por um tempo, estava ansiosa e temerosa por sua resposta. Ele me olhava sem expressão, quando enfim se pronunciou.

Damon: Mas eu não... foi só uma noite Elena. Não achou que eu iria abrir mão de tudo por você, achou? E se quiser contar para o diretor para me prejudicar por ressentimento, vá em frente. Você também sairá prejudicada.

Eu me sentia destruída, como se tudo que eu sonhava fosse uma mera idiotice. E Damon achar que eu contaria isso para alguém só por vingança me machucava mais do que tudo.

Elena: Fique tranquilo, não vou contar pra ninguém. Assim como pra você, pra mim foi só mais uma noite, não espero nada de você. Isso não significou nada, que fique bem claro. E esqueça tudo o que eu disse e o que aconteceu aqui.

Ele me olhava com uma expressão indecifrável e falou em seguida, me deixando pior.

Damon: Considere feito. Nada aconteceu aqui.

Eu levantei enrolada no lençol e juntei minhas roupas. Fui ao banheiro que tinha no quarto e me vesti rapidamente. Sentia necessidade de sair dali. Estava sufocada. Passei rapidamente pelo quarto, sem me dar ao trabalho de olhar para Damon.

(...)

Cheguei ao quarto. Andava vagarosamente, não queria que Bonnie e Caroline vissem o meu estado. Me surpreendi com um barulho atrás de mim.

Bonnie: Elena, o que aconteceu? Aonde você estava?

Elena: E-eu... fui para...

Bonnie: Seguiu nosso conselho? Como foi a noite? Me conta tudo.

Não estava afim de falar sobre isso mas Bonnie iria insistir até que eu falasse algo.

Elena: Você e Caroline disseram que eu precisava me divertir um pouco. Segui seu conselho.

Ela iria continuar a fazer mais perguntas, mas aí Caroline entrou afobada.

Caroline: Meninas, Minha noite foi ótima. Finalmente o Matt me chamou pra sair. 

Bonnie: Elena também aproveitou muito Caroline. Ela finalmente saiu com alguém. E só voltou essa manhã.

Caroline agora mudou a expressão. Estava com uma cara maliciosa.

Elena; Não é nada disso que...

Caroline: Você precisa nos contar tudo. Agora.

Elena: Depois conto tudo pra vocês. Mas agora, temos que nos arrumar. Está quase na hora da aula.

Elas concordaram comigo e me fizeram prometer contar sobre a noite anterior. Teria que conseguir uma boa desculpa. Bonnie e Caroline não eram de desistir fácil. Entrei no banheiro para tomar banho. Imagens de hoje de manhã me vieram a cabeça. Fui até o espelho e jurei para mim mesma diante de imagem refletida.

Elena: Eu vou me vingar da humilhação que foi ficar com Damon Salvatore. Vou mudar, a partir de agora vai renascer uma nova Elena. E prometo que não vou parar até que ele esteja louco de amores por mim. E aí... vou dispensá-lo como ele fez comigo.

Terminei o meu banho. Me sentia revigorada. Fui ao armário e escolhi uma roupa provocante: Saia curta, e uma blusa com um decote generoso e nos pés, botas de cano curto. Passei uma maquiagem básica, mas destacando a boca com um batom forte. Me olhei no espelho. Ficou ótimo. Sexy sem ser vulgar. E para finalizar, soltei o cabelo e ondulei as pontas com o babyliss.

Caroline: Elena, você está pronta? Já vamos descer... Uau, garota você está arrasando.

Dei um riso meio envergonhada.

Caroline: Pelo visto a noite anterior te fez bem.

Piscou. Eu desconversei e falei que estávamos atrasadas. Saímos em direção a sala de aula. E adivinhem de quem era a primeira aula? Isso mesmo, Damon Salvatore. Batemos na porta e pedimos licença. 

Damon: A aula já começou faz um tempo. Vocês deveriam prestar mais atenção e...

Ele parou de falar ao olhar pra mim. Não conseguia disfarçar sua surpresa. Era a primeira vez que eu me arrumava assim pra estudar. Seu olhar de desejo era notável.

Elena: Será que podemos entrar professor Salvatore.

Ele engoliu em seco e pronunciou.

Damon: Entrem. E sentem-se nos seus lugares.

Voltou a sua postura de homem sério e professor responsável. Tudo fachada.

Sentei no meu lugar de costume na frente. Perguntei a um garoto que estava sentado atrás de mim qual a página do exercício. Ele me respondeu e fui abrir meu livro. Olhei para frente e para minha surpresa Damon olhava pra mim. Fingi que não tinha percebido nada e ''acidentalmente'' deixei cair meu apontador. Me virei de costas para pegar. Minha saia subiu um pouco e não pude deixar de olhar Damon de canto de olho. Ele literalmente me comia com os olhos. Mal disfarçava. Olhei pra ele e mordi o lábio. Ele parecia nervoso e sem reação. Para botar mais lenha na fogueira, perguntei como quem não queria nada.

Elena: Algum problema professor? Parece tenso.

Destaquei o tenso. Ele parecia que estava a tempo de explodir. Mas é Damon Salvatore, ele não se deixaria seduzir facilmente.

Damon: Nenhum problema Elena. É só que o trabalho é duro. Nada com o que eu não possa lidar.

Ele frisou a palavra duro. Por um momento eu me senti excitada. Mas tratei de tirar isso da minha cabeça. Olhei ao redor e ninguém parecia notar nada. Estavam todos concentrados nos seus exercícios.

O sinal tocou para a outra aula. Senti o olhar de Damon sobre mim. Mas fingi que não ligava e virei o rosto. Como se sua saída não fizesse a mínima diferença pra mim. Ouvi ele suspirar alto e sair. Me controlei para não rir. A outra aula passou rapidamente. A professora, Judie, era entediante, muitos alunos dormiam em meio as suas explicações. Era a hora de ir para o refeitório. Caroline e Bonnie chegaram até mim.

Bonnie: Vamos! Estou com muita fome. Não vejo a hora de comer.

Caroline: Meninas eu sinto muito, mas hoje eu irei comer com o Matt.

Bonnie: Tudo bem Caroline. Mas cuidado pra não grudar nele e acabar se apaixonando. Matt é um idiota e você sabe.

Caroline fez uma cara feia e ignorou o que Bonnie havia dito.

Bonnie: Vamos?

Elena: Já estou indo. Porque você não vai pedindo os lanches, enquanto organizo o material?

Ela assentiu e seguiu para o refeitório. Eu terminei de arrumar meus livros e anotar os exercícios e fui encontrar Bonnie para comer. Foi quando senti um puxão no meu braço.

''O desprezo é a melhor arma da sedução''.

-(Juliana Santos)



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...