História Bff? - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Comedia, Originais, Romance, Yaoi, Yuri
Exibições 25
Palavras 831
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Escolar, Romance e Novela, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oie tudo certo? Desculpe a demora é o cap curtinho ok?

Boa leitura😘

Capítulo 12 - I don't believe


Fanfic / Fanfiction Bff? - Capítulo 12 - I don't believe


- Eu te disse que hoje não haveria aula.- o portão estava fechado e não havia uma alma penada presente na rua.- o portão tá até fechado.

- Isso é porque você anda igual uma lesma, estamos uma hora atrasadas.

- Vamos voltar para casa, já tô com saudades da minha cama.

- Ela vai estar no mesmo lugar quando voltarmos.- ela disse pressionando o interfone.- e depois, quem tá dormindo nela agora sou eu.

- Isso vai ser por pouco tempo…- sussurrei para mim mesmo.

- O que?

- Nada..- logo o inspetor abriu o portão para a gente entrar, tivemos que escutar a Coordenadora reclamando que eu tinha que parar de chegar tarde e não levar minhas amigas por esse caminho. Hum como se eu tivesse levado alguém, elas já  estavam no mau caminho a muito tempo.

- Está feliz agora? Quase levamos uma suspensão por sua culpa.

- Aí Beca vai reclamar no ouvido de outro.

- Não vai dar já qUE VAMOS TER QUE ESPERAR OS PRIMEIROS TEMPOS DE AULA ACABAR.

- Shiii.- a coordenadora apareceu na porta mas logo entrou para a sala dela de novo.

- Eu-te-odeio.

- Liga pra minha preocupação, vê se ela atende.- disse rindo irônica.

- Ela atendeu e disse que se você não calar a boca, vai levar um lindo soco na cara.

- Eeiii calma, tá bom?.- não que eu tenho medo da Beca me bater, eu só não quero apanhar ela é fofa e tals mas, quando ela bate com raiva sai da frente..

- Foi você que começou.

- Eu? Você que tava gritando feito uma louca.- ela não disse mais nada, não passou muito tempo até a coordenadora nos liberar eu não estava nada afim de assistir aula.- Beca eu vou no banheiro, pode ir na frente.

- Tá bom.- ela disse com a doce voz dela, me sinto até mal por mentir, fui para o segundo andar e bati na porta do segundo ano.- professora?

- Mailly? Algum problema?.- ela parou de escrever no quadro.

- A diretora tá chamando a Íssa.- Íssa era uma amiga antiga ela era morena, tinha olhos verdes e tinha um corpo bonito assim como seu rosto. Namora o garoto mais gato da escola e é um amor de pessoa, bom, só com quem merece.

- O que será que eu fiz dessa vez?- ela me perguntou me seguindo.

- É que..- esperei até ficarmos numa área escondida do corredor e agarrei ela pela cintura.- eu estava com saudades.

- Aí Mailly não acredito que você me tirou de sala para isso.

- Aah vai só um selinho?

- Mai você sabe que eu estou namorando.- Mai era um apelido estranho que essa louca me deu.

- Um namoro de mentira.

- Ninguém precisa saber disso.- eles não tinham um namoro sério já que ele era gay e namorava o irmão dela.

- Vaii só um selinho?

- Tá só um!

Banheiro do segundo andar, 5 min depois.

- Humm, não era só um selinho?

- Ah cala boca.- ela disse me empurrando para dentro de uma das cabines e a trancado.- para uma ninfomaníaca um selinho não basta.

- Quem é ninfomaníaca?

- Você.- ela disse soltando os cabelos que antes estavam presos.

- Obviamente que não.

- Ae? Dúvida?- ela me olhou de uma maneira pervertida.

- He dúvido.- ela começou a desabotoar a blusa, mostrando seus fartos seios, não que me atraía mas né? Tentei colocar minha mão em uma parte do seu corpo mas ele me deu um tapa forte.

- Sem tocar.- isso é muita judiação, não demorou muito para ela começar a tirar o sutiã e aquela peça se encontar no chão. Ela se sentou no meu colo e me deu um beijo profundo.

Não é o mesmo gosto.

- Para você não me chamar de cruel pode tocar, mas só um pouco.- abracei ela para assim poder sentir seu cheiro, toquei em um dos seus seios e mordi seu pescoço.

Não é o mesmo toque nem o mesmo cheiro.

- Ahhh.

Não é a mesma voz.

- Desculpa Íssa, não dá.

- Eh porque? Eu fiz alguma coisa errada?

- Não é só que…

Você não é ela.

- Eu não estou me sentindo bem.- ela se levantou do meu colo.

- Quer que eu te leve na enfermaria?- ela me perguntou preocupada.

- Não eu vou sozinha.- dei um selinho nela.- na próxima a gente continua, tá?

- Hum,ok.

~

Estava no meu “esconderijo secreto” tentando dormir, o que era meio impossível já que eu não parava de pensar no que tinha acabado de acontecer, nesse momento o sinal do intervalo já deve ter tocado e as meninas devem estar me procurando para contar o que fizeram nas férias.

- É melhor eu voltar.- estava preste a sair da sala antiga atrás da escola, quando meu celular tocou.- alô? Beca?...oq..fala devagar eu não estou entendendo nada….o que? A Stefani saiu da escola?


Notas Finais


Gente hoje eu passei por um momento de tensão, eu esqueci a senha da minha conta aqui😲 tive que ir nas configurações do Google para saber kkkk foi agoniante.😓


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...