História Bicurios and the Innocent - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Scream (Série)
Personagens Audrey Jensen, Brooke Maddox, Eli Hudson, Emma Duval, Gustavo "Stavo" Acosta, Kieran Wilcox, Noah Foster, Zoe Vaughn
Tags Audrey Jensen, Bex Tk, Emrey, Scream
Exibições 115
Palavras 1.040
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Orange, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - Mensagem Estranha


Não sei se já disse, mas eu odeio hospitais. Tudo odeio tudo aqui. Por isso evito ao máximo me machucar e faço de tudo pra não ficar doente só pra não ter que vir pra cá. Não tem porra nenhuma pra fazer e um monte de gente entra direto no quarto perguntado como eu me sinto. Ta bom que acabei de voltar dos mortos mas acho que não precisa disso tudo. Queria saber como era estar morta e não é tão legal, afinal eu tava consciente quando me trouxeram acredite, aí aos poucos senti apenas uma vontade de dormir e fiz. Só não sabia que tinha morrido. Fico olhando pro teto a tarde toda até que trazem um notebook pra mim, finalmente tenho alguma coisa pra fazer. Fico pesquisando na internet jeitos de se vingar de alguém sem machucar a pessoa apenas fazer a pessoa passar vergonha. Óbvio que eu quero meter a porrada no Kieran mas assim ele ia me bater de novo e estaríamos em um círculo vicioso. Vou me vingar dele e depois o entrego a polícia. Antes de o computador ligar, a tela preta reflete meu rosto. Cheio de cortes e marcas. Ah Kieran você fez um estrago bem grande mas se você acha que eu não vou me vingar, então você não conhece Audrey Jensen.
*1 SEMANA DEPOIS*
Finalmente vou sair disso aqui, acho que isso se compara a minha felicidade ao saber que a Emma me amava. E ela está me ajudando a pegar as coisas pra sair, levou uma muda de roupa pra mim mas cara eu fiquei tão hétero de saia, a quanto tempo eu não uso saia.
Ela nota que eu fico me olhando estranho.
- Eu não tenho muitas roupas pretas e calças rasgadas, desculpa amor - eu balanço a cabeça em negação.
- Não é só que eu não me visto assim a um bom tempo então é meio estranho voltar a me fingir de hétero.
Nós duas rimos.
- Você é linda, não faz diferença a roupa - ela diz indo me beijar. Meus lábios já estão cicatrizado então não dói tanto.
- Essas cicatrizes no meu rosto estão horríveis - digo olhando pra ela.
Ela passa a mão de leve no meu rosto e me puxa pra perto com a mão livre.
- Você é linda, para com isso - ela me beija. É um daqueles momentos que eu poderia ja estar tirando a roupa ali mesmo e provavelmente teria feito se o médico não nos interrompesse. Nós separamos rápido quando ele entra.
- Bom Jensen, só precisa terminar as doses dos remédios em casa que vai se sentir melhor - ele sorri pra gente.
- Valeu por tudo doutor - digo sorrindo um pouco.
- Não precisa agradecer, tenham um bom dia - ele sai.
- Agora vamos pra casa que eu não aguento mais olhar a cara de ninguém daqui - digo pegando minhas coisas e ela me ajuda.
Ela dirige até minha casa e entra comigo.
- Não pensei que fosse sentir falta disso aqui, nossa eu vou ter que fazer uma faxina completa - está bem bagunçada não quero nem ver o tanto de poeira que tem.
- Posso te ajudar com isso.
- Dessa vez vou aceitar, mas no momento - digo me aproximado - a única coisa que quero fazer precisa também da sua ajuda também.
- Posso imaginar, vou ajudar bem garanto - ela me beija colocando a mão debaixo da minha saia. É agora sim acho que usar saia não é lá tão ruim. Pego ela no colo e coloco no sofá. Ela fica por cima tirando a blusa e beijando meu pescoço. Ela me ajuda a tirar minha blusa e aí noto as marcas no meu corpo e paro de beijar ela.
Ela percebe porque eu parei.
- Ei - ela vira meu rosto e olho em seus olhos - nada vai mudar o fato de que eu te amo - eu sorrio e beijo ela. Precisava disso mesmo ja sabendo que ela me ama, não canso de ouvir.
Ela levanta minha saia, tira minha calcinha(só estava usando calcinha porque ela levou, por mim eu estava usando box) e me lambe com vontade. Já não tenho isso a um bom tempo e ainda me surpreendo o quando ela é boa nisso. Agarro o sofá com uma mão e com a outra pego o cabelo dela. O orgasmo me atinge com força me fazendo tremer. Ela volta pra cima de mim, lambe os beiços e me beija.
Eu tento mudar de posições para fazer o mesmo mas ela não deixa.
- Não quero ter orgasmo, foi pra dar boas vindas.
Olho pra ela com cara de gato de botas pra tentar fazer ela mudar de ideia mas ela não deixa.
- Estou aprendendo também a ser ativa - ela pisca pra mim e deita em cima de mim. Ela me aperta mas não quero deixar ela sair de cima, queria abraçar ela a tanto tempo, essa semana foi um inferno sem ela. Ficamos abraçadas até que eu durmo.
Acordo de noite meu celular vibrando, Emma não está mais deitada em mim.
Pego meu celular e vejo 1 mensagens.
Aparece desconhecido no visor mas ao ler as mensagens, sei exatamente de quem são.
- A Emma nunca vai ser sua Jensen, aproveite esse tempo que tem com ela porque digamos que ela pode desaparecer - a mensagem segue com um link que clico e alguém está filmando a Emma no banho, ela nem nota e sei que está ao vivo pelo indicador da tela.
Entro em desespero e ligo pra ela mas é inútil ela está ouvindo música dentro do banheiro.
- Kieran seu filha da puta eu sei que é você, aceita que ela não te ama e segue essa sua vida miserável!
Sei que isso não vai adiantar mas pelo menos tentei. O desconhecido que sei bem ser o Kieran me manda outra mensagem.
- Kieran? Quem é Kieran? Hahaha ela vai ser minha sim Jensen, melhor sair disso antes que se machuque mais, passar bem.
Eu entendi o "se machuque mais" porque ele ja me machucou me batendo. Não vou deixar ele ganhar isso, realmente não vou.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...