História Big Girls Cry - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Karin, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Gaaino, Naruhina, Sasusaku
Exibições 46
Palavras 1.443
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 3 - Capítulo 2


 

 Flashback on

- ANDA, ME RESPONDE –Ela bateu as mãos na mesa de novo, revirei os olhos, me levantei e passei por ela- VOLTA AQUI, SUA PIRANHA –Senti uma mão segurar meu braço fortemente, puxei o mesmo com brusquidão e olhei para seu rosto raivoso

- Nunca mais encoste em mim, entendeu bem? Nunca mais -Virei as costas enquanto escutava ela bufar, sai e fui em direção ao refeitório.

- EI, SAKURA-CHAN –Escutei meu nome e fiquei procurando quem estava me chamando- AQUI AQUI AQUI –Vi Naruto acenar os braços freneticamente, sorri e fui me sentar com eles na mesa, vi os olhos de Sasuke pararem na mancha vermelha em meu braço, apenas ignorei e me sentei, logo me juntando a conversa que rolava.

   O sinal tocou, acenei para eles enquanto ia me afastando da mesa, quando estava indo em direção a sala, senti meu braço ser puxado e me vi dentro de uma sala escura, meu coração começou a bater rápido, meus olhos marejaram, eu tenho medo do escuro. Estremeci quando senti dedos finos e grandes dedilharem meu ombro até chegarem na marca que Karin deixou.

- O que aconteceu aqui? –Reconheci a voz de Sasuke, me senti mais tranquila até cair a fixa do que estava acontecendo, ele tirou delicadamente sua mão de mim e eu praguejei mentalmente

- Não foi nada, pode ficar tranquilo –falei enquanto tateava o ar em busca de seu corpo, senti ele segurar minha mão- Obrigada –Sussurrei

- Foi a Karin, acertei? –Afirmei com a cabeça e suspirei

- Ela apenas foi perguntar o que eu penso que sou para chegar perto de você –Ele deu um riso nasalado

- Não se preocupe com ela, eu vou te proteger a partir de hoje –Senti seus braços me rodearem em um abraço que logo retribui.

Flashback of

5 meses depois

- S a k u r a –Vi dedos acenarem na minha frente, pisquei freneticamente e olhei para cima- Estou te chamando a um tempão, poxa –Vi Yoko, minha chefe, colocar as mãos na cintura e fazer uma expressão raivosa

- Desculpa, Yoko-chan –Sorri enquanto sua expressão ia suavizando e um bico infantil se formava em seus lábios, olhei no relógio enquanto o nervosismo voltava.

  Após esse acontecimento Sasuke ficou mais próximo de mim, seu relacionamento com Karin acabou após o mesmo ter pego ela com outro na cama, enquanto eu o consolava percebi que havia me apaixonado, hoje ele havia me chamado para sair, a ansiedade tomava conta de mim. O sino da entrada tocou, me levantei e me posicionei atrás do balcão

- Bem-vindo ao Sweet World, qual é o seu pedido? –Sorri para o rapaz em minha frente, ele realmente era muito bonito

- Vou querer um café –Colocou a mão no queixo enquanto analisava o cardápio em suas mãos- E um bolo de chocolate para viagem, por favor –Seu olhar se dirigiu a mim- A propósito, sou Sasori Akasuna –Levantou sua mão

- Prazer, sou Sakura Senju –Sorri e ele sorriu de volta, virando e sentando em uma mesa próxima a porta, olhei para Yoko e a mesma me olhava com um sorriso malicioso.

- Parece que a senhorita Saky-chan conquistou mais um coração –Corei violentamente

- Yoko-chan –Resmunguei- Ele só tentou ser amigável, pare de ser pervertida –Ela deu uma breve gargalhada e foi para sua sala

   Peguei o copo e me virei para a máquina de café, olhei para o relógio pela milésima vez, estava quase na hora de ver o Sasuke-kun, sorri bobamente, voltei minha atenção ao aparelho em minha frente terminando de encher o copo.

  Me dirigi a mesa, coloquei seu pedido em sua frente e observei o livro que o mesmo lia, ele levantou o olhar para mim e sorriu

- Sou estudante de medicina –Meus olhos brilharam, meu sonho sempre foi fazer medicina

- Sério? Meu sonho era fazer medicina –Um sorriso surgiu em seu lábio

- Era? Por que era? –Desviei o olhar para o chão

- Porque não gosto de ver sangue –Ouvi uma risada, e olhei para ele. Sua risada era linda

- Acontece –Ele falou enquanto batia no ar- Aqui –Me estendeu uma pedaço de papel, peguei e abri observando um número de celular- Meu número, será que você é... podia me ligar para eu salvar seu número? –Vi suas bochechas ficarem vermelhas e seu rosto abaixou um pouco para esconder a coloração que havia tomado, sorri com isso

   Peguei meu celular, anotei o número rapidamente e liguei, quando vi a tela de seu celular brilhar, desliguei.

- Obrigado, Sakura –Ele se levantou, pegando a mochila, livro e na outra o café e a sacola com o bolo- Foi um prazer te conhecer –Sua boca se dirigiu a minha bochecha deixando um beijo estalado na mesma, corei- Te mando mensagem –Sorri e acenei com minha mão, virei para me dirigir ao balcão quando dou de cara com a expressão maliciosa de Yoko.

- Sendo gentil, é? –Ela riu e eu corei- Vim avisar que você já pode ir, até amanhã, Saky-chan –Ela me abraçou e foi para sua sala, suspirei e olhei no relógio 18 horas, tirei meu avental, peguei a mochila e sai da confeitaria.

   Yoko me conheceu quando fui comprar um bolo em sua confeitaria, conversamos e ela logo perguntou se eu queria um trabalho, logicamente eu aceitei, com tempo viramos grandes amigas. Fiquei tão imersa em pensamentos, que quando percebi já estava em casa.

   Abri a porta e dei de cara com Kaito e Aika assistindo um desenho qualquer na televisão, quando Kaito me viu, veio correndo em minha direção.

- One-saaaaaan –Peguei ele no colo, sorri enquanto ele enchia meu rosto de beijinhos, vi Aika se levantar e vir maio cambaleando até mim, suas mãozinhas se ergueram para cima

- O-o-kaas-a-n –Suspirei e coloquei Kaito no chão, peguei ela em meu colo

- Oi, meu amor –Beijei sua bochecha enquanto ela brincava com a mecha do meu cabelo, sorri colocando ela no chão.

   Me dirigi ao banheiro, tirei minhas roupas e entrei em baixo do chuveiro. Quando Aika começou a me chamar de mãe, eu e Tsunade tentávamos corrigir ela e falar que eu era irmã, coisa que não teve êxito. Logo, tia Tsu mandou eu deixar quieto, pois era melhor ela achar que eu era sua mãe do que saber que sua okaasan havia falecido de forma tão trágica, concordei e desde então tento não ligar quando ela me chama assim. Desliguei o chuveiro e me secava enquanto ia em direção ao meu guarda-roupas.

    Optei por um vestido azul florido não tão curto, nos pés uma sapatilha preta, ajeitei meu cabelo e achei melhor deixa-lo solto, passei uma maquiagem básica que consistia em lápis, delineador e um batom vermelho claro. Me olhei no espelho e sorri com o resultado, eu estava linda. Meu celular vibrou e eu peguei observando a mensagem

“ Oi, só queria dizer que te achei linda e realmente espero ter a chance de te conhecer melhor, beijos Sasori “

   Ignorei a mensagem guardando o celular na bolsa, desci as escadas me despedindo da tia Tsunade e de Kaito, passei por Aika e dei um beijo em sua testa. Me dirigi ao ponto de táxi que ficava em frente de casa e disse o endereço. Durante o percurso minhas mãos soavam, sentia uma sensação estranha no estômago, e só de lembrar que teria meu primeiro encontro com o Sasuke-kun sorria bobamente.

   Cheguei no destino, paguei o taxista e agradeci. Me dirigi para dentro da lanchonete favorita do Uchiha e vasculhei o lugar com os olhos, não o vi. Me sentei em uma mesa qualquer e fiquei observando o local. Olhei para o relógio e o mesmo apontava 20:30, suspirei, ele está 30 minutos atrasado. 

   Fiquei lá enquanto o tempo ia passando, ligava e era ignorada, mandava mensagens e ele não recebia. Já era 22h e nada dele. Meu coração apertou, e se tiver acontecido algo com ele? Peguei o celular e liguei de novo

- Alô –Escutei sua voz rouca do outro lado da linha, me arrepiei

- Sasuke-kun, aconteceu algo? –

- Não aconteceu nada, Sakura. Por que? –Franzi o cenho

- Você esqueceu do nosso encontro, não é? –Dei uma pequena risada e escutei ele praguejando baixinho

- Por Kami, desculpe Saky, eu estava com dor de cabeça e acabei dormindo demais minha irmã acabou de me acordar, me desculpe mesmo –Sorri e quando abri a boca para falar escutei uma voz feminina atrás

- Sasuke-kun, desligue o celular e volte para cá –Gelei, lágrimas saiam dos meus olhos

- Dor de cabeça, não é? –Escutei ele chamar meu nome, mas não esperei, desliguei. 


Notas Finais


Espero que gostem <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...