História Big Girls Cry - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Karin, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Gaaino, Naruhina, Sasusaku
Exibições 29
Palavras 1.622
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 4 - Capítulo 3


   Acordei com uma forte dor de cabeça, talvez por ter vindo o percurso todo da lanchonete até em casa chorando, ou por não ter parado nem quando cheguei em casa. Suspirei pesadamente me levantando da cama, mirei a porta e Kaito estava parado me olhando

- One-san, por que você estava chorando? –

- Não estava chorando, Kaito-kun, vem cá –Abri meus braços e ele veio correndo me dar um abraço

- Se foi porque não dormi com você, desculpa. É que eu estava com tanto soninho que acabei dormindo no meu quarto, você não me odeia né one-san? –Sorri e neguei com a cabeça enquanto afagava seus cabelos com a minha mão.

- Precisamos urgentemente de um cabelereiro, olha o tamanho da sua juba –Fiz uma cara de desgosto e ele emburrou

- A não one-san, cortar não –Ele cruzou seus braços e balançou a cabeça negativamente

- Cortar sim –Sorri e ele emburrou mais ainda

- Não, não, não, não –Vi um mini sorriso infantil surgir na boca dele

- Aé? –Coloquei ele na cama e comecei a fazer cocegas- Vai cortar o cabelo? –

- V-oou s-ii-m –Ele tentava falar em meio as risadas que ecoavam em meu quarto, parei e puxei seu corpo para um abraço, escutei ele sussurrar- Amo você, one-san –Apertei mais o abraço

- Amo muito você, Kaito-kun –Desfiz o abraço me afastando para ver seu rosto- Quer que eu te dê banho? –Ele negou com a cabeça e foi saltitando para o corredor me fazendo sorrir com isso, o sorriso morreu quando vi que Sasuke estava me ligando de novo, ignorei e fui tomar banho.

   Sai do banheiro devidamente vestida, me olhei no espelho vendo as enormes olheiras que haviam se formado abaixo dos meus olhos, bufei irritada passando maquiagem para esconder, prendi meu cabelo em um rabo de cavalo, peguei minha mochila e desci.

- Você está melhor? –Ouvi tia Tsunade perguntando assim que cheguei na cozinha. Ela foi me buscar na lanchonete após eu ligar aos prantos para a mesma.

- Estou sim –Murmurei enquanto pegava uma torrada do prato que se localizava na mesa- Tia, você leva o Kaito hoje? Eu quero ir um pouco mais cedo –

- Claro que levo, querida –Agradeci enquanto colocava leite esquentar para Aika- Aliás, sua patroa ligou e disse que hoje você está de folga –Olhei com uma cara interrogativa para ela- Yoko-san disse que ia ter que resolver uma coisa em sua cidade natal, e que você não precisava ir hoje –

- A sim, obrigada por avisar –Beijei sua bochecha e fui em direção a porta, sem antes escutar sua voz ecoar no local

- Deixe ele se explicar Sakura –Bufei e sai em direção ao colégio

    Chegando na entrada, avistei Ino lixando as unhas ao lado de Hinata e Tenten, me aproximei rápido das três, a loira quando notou minha aproximação deu um sorriso malicioso

- E aí, como foi o encontro? –Notei a malicia em sua voz

- Não teve encontro –Abaixei o olhar enquanto Ino parecia processar o que eu disse

- O que aconteceu, Sakura-chan? –Escutei a voz aveludada de Hinata, olhei para ela e sussurrei

- Eu fiquei esperando ele, tentava ligar, fui ignorada várias vezes –Fechei meus punhos – Quando me atendeu disse que estava com dor de cabeça, eu logo fiquei preocupada, até que escutei uma voz feminina chamando ele de volta –Sorri amarga

- Eu vou matar aquele desgraçado –Escutei Ino falar enquanto segurava fortemente a alça de sua bolsa. Hinata me abraçou, escutei o sinal tocar e me dirigi a sala depois de me despedir das meninas.

   Da porta já observei Sasuke em seu lugar, me sentei ao seu lado em silêncio, e o resto da aula foi assim, não trocamos nenhuma palavra, nem mesmo no intervalo. Achei que ele tentaria se explicar, mas acho que nem isso acontecerá.

   O sinal tocou anunciando o final das aulas, vi Sasuke descer apressado, suspirei pegando minha mochila e me retirando da sala. Saindo do colégio, sinto meu braço ser puxado em direção ao estacionamento, vejo os cabelos arrepiados e os ombros largos que reconheceria em qualquer lugar me arrastando pela calçada.

- Ei, me largue –Falei tentando novamente parar, sem êxito- Dá para você me explicar o que está acontecendo, Sasuke? –Ele me lançou um olhar sério, e virou o rosto para frente parando perto de um carro preto, abriu a porta e me olhou

- Entra –Neguei com a cabeça – Entra logo, caramba –Me assustei com seu tom e entrei, me encolhendo no banco assim que ele entrou do outro lado.

    O motorista nos guiou até o bairro de elite de Konoha, parando em frente a uma mansão com um emblema nos portões de ferro que logo foram abertos me dando ampla visão de um jardim colorido e muito bem cuidado, observei cada detalhe que era possível, mamãe se apaixonaria por aqui, sorri com isso.

- Vamos, Sakura –Abri a porta e desci ainda observando o jardim, sinto minha mão ser segurada e olho para o lado observando seus olhos ônix – Venha –Me puxou delicadamente em direção à entrada da casa, abriu a porta e eu me assustei com o tamanho daquele lugar.

- Oniiiii –Vi uma cópia do Sasuke menor e feminina vindo correndo em sua direção, senti minha mão ser solta e vi ele pegar a menina no colo

- Yumi, essa é Sakura –Vi ela me olhar e arregalar levemente os olhos

- O cabelo dela parece algodão doce –Ri com esse comentário, até que escutei uma voz feminina, a mesma que eu havia escutado no telefone ontem

- Sasuke, ainda bem que chegou Yumi-chan não queria almoçar sem você –Direcionei o meu olhar a figura jovial que se encontrava perto da escada, seus cabelos negros estavam presos em um coque frouxo, em seu corpo estava uma blusa do Mickey e um shorts. Desviei o olhar para o chão, por que Sasuke me trouxe aqui?

- Okaasan, eu demorei porque tive de esperar ela –Olhei para ele assustada, ele chamou aquela moça de que? – Essa é Sakura, minha namora –Me assustei mais ainda, namorada? Olhei para ela novamente e vi um sorriso iluminar sua face.

- Por Kami, Fugaku e Itachi venham aqui rápido –Ela se aproximou de mim me abraçando fortemente, retribui não entendendo o que estava acontecendo – Você é tão linda –

- Querida, o que aconteceu? –Vi dois homens de terno descendo a escada, ela virou para eles e falou

- Essa é a namorada de Sasuke, Sakura –Ela me olhou novamente e me abraçou, olhei de solsaio para Sasuke e o mesmo estava com um sorriso de canto nos lábios, ele teria que me dar uma explicação.

- Prazer Sakura, sou Itachi o primogênito e o mais bonito diga-se de passagem –Ri com o comentário escutando Sasuke bufar, o homem mais velho estava meio afastado me analisando, abaixei o olhar quando ele se aproximou

- Sou Fugaku, um prazer conhece-la –Cumprimentei com um aperto de mãos enquanto ele mantinha um olhar desconfiado sobre mim.

- Prazer, senhor –Sorri para o mesmo, que em resposta me deu um sorriso de canto

- Vou subir, vamos Sakura –Senti minha mão ser segurada novamente

- Mas filho, vamos almoçar agora –Mikoto murmurou triste

- Já vamos descer, primeiro tenho que conversar sério com ela –Soltou minha mão e deu um beijo na testa de sua mãe, senti uma pontada de inveja por ele poder fazer isso e eu não.

   Senti minha mão ser puxada em direção a escada, o caminho até seu quarto foi em completo silêncio, chegamos até a última porta do corredor, ele abriu e eu fiquei admirada. O quarto era em um tom de azul escuro e os móveis brancos, a organização era impecável, fiquei observando cada detalhe daquele ambiente, até sentir minha cintura ser envolta por braços e uma respiração quente parar em meu pescoço, suspirei pesadamente enquanto meus pelos se eriçavam.

- Ótimo, agora que estamos sozinhos, me explique o que aconteceu –Me afastei – A voz feminina no telefone e que papo é esse de namorada? –

- Ei, calma –Ele deitou de barriga para cima na cama – A voz feminina no telefone era da minha mãe acho que você já conseguiu perceber que era dela, ela veio no quarto cuidar de mim –Vi um sorriso surgir em sua face – E sobre você ser minha namorada, eu ia te pedir ontem, mas estraguei tudo –Colocou as mãos sobre o rosto, coloquei a mochila no chão, sentindo uma onda de adrenalina passar em meu corpo.

    Me aproximei da cama, coloquei uma perna de cada lado do seu corpo me sentando sobre seu membro, por eu estar de saia dava um contato mais íntimo ainda, ele retirou as mãos de seu rosto e me olhou com malicia, me aproximei de seu rosto.

- Você pode concertar tudo –Sussurrei perto dos seus lábios, contornei eles com língua e escutei ele rosnar baixo, senti sua mão máscula apertar minha bunda e gemi baixo

- Namora comigo? –Ele sussurrou olhando diretamente nos meus olhos, como resposta colei nossos lábios, minha boca foi invadida por sua língua e logo travamos uma deliciosa batalha, senti sua mão apertar minha bunda novamente o que resultou em outro gemido, nos separamos por falta de ar, e eu me sentei sobre seu membro sentindo seu volume, suspirei pesadamente

- Leve isso como um sim –Ele deu um sorriso e me observou com um olhar carregado de luxúria, mordeu os lábios e praguejou baixo quando dei uma pequena rebolada, levou suas mãos para minhas coxas apertando fortemente elas.

- Eu amo você, Sakura –Sorri enquanto ele sentava e tirava minha blusa

- Também amo você, Sasuke-kun –Suspirei sentindo seus lábios no meu pescoço.

   


Notas Finais


NÃO ME MATEM, AMO VCS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...