História Big Little Lies - Capítulo 28


Escrita por: ~

Exibições 1.939
Palavras 978
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Já criei o grupo....quem não está, deixe o número nas notas finais (não esquece do código de área e de separar cada número)

Boa leitura ❣️

Capítulo 28 - A verdade


Pov Camila 

Não está sendo fácil ficar nessa faculdade, prestar atenção em tudo. Estou aérea de tudo e de todos hoje. 

{...}

- Ih Mila, você tem visitas. - Mani diz quando saímos da faculdade. Olho para frente e vejo Lauren, encostada em seu carro. Finjo que não a vi e caminho para longe, mas nem tudo é como queremos. 

- Camila! Ei! - Lauren segura meu braço. Olho para ela e desisto. 

Uma hora teríamos que conversar. 

- O que eu disse para você Lauren? - ela nega e toca meus ombros. 

- Vamos conversar Camila, por favor? - diz com sua voz falha. Suspiro e cedo de uma vez. 

- Tudo bem! - Olho para minhas amigas e faço sinal para elas irem. 

Caminhamos em silêncio até o carro de Lauren. Entramos e ela logo da partida.

- Queria entender o que te deixou assim. - diz concentrada na estrada.

- Acho que você sabe muito bem. - suspira e se ajeita no banco.

- Camila eu não sou adivinha. Seria melhor se você me falasse de uma vez. - diz já sem paciência.

- Você transou com a Keana no mesmo dia que descobriu que ela te trai. Quer mais motivo que isso? - digo rindo irônica e Lauren me olha confusa.

- C-como? Eu transei com a Keana? - me olha incrédula e nega sorrindo. - Você sonhou por um acaso? - cerro meus olhos e bufo.

- Eu ouvi muito bem ela gemendo pra você ontem de noite. - ela solta uma gargalhada alta. Encaro ela confusa.

- P-por Deus Camila. Eu ouvi os gemidos dela, mas eu estava na sala e ela estava fazendo com seus próprios dedos. - arregalo meus olhos e paro para pensar. 

Quão burra eu fui? 

Se eu continuar assim, Lauren não vai querer mais nada comigo por me achar muito criança e imatura.

- S-sério? - pergunto desacredita e Lauren assente.

- Seríssimo. Foi por isso que você saiu lá de casa? - concordo levemente e abaixo a cabeça. - Não precisa ficar com vergonha, eu entendo você. Até eu ficaria assim se entendesse errado a situação. - olho para ela e dou um sorriso de lado.

- Desculpa Lauren, me desculpa mesmo. - digo e ela nega. - O que? - ela ri e estaciona o carro na frente de sua casa.

- Só te desculpo, se você voltar para a nossa casa, vai ver só eu e você agora. - arregalo meus olhos e encaro ela confusa. - Sim! Eu me separei de Keana. - abro um sorriso.

- Vamos entrar! - digo e saímos do carro. 

Entramos na casa e pulo direto no colo da Lauren. Ela nos gira e sorrimos uma para a outra.

- Só eu e você agora meu amor. - diz e colo nossos lábios, em um beijo cheio de saudades.

- Já está me levando para o quarto Jauregui? Me leve para a cozinha primeiro, preciso comer. - digo enquanto ela sobe as escadas, comigo em seu colo. 

- Eu também preciso comer. - diz maliciosa. Dou um tapa em seu ombro e me bato em seu colo.

- Me deixa sair Lauren! Me larga cacete! - ela prontamente me larga.

- Camila falando palavrão, isso é novo. - dou o dedo pra ela e desço até a cozinha. 

Me sento na mesa farta de comida e logo Lauren aparece.

- Obrigada Marie, sempre caprichando. - diz para sua governanta.

- Que isso menina. Sabe que sempre quis te agradar. - nos deixa sozinhas.

- O que acha de irmos ao cinema hoje? - olho para Lauren e sorrio.

- Uma ótima ideia. - sorrimos s começamos a comer.

{...} 

- Desta vez você no escaper! - Lauren diz no meu ouvido e pulo de susto. 

- Cala boca! Já tá complicado jogar e tu fica me colocando medo. - ri de mim e se ajeita do meu lado.

Estamos na sala. Eu decidi jogar um pouco de vídeo game. Lauren colocou Resident Evil 4, o que está me fazendo tremer dos pés à cabeça. 

- Uno forasteiro! - Pulo mais uma vez de susto e corro até um esconderijo no jogo.

- Não pequena, você tem que matar o zumbi. - não ligo para o que ela diz e continuo tentando me esconder. Viro meu personagem e dou de cara com um zumbi com uma pá. 

- AAAHHH - largo o controle e fecho meus olhos. - Eu morri! Eu morri! Eu morri! Eu morri! - Lauren gargalhada do meu lado e fuzilo ela com o olhar. - Tá rindo do quê palhaça? - ela engole em seco e levanta suas mãos em rendição.

- Desculpa, vou te deixar jogar sozinha. - diz se levantando. Seguro seu braço e ela me olha.

- Não saia daqui, não me deixa sozinha. - ela tenta ri, mas desiste ao olhar pro meu rosto. 

- Tudo bem, vou ficar aqui te protegendo! - se ajeita e passa seus braços pelo meu ombro. 

Volto a jogar com muito receio.

- Eu sei onde você está! - arregalo meus olhos e saio correndo novamente. - A Ashley vai morrer, mas que se foda, tenho que me salvar. - me escondo.

- Se ela morrer você morre amor. - Lauren diz debochada. 

- Ah! Cansei dessa merda! - jogo o controle no colo da Lauren e saio da sala. 

- Estressadinha! - Lauren debocha baixinho, mas eu ouvi. 

- O que disse Jauregui? - volto pra sala e ela está toda encolhida no sofá.

- Digo a zumbi aqui, toda estressada atrás do Leon - da um sorriso amarelo. Estreito meus olhos para ela e me viro.

- Tô de olho Jauregui, tô de olho! - saio da sala e caminho até o quarto.

Que dia maravilhoso ao lado da mulher que eu amo! 


Notas Finais


Camila sou eu jogando Resident Evil uahauahs...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...