História Big love - Capítulo 38


Escrita por: ~

Visualizações 7
Palavras 1.416
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 38 - Kids...


Fanfic / Fanfiction Big love - Capítulo 38 - Kids...

POV'S SELENA GOMEZ

Logan dormia calmamente. Eram agora oito horas da manhã. Ele estava com a cabeça no travesseiro e a minha estava apoiada no seu abdômen, abraçando sua cintura. Sua respiração estava calma e estava tão quieto dentro do quarto que eu estava quase dormindo de novo, quando o celular faz um barulho. Logan se mecheu na cama.

- Está acordada? Ele perguntou com uma voz rouca e sexy, fazendo um carinho na minha cabeça.

- Infelizmente. Respondi depositando beijinhos no seu abdômen. Ele soltou uma gargalhada gostosa e eu sorri, passando minha perna em cima das suas. - Acho que temos que levantar. Eu disse inclinando minha cabeça e o olhando.

- Tem certeza? Por que, a cama está tão quentinha e o mundo lá fora e tão assustador e cheio de paparazzi. Ele disse me puxando puxando para cima dele e dando beijinhos seguidos no meu nariz.

- Isso é trapaça, você sabe que eu adoro os seus beijos. Ainda mais quando beija meu nariz. Eu disse e ele sorriu como se já soubesse que eu iria falar isso. - Eu te amo.

- Eu também te amo Logan. Respondi devolvendo o sorrindo e o puxando para um beijo. Ele sentou na cama e eu sentei em seu colo, colocando uma perna de cada lado do seu corpo. Coloquei minhas mãos em seu pescoço e ele levou as dele até minha cintura, por debaixo da minha blusa. Nos separamos e eu deitei minha cabeça no seu ombro, sentindo o cheiro do seu shampoo.

*** 

Terminávamos o café da manhã, Logan de vez em quando fazia umas caretas para mim e eu tinha que me controlar para não cuspir o café de tanto rir.

- Eu vou pro set de thirteen reasons why hoje, ver se as gravações estão indo normalmente e rever aquele elenco engraçado. Eu disse me levantando e ajeitando meu cabelo no grande espelho da sala.

- Me chamaram para tirar umas fotos pra uma revista. Infelizmente as fotos são com a Cara e vou ter que levar o café da manhã dela. Logan respondeu.

- Boa sorte com isso. Cara fica apertando a bunda de todo mundo. E sem muita proximidade hein. Brinquei e ele assentiu sério.

- Sim senhora, não me aproximarei do inimigo! Ele respondeu e eu revirei os olhos, mandando um beijinho pra ele. Peguei a escova de cabelo e fui até o mesmo, penteando seu cabelo. - Seu cadarço. Ele advertiu e eu levantei o pé, para o mesmo amarrar. Ele deu um beijo no meu joelho e eu sorri. Nos levantamos e ele pegou a chave do seu carro, jogando a minha pra mim.

- Tchau lindo, tenha um bom dia. Eu disse o abraçando quando saímos de casa.

- Obrigado, você também. Love you. Me deu um beijo e um abraço. Entrei no meu carro e dei a partida, começando a andar.

POV'S LOGAN LERMAN

Estacionei o carro e sai, acenando para os paparazzi que me seguiam com afinco. Eu não os culpava por isso, a maioria queria estar aqui tanto quanto eu. Entrei no estúdio e avistei a Cara.

- Bom dia Lermanzinho. Como vai a Selenita? Ela perguntou dando um pulo nas minhas costas. 

- Está de bom humor as nove e meia da manhã? Perguntei surpreso e ela forçou um riso de deboche. 

- Geralmente meu organismo só acorda depois de meio dia, mas hoje eu acordei feliz. Provavelmente porque Nat comprou bacon peruano. Ela respondeu e eu assenti. Agora sim fazia sentido. Cara estava feliz por causa de bacon, e não era novidade. Fui para um camarim me trocar. Coloquei uma calça preta, vãns da mesma cor, uma blusa de manga curta branca com uma estampa de banda e suspensórios preto. Arrumaram meu cabelo pra cima e deram uma bagunçada nele. Sai de lá e Cara estava também com uma calça preta, em vez de tênis estava de salto e uma blusa com a mesma estampa que a minha. Nos preparamos e começamos a tirar as fotos. Ela subia nas minhas costas e eu ria. Nos empurrávamos de leve e ela ficava falando coisas engraçadas. Mecheu no meu cabelo e demos as mãos algumas vezes. Depois ainda troquei de roupa e coloquei um terno, para tirar mais fotos.

-Isso é estranho, sua mão é bem macia. Cara disse no inteintervalo.

- Vou aceitar como elogio. Respondi bebendo água e ela riu, sendo acompanhada por mim.

***

POV'S FREDDIE HIGHMORE

Eu não tinha nada para fazer essa tarde, literalmente. Eu estava na sala vendo televisão e Taylor estava sentada do meu lado no sofá. A mesma estava com as pernas em cima das minhas e com seu violão no colo. Ela cantarolava uma melodia.

- Vou fazer uma música para você. Taylor disse sorrindo e eu a olhei.

- Significa que vai terminar comigo? Perguntei fingindo estar sério e ela me jogou uma almofada rindo. Peguei suas mãos e a puxei para o meu colo, a abraçando em seguida. 

- Eu gosto do seu cabelo. É macio. Ela disse enquanto brincava com meus fios e eu fechei os olhos. - Também gosto de ficar com você, morar com você, beijar você... Ela falou e eu sorri, abrindo os olhos e a puxando para um beijo.

- Eu também te amo. Respondi e Foia. Vez dela de sorri pra mim. Nos sentamos no sofá e ela voltou para seu violão. - Aliais você fica muito sexy assim... Eu disse a olhando e ela me deu língua. Taylor estava com uma blusa curta e um short também curto, usando meias e com seu violão vermelho. Eu ficava hipnotizado, toda vez que ela colocava seu cabelo loiro atrás da orelha. Dava vontade de meu jogar em cima dela e enchê-la de beijos. Nat me ligou minutos depois me chamando para a casa dele.

- Na verdade, eu também vou sair. Almoço com o Ed. Ela disse. Taylor e ele eram amigos e eu confiava totalmente nela, sem falar que ele era legal. Mas só por precação.

- Estou de olho. Disse fazendo um sinal com as mãos e ela veio até mim, me roubando um beijo. Calcei meu sapato e sai de casa.

***

Jogávamos vídeo game, como sempre, Nat é totalmente viciado nisso.

- Porque está em casa hoje? Perguntei sem desviar os olhos da televisão.

- Dia de folga. Ele respondeu dando de ombros. - Eu ia ligar para o "Percy", mas ele foi chamado para uma sessão de fotos junto com a Cara. 

- E como vai a vida de casado. A gente não se vê tem uns três dias. Eu disse o olhando quando um de nós morreu e o jogo parou.

- Vai bem. Eu e Cara somos compatíveis do nosso jeito. Nat respondeu enquanto íamos para a cozinha. Ele pegou um copo de suco e me entregou outro.

- Já pensam sobre filhos? Perguntei e sentamos de frente para a bancada.

- Já falamos sobre isso, mas nada muito sério. Digo, se ela engravidasse amanhã ou depois, ia ser uma felicidade para nós. Mas não estamos planejando nada. Ele respondeu e eu assenti. Eu nunca tinha pensado sobre filhos também.

POV'S SELENA GOMEZ

Fiz o mesmo caminho de costume para o set de filmagens. Estacionei o carro no estacionamento privado da equipe e caminhei até uma das portas. Quando a abri, dei de cara com Brandon e Ross, um jogando bolinhas de papel no outro.

- Oi Selena! Eles falaram juntos e saíram correndo.

- Crianças... Alisha disse se aproximando junto com Katherine.

- Como vão as filmagens? Perguntei enquanto caminhávamos para a sala do elenco.

- A segunda temporada é tão triste quanto a primeira. Portanto, as brincadeiras no set aumentaram. Katherine disse e a abriu a porta. Entramos e ela sentou ao lado do Dylan, dando um beijo em sua bochecha.

- So cute! Alisha disse e olhamos para ela. - Desculpa, é que vocês são meu shipp favorito depois de lorena. Ela disse e eu revirei os olhos rindo. O resto do elenco estava espalhado pela sala, e Miles tentava com todas as suas forças fazer o refrigerante cair mais rápido da máquina.

- Dylan e Miles. Vocês vão gravar agora. Um dos estagiários os chamou e aassentirem. Dylan deu um selinho na Katherine e saiu da sala, sendo seguido por Miles. Antes deles saírem totalmente viraram e fizeram uma careta, arrancando gagargalhadas de nós.

- Como eu disse... Crianças. Alisha disse e rimos novamente.


Notas Finais


:)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...