História Bijuu may cry - Capítulo 51


Escrita por: ~

Postado
Categorias Devil May Cry, Naruto, Power Rangers
Personagens , Grimmjow Jaegerjaquez, Guren, Hana Inuzuka, Ino Yamanaka, Karin, Karui, Konan, Mei, Menma Uzumaki, Nagato, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Orochimaru, Personagens Originais, Raito Yagami, Sakura Haruno, Samui, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Tayuya, Temari, Tobirama Senju, Tsunade Senju, Yugito Nii
Tags Anjos, Aoi Kusanagi, Dampiros, Demonios, Deuses, Gaaryuu, Gaitsu, Grimmata, Ken, Kibakarui, Kyo Kusanagi, Kyugi, Leekin, Licantrópicos, Menlu, Nagakagu, Naruino, Narukarin, Narushion, Narutayu, Naruyumi, Nejifuu, Nejikonan, Shinoyugao, Suianko, Tobimei, Zaraki Yumi, Zenaku
Exibições 89
Palavras 2.617
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Seinen, Shounen, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem.

Capítulo 51 - Capítulo 51


Fanfic / Fanfiction Bijuu may cry - Capítulo 51 - Capítulo 51

Capítulo 51 – Se livrando de um problema.

A chuva em Tóquio rapidamente começou a se intensificar, mas mesmo assim uma figura vestindo uma capa de cor magenta corria apressadamente pelas ruas do bairro industrial da capital japonesa até finalmente chegar ao seu destino uma casa que se situava em frente à BMC, a figura sem pensar duas vezes tocou a campainha de dentro da casa em questão e logo alguém de dentro veio lhe atender.

?: Ah és tu Anko, que bom que tu vieste. – Comentou uma mulher para Anko enquanto sorria para a mesma. – Vamos entra logo, pois a chuva estar a piorar aí fora e não é uma boa ideia ficares nessa chuva. Completou a mulher dando espaço para Anko entrar na casa.

Anko: É isso mesmo que irei fazer Yugito, pois ninguém merece pegar uma chuva como essa que surgiu do nada, até parece que foi alguém que a provocou. – Comentou após adentrar a casa. – Mas indo ao que interessa por que você e a Samui me pediram para vir aqui e pelo jeito deve ser algo bem importante já que chamaram atrás de um jogo online e vez de me ligarem? Perguntou para a loira.

Yugito: Perdoe-me por tê-la chamado através do jogo, pois eu não queria gastar os créditos de meu telemóvel para falar contigo sendo que através do jogo estava mais fácil te contatar. – Respondeu Yugito. – Mas voltando ao assunto nós chamamos-te aqui, pois talvez possamos ajudar-te com teu problema das manchas negras em teu corpo, pois suspeitamos do que possa ter sido injetado em teu corpo para causar tais manchas. Completou Yugito vendo um pequeno sorriso se formar por debaixo das ataduras de Anko.

Anko: Vocês podem mesmo fazer isso e como você sabe falar português? Perguntou Anko para a loira.

Yugito: Samui e eu aprendemos a falar português quando estávamos a procurar o Bicho Cidrão na Ilha da Madeira em Portugal e nós podemos ajudar-te com teu problema. – Respondeu Yugito. – Então se não te importares tu poderias me seguir até o porão, pois a Samui estar a nos esperar lá embaixo e lá iremos explicar-te melhor como iremos ajudar-te. Completou Yugito fazendo sinal para Anko a seguir.

Anko nada disse apenas seguiu Yugito em silêncio até o porão que a loira citara e no fundo torcia para que ela e Samui pudessem ajudá-la, pois não aguentava mais ser chamado de múmia ou de coruja de um olho só pelos japoneses então se as loiras conseguissem fazer tais manchas desaparecer ela seria grata às mesmas e ela estava tão distraída que só notou que havia chegado ao porão quando ouviu a voz de Yugito lhe chamando enquanto Samui se encontrava sentada numa cadeira apenas a fitando sem nenhuma expressão em seu rosto.

Yugito: Ei Anko tu ainda está aí? Perguntou Yugito para a Mitarashi fazendo-a voltar à realidade.

Anko: Estou sim é que fiquei meio distraída ao me imaginar que talvez finalmente eu me ver livre dessas malditas manchas. Respondeu Anko retirando as faixas em seu rosto mostrando que o mesmo se encontrava totalmente escurecido enquanto de seus olhos se encontrava totalmente amarelo enquanto mostrava sinais de que também ficaria amarelo muito em breve.

Samui: Aí que tu enganas-te, pois se a causa das manchas em teu corpo for o que eu e Yugito estamos a pensar que é, será impossível removê-las, pois elas agora fazem parte de ti, portanto removê-las seria o mesmo que lhe amputar alguma parte do corpo. – Respondeu Samui vendo a Mitarashi fechar a cara com tal afirmação. – Porém podemos ajudar-te a controlá-las e fazê-la regredir até que pareçam com apenas uma simples tatuagem em teu corpo, mas já vou avisando-te que o método que usaremos vão fazer teu corpo ir ao extremo até que tu consigas controlar as manchas, ou melhor, até que tu consigas controlar tua transformação que em breve estará em seu segundo estágio. Completou Samui vendo Anko a olhar com uma cara questionadora.

Anko: Duas perguntas o que seria a “causa” das manchas e o que vocês querem dizer com essa história de transformação? Perguntou Anko às duas.

Yugito: Respondendo primeiro à segunda pergunta a resposta é bem simples tu estás a te transformar em algo próximo de um demónio. – Respondeu Yugito vendo Anko encará-la com uma cara de “explique isso melhor”. – As manchas negras em teu corpo são o primeiro estágio de tua transformação e quando elas dominam por completo o teu corpo é sinal de que o primeiro estágio está completo e que o segundo estágio está a se iniciar e quando este estiver completo tu serás uma humana com o corpo tão forte quanto o de um demônio e antes que tu perguntes uma vez que as manchas negras se manifestam a transformação tem que ir até o fim ou teu corpo nunca poderá regredir a sua forma original digo isso, pois aconteceu o mesmo comigo quando injetaram o soro felino em mim. Completou Yugito fazendo sinal para Samui continuar com a explicação antes que Anko viesse com mais perguntas.

Samui: Antes que tu perguntes, eu irei te explicar, o soro felino é um soro desenvolvido por nossa mestra com a finalidade de ajudar as pessoas a se recuperarem de seus ferimentos mais rapidamente ao agilizar o processo de regeneração celular, ela usou como base do soro o sangue de demónios do tipo regeneradores o qual ela purificou com seu poder para evitar a contaminação por causa das impurezas que as células demoníacas possuem e assim ela desenvolveu cinco amostras do soro, o soro apresentou os resultados desejados por ela quando aplicado em um homem, porém quando ela usou o soro em mulheres o resultado foi além do que ela desejava, pois além da regeneração celular avançada o soro acabou por causar mutações no corpo das mulheres em questão transformando o corpo das mesmas em algo bastante similar ao corpo de um demónio apesar de não terem propriamente se tornado demónios tampouco híbridas de demónio e humano. – Comentou Samui vendo Anko a encarar com um olhar neutro. – E eu tenho quase certeza que a causa das manchas negras em teu corpo foram causadas pelo soro felino apesar de eu não ter a mínima com este tal Grimmjow conseguiu uma das duas amostras restantes do soro e ainda por cima tê-la aplicado em ti sem querer nada em troca para isso sendo que este soro renderia ao mesmo uma fortuna, pois quem não ia querer um remédio que cura tuas feridas quase que instantaneamente apesar de causar mutações em mulheres e seu efeito em homens desaparece cerca de dois minutos após sua aplicação? Completou Samui de forma questionadora tentando imaginando os de Grimmjow ter aplicado o soro em Anko sem mais sem menos.

Anko: Então quer dizer que nunca mais voltarei a ser como eu era antes, mas querem saber uma coisa dane-se isso tudo desde que eu fique mais forte com isso, pois talvez nessa nova forma minha eu consiga pregar uma peça no Suigetsu depois que eu conseguir controlá-la. – Comentou Anko com um sorriso sapeca. – Mas indo ao que interessa como será este treino que vocês aplicarão em mim? Perguntou Anko.

Samui: Primeiro tu terás que lutar contra nós por doze horas diretas, pois deste modo forçaremos teu corpo atingir o segundo estágio da transformação mais rapidamente e depois disso iremos ensinar-te como fazer a transformação regredir até tu assumires sua forma humana novamente e também como alternar entre os estágios de sua transformação para ganharmos aumento em suas habilidades. Respondeu Samui enquanto a cor de seus cabelos começava a mudar para o branco e uma fina camada de gelo envolvia seu corpo e Anko podia jurar que a temperatura daquela sala começou a diminuir drasticamente.

Anko: Parece um treino simples para mim. Comentou Anko se pondo em posição de batalha.

Yugito: Aí que tu enganas-te, pois durante todo o treino nós iremos fazer a temperatura daqui mudar drasticamente indo do frio extremo ao calor em questão de segundos para que teu se adapte a mudança drástica de temperatura e também para que tu atinjas seu limite físico mais rapidamente, pois assim exigirá mais de ti para sempre superes teus limites. – Disse Yugito vendo que Anko não demonstrou nenhuma reação com tal relato. – Então Anko tu estás disposta a passar por este treino ou, como vós brasileiros dizeis, vias pedir arrego e chorar no colo da mamãe? Perguntou Yugito de forma provocadora.

Anko: Você está me estranhando por acaso garota nunca ouviu falar não, a rapadura é doce, mas não é mole não. – Comentou Anko estalando de sua mão enquanto Yugito e Samui com um sorriso confiante na cara. – Vocês disseram que doze horas diretas seria o tempo necessário para eu atingir o segundo estágio de minha transformação né, pois saibam que conseguirei atingir tal estágio em menos de seis horas então venham com tudo que tiverem que aguentarei qualquer coisa que usarem contra mim. Completou com convicção enquanto fazia sinal para as duas a atacarem.

Yugito: Já que tu insistes assim será então. – Disse Yugito fazendo um manto de chamas azuis a envolver. – Estás pronta Samui? Perguntou Yugito a Samui enquanto fazia suas garras crescerem.

Samui: Sim eu estou mais do que pronta. – Respondeu Samui criando garras de gelo sobre os dedos de sua mão direita. – Prepara-te Anko, pois nós vamos com tudo agora e iremos ver se tu és mesmo uma mulher de palavra. Completou Samui avançando a toda velocidade contra a Mitarashi acompanhada de Yugito.

Anko: Espero não morrer com este treino. Foi tudo que Anko disse antes de desviar por puro instinto de uma investida lateral das loiras enquanto sentia um choque térmico atingir seu corpo devido ao calor e frio extremo que Yugito e Samui respectivamente emitiam de seus corpos.

# Enquanto isso na BMC #

Shion com dois rodos em mãos se encontrava no momento na sala da BMC terminando de passar pano no local, pois segundo Mei isso a ajudaria a não ser dependente de apenas uma de suas mãos no combate, pois isso poderia lhe prejudicar num combate então ao passar pano no chão usando um rodo em cada mão a ajudaria a aprender trabalhar com ambas ao mesmo tempo faria com que seu cérebro percebesse que ela possui a mesma mobilidade em ambas e não em apenas uma como é o caso de muitos canhotos e destros que existem atualmente por aí, pois usam apenas uma de suas mãos durante um combate e isso acaba por deixá-los muitas vezes vulneráveis em um combate por isso desenvolver ambidestria pode lhe bastante útil num combate, mas aprender ambidestria é mais fácil na teoria que na prática, pois Shion levou cerca de quarenta e cinco minutos só para pegar o jeito de como manusear os rodos com apenas uma de suas mãos e mais quinze minutos para conseguir iniciar o serviços de passar pano no chão maestria usando dois rodos ao mesmo tempo e para completar a mesma ainda se encontrava descalça e tinha que tomar o máximo de cuidado possível para não escorregar e dar de cara com o chão, mas isso também fazia parte de seu treinamento já que segundo Mei isso a ajudaria a manter o equilíbrio algo crucial em um combate, pois uma queda poderia significar sua morte em um combate já que seu adversário iria se aproveitar de sua queda para lhe matar sem dó nem piedade.

“Shion”: Eu ainda acho que a sensei está apenas se aproveitando de mim para fazer seus serviços aqui e disfarçando tudo com essa história de treino. – Comentou Shion para si mesma em pensamentos. – Mas felizmente estou terminando aqui e depois disso poderei descansar pelo resto. Shion completou seus pensamentos ao imaginar tendo o resto do dia livre apesar de não poder fazer nada devido ao fato de estar chovendo no momento e também porque tinha seus trabalhos como assistente de Naruto.

Karui: Nossa essa chuva acabou nos pegando de surpresa, mas ainda bem que o pulguento e eu já estávamos perto daqui e por isso não acabamos nos molhando muito. Comentou Karui adentrando na BMC sendo acompanhada por Kiba e Shino.

Shino: Bem como eu vim de carro até aqui eu me livrei de tomar chuva. Comentou Shino de forma indiferente.

Shion: Ah não o piso em que eu acabei passar pano! Exclamou Shion chamando a atenção dos recém-chegados para si.

Kiba: Ei pirralha nos desculpe por isso, mas se for culpar alguém por isso que culpe o Naruto, pois foi quem nos chamou aqui alegando que precisaria de nós aqui, pois precisa da gente para trabalhar na inaugurando de um de Café Cosplay. Retrucou Kiba recebendo um pequeno beliscão de Karui terminar sua fala.

Karui: Mais respeito com a Shion pulguento, pois o nome dela é Shion e não pirralha. – advertiu Karui o Inuzuka. – Bem Shion desculpe o pulguento aqui por isso, mas se nos der licença iremos ao escritório pegar informações sobre este trabalho e depois conversamos melhor. Completou a ruiva indo para o escritório da BMC arrastando Kiba pela gola da camisa e acompanhada por Shino.

Shion: Bem acho que agora poderei terminar com isso. – Comentou Shion para si mesma se preparando para terminar seu serviço, porém antes que ela começasse a passar o pano, a porta da BMC fora aberta novamente e um Naruto todo passou pela mesma antes de ir de encontro ao chão e só não o beijando novamente porque Shion foi rápida e o segurou antes de cair. – Naruto-kun o que aconteceu com você para estar neste estado e pera não era para você estar no escritório neste exato momento? Shion foi jogando as perguntas em cima do loiro sem se importar com o fato de Naruto ter deixado o piso da sala todo molhado novamente.

Naruto: Uma pergunta de cada vez Shion respondendo sua primeira pergunta eu estou neste estado porque abusei do uso de minha técnica de movimento rápido e isso acabou por me deixar neste estado, pois meu corpo ainda não se acostumou a usá-la por tempo prolongado e respondendo a sua pergunta eu deixei um clone em meu lugar no escritório, pois tinha um compromisso importante hoje o qual eu não podia me ausentar, pois se o fizesse teria que esperar um ano para ir ao mesmo novamente então saí às escondidas e deixei um clone em meu lugar para ninguém notar a minha ausência. – respondeu Naruto as perguntas de Shion. – Agora que eu respondi as suas perguntas será que poderia me ajudar a chegar até o meu quarto, pois eu realmente estou bastante exausto então poderia me ajudar com isso? Perguntou Naruto à loira.

Shion: Sim te ajudo, mas vai ficar me devendo um favor por isso. Respondeu a loira apoiando Naruto em seus ombros e começando a andar em direção à escada que os levaria até os quarto.

Naruto: Tudo bem se estiver ao meu alcance eu te farei qualquer favor que você me pedir. Respondeu Naruto enquanto começava a subir as escadas.

Shion: Bom saber disso e fique sabendo que irei cobrar este favor de você e caso que você não cumpra com sua palavra irei falar para a minha mãe que você está me explorando aqui como sua assistente. Retrucou a loira de forma ameaçadora se lembrando de como Naruto teme Tsunade após a pequena luta que tiveram há algumas semanas.

Naruto: Nem precisa falar nada para a sua mãe, pois eu costumo cumprir minhas promessas Shion. Respondeu Naruto pálido com tal ameaça provinda da loira.

“Naruto”: Melhor eu cumprir essa promessa ou irei virar pano de chão caso a Shion cumpra com essa ameaça. Comentou Naruto em pensamentos enquanto terminava de subir a escada e rumava a seu quarto no fim do corredor.

CONTINUA...


Notas Finais


Até o próximo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...