História BillDipp: Amor inesperado - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Candy Chiu, Dipper Pines, Grenda, Mabel Pines, Pacifica Northwest, Stanford "Ford" Pines, Stanley "Stan" Pines, Wendy Corduroy
Tags Bill Cipher, Billdip, Dipper Pines, Lemon, Mabcifica, Mabel Pines, Pacifica Northwest, Will Cipher, Yaoi
Exibições 198
Palavras 1.157
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Fantasia, Hentai, Lemon, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Mais um capítulo! Yay!
O próximo será meio "impressionante" vamos dizer....
Fiquem com a fic!

Capítulo 8 - Que dor é essa?


Fanfic / Fanfiction BillDipp: Amor inesperado - Capítulo 8 - Que dor é essa?


~~Dipper on~~
--Dias depois--
Wendy estava me beijando e eu só conseguia lembrar a cara de Bill ao me ver com ela...
-Dipper? Oque foi? Você parece triste? -Wendy falou- ......Quer saber Dipp? Vai atrás dele...
-Oqueee???? Você acha que eu ainda gosto dele?? Wendy, não fale mais isso por favor -pedi pra ela
- Dipper, eu sei que você o ama, só não admite para si mesmo, mas você não para de pensar nele, voltei aqui para te ver depois que fiquei sabendo que você iria morar aqui e eu tinha me apaixonado por você...mas sabe...acho que Bill realmente te quer...não só como brinquedo...ele quer te proteger, vai atrás dele! -ela falou e logo me abraçou 
-Mas como assim brinquedo?! Como vc sabe? -perguntei com medo da resposta
-Tenho contatos! Tipo Mabel! -ela falou rindo- Dipper se você não sair eu vou te dar um chute! Vai atrás dele!
Então saí correndo, fui em na casa de Bill, porém ele não estava lá.
Até que fui na floresta, perto de um lago, todo cristalino, ele estava lá, em pé olhando para o céu (já era de noite), com aquela linda lua.
Ia falar com ele mas...aparece Toby.
- E-eu...DROGA -gritei
- D-DIPPER??? -Bill gritou correndo para me abraçar, mas eu me soltei.
- Olha...já vi que você me esqueceu...-falei choramingando.
-Hahahaha!! Pinheirinho você é hilário! -ele falou rindo- depois que você saiu com Wendy, eu e Toby conversamos e eu disse que infelizmente não poderia corresponder os sentimentos dele e então deixei ele na FriendZone! Deixei claro que só queria vc -ele falou manhoso
- Mas oque vocês estão fazendo nesse lago...sem camisa? -eu falei meio excitado ao vê-lo sem camisa.
-Só achamos que poderíamos nos divertir um pouco, mas claro só como amigos, estava me guardando para você -ele falou passando sua mãe em meu cabelo, o bagunçando.
- M-mas....v-você....M-me a-a-ama? -perguntei corado
- É claro! Pinheirinho Eu te amo sim! -ele falou feliz
Então Toby saiu do lago e foi embora.
- Agora é com vocês! -ele falou rindo
-Então Pine Tree, sentiu falta de mim? -ele perguntou com um sorriso estampado no rosto.
Então eu o beijei e disse
-Isso responde sua pergunta?
Então ficamos nos beijando loucamente. Como eu sentia falara daquela língua habilidosa.
Então ele colocou sua mão debaixo de minha camisa passando sua mão pelo meu corpo.
- Bill...agora não. Vamos dar um tempo...-falei meio corado 
- Cu doce -então ele estralou os dedos fazendo com que ficássemos sem roupa.
-Bill, eu já disse que não, me devolve as minhas roupas -falei
-Não precisa me chamar tanto de Bill...me de um apelido! -ele falou manhoso
- Ta, Doritos Humano, devolva minha roupa -falei já com raiva
-Isso magoou, não vou ficar calado Pinheirinho -então sem mais nem menos ele entrou em mim. Senti uma dor insuportável. 
Gemi de dor.
- B-Bill, saia, agora -eu falei meio nervoso, mas estava feliz por poder sentir aquilo de novo.
-Não! Eu te amo Pinheirinho, mas isso não quer dizer que irei te obedecer! -ela falou quando começou com os movimentos de vai e vem.
- B-B-Bill...ahhhn...p-pare...-falei gemendo.
- Mais uma vez: Não! -ele falou enquanto aumentava a velocidade e a força das estocadas.
Estávamos chegando ao nosso ponto...e então gozamos...
- B-Bill....-falei ofegante- E-eu te M-mato... 
- H-hahaha...-também ofegante falava- não, Pine Tree, s-sei que gostou.
Então ele estralou os dedos e nossas roupas voltaram.
Eu me levantei puxando Bill para ele levantar também, estávamos a caminho da cabana quando escuto um galho quebrar, quando olho para trás vejo Mabel.
Nesse momento eu gelei e fiquei igual a um pimentão.
- O-oque foi isso bro bro? -ela falou meio corada e segurando o riso
Então olhei para Bill e ele estava com uma cara de "se vira aí" e também de "se você não contar eu conto".
Então olhei para Mabel.
- O-oque esta fazendo aqui Mabel? ...não era para você ter visto isso... -falei envergonhado
- AÍ QUE FOFO! EU SHIPPO DEMAIS! AGORA AINDA MAIS DO QUE ANTES! -ela gritou
- Cala a boca! Os nossos tivôs vai escutar! -Então os nossos tivôs saíram da cabana e viram Bill de costas, no caso eu e Bill estávamos de costas olhando para Mabel.
- Fodeu...-ela falou
- O-oque? -quando olhei para trás quase tive um enfarte
- BILL?!?!?!? -perguntou Ford
- Há quanto tempo Ford! -ele falou sorridente
- MABEL E DIPPER SAIAM DE PERTO DELE! ELE É UM DEMÔNIO -ele gritou
- BRO BRO VOCÊ NÃO ME FALOU QUE BILL ERA UM DEMÔNIO! -ela falou com raiva.
Então eu olhei com uma cara de "esqueci hehe"
Então tivô Ford pegou um de seus diários...mas era um que eu nunca tinha visto.
Então ele começou a falar coisas estranhas e pude ver Bill gritar de dor.
- PARE FORD! NÃO QUERO VÊ-LO SOFRER! PAREPAREPAREPAREPARE! -eu gritava e chorava
Quando ele parou eu corri e abracei Bill
- Mas que PORRA é essa? -Ford falou -quero explicações 
- Bom...conheci Bill em um ônibus enquanto vínhamos para Gravity Falls...e então nos apaixonamos.... -falei vermelho
- 1- VOCÊ É GAY?! 2- ELE É UM DEMÔNIO! NÃO PODE TER SENTIMENTOS! 3- VOCÊS JÁ FIZERAM SEXO? -ele perguntou gritando
- Er....-fiquei vermelho- 1-Acho que sou... 2- Eu não ligo se ele é um demônio ou não.... 3- N-não! -falei guarguejando.
- Dipper, ele não presta... -ele falou tentando me "recuperar"
-Eu estou aqui sabia? -Bill falou brincando
- Pra mim...ele presta... -então me virei a Bill- vamos sair daqui.
-Tem certeza? -ele perguntou
Eu assenti com a cabeça então eu colocou sua mão em minha cintura e nos teletransportamos para casa de Bill.
- Dipper...só acho que você fez cagada. -ele falou enquanto ia se sentar na sala.
- Se eu estiver com você nunca será uma cagada -então eu comecei a beijar o pescoço dele.
- Pinheirinho...você está me deixando excitado -ele falou com um sorriso no rosto
- Isso não é bom? -falei com uma cara maliciosa enquanto mordia meu lábio.
- Pinheirinho, nunca mais faça isso -ele falou enquanto fechava a cara
- Oque? Isso? -então mais uma vez mordi meu lábio.
Então ele se levantou e me pós sobre a parede prendendo meu braços.
- Vou te punir Pine Tree -ele falou feliz em me ver daquele jeito
- Dessa vez eu deixo...-falei corado
Então tivemos uma noite agitada...
Quando acordei, como vocês já sabem, com aquela dor vi que Bill dormia, ele era lindo enquanto dormia.
Então eu beijei sua bochecha e ele acordou.
- Vamos Doritos Humano, vamos tomar café -falei manhoso
-Antes que tal um banho? Nos dois? -ele falou com aquela cara
-Logo cedo? Seu tarado -falei zombando dele
- Sou mesmo...por você sim...
Então do nada ele gritou de dor.
Pensei que era meu tivô atendi aquilo....mas não era
- DIPPER SAIA DAQUI AGORA -ele gritou, pude perceber que ele estava com medo
-EU NÃO VOU SAIR BILL!
~~cσทτiทυα~~








 


Notas Finais


Essa foi a fic! Amanhã terá mais!
Deixem suas opiniões!
Bjos de açúcar ❤️❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...