História BillDip:Uma nova chance - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Candy Chiu, Mabel Pines, Pacifica Northwest, Soos Ramirez, Stanford "Ford" Pines, Stanley "Stan" Pines
Tags Bill, Bill Cipher, Billdip, Gravity Falls, Lemon, Mabcifica, Narradora Louca, Reverse Falls
Exibições 239
Palavras 956
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Magia, Mistério, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Eu juro q escrevi a fic e depois procurei a foto kkkk

Capítulo 4 - O vocabulário.


Fanfic / Fanfiction BillDip:Uma nova chance - Capítulo 4 - O vocabulário.

Realmente não aconteceu nada a noite inteira,só o Bill que usou meu braço de urso de pelúcia,mais se eu mechese ele iria acordar e eu não sei como lidar com um demônio bravo por ter acabado de acordar,então eu tive que deixar porque...eu olhei pra aquele rostinho bronzeado e suas bochechas rosadinhas e seus lábios grossos...PERAI OQUE EU TO FALANDO? Calma ai Dipper pensa antes de...pensar? DOQUE EU TO FALANDO? quer saber acho que vou tomar um banho e depois acordar o Bill...

Levantei-me da cama peguei a toalha e as roupas e fui para o banheiro,senti um pouco de água fria cair em meus ombros e depois senti as gotas quentes cairem,depois de tomar meu banho e colocar as roupas sai do banheiro do quarto e fui acordar o Bill,sai do banheiro e vi uma cena que acho que nunca iria ver na minha vida inteira! Era o Bill sentado na ponta da cama de costas pra mim secando o seu cabelo molhado,olhei suas costas e nela tinha uma marca,não a de um triângulo com olho,quase,mais era um triângulo com olho de chapéu com os braços finos abertos,Bill se levantou e se virou pra mim e pude ver seu corpo magro mais definido,ele estava de olhos fechados e antes dele abrir voltei pra dentro do banheiro,fingi que iria sair dali só agora,quando sai do banheiro olhei pro Bill-que também me viu-e desviei nossos olhares e olhei pro chão e disse meio corado.
-Humm...

Ele riu.

-Gostou doque viu Pinheirinho?-Eu ainda estava olhando pro chão-Os humanos não ficam sem camisa?
Fiz que não com a cabeça,Bill vestiu uma camiseta qualquer que ele viu por ai.
-Que estúpidos!-Reclamou ele-Todos nascemos...humm...vocês nasceram sem roupas e agora tem vergonha disso?

Eu ri.

-Antigamente sim-Falei-Mais agora todos usamos roupas e...se não usarmos seria até crime-Fiz uma pausa-Seria como usar roupas em um lugar que ninguém usa.
Ele riu.
-Tomou banho aonde?-Perguntei.
-Sua irmã deixou eu tomar banho no quarto dela enquanto ela comia-Falou ele.
-A MABEL DEVE TER COMIDO TODA A COMIDA!-Exclamei.
-Não vai não-Falou ele-Ela me explicou que humanos tem que comer antes de aprender e tal;dai eu pedi a ela pra fazer mais comida.
-Sério?-Ele fez que sim com a cabeça-Valeu.
Ele deu um sorriso e fomos para a cozinha,Mabel não tinha comido tudo,comemos...eu comi,Bill não quis comer.
-Bill-Falei-Não vai comer?
-Não,eu não estou com fome-Ele respondeu.
-Mais tarde vai ficar com fome-Falou Mabel com a boca cheia de torrada.
-Alias cade aquele servo?-Perguntou Bill.
-Servo?-Perguntei-Á! O Soos.
-Sim,ele-Bill fez cara de tipo "Ele..." 
-Ele fala que somos bastante grandes-Respondi-E ele vem ver agente duas vezes por semana.
-Ele não mora aqui?-Perguntou Bill.
-Morava-Respondi-Mais enquanto estamos aqui ele vai ficar na antiga casa dele,com a mãe dele.
-MAIS EPERA AI!-Exclamou Mabel-Como você sabe que ele morava aqui?
-Verdade-Exclamei.
-Eu hum...-Bill olhou pro relógio da cozinha-Ei vocês não saem de casa as 06:40? Bem são 06:50!  
-DIPPEERRR VAMOSSS!!!-Mabel me puxou pelo braço e eu puxei Bill pela mão,ele ficou surpreso pela minha atitude.
 
[...]

Andamos nem uma esquina.

-Mabel pode nos soltar?-Pedi.
-Tá bom-Ela nos soltou.
-Obrigado!-Falei.
-Hummm Dipper-Ela apontou para a minha mão.
Olhei para minha mão e eu e o Bill estavamos de mãos dadas.
Me assustei e soltei a mão dele.
-Hummmmm-Ela pensou-BillDip! Exclamou ela.
-Oque?-Perguntei.
-O shipp de vocês-Respondeu ela.
-Ai não!-Exclamei.
-O oque?-Perguntou Bill confuso.
-O shipp de vocês-Respondeu Mabel.
Como a explicação da Mabel não foi das melhores eu expliquei pra ele.
-É tipo o nome de um casal-Falei-Se junta o nome das duas pessoas.
-Humm-Bill parece ter intendido.
Continuamos a caminhar e chegamos na escola 10 minutos atrazados,quando chegamos na porta da sala o professor mandou nós irmos para a diretoria,eu e Mabel ficamos morrendo de medo,mais o Bill só disse "É só uma velha Dipper!" 
-Não é só uma velha-Falei.
-É a velha!-Completou Mabel.
-Vocês são tão exagerados-Bill revirou os olhos.
Fomos na diretoria e fomos recebidos pela aquela voz fina e falhada da "Velha" que seria o novo apelido dela (E primeiro por sinal).

-VOCÊS ACHAM QUE EU NÃO TENHO NADA MAIS IMPORTANTE DOQUE FICAR CUIDANDO DE COISINHAS COMO AS SUAS?-Perguntou ela depois que dissemos a ela que o professor nos mandou pra cá.

-Bom é que chegamos atrazad-Bill me interrompeu.

-Senhora,temos certeza que a senhora tem muitas coisas pra fazer e que a senhora não tem tempo para nós e tal,então porque a senhora não deixa nós irmos de uma vez e a senhora tem mais tempo para seus afazeres?-Fiquei chocado com a resposta do Bill.

-Hummm...tem sorte que o senhor é bem educado sr.Cipher...ok,não posso deixa-los entrarem na aula agora...nem hoje,então vocês terão que ir pra casa-Ela fez uma pausa-E tem muita sorte de eu não ligar pros pais de vocês para virem busca-los-Ela ajeitou uns papeis na mesa-AGORA SAIAM DAQUI!-Ela berrou.

Saimos correndo dali.

-Bill como você fez isso?-Perguntou Mabel.

-Eu só pensei nas palavras que pessoas velhas falam-Falou Bill.

-Tipo você-Falei.

-Não sou velho-Protestou ele-Só tenho 130 milhões de anos!

-Só?-Falamos Mabel e eu em coro.

Ele riu.

-Bom acho que temos o resto do dia livre-Falou Bill colocando a mão no bolso e saindo da escola.

-Meninos eu vou pra casa-Falou Mabel-Vocês vem?

-Não,eu quero comprar umas roupas pro Bill-Falei-Ele não vai usar minhas roupas pro resto da vida.

-Tá bom-Ela deu um beijinho na minha bochecha.

-Tchau-Falei.

Fomos para o shopping e o Bill parecia uma criança em uma loja de brinquedos querendo ver e tocar em tudo.

 

~~*Perai oque eu estou fazendo? Levando ele pra comprar roupas?*~~

 


Fomos para o shopping e o Bill parecia uma criança em uma loja de brinquedos querendo ver e tocar em tudo.


~~*Perai oque eu estou fazendo? Levando ele pra comprar roupas? Eu só devo ser louco!~~*
 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...