História Bird set free - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren
Exibições 255
Palavras 1.972
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OOOOI, eu iria vir mais cedo mas minha internet resolveu me fazer de trouxa hj e tá pegando razoavelmente só agora então vim postar antes q caia novamente, fotinha de capa da reuniãozinha delas, ótima leitura!

Capítulo 29 - Questões


Fanfic / Fanfiction Bird set free - Capítulo 29 - Questões

Lauren’s P.O.V

A semana se passou e eu estava cada dia mais apegada à Camila, eu nunca fui assim com ninguém e ao mesmo tempo em que eu me sentia insegura com algo eu me sentia feliz, liberta, completa. No colégio eu não desgrudava dela, só quando tínhamos aulas separadas, e percebi que algumas pessoas passaram a tratar melhor a Camila, não digo que foi por eu estar próxima a ela ou meu nome ter alguma influência, gostaria de pensar que a mente deles havia mudado. A única que continuava do mesmo jeito era a Alexa e suas seguidoras, claro. Desde o dia no início da semana em que ela havia feito aquela gracinha ridícula com a Camila que eu a olho com um olhar fuzilante, tenho certeza que ela havia notado mas continuava tentando se aproximar de mim mesmo com eu ignorando todas as suas tentativas, será que ela não cairia na real nunca?

– Ela tem uma cara meio psicótica, vocês não acham? – Dinah dizia enquanto quebrava alguns amendoins, nós estávamos na casa da Mani fazendo uma espécie de lanche.

– Total – Mani falou concordando com ela, hoje a Alexa me encarou o dia inteiro enquanto estávamos no intervalo.

– Ela deve ter um super crush por você, pena que a Camilinha já te fisgou não é mesmo – Dinah falou e eu neguei com a cabeça, nem que a Camila não tivesse aparecido pra mim eu ficaria com a Alexa, ela era exatamente do tipo de garota de que eu fugia, que não me atraía nem pela beleza.

– Falando em Camila, será que ela já chegou? – eu perguntei quase que pra mim mesma, era para ela estar aqui também junto do Harry mas ela havia ido fazer uma consulta de rotina e o Styles havia ido viajar para ver sua família no fim de semana, que morava em outro estado.

– Que linda, a viu de manhã e já está com saudades – Normani falou fazendo um coração ridículo com as mãos e eu dei o dedo do meio para ela.

– Vai se foder, Normani, eu só fiz uma pergunta que veio na mente – falei mas sim, eu já estava com saudades, como falei antes nós estávamos muito apegadas, principalmente depois que a levei ao meu “lugar secreto” e confessei todas aquelas coisas, agora ela tinha toda a certeza do que eu sentia.

– Me engana que eu gosto – Ally disse enquanto voltava do banheiro para a cozinha.

– Se até a Ally disse, ta dito – Dinah falou e eu dei leves batidinhas com minha cabeça na bancada, o que eu tinha feito para merecer essas garotas? Depois de todos os petiscos preparados, nós fomos até a sala e começamos a escolher alguns filmes, por votação ganhou um de terror, o que deixou a baixinha levemente emburrada. Depois de cerca de meia hora percebi que a Normani e a Dinah estavam bem focadas na televisão enquanto a Ally parecia mais distraída, escondendo o rosto entre as mãos em várias cenas, então aproveitei para falar com ela sobre algumas perguntas que eu tinha pendentes na mente.

– Ally – sussurrei para ela que me olhou com as sobrancelhas levantadas em sinal de que estava ouvindo – você pode me ajudar numa espécie de... missão? – a questionei e ela rapidamente sentou ereta no sofá em que estava me dando sua total atenção.

– Fala logo, qualquer coisa vai ser melhor do que continuar vendo esse filme – ela disse fazendo uma careta e eu ri.

– Então, eu estava meio que querendo pedir a Camila em namoro e... – eu não consegui continuar porque assim que citei a palavra “namoro” ela deu um gritinho histérico e as meninas pararam na hora de ver o filme e se viraram para nós com uma expressão de espanto em seus rostos.

– Vão, virem, continuem vendo esse filme ridículo, o assunto é particular – Ally falou séria e as duas deram de ombro voltando a atenção novamente para a televisão, a baixinha então suspirou fundo e se virou para mim sorrindo abertamente – é sério isso? Ai meu deus a Camila vai morrer – ela disse com uma carinha apaixonada.

– Minha intenção não é essa – eu disse arregalando os olhos e ela riu – eu sei que você a conhece há bem mais tempo que eu e acho que isso vai ser útil – falei e ela balançou a cabeça em afirmação.

– Eu vou amar ajudar, eu sou expert nisso, conte comigo – Ally falou e eu suspirei, ainda bem que ela parecia bem animada e disposta a isso.

– Então vai desembuchando algumas coisas que ela gosta, ela é romântica ou mais fechada? Prefere ambientes abertos? Será que ela vai dizer sim? – falei já me sentindo um pouco nervosa, eu nunca havia gostado de alguém a ponto de pensar em namoro, mas desde o primeiro contato que tive com a latina eu sabia que era aquilo que eu queria mais pra frente, e sinto que já tinha passado da hora até.

– Hey Lauren, calma, claro que ela vai dizer sim, eu nunca vi a Camila tão feliz na vida desde que você apareceu pra ela e eu estou realmente feliz com isso, você é a melhor pessoa que ela poderia ter encontrado e eu abençoo vocês – ela disse e eu sorri, a baixinha era uma amiga ótima – enfim, vamos ao que interessa – ela falou e começou a me contar dos detalhes das perguntas que eu havia feito, sempre me vinha outra na mente e eu anotava as respostas na memória, a minha era razoavelmente ótima e estava confiando nisso para não esquecer, porque eram informações muito importantes. Depois de um tempo conversando sobre algumas preferências da latina fomos interrompidas pelo que pareceu ser o fim do filme.

– O que vocês tanto conversam? Aposto que nem viram quando o carinha do mal foi devorado por aquele bicho esquisito – Normani comentou e a Ally fez sua careta de horror novamente.

– Hum... depois eu conto pra vocês – falei e a Normani semicerrou os olhos, ela já sabia que eu tinha a intenção de pedir a Camila em namoro mas quis fazer aquele suspense porque sabia que ela morria de curiosidade por qualquer coisa mesmo que fosse mínima.

– A Lauren vai pedir a Mila em namoro e queria umas dicas, só isso – Ally falou quebrando o meu momento de animação, olhei pra baixinha com uma cara de raiva que ela pensou ser por aquilo talvez ser um segredo – ai me desculpa, eu não sabia que não podia contar, Lauren – ela disse fazendo uma carinha super fofa e então eu sorri.

– Tá tudo bem, eu só queria tentar fazer a Normani implorar para eu contar o que era mas ela já sabe, e contaria agora para a Dinah também, se é que a bocuda da Manibear já não contou, mas acho que elas não falam muito por estarem com as bocas ocupadas, se é que me entendem – falei e a Ally caiu na gargalhada, a baixinha já sabia que as duas tinham um pequeno caso porque as viu se pegando no banheiro, elas realmente não sabiam se esconder.

– Só não te mato porque terei testemunhas então se considere uma garota de sorte, Jauregay – Normani disse com a cara fechada e eu fui até ela a encher de beijinhos, o que fez ela amolecer um pouco.

– A Mani não me disse nada mesmo porque estávamos ocupadas... esquece – Dinah falou e eu não segurei o riso, até a Normani riu – enfim, fico feliz por vocês, Lauren, vocês duas super combinam e fazem muito bem uma pra outra – ela completou e eu agradeci.

– Agora só falta o Harry saber, já to vendo até o surto que ele vai ter – falei e as meninas concordaram, ele era o mais energético do grupo e com certeza iria ter várias ideias ou sugestões loucas, eu só queria que fosse um pedido inesquecível para a latina e que ela gostasse porque tentaria colocar tudo que eu sabia sobre ela numa cartada só.

– A Camila é o xodozinho dele, vai ficar tão emocionado – Ally falou e eu sorri, Camila tinha feito bons amigos naquele colégio, mesmo com tantos problemas que ela tinha que enfrentar, principalmente por causa da doida da Alexa.

– Ah, e você vai pedir pros pais dela também? – Dinah perguntou, eu já tinha pensado nisso também.

– Sim, eu vou primeiro pedir pra Camila e se ela aceitar vou pedir a seus pais, quero fazer tudo certinho e espero que eles concordem – falei mas não tinha muito receio dessa parte, eu adorava a família Cabello e percebia que eles tinham muito amor e dedicação para com Camila, e ela já havia me dito que eles não tinham preconceito nenhum, então eu estava bem confiante. Ficamos conversando mais um pouco e então meu celular apitou em som de mensagem, quando vi que era da Camila abri rapidamente, ela dizia que já havia chegado da consulta e me perguntava se ainda estava na casa da Normani, respondi afirmando e então ela me mandou uma segunda mensagem perguntando se eu queria sair pra fazer algo e eu disse que sim, que era pra ela estar na sorveteria do Jamie em quarenta minutos, eu não levaria nem meia hora para chegar lá mas queria fazer umas perguntas ao senhor também.

– Aposto um rim que é a Camila – Mani disse ao me ver sorrindo ao responder uma mensagem e eu só revirei os olhos – não falei? – ela disse rindo em tom de vitória.

– Eu vou indo gente, vou encontrar a Camz na sorveteria, muito obrigada pela ajuda Allycat e vê se vocês mantêm essa boca fechada perto da Mila – falei as alertando e elas fizeram um sinal de entendido, então me despedi delas e dirigi minha moto até a rua próxima à minha casa, adentrando no estabelecimento e já encontrando o Jamie na bancada, sorrindo pra mim.

– Que honra receber a senhorita aqui de novo Lauren, estava com saudades mesmo você tendo vindo esses dias aqui – ele falou e eu concordei o abraçando.

– Lhe digo o mesmo – falei e pedi um simples sorvete de chocolate na casquinha, ele o fez e eu saboreei uma colher daquela delícia gelada antes de continuar a falar com ele – Jamie, quando a Camila vem aqui, o que geralmente ela pede? – o perguntei e ele nem pareceu hesitar.

– Noventa por cento das vezes ele pede o mesmo que você está comendo agora, deve ser o preferido dela – ele disse e eu sorri, tínhamos o mesmo gosto.

– Tinha uma leve suspeita – falei – ela conta se tem outra preferência além do sorvete? – fiz minha segunda pergunta e ele pareceu pensar um pouco.

– Não, ela nunca falou, mas se você quiser a impressionar acertando no gosto dela, aposte sem dúvidas no sabor chocolate – ela disse com uma piscadinha e eu assenti.

– Olha, eu vou te contar mas que não saia daqui, ok? – falei chegando mais perto e ele assentiu com a cabeça – eu vou pedir a Camila em namoro e tô tentando descobrir tudo que ela gosta sem ficar a perguntando diretamente pra não levantar suspeitas – falei e o bom senhor sorriu e me deu um abraço.

– Oh Lauren, você não sabe o quanto eu torcia para que vocês dessem certo, a Camila nunca mostrou tanta alegria como depois de te conhecer, só sua presença a transformou numa menina mais feliz – ele disse e eu sorri.

– Ela que me deixou assim, eu que nunca fui tão feliz com alguém como sou ao ficar perto dela – eu disse e alguém chegou na hora.

– Perto de quem? Espero que seja de mim – a latina havia entrado na sorveteria sorrindo e eu prontamente levantei e lhe dei um abraço apertado, olhei pros lados e roubei um selinho rápido dela sem que ninguém percebesse.

– Claro que era de você, quem mais seria? – falei e ela sorriu sentando ao meu lado no balcão, eu não via a hora de poder a chamar de minha. Minha namorada.


Notas Finais


Foi isso, já comecei a escrever o próximo capítulo e posto amanhã, espero tombar vocês com ele, pro lado bom, claro KKKKKK então até amanhã!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...