História BiTe - Capítulo 43


Escrita por: ~

Postado
Categorias Demi Lovato, Fifth Harmony, One Direction, Selena Gomez, Teen Wolf, The Vampire Diaries, Zayn Malik
Personagens Ally Brooke, Austin Mahone, Camila Cabello, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Normani Hamilton, Personagens Originais, Selena Gomez, Zayn Malik
Tags Austin, Bruxos, Camila Cabello, Camren, Carmen, Demi Lovato, Dinah Jane Hansen, Híbrido, Kai, Larry, Lauren Jauregui, Lobisomens, Lobos, Normani Hamilton, Norminah, One Direction, Selena Gomez, Semi, Supernatural, Terror, Vampiros, Vercy
Exibições 215
Palavras 1.630
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Científica, Orange, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


(2/1)

Capítulo 43 - Cap.43


Fanfic / Fanfiction BiTe - Capítulo 43 - Cap.43

{Camila}


- Vamos! Liam agora eu consigo fazer esse golpe.

Liam trocou totalmente os meus treinos, a uma semana depois que consegui pegar bem no box, agora estávamos misturando tudo um pouco.

- Tem certeza?

Questionou o homem com o topete desfeito, estávamos trocando uns socos,  na verdade eu estava batendo de verdade e Liam estava mais se defendendo de mim, as vezes uma soco dele entrava em contato com alguma parte do meu corpo, mas nada que fizesse eu cair e chora até no outro dia. Nada que uma pomada e bolsas de gelo para aliviar e começar de novo.

- Tenho, muita certeza.

Liam veio pra cima de mim desferindo socos, eu desviei de todos passando por ele e chutando seu joelho por trás, Liam caiu com o mesmo joelho no chão e virou rápido mas assim que ele virou acertei um soco em seu rosto fazendo o mesmo cuspir sangue e cair no chão.

Arregalei meus olhos quando o mesmo ficou caído no chão gemendo e colocando a mão no queixo.

- Aí Meu Deus!

Falei colocando a mão na boca e indo até o mesmo.

- Que isso em? Mão pesada, acho que meu maxilar ficou uns cinco centímetros pra direita.

Ele sentou no chão do ringue e olhou pra mim sorrindo.

- Por que esta rindo?

- Você me fez beijar a lona.

Sorri sem graça de piadinha sem humor nenhum olhei para seu ferimento e já tinha sumido.

- Você cura rápido.

- Vantagens de ser um semiVampiro, vamos continuar?

Ele levantou fiz o mesmo e começamos uma luta com socos, cotovelada e chutes.

- Okay supergirl por hoje já chega!

Ele disse depois de três horas de aulas de musculação e lutas marciais. Comecei a tirar minhas luvas e depois as faixas.

- Eu estava vendo aqui e percebi que nessas três semanas você mudou muito, então quero te mostrar uma coisa.

Ele me jogou uma garafinha de água e uma toalha, Liam fez eu seguir ele por um corredor que me fez arrepiar de tão frio, eu estava de top e short ambos preto, aquele corredor nos levou até umas escadas escuras fiquei desconfiada mas desci e logo tinha outro corredor.

- Tudo isso é em baixo da Mansão?

Questionei quando chegamos perto de uma porta enorme de metal com um M na porta e do lado tinha uma tranca com senha, parecia um cofre dos antigos e o cadeado parecia o mesmo dos armários da escola.
Liam começou a rodear os números no cadeado e eu fiquei meio que assustada.

- Espera, não vamos libertar nada que não é para ser libertado?

O mesmo gargalhou e sua risada ecoou pelo corredor, Liam murmurou um "Não tem nada de mais aqui."  Assim que ele disse a porta fez um som de click e se abriu. Liam saiu da frente da porta e fez sinal pra mim entrar.

- Primeiro as damas.

Levantei as sobrancelhas sorrindo debochada é ruim que vou entrar nessa sala com pouca iluminação.

- Então, entre você primeiro. Não quero entrar em um lugar que não tenho conhecimento a não ser que esteja armada, então vai você primeiro mocinha.

Ele fez uma careta quando me referi que ele era a mocinha, Liam olhou para o local e desapareceu no escuro alguns segundos depois uma luz branca foi ligada e eu como sou curiosa fui entrando naquela sala.
Meu queixo caiu quando entrei no lugar e vi um arsenal de muitas armas, espadas, punhais, armaduras, e, muitas coisas que eu nem sei o que eram.

- Uaau! Wow! Minha nossa senhora! Car...

- Tudo bem já entendi, que você achou isso legal. Pode escolher!

Liam cortou meu momento de admiração não contida, mesmo olhando para tantas coisa aquilo parecia um arsenal de filme de mercenarios que gostam de caçar criaturas sobrenaturais.

Aquele lugar era enorme as paredes eram brancas e tudo estava em estantes grudadas nas partes. Tinha tanta arma de fogo que pensei que os Magnon's tivessem roubado um quartel, as espadas estavam todas em uma espécie de atuar, arco e flecha, machados, essas armas medievais estavam em outra parede.

Estava tão encantada com aquele lugar, até que me chamou atenção foi que tinha algumas portas espalhadas pelos lugares, não quis perguntar para o Liam por que minha atenção foi toda para um jogo de facas eram seis na verdade. Peguei uma delas e fiquei olhando.

- Tantas coisa para você escolher você foi até as facas? Pensei que você escolheria arco e flecha tipo Katniss everdeen de Jogos vorazes, mas você escolheu facas quer ser uma Tris de Divergent?

Revirei os olhos e bufei. Elas são duas garotas diferentes, isso não vem ao caso. Peguei o quite que as facas estavam e percebi que era um cinto que colocava na cintura com apoio nas coxas, vesti a peça e prendi nas coxas ainda tinha espaço para colocar uma arma nele. - Maneiro-

- Não quero ser a garota da flecha e muito menos uma garota da audácia, eu quero ser uma caçadora e... Aí Meu Deus.

Liam praticamente se assustou quando eu quase gritei, andei até uma das estantes onde tinha duas pistolas e junto delas balas de pratas.
Peguei as duas pistolas e encarei Liam que me olhava com as sobrancelhas arriadas.

- Você quer aprender a arremessar facas e atirar? Ok... Que Deus nós ajude!

Falou enquanto pegava algumas coisas que eu não pude ver o que era, não liguei para o que ele dizia eu só queria aprender a usar aqueles objetos e não só esses dois quero aprender a usar todos esses, mais preparada que isso, acho que não existe.

Liam me chamou para irmos mas antes de sair ele olhou em volta e me encarou por alguns segundos, ele estava tendo uma batalha interna em me contar algo.

- Antes que pergunte sobre esse lugar, ele é grande assim por que todos do conselho tem assesso a ele. Essas portas estão ligadas a um lugar da cidade como a Biblioteca. Sua mãe te mostrou a sala onde o tempo passa rápido? Então na naquela sala tem uma porta que vem parar aqui, mas ela só ser revela para quem precisa de verdade, e não importa onde você estiver e encontrar uma porta igual a essa você entra aqui e peguei uma arma.

Saímos daquele lugar e fomos para nossos devidos lugares.

Casa.

- Kaki, diz pra Lolo não obedecer aquela moça, quando a Lolo não faz o que a mulher manda os olhos dela ficam daquela cor.

Estava no meu quarto arrumando minha cama para deitar e uma Sofi aparece toda sonolenta coçando os olhos. Depois que Lauren me pediu para manter segredo sobre os sonhos da minha maninha não abri minha boca para meus pais. E fazia dias que Sofi não falava sobre seu sonhos foi só aquele dia que Lauren esteve aqui, eu achava que era só sonhos bobos, mas agora que Sofi esta me dizendo eu acredito.
Sofia foi até um suéter vermelho que eu tinha deixado em cima da cadeira do computador, seus olhinhos me encaravam com se pedisse pra mim pegar o suéter e foi o que fiz e Sofia subiu em minha cama pegando meu celular, ela está bem sonolenta, pegou minha mão.

- Liga pra ela, Kaki!

Disse se aconchegando em minha cama e ficou de costas pra mim que encarava o objeto em minha mão.
Não entendo por que desses sonhos, será que minha maninha tem algum tipo de poder sobrenatural?

Parece obvio, né Camila.

As ligações só caiam na caixa postal, era 22:00 e nem sinal dela liguei pra Dinah e nada, Lucy nada. Bufei e acabei deitando do lado de Sofi que logo se aconchegou em mim.


- Nada de luta hoje Cabello, hoje vou te levar para  aprender como usar algunas armas, achei melhor você aprender a usar uma espada e depois pulamos para as facas.

Hoje meu dia não estava muito bom, Lauren nem retornou minhas ligações e me sentia muito cansada, minhas costas reclamavam de certos movimentos que fazia quando Liam me ensinava a manejar aquela coisa.

O dia se arrastou cheio de instruções de como manejar a espada e como segurar até que percebi que estávamos mais em uma partida de esgrima.

- Você está se saindo muito bem aprendendo rápido os movimentos. Quer começar os arremesso de facas hoje?

Perguntou enquanto eu tirava o colete de proteção que eu estava usando, por causa dos golpes que Liam me ensinou eu tinha que ter uma proteção, ele não usou mas também quando eu acertava os cortes era meio que assustador.

- Eu quero sim, hoje é sábado e não tenho nada pra fazer em casa.

Ele assentiu e disse que iria pegar outra camiseta, ele disse que era pra mim pegar as meu quite de facas e assim eu fiz. Liam me deixou ficar com elas menos com as 9mm Gloke pretas que escolhi.

Meus pais pensam que meu treinamento é só para aprender uma simples defesa pessoal e Liam me disse sobre o negocio de ser meu protetor e não  a Lauren. No começo eu não gostei e fiquei brava por isso, mas depois pensei melhor percebi que foi até bom disso acontecer.

Primeiro: Lauren precisava se controlar sobre seus instintos de lobo, sua parte vampira era mais dominada pelo lobo dentro dela.

Segundo: Pelo que as meninas falavam Lauren quando se transforma fica outro ser raivoso, a tal Loba, tem cortado um dobrado pra Lauren obedecer.

Terceiro: Não podeamos nem ter um mísero beijo mais intenso que a deixava subindo pelas paredes, simplesmente isso tem sido nosso problema.

Me sinto tão nada por não saber ajudar ela.

- OK, temos três alvos aqui. Vamos começar por uma distância de dois metros do alvo.

Tomei posição e fiquei vendo Liam atirar as facas no alvo "um círculo vermelho em uma árvore."
Estamos nos fundos da mansão desde a hora que cheguei, ele disse que fazer exercícios na luz do dia era ótimo.

- Pegue do cabo ou do fio, cada um tem seu jeito.

Comecei a arremessar as facas as trinta tentativas, duas eu acertei, mas pelo menos eu consegui.


Notas Finais


A noite tem Pov da Lauren... RARARA risos maldoso O.o


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...