História Black Moon - Capítulo 131


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 31
Palavras 2.850
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Canibalismo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura ^^

Capítulo 131 - Ó Pai preciso de sua alma...- Final ParteA Temporada 9


 

Você deve estar pensando então eles sairam em uma jornada em busca do pai do Golden, tudo isso que aconteceu foi por causa do Silver? tipo... Éktropis, assasinatos.. o própio Golden já que ele é filho dele por causa dele?

Era muito mais interessante quando tinha uma história de bem maior como a sociedade manipulada e etc, ah... tanto faz eu não culpo a vida de ser decepcionante eu culpo as pessoas que deixam ela assim.


 Depois que Petter, Elyn e eu saimos da escola com Golden ocorreu algumas coisas, a gente entrou em um   camaro preto que estava esperando a gente na frente da escola..

 

— Pra onde vamos senhor Queen?.-Um homem careca e bombado com algumas tatuagens no braço que estava dirigindo o carro falou.

 

— Pera... esse cara é aquele prisioneiro que..

 

— É eu trousse ele comigo, é um assasino profissional... achei que soubesse dirigir bem então tirei ele de lá e ele obedece minhas ordens.-Golden falou olhando para nós do banco da frente.

 

— Sou muito grato a ele sem ele eu estaria lá na quele inferno... Golden me salvou e eu devo minha alma a ele.-O Motorista falou

 

— Como... como você consegue fazer isso? digo, ele é um prisioneiro perigoso e você é tecnicamente uma criança.-Elyn  perguntou

 

— Todos nós temos um potencial dentro de nós guardado,mas preferimos acreditar que somos normais pondo limites em nossas mentes quando você vê além desses limites nada mais é a mesma coisa, bem vocês não entenderiam... são Burros, Acelera ! vamos até o cemitério principal de B.H.-Golden falou


      — Sim senhor !.-O Motorista ligou o carro e acelerou..


      — Golden, por que Taylor e Lucy não vieram juntos?.-Petter perguntou...


       — Deixei uma outra tarefa aos dois, nada que vocês precisem saber.-Golden falou


     — Você confia tanto nos dois? deixar eles sozinhos assim... Digo você é inteligente não deixaria um amigo seu pegar sua namorada não é?.-Elyn falou


      — Lucy tem bom gosto confio nela ela nunca ousaria beijar um verme igual o Taylor.-Disse golden confiante..


      — Se você diz..-Elyn falou


      — Por que estamos indo para o cemitério em?.-Perguntei


     — Para nos matarmos é óbvio !.-Golden falou, um silêncio permaneceu entre nós.— É claro que é zoeira se não perceberam, vamos visitar um túmulo, Ollie Queen mais conhecido como vigilante, Pai do silver e meu vô acreditamos que pode ter algo lá que faça chegarmos até o Silver.-Golden falou

 

—  Por que vocês acham que vai ter algo que leve você até o Silver lá?.-Perguntei

— Por que é a porra do Pai dele !.-Golden falou

— E Você acha que ele vai estar lá sentado esperando você? olha pelo oque você falou ele não quer ser encontrado por algum motivo eu não entendo com um túmulo vai te levar até ele..-Falei

— Tem razão... vou ter que optar por outra maneira !.-Golden falou

— Qual?.-Elyn perguntou

— Vocês vão ver... Troquei de ideia  Mario, vamos até aquele lugar onde mandei Taylor..-Golden falou 

O motorista olhou para Golden com um olhar estranho e deu a volta e acelerou o carro, Uma chuva começou a cair não é um bom sinal... nunca é.

Depois de um tempo de viagem chegamos a uma casa um pouco antiga mas bonita, com um chafariz grande na frente dela.

— Chegamos, Desçam ! não esperem que eu abra a porta para vocês.-Golden falou

Saímos do carro Golden disse para o motorista que seus serviços não eram mais necessários e que ele podia sair da cidade.

Andamos até perto do chafariz e observamos a casa de longe.

— Oque viemos fazer aqui?.-Perguntei

— Esse lugar... tem algo estranho aqui.-Elyn falou

— É o portão do inferno, lendas antigas diziam que nessa coordenada ficavam um portão bi dimensional que levava para o inferno, muitos tentaram comprar essa casa mas os Moradores dela nunca trocaram de lugar e nunca venderam ela.-Petter falou

— E Quem eram os moradores ?.-Elyn  perguntou

— Você não acreditaria se eu dissesse.-Petter falou em um tom misterioso de voz

— Os Heils, seu pai morava nessa casa Elyn hehe.-Golden falou tirando o ar de suspense.

— Tá e o que viemos fazer aqui?.-Perguntei

— Se eu dizer vocês não aceitariam então é melhor que..... SIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIILLLLLLLLLLLLLVEEEEEEEEEEEEEEEEEEEERRRRRRRRRRRRRRRR.-Golden gritou fazendo meus ouvidos doerem 

O Chão começou a tremer e desmoronar  a terra em baixo de nós começou a cair, tentei fugir mas já era tarde demais eu estava caindo em um buraco enorme que parecia não ter fim, Depois de minutos sentindo o ar gelado vindo na minha cara e esperando a dor da queda a qualquer momento, de um minuto para outro senti uma tontura e devo ter desmaiado por alguns segundos quando abri os olhos eu senti a dor e percebi que já havia caído.

Petter, Elyn e Golden estavam se levantando do chão também... olhei para cima e só conseguia ver um buraco e uma escuridão imensa.. estávamos em uma sala parecida com uma caverna o chão de terra, só havia um portão de madeira enorme.

Golden se levantou e eu percebi que a minha varia estava no chão, discretamente fui lá e peguei e a coloquei em meu bolso...

Era um calor imenso nesse lugar, se isso for oque eu realmente estou pensando tem motivos para estar quente.

— Me diz que isso não é o inferno.-Falei

— É claro que não, Inferno essas coisas não existem estamos apenas em uma sala de baixo da terra secreta.-Elyn falou

Golden andou até o portão que quando chegou perto dele o portão se abriu sozinho Golden estranhou, era uma vista aterrorizante, Montanhas de ossos e fogo pelo chão só havia lava... pessoas ou almas amarradas em correntes  sendo torturadas... e Gritos aterrorizantes vindo de todos os lugares.

— Meu bigban....-Elyn desmaiou

Eu não estava surpreso com o lugar, só parecia mais uma representação fisica da minha mente...

— Se eu tivesse Alma eu estaria com medo...-Golden falou

— Alma?.-Petter falou

— Não.-Golden falou

— Agora faz sentido... Você quer sua alma de volta, Tudo oque você fez... pessoas que matou não era você mesmo, você não tem sentimentos por que é uma pessoa má... mas sim por que perdeu sua Alma, no fundo no fundo você sabe oque é... e é isso que está te motivando? você está fazendo o mal para voltar a ser uma pessoa do bem? ge...nial, Você enganou a você mesmo Golden.-Petter falou

— Desculpe não ouvi, pode repetir?.-Golden falou

Golden não tirava sua expressão vazia do rosto, Finalmente ficava claro os objetivos dele... no fundo meu amigo ainda estava lá dentro.

A Alma é o que nos dá sentimentos, o que nos dá objetivos... que faz de nós quem realmente somos, a nossa alma é um pedaço do poder da criação divina que Deus deixou em cada um dos humanos.

— Era para ter um barco esperando nós aqui..-Golden falou

— Um barco capaz de andar pela lava? Ah ta...-Petter falou

— Capaz de flutuar, seu imbecil ! Não acredito que Taylor e lucy pegaram o barco e não trousseram de volta..-Golden falou

Olhei para Elyn no chão desmaiada...

— Não vamos deixar ela aqui né?.-Perguntei

— Ela atrapalha bem menos quando está desmaiada, se quiser leve ela você !.-Golden falou

— Eu carrego ela, pode deixar !.-Petter falou

Petter colocou ela em suas costas...

— Tecnicamente  onde fica o inferno no mapa da terra?.-Perguntei

— Ele não fica na terra, vou te dar uma aula de ciências sobrenaturais de graça, Imagine um "universo" inteiro infinito, esse é o vazio ! dentro do vazio existem "capsulas" que são universos, envolta desses universos existem uma coisa que cobre eles que se chama dimensão, o inferno fica em alguma dimensão não tão grande no vazio.-Golden falou

— Não entend...-Tentei falar

— Como eu disse, você é burro ! não entenderia.-Golden falou

Depois de um tempo, um barco voltou para perto do portão com remos de um material estranho dentro dele... então seguimos um caminho reto que deu para uma espécie de Castelo gigante.

A estrutura era como se fosse de tijolos negros, Muros enormes cercavam o castelo e um portão enorme na frente, Em cima do palácio havia um pentagrama enorme feito de ossos algum tipo de monstro enorme, Continuamos remando pela nevoa de fogo  até chegarmos lá,  quando chegamos com o bote até o portão ele se abriu e nós entramos, passamos por outra porta até entrar na entrada principal do palácio.

Havia um tapete enorme preto reto esticado na sala indo até um trono vermelho um pouco grande, Havia lareiras nas paredes, e Mesas grandes cheias de comidas humanoides como frango e DORITOS? Algo de errado não estava certo, Havia um homem sentado no trono ele estava com o cabelo raspado era grande mas não aparentava ser tão velho tinha olhos verdes escuros e estava vestido como se fosse para  um velório, havia uma espada estranha ao lado dele, ele estava segurando um celular que logo jogou o celular na parede e viu que tinha visitas.

— MERDA DE WIFI ! .-Ele gritou, e olhou para nós..

Ele saiu do trono e veio andando até nós, Então eu percebi que era Silver Queen... pai do Golden e amigo do meu pai.

— Vocês? Vivos... inferno, Ah meu deus... vocês morreram? Petter... Garry, Pobre Elyn, e quem é você?.-Silver perguntou olhando para Golden.

Petter colocou elyn no chão encostada na parede do lado da porta.

Golden colocou a mão na cara com um rosto de tédio se virou e se voltou dando um soco na cara de Silver.

— Eu sou seu filho, Imbecil !.-Golden falou

— Tecnicamente não é possivel, pois meu filho está morto e foi para o céu.-Silver falou

Golden saiu de perto de nós e correu até o trono e pegou a espada e a empunhou e voltou até nós.

— Eu forjei minha propia morte, e quando voltei você HAVIA TIRADO ESSA ESPADA QUE POR DIREITO É MINHA HERANÇA DE FAMILIA COLOCANDO AS ALMAS DELA DENTRO DE UM PEDAÇO DE MADEIRA INUTIL.-Golden falou

Silver tirou Golden do chão e o segurou como se fosse um bebê e o virou para baixo dando tapas nas costas do Golden.

— EU NÃO CRIEI FILHO MEU PRA GRITAR COMIGO !.-Silver falou

— ME SOLTA SEU PAU NO CU.- Golden falou sendo colocado no chão de volta.— E você não me criou só pra lembrar, você chama "criar um filho" de permitir ele ser possuido por 3000 Mil seres a normais, nascer sem alma? é isso que você queria do futuro do seu filho quando estava transando com minha mãe? Eu já até imagino você e sua gangue conversando " Oque vai ser o filho de vocês?, AH o meu vai ser muito inteligente" " A minha vai se formar em artes" e você "AH O MEU VAI SER O PSICÓTICO ALUCINADO SEM ALMA QUE NUNCA TEVE AMOR DOS PAIS".-Golden falou

— Filho..-Silver falou

— Não me chame de filho, Eu só estou aqui agora por que eu preciso de uma coisa sua..-Golden falou

— Oque você quer?

— Se afastem, Garry... Petter e Tirem Elyn daqui.

Disse golden com sua expressão séria de sempre..

Saimos de dentro do palácio, e através de  uma das frestas da porta uma luz branca, Nos preocupamos e entramos lá de volta, Golden estava abraçando Silver.

— Me desculpe pai... é sério.-Golden falou limpando algumas lágrimas

— Tá tudo bem..-Silver falou

— Eu sei que você não teve culpa, e eu também não tive.... as coisas que eu fiz, eu vou tentar arrumar..-Golden falou

— Oque aconteceu?.-Perguntei

— Golden nasceu sem sua alma, por que eu fiz ele enquanto eu era um demônio, Agora eu consegui passar a alma dele para ele... passei um pedaço da minha para ele ele agora é uma pessoa normal.-Silver falou

Golden virou para trás e veio até mim.

— Garry, não é por que eu tenho sentimentos agora que eu vou pedir desculpas pelas coisas que eu fiz para vocês..-

— Golden !.-Silver falou

— Ta... ta, Me desculpe pelas coisas que aconteceram com vocês, vocês sabem que eu não faria isso de novo agora, não queria ter que fazer vocês virem para o inferno ou saberem sobre o sobrenatural é sério..-Golden falou e ofereceu um aperto de mãos para garry. — Amigos?

— Pode ser..-Falei

Golden olhou para Petter, petter fez um sim com a cabeça..

— Tudo bem..-Petter falou

— E Afinal oque você tá fazendo no inferno Pai?.-Golden perguntou

— Lúcifer e Hades morreram, Deus pediu para que eu ficasse aqui cuidando das coisas por um tempo, Mas e vocês como chegaram aqui? -Silver perguntou

— Fui eu que trousse eles Bem, lá estava eu andando pela floresta quando eu vi um livro Estranho enorme que caiu do céu, Não lembro o nome era algo como Dark Moon... mas eu vi no índice que em um capitulo contava sobre os Queens, e tinha um que se chamava "A entrada para o inferno, Chafariz de Martin" então eu li  e descobri...-Silver falou

— OQUE VOCÊ FEZ COM ESSE LIVRO?.-Silver perguntou

— Joguei por que?.-Golden falou

— Alguém mandou aquele livro do futuro para cá, Roderick está escrevendo ele agora... e  Garry também né?.-Silver perguntou

— Ainda bem que joguei fora então...-Golden falou

— Não é por nada não pessoal, mas como a gente vai sair daqui?.-Petter falou

— Queria falar nada não... mas a única vez que eu sai daqui foi com ajuda de um anjo agora... eu não sei mais não.-Silver falou

— Por curiosidade... você viu o Taylor? Taylor Evan por ai... aquele demônio que fugiu do inferno, sabe?.-Golden falou

— Então.. estou vendo agora.-Silver falou

Taylor abriu o portão  e entrou no palácio andando em direção a nós.

— Então cara, não vamos precisar mais de você então se quiser continuar no inferno..-Golden falou

— Não é assim que funciona as coisas Golden, você acha que por me tirar do inferno vou ser seu escravo para sempre? não... o mundo não gira ao seu redor.-Taylor falou

Os olhos de Taylor ficaram pretos, como o de um demônio... já que ele era um.

— Da última vez que eu estive aqui... Eu e meu irmão morremos e sabe por culpa de quem?.-Taylor perguntou

— De vocês mesmos, vocês que se mataram ! Vocês seguiram a gente na quele dia por que quiseram, vocês se mataram tentando fugir de uma luta enquanto minha namorada morri, Você e o covarde do seu irmão correram e acabaram morrendo mais rápido ainda, O Diabo não te matou na quela noite... por que ele esperou o momento exato, e agora é a hora hehe..-Silver empurrou nós e andou reto cara cara a Taylor, Os olhos de silver se transformaram em um vermelho sangue misturado com um preto.

— Você acredita em Deus Taylor? Agora vai acreditar no Diabo !.-Silver falou levantando  Taylor do chão pelo pescoço e apertando cada vez mais.

Taylor com suas mãos livres tirou uma varinha do bolso e a rompeu ao meio e ela caiu no chão, Eu apenas vi o começo de uma luz e um vulto cinza..

Quando vi estavamos  todos na quela "caverna" entrada do inferno, menos Taylor..

— Ele roubou a varinha que estava comigo e me deu uma falsa..... e agora ele quebrou ela..-Golden falou

Olhamos o palacio sendo explodido de longe, explodindo com uma luz... era como se tivessem soltado umas 1000 bombas nucleares lá dentro, tudo ao lado foi destruido junto, As almas foram libertadas e agora o inferno está mais cheio ainda..

Petter entregou a espada para Silver..

— Quando eu vi que aquilo podia acontecer o mais rápido possivel trousse vocês para cá, sabia que ia dar merda..-Petter falou

Agradecemos ele...

A Varinha que eu peguei no chão quando a gente caiu era a falsa, era a que o Taylor tinha dado para o Golden...

— Taylor is dead?.-Perguntei

— Ninguém sobreviveria a quela explosão..-Silver falou

Olhei para elyn que continuava desmaiada ali no chão..

— Ela não vai acordar não?.-Perguntei

— Talvez só quando vocês voltarem para a casa tem pessoas que não são tão resistente com outras dimensões ou com o sobrenatural, mas ela vai ficar bem..-Taylor falou

— Então... você virou o demônio pai?.-Golden perguntou

— É apenas uns poderes que ganhei para poder comandar o Inferno, mas bem... vou desistir isso, Deus que ache outra pessoa pra por no meu lugar, Vou tirar umas férias..-Silver falou

— Então... acabou?.-Perguntei 

— Garry, eu sempre me perguntava isso antes sério, mas as coisas nunca acabam haha ! Mas bem, eu estou vivo aqui até hoje... só precisa se forte e continuar, seu pai diria o mesmo se estivesse por aqui.-Silver falou

— Obrigado... mas eu não sou tão forte quanto você, eu não fiz nada hoje... e agora não sou mais nada sem minha varinha minha única fonte de poder, sem isso sou só um humano normal.-Falei

Silver deu uma risadinha..

— Minha vida inteira eu fui Humano Garry, eu nunca tive poderes... não use isso como desculpa hehe, mas bem, vocês precisão ir agora o uber de vocês está chegando..-Silver falou

Um barulho de asas  batendo surgiu e uma luz branca cegou meus olhos por um tempo...

Quando abri meus olhos estava deitado encostado no chafariz, Elyn estava me acordando.. 

Bom e é assim que termina o começo da história da minha vida....

Elyn não se lembra das coisas que aconteceram no inferno pois estava dormindo, Os éktropis (Que eram controlados pelo Golden) ficaram presos no inferno, Silver entregou a Dark Sword para golden como presente..

E Golden se arrepende eternamente de tudo que fez...ah, e ele precisa de indentidades novas pra não ser preso.

 

 

 


 


Notas Finais


Espero que tenham gostado, Video do Final da parte a da 9 Temporada: https://www.youtube.com/watch?v=zWmJBnvtXvk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...