História Black Pearl - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Babyboy, Bangtan Boys, Daddy, Hot, Sexo, Yoonmin
Exibições 86
Palavras 492
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Sobrenatural, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 3 - After 00:00


Fanfic / Fanfiction Black Pearl - Capítulo 3 - After 00:00

era meia noite quando resolvi sair da biblioteca e voltar para o quarto, o garoto  de pele macia que conheci mais cedo havia me entregado um papel, somente isso. era a parte dele no trabalho sobre lobos. resolvi ler enquanto andava para o quarto. 

"  Licantropo ou Versipélio, 

quando estas a dormir, ele está a te observar.
            enquanto estas a correr, ele está a te persegui.                                                                                                                                                                              quando a luz da lua maligna e vingativa bater em sua janela.                                                                                                                                            corra para longe, se esconda e não me deixe te encontrar.                                                                                                                                                  não saía depois das 00:00."

era pra eu entender algo? ok, né...subi pelas escadas frias e sujas. dava certo arrepio. eu podia ouvir gritos desesperados ao longe, podia sentir agonia só de ouvir isso. adiantei meus passos, mas o medo não ía embora, passe por uma porta, era grande e de ferro lia-se 

"Lupinotuum, não entre."

era de lá que vinha os diversos gritos de agonia, eu me permitira abrir, se o medo não falasse mais alto. me afastei um pouco da porta, ia começa a correr mas sentir mãos em meus ombros, ja esperava ser um monitor que me pegou fora da cama. mas quando me virei, havia somente um garoto um pouco mais baixinho que eu, ele sorriu. mas não era um sorriso de se dizer "meu deus! que cara amigavel" cabelos negros jogados para trás, lábios carnudos e olhos castanhos escuros.

- não devia esta nos corredores a essa hora.- ele se aproximou e eu me afastei em dois passos.- sabe o que acontece com crianças que ficam fora da cama até tarde? - neguei com a cabeça rapidamente.- o bicho-papão vem devorar.

ele soltou uma risada cruel, eu me afastei mais 3 passos.  

- SOO.- alguém gritou.

a pessoa devia está no corredor de baixo e bem perto da escada. porem, o garoto a minha frente estava disposto a ignorar, se aproximou três dolorosos passos  e eu já estava contra a parede.

- por que não ficou no quarto?- ele passou a mão pela minha bochecha.- que desperdício.

eu pude ver os olhos do mesmo tomar uma coloração amarela e brilhante, eu correria, se não estivesse paralisado.

- SOO.

a pessoa gritou novamente, o garoto olho pra trás e depois de alguns minutos voltou o olhar para mim. ele rosnou...humano rosna? enfim, ele me direcionou um olhar nada amigavel e saiu correndo para o corredor de baixo. senti minhas pernas falharem, tudo girar e meu estomago revirar. olhei para todos os lados, eu só  queria sair correndo dali o mais rápido possivel. me esconder em um buraco e ficar lá ate tudo passar, onde minha mãe me botou? 

os gritos pararam e eu me sentei no chão, chorei, mas era impossivel não chorar. minhas mãos tremiam, era impossivel não termer. gemi baixo quando tudo vi tudo se desfocar, a ultima coisa que vi, foi um lobo, um lobo de pelo totalmente negro se aproximar, um lobo de olhos amarelos.

 


Notas Finais


estão gostando ?
não sei se boto o pobre d.o como vilão...não sei. pra mim ele é um anjinho.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...