História Blackouted Heart - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Osomatsu-san
Personagens Chibita, Choromatsu Matsuno, Dayon, Dekapan, Hatabou, Ichimatsu Matsuno, Iyami, Juushimatsu Matsuno, Karamatsu Matsuno, Matsuyo Matsuno, Matsuzou Matsuno, Osomatsu Matsuno, Todomatsu Matsuno
Tags Choromatsu, Depressão, Ficção, Ichimatsu, Jyushimatsu, Karamatsu, Osomatsu, Realidade, Solitário, Todomatsu
Exibições 20
Palavras 534
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Esse capítulo vai ser dividido em duas partes e vai focar na Rafa e no Ichi. A também, obrigado por ~y-ume por favoritar a fic <3
Tenham uma boa leitura e, espero que gostem!

Capítulo 6 - 6 - I Hate U - Parte 1 de 3


Fanfic / Fanfiction Blackouted Heart - Capítulo 6 - 6 - I Hate U - Parte 1 de 3

RING RING RING

-Ta queu pariu...
Resmungo, coçando meus olhos ao ouvir o som do despert... Jyushi?

-RING RING RING
Ouvi o doidão berrando o som de um despertador enquanto me sacudia.

-JÁ DEU, JÁ DEU, JYUSHI-SAN!
Me esperneei ao ver que ele estava em cima de mim.

-Ohayo, Hik-nee-chan!
Disse o amarelado. Suspiro, logo dando um sorriso pequeno ao ver o puro divertimento do meu irmãozin... Que? Nada não. Esquece.

-Ohayo... O que tá acontecendo?
Sussurro, sentindo o mesmo me abraçar com força.

-Osomatsu-nii-san chamou todos pra sala! Ele quer pedir uma coisa!
Ele berra no meu ouvido, logo saindo de cima de mim e indo correndo pra sala. Oush...

Suspiro, levantando, colocando minhas pantufas e logo me dirigindo a onde os garotos estavam.

Me sento no sofá do lado do Ichimatsu, que tava quase dormindo. Solto mais um suspiro cansado.

-Ohayo, minna! Bom, como hoje é um dia especial, queria...

-Dia especial? Tão especial que só soube porque me disseram.
Resmunguei, soltando um rosno fraco ao ver Todo-chan rir de mim.

-Hoje é aniversário do Akatsuka-sensei. Queria fazer uma festa, mas... A casa é sua, então... Por favor...?
Ele se aproxima de mim, com uma carinha triste.

Tch, não caio nessa tão facilmente.

-Osomatsu...
Resmungo, vendo o mesmo se aproximar mais ainda. - Tudo bem, MAS SÓ.DESSA.VEZ.

Vejo todos começarem a comemorar e Karamatsu saindo pra comprar algumas bebidas.

-Vou arrumar algo pra comer!
Berrou Jyushi, enquanto saltitava até a porta ao lado do Karamatsu.

-Vou... Fazer algo no meu quarto.
Disse Choro. Todos que estavam ali encararam o mesmo com uma expressão maliciosa. - VÃO SE FODER!
Ele saiu da sala com passos pesados.

Solto OUTRO suspiro ao ver Todomatsu e Osomatsu se dirigindo até a cozinha e Ichimatsu se esticando no sofá, ignorando minha presença.

-Tch.
Reclamei, vendo seu olhar frio sob mim.

-Que foi?
Ele sussurrou, com sua voz rouca.

-Tch.

-Tch.

-Para com isso.

-Tch.

-Tch.

-Tch.

-PARA!
Berro com um olhar psicótico, vendo o moreno dar um pulo.

Ele rosna, virando de frente pro encosto do sofá e me derrubando pra fora com os pés.
Resmungo alguns xingamentos, me sentando no chão mesmo.
Pego meu celular e começo a jogar escondida um jogo de caçar gatinhos pela casa, chamado Kitty Go.
Aumento o som no máximo e no momento que meu gatinho mais forte faz um som, Ichimatsu brota atrás de mim.

-Que isso?
Ele sussurra, com sua voz rouca, com a cabeça por cima do meu ombro.

-Ahn, é um jogo. Kitty Go, você caça gatinhos pela sua casa.

-Tch, que idiotice.
Ouço ele sussurrar, saindo pro canto da sala e pegando seu celular.

Idiotice, sei.

Suspiro, me sentando no sofá e esperando todos voltarem.

~-~-~-~-~-~-~

-Tadaimasuru! Hasuru hasuru! Masuru masuru!
Jyushimatsu chegou berrando, colocando uma sacola de miojo em cima da mesa de centro e, logo sentando ao meu lado.

-Yo, Jyushi-san.
Respondo calmamente, sentindo seu abraço apertado. - Ittaiii... Sabe Jyushi, você é bem fortão, né...

-Aye! Beisebol é demais!

-Tch.
Ouvi Ichimatsu, reclamando sobre a vida. Uma gota surge na minha cabeça.

Espero mais alguns minutos e vejo todos chegando aos poucos e, logo a festa começa.

Odeio multidões...

Odeio festas...

Odeio pessoas.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...