História (Blackpink) Reasons Against Emotions - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Black Pink, Originais
Personagens Jennie, Jisoo, Lisa, Rosé
Tags Bigbang, Blackpink, Kpop
Visualizações 18
Palavras 1.557
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


To mt afim de escrever, entao why not?
Espero q gostemmm
MWWWUAAH

Capítulo 2 - 01x02: Na mira do inimigo.


Fanfic / Fanfiction (Blackpink) Reasons Against Emotions - Capítulo 2 - 01x02: Na mira do inimigo.

POV. Lisa - 07:50 AM

Após ter chegado a tempo na minha sala, deu para notar as pessoas me olhando curiosas, meu cabelo estava bagunçado e eu cheirava mal por causa da maratona que tive que correr, mas depois de uns minutos me esqueceram e tudo estava ocorrendo normalmente como antes... exceto algo... algo que martelava minha cabeça. Eu não parava de pensar no menino que me ajudou hoje, aquele olhar que penetrou meu coração... me deixou... batida... de alguma forma. As horas foram passando e logo tocou o sinal para o intervalo, peguei minha bolsa e fui ao banheiro feminino sem chamar as outras. Chegando ao banheiro retirei meu casaco e joguei o cabelo para trás, passei um pouco de água no meu rosto e enquanto retocava a maquiagem, ouvi as meninas chegarem.

— Está brava conosco? — Jennie se apoiou na pia de mármore que era longa, ficando de costa para o espelho. — Sabe que ninguém teve culpa... certo?
           — Não? Eu tive que vir de pé para a escola pois meu dinheiro tinha acabado pra ir atrás dessa daí... — Continuei retocando as bochechas
           — Não sabia que ajudar uma amiga agora era motivo de ficar brava. — Disse rosé parando ao meu lado, dando uma ajeitada no cabelo.
           — Por quê demorou pra enviar a mensagem? Olha o meu estado!
           — Por quê veio a pé se ganhou um motorista do pai da Jennie? — Ela desviou sua atenção do espelho virando-se para mim. Rosé tinha os olhos escuros e penetrantes, o jeito que ela encara as pessoas as faz intimidadas com o tamanho da beleza, a cara de deboche dela era de matar qualquer um.
           — Por quê vive dependendo de carona se sua família é nobre? Pede um motorista pra eles. — Fomos interrompidas por Jisoo.
         — Que isso meninas? — Se meteu no meio de nós. — Desde quando temos que brigar por chegarmos atrasadas a escola? Parecem crianças do pré. — Disse caindo aos risos com Jennie.
          — Rosé foi ajudada por um admirador secreto... — Disse passando um brilho labial em sua boca, que por incrível que pareça, tinha um formato de coração.
           — Ele não é um admirador secreto Jisoo! — Disse a empurrando leve no ombro — Eu fui apenas ajudada por um bom rapaz... que por sinal... era muito gato!
            — Safada... — Disse Jennie indo em direção a um dos banheiros.
            — Eu também fui ajudada por um... digamos que... — Até que fui interrompida por Jennie e todas nós a encaramos — Quê?
           — Eu não sabia que ratos escutavam conversa dos outros agora. — Todas franzimos o rosto assustadas. — Já não te falei pra largar do nosso pé?
         —  Você sabe como é... irresistível... — De dentro do banheiro que Jennie abriu saiu HyunA, uma ex-amiga nossa, ela era morena, cabelos ondulados e era uma típica vadia sexy que todos os meninos sonhavam ter em sua cama. — Por quê não continuam? Estava até interessante esse papo de vocês...
           — Não me faça perder a paciência com você... — Jennie revirou os olhos — Todas nós aqui estamos cansadas de suas cenas e seus modos, por favor, se retire.
            — O que você tá falando? A filhinha do papai acha que por ter saído da casinha pode sair mandando em tudo? — HyunA caiu aos risos — Você não está em sua casa Jennie. Nenhuma de vocês estão. Não ache que por estar no topo das melhores você é dona daqui... não se esqueça, você está no número 3, ainda tem duas na sua frente... e eu sou uma delas.
              — Eu ainda não dei para o diretor para chegar onde você chegou. — Jennie sorriu a provocando, era fácil provocar HyunA, ela tinha pavio curto, e sobre a lista... foi lançado a umas semanas atrás a lista das garotas poderosas da escola... e para o inferno de Jennie, ela ficou em terceiro.
            — Não aqui. Não vou ser burra em te dar um tapa Jennie, muito pelo contrário... eu vou ser amigável e irei sair sorridente para você. — Ela saiu de perto de Jennie indo em direção a porta. — Mas não se esqueça: lá fora não tem câmeras. — Ela abriu a porta e saiu.
         — Ela ainda vai ter o que a espera! — Jennie foi em direção ao espelho com o semblante fechado, retirando de sua bolsa um batom vermelho.
           — Sabe que uma lista tosca não define quem você é... certo? — Jisoo tentou colocar a mão no ombro da mesma.
       — Você me cansa com esse seu jeito Jisoo! Em que mundo você vive?! — Ela olhou Jisoo de cima para baixo, com um sorriso sarcástico. — Não precisa falar. Eu vejo por sí própria. — Ela guardou suas coisas e saiu.
           —  Bem vinda ao incrível mundo de Jennie Kim! — Rosé falou em tom irônico. — Não ligue para ela Chichu, logo passa e ela te dá um iphone para recompensar.
           — Estou indo para a biblioteca. Até mais meninas.
           — E então? Oquê você ia falar sobre mais cedo? — Disse Rosé me encarando.
         — Esquece... bobagem... enfim... e-eu... — Minhas bochechas foram ficando coradas. — Queria pedir desculpa pelo que eu ia dizer... hoje foi aquele dias...
           — Acostumada... — Ela abaixou a cabeça, parecia estar triste. — Acostumada.

~~~

POV. Jennie - 11:25 AM

Estava para entrar no meu carro quando vi de longe Jisoo e as meninas entrando em seu carro, era de costume como sempre, eu sair como errada e as meninas darem mais suporte à Jisoo, sempre foi assim. Ao perceber que Jisoo viraria para me olhar, tratei de entrar no carro logo, minha cabeça explodia, eu não suportaria a pressão de HyunA, de ser colocada em TERCEIRO... e não suportaria mais ainda em estar de mal com Jisoo... Eu apenas apoiei minha cabeça no vidro da janela e apaguei.

~~~

Após chegar em casa, procurei por meus pais e não os achei, vi um bilhete falando que estariam num golfe a trato de negócios, nem novidade, nem surpresa, até seria melhor assim, chegar e não lidar com as perguntas inconvenientes de minha mãe. Subi para o quarto e joguei minha bolsa num canto, abri as cortinas e deixei o sol entrar em meu quarto, me joguei na cama e fiquei vendo umas fotos em meu celular. Estava quase enviando uma mensagem para Rosé ou Lisa perguntando de Jisoo, então soltei o celular e resolvi tomar um sol lá fora. Coloquei meu melhor biquini, preparei uma limonada e saí com meu celular para fora. Me deitei numa espreguiçadeira e deixei um som no médio, e resolvi relaxar. Meus pensamentos não paravam de bombardear em Jisoo, Hyuna, Jisoo, Lisa, Rosé, Jisoo, eu estava para pirar, até que ouvi algo cair em minha piscina e não demorar muito para me molhar.
           — Arg- — Retirei os óculos e se eu nunca tinha visto algo perfeito, eu vi naquele dia, naquela hora, naquele exato momento. — Q-quê?
          — Me desculpe, meus primos jogaram a bola para o lado de cá e sem querer acertou sua piscina... — Ele tinha os olhos escuros, que penetravam cada um com que olhava, sua barriga era definida perfeitamente com 6 gominhos, eu não era disso, mas eu pude sentir algo forte com aquele menino. — Posso entrar na piscina para poder pegar a bola?
            — A-ahn... claro, claro, deve né! — Ri sem graça. — Você é novo por aqui?
            — Cheguei a umas semanas, e você? — Ele já estava pra pegar a bola e jogar para o outro lado de sua casa.
         — Anfitriã do bairro... moro desde que nasci! — Fitou o rosto do rapaz logo puxando o canudinho da limonada com sua língua, mostrando um sorriso provocante.
            — Que honra então! — Se sentou na beirada da piscina, sorrindo.
            — Você aceita um pouco?
            — Você se importaria? — Saiu da borda indo em direção da mesma.
         — Claro que não! Experimente! — Quando os dois tocaram as mãos houve trocas de olhares intensas, e um sorriso de lado de Jennie. — E então... como é o seu nome?
            — Meu nome é... — Então a campainha foi tocada freneticamente.
          — Espere um momento, eu juro! Será rápido! — Jennie saiu correndo para a porta principal ver quem tocava a campainha. Ao abrir a porta se deparou com Rosé.
           — Por quê demorou tanto? — Rosé saiu entrando porta adentro. — E por quê está de biquíni a uma hora dessas?
           — Você precisa vir comigo! Você vai ver o anjo que tem no meu quintal! — Puxou Rosé aos risos. — Seja discreta!

Chegando ao local não havia nada, muito menos ninguém, apenas o copo de limonada de Jennie vazio.
           — Quê?! — Jennie franziu o cenho boquiaberta — Do que está rindo?
           —  Bebeu muita limonada ou tem álcool nisso daí? — Rosé caia nos risos enquanto Jennie ficava sem reação ao ver que o rapaz havia sumido.

~~~
           POV. Rosé - 12:00 PM
           Minutos depois...

— Pra quê você quer grana emprestada? — Disse se jogando no sofá por total.
            — Eu fiquei sem mesada esse mês... sabe como é né... — Rosé falava de cabeça baixa. —  Ele acha que mereço um castigo...
            — Castigo de quê?
            — A-ahn... — Rosé revirou os olhos. — Vai emprestar ou não? Eu estou com pressa!
           — Ok... mas vê o que você vai fazer com essa grana em... — Falou com o cenho desconfiado. — O que vai usar hoje para a festa da Seulgi?
          — Eu ganhei um vestido do meu pai, super tendência, usarei ele hoje. — Disse enquanto tomava o controle de Jennie e mudava de canal.
           — Jisoo vai para a festa? — Jennie falava tentando não mostrar muita curiosidade.
         — Nem sei... mas acho que sim, ela sabe enrolar o pai dela... — Após bastante tempo, Rosé decidiu ir embora para se arrumar para a festa de Seulgi.

CONTINUA...


Notas Finais


Perdão se estiver curta, mas meu dedo mindinho ta dormente ja amorasss
SNFIDFN
Obrigado por ter lido ate aqui <3 Espero que continuem nessa saga cmg


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...