História Blame society - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, BTS Suga, Criminal, Gangue, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Min Yoongi, Namjin, Namjoon, Suga, Yoongi Bts
Exibições 150
Palavras 2.003
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Festa, Policial, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


- Boa leitura ❤

Capítulo 11 - Felicidades


Yoongi é realmente um babaca, ele nunca iria me beijar se estivesse sóbrio, já é a segunda vez que eu me entrego fácil para ele, parece que Yoongi tem um poder sobre mim, só é ele estalar os dedos que lá estou eu nos pés dele, céus como estou sendo ridícula. Tentava ao máximo não me importar com os olhares que Yoongi me mandava enquanto estamos dentro do galpão. Estava exausta! exausta de tudo, precisava ir pra casa descansar, mas não pertubaria o Tae que estava focado em seu trabalho, então me joguei no enorme sofá de couro e fiquei jogando um joguinho totalmente aleatório no celular do Tae.

– Então... O que estavam fazendo lá fora? – Já é a milésima vez que Jimin faz essa pergunta.

– Jimin hyung, esqueça isso, não aconteceu nada demais.  –Jungkook se pronunciou.

–Caralho Jimin. Não aconteceu nada, acredite em mim –Yoongi olhou em minha direção e eu desviei rapidamente para o jogo do celular.

Sinto a presença de alguém no sofá mas me recuso a olhar quando se trata de Yoongi, um silêncio total.

–Por que não contou? –quebrei o silêncio.

–Contei o que?  –Ele deu um gole em sua bebida.

–Pra eles....o que aconteceu....lá fora...

–Você queria que eu tivesse falado?  –Ele dizia ainda sem olhar para mim.

–NÃO CLARO QUE NÃO.  –Exclamei.

–Eu não sou tão infantil assim...Além do mais –Ele continuou você não é lá essas coisas pra mim querer sair se gabando, já conheci melhores. –Ele finaliza com um sorriso, joga a latinha no lixo e se levanta do sofá. Sinto um imenso aperto no peito, sinto meus olhos se encherem, vou em direção ao banheiro, me tranquei, me virando para porta, encorreguei até o chão colocando minhas mãos no joelho, alguns choram por tristeza outros por alegria, eu choro por raiva. Ta tudo uma bosta, nunca desejei tanto estar na minha casa no Brasil.  A maçaneta roda e eu me levanto rápido e seco as lágrimas.

–Só um minuto. – Há pessoa insiste em em girar a maçaneta. –Eu disse só um minu.. –Paro quando meus olhos vão de encontro com o de Yoongi.

–Estava chorando? –Ele pergunta e eu apenas o ignoro. –Ele segurou meu braço.

–Não encosta a mão em mim. –O empurro e saio andando e ele me segura.

–Estou falando com você. –Faço um movimento brusco e me largo de seus braços.

–Já disse para não encostar em mim.–Saio rapidamente e vou direção a sala do galpão.

–Jade, estava te procurando, onde estava?  –Tae pergunta e eu desvio nossos olhares, não quero que ele perceba que eu estava chorando.
                     
–E-estava no banheiro. –Percebo que Yoongi bate a porta com força e entra no galpão, Tae rapidamente me encara.

–Com o Yoongi? –Ele pergunta mas não respondo. Ele levanta meu queixo com suas mãos obrigando a encara-lo. –Estava chorando?

–Não.Tae por favor, me deixe em casa.

–O que você fez com ela filha da puta? –Tae me ignora e parte pra cima de Yoongi.

–Do que esta falando? –Entro no meio dos dois tentando separa-lo não quero que ninguém saia machucado, por mais que Tae seja mais alto que Yoongi.

–Vem, Tae, vamos...Ele não fez nada. –Puxo ele pelo braço e ele sai andando na frente.

Me despeço dos meninos, menos do Yoongi que me olhava com fúria nos olhos. Vou lá fora e encontro o Tae com as duas mãos no capô do carro. Respiro fundo e vou em direção a ele.

–Me desculpa. –Falei quase em um sussurro e abraço e por trás, alizando suas costas.

–Ele bufa e se vira me colocando entre suas pernas. –Você não tem culpa.. mas me fala, o que ele te fez?

–Ele não fe-z nada. –Só de lembrar das palavras que ele me falou eu sentia nojo.

–Tudo bem. –Ele me abraçou e eu retribui. Tae era como um irmão para mim, ele foi meu primeiro amigo aqui na Coréia e sempre este ve comigo, me protegendo e cuidando de mim. –Vem, vou te deixar em casa. – Ele me guiou até o carro e eu sentei no banco afundando minha cabeça.

Fomos o caminho inteiro calados, e eu me odiava por dentro, eu acabei com a amizade de Tae e Yoongi! eu não deveria ter ido para aquela merda de galpão! que droga, por que tenho que ser tão teimosa?
                                           
  –Tae? – Falo fitando minhas mãos.

–Hm?  –Ele murmura sem tirar olhos da estrada.

–Me desculpa... E-eu acabei com sua amizade e do Yoongi, eu não deveria ter feito aquilo, eu nem...Aish.... me perdoe por favor  –Entrava em desespero só de pensar em perder Tae como amigo.

–Não se preocupe com isso Jade, você não teve culpa. –Tive sim. –Amanhã converso com ele e tudo ficará bem.

Sussurei um "espero" e me afundei no banco, deixando o vento gelado soprar sobre meu rosto.

–Jade...Você....e o Yoongi? –Ele pergunta e eu já entendo.

–Não claro que não. Deus me livre aquele garoto antipático.

–Ele é meu amigo e tudo, mas mas com as garotas é um completo idiota.....não quero que você sofra por ele. –Senti uma pontada no peito só de pensar em ter algum sentimento por Yoongi.

–Eu entendo completamente, fique tranqüilo em relação a isso. –Ele estaciona o carro em frente minha casa e eu saio.

Procuro pela chave da fechadura e por descuido a deixo cair. A porta se abre e vejo botas masculinas em minha frente, ergo o olhar.

–Jimin? O que está fazen.. –Paro assim que vejo Yoongi sentado no sofá.

–Ele bufou. –Yoongi não parou de perturbar dizendo que queria te ver..Namjoon pediu para que eu o trouxesse senão ele viria dirigindo e ele não está consciente o suficiente para isso. –Ele riu. –O que a gente faz agora?

–Eu não sei, realmente não sei... –Me sentei no sofá ao lado do Yoongi. –Vem, vou te deixar em casa.–Me levantei e tentei levantar Yoongi.

–Eu não quero! quero ficar aqui com você. –Senti meu coração acelerar.

–Jimin me ajuda, ele não pode ficar aqui –Tentamos a todo custo levar ele pra casa, mas ele negava e falava que queria dormir comigo. Acabei aceitando, mesmo sabendo que amanhã eu me arrependeria de tudo.

   –Jimin, pode ir, ele dormirá aqui hoje. –Falei me dando por vencida.

–Mesmo? Se precisar de qualquer coisa, qualquer coisa mesmo, me ligue, tudo bem? –Concordei e ele me deu um beijo na bochecha e saiu.

Arrumei meu cabelo no alto e peguei minhas coisas na sala, olhei para Yoongi e ele me olhava com um sorriso lindo nos lábios, parecia até uma criancinha, tão lindo, pena que nesse momento só sentia raiva.

–Yoongi? Qual seu problema? Você... Meu deus! Seu idiota! –Estava quase gritando, ele continuava rindo. –Vem, vamos pro quarto. –Segureu seu braço e quando o puxei, ao mesmo tempo ele me puxou para baixo, fazendo meu corpo se chocar com o dele.

Ele prensa meus lábios contra o dele,suas mãos eram quentes e macias enquanto acariciava meu ro sto.

Recuei dando dois passos para trás, meu coração batia forte dentro do peito, esperando que ele disesse algo para esmagar meu ego.

–Acho que não posso ficar longe de você por muito tempo. –Ele disse sorrindo. Sentia minhas bochechas queimarem.      

Ouvi meu pai fazer barulho no quarto dele e em questão de segundos me levantei e fui pro quarto com Yoongi, ele não parava de falar coisas aleatórias e ri de tudo, céus, odeio gente bêbada.

–Yoongi, eu vou tomar banho, não sai do quarto e fica quieto. 

–Eu não posso tomar com você?–Ele perguntou mordendo os lábios.

  –Não,claro que não.  –Ele fez biquinho e eu ri.

  –Já disse que seu sorriso é lindo?  –Engoli o seco.

Fui direto pro banheiro tomar um banho. Não demorei quase nada, me enrolei em uma toalha e fui me trocar, Assim que saio do banheiro me deparo com Yoongi dormindo na minha cama, agarrado com meu urso. Ele dormia calmo e suas feições me lembravam um anjo. Eu queria tocá-lo, observá-lo, protege-lo, meus olhos percorreram cada detalhe de seu rosto: os lábios finos, os cílios negros e sua franja escura que caia sobre sua testa.

Min Yoongi era tão....lindo.

Afastei um pouco ele e me deitei sobre minha cama, estava com preguiça de pegar um cobertor então iriamos dormir no mesmo, se é que eu irei conseguir dormi. Sua colônia tinha aroma incrível, ele se virou fazendo seu hálito se chocar-se em meu rosto, sorri ainda de olhos fechados. Aigoo por que esto eu pensando tanto em Min Yoongi?

–Você gosta de mim?– Ele perguntou me fazendo pular de susto.
     
  –Yoongi,você está bêbado.–Disse,ele revirou os olhos.

  –Eu gosto de ficar com você.

  –Você não diria isso se estivesse sóbrio, está começando a falar idiotices.

  –Por que você sempre faz isso? me trata chata e ignorante. Com os outros meninos é toda amorzinho..  –O quê? Ele que me trata mal, eu só retribuo.

–Cala a boca porra, eu quero dormi. – Liguei o ar condicionado e me enrolei, me deitando de barriga para baixo.

Ele se levantou e desligou o ar.
                                         
–Eu vou dormi Yoongi. –Ele riu e se jogou em cima de mim, me sufocando. Eu quase conseguia respirar.

–SAI!–Gritava desesperada.–YOONGI, ESTÁ ME SUFOCANDO.– Ele saiu de cima das minhas costas rindo e se deitou ao meu lado ofegante.

Desliguei a luz e me enrolei no endredom.

–Boa noite.

Me viro para o outro lado me recusando a acordar quando percebo que não há nada do outro lado. Yoongi não está na cama, me levanto desesperada.

Ainda é cedo, então me levanto, tomo meu banho, coloco meu uniforme e sinto minha cabeça doer, já posso imaginar como será hoje na escola, Yoongi me ignorando, me tratando mal e me ofendendo. Não contenho o sorriso em lembrar as coisas que ele me disse ontem.

Ao chegar na escola noto que os meninos já estão na sala e eu faço o mesmo, assim que entro meus olhos vão de encontro com os de Yoongi que não esta com uma cara nada boa. Me acomodo em minha carteira e respiro fundo.

  –Bom dia. –Yoongi sussura com uma voz rouca em meu ouvido.

  –Bom dia! –Respondo tentando achar uma voz firme.  –Parece que se recuperou do porre de ontem.

  –Estou com uma dor de cabeça do caralho.

–Você não se lembra de nada?

  –Não.  –Ele responde ríspido.Sinto uma pontada no peito, então tudo o que e me disse ontem foi de boca pra fora, eu sabia com todas minhas forças que ele nunca me falaria aquelas coisas se estivesse sóbrio, confesso que fiquei um pouco desapontada e triste.

Me viro e sinto ele me chamar novamente.

  –Acho que devemos ser amigos...  –Ele fala de repente e eu não contenho a risada.  –Ta rindo do que?

  –Conta outra Yoongi, não vem tentar ser legalzinho.

   –É que temos tantos amigos em comum, acho que devemos ser amigos....

–Ok, então amigos?  –Estiquei a mão e ele apertou.  –Então vai tentar ser simpático comigo?

  –Vou tentar.  –Ele fez aspas com as mãos.   –Você que é ignorante o tempo todo.

  –Sou ignorante por que você é chato comigo...Já sei que vai da bosta.  –Ele revirou os olhos.

  –Deveríamos fazer algo divertido amanhã,depois das aulas.  –Ele sugeriu.

ONDE ESTÁ MIN YOONGI?

–Acho que minha "diversão" não é bem igual a sua.

  –Bem, nos só vamos incendiar motéis, matar pessoas.  –Eu ri alto daquilo.

  –Ta bom!  –Digo sem pensar.

  –Te encontro amanhã.  –Ele diz isso e sai da sala indo lá, sei pra onde,Meus pensamentos gritavam para que ele voltasse.

Em poucos minutos eu e Yoongi viramos amigos, e estávamos a brincar, a rir e foi bom. Ainda existem várias perguntas que tenho sobre ele, mais cada coisa por vez.

Observei que Tae me olhava e fui em sua direção.

–Tae, vamos sair?   –Perguntei me sentando em seu colo.

  – Vai com seu amigo novo.


Notas Finais


Gostaram?

~Até o próximo cap, BEIJOOOS DA ALICE ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...